X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Colunas > Direto dos EUA - Edu Erbs

Dungey imbatível e os principais fatos do Supercross nas últimas semanas
Publicado em: 22/04/2016
Clique e saiba mais

Apesar do esforço de Ken Roczen, Ryan Dungey mantém supremacia no campeonato
Redação MotoX.com.br - Por Eduardo Erbs - Fotos: Garth Milan

Piloto da Red Bull Factory KTM coleciona recordes rumo a mais um título


 


Ryan Dungey
Em primeiro lugar, tenho que pedir desculpas aos meus leitores pela ausência durante as últimas semanas. Uma viagem, alguns compromissos pessoais e a simples loucura do dia a dia me deixaram por um tempo fora do teclado.

Há muito para comentar, mas vou tentar abranger este ultimo mês de uma forma mais geral, começando pelo domínio de Ryan Dungey, que agora completa um recorde de 29 pódios consecutivos e 30 vitórias em sua carreira.

Ryan Dungey e sua Red Bull KTM parecem que nasceram um para o outro. O piloto também fez história por ser o primeiro a ter uma vitória anulada em Detroit, por conta de uma punição feita pela FIM - o motivo foi um pequeno duplo quando a bandeira médica estava sendo agitada. O fato gerou controvérsias e opiniões divididas, porém Dungey usou isso como motivação para dominar indiscutivelmente as três provas seguintes. Agora com certeza buscará a sua quarta vitória consecutiva (também um recorde em sua carreira) - se bem-sucedido, poderá abocanhar o titulo com duas etapas de antecipação.

Algo curioso deste final de semana foi que pela primeira vez, desde A1, Dungey se classificou pela semi-qualificatória, pois acabou caindo na primeira curva da heat. Se reparar, Dungey sempre se posiciona na parte de dentro do gate de largada, sempre fechando bastante a primeira curva, e acaba se dando bem. Desta vez, sem uma boa escolha de gate, o piloto largou no meio e acabou saindo como uma bala de canhão, explodindo no paredão na primeira curva e também saindo na frente - prova de que mesmo fora de sua zona de conforto, faz acontecer.


Ken Roczen e Ryan Dungey, cabeça a cabeça

Ken Roczen também tem presenteado aos fãs com performances impressionantes, sendo até então o único piloto a bater Dungey no mano a mano (se excluirmos Daytona) e tornando estas últimas provas um pouco mais excitantes. O piloto da RCH Factory Suzuki está me surpreendendo de uma forma positiva, pois vem quebrando seu próprio tabu de perder rendimento no decorrer do campeonato, além de dar trabalho ao numeral #1. Claramente Kenny trabalhou duro para acertar as suas largadas - obviamente aprimoradas - fazendo diferença na performance do piloto nos Main Events.

Como já havia comentado, boatos quase asseguram a ida de Roczen para a Factory Honda para 2017, o que também traz à tona quem será o seu companheiro de equipe para o próximo ano. Até então nada está confirmado, mas aparentemente Cole Seely seria a escolha da Factory Honda e o piloto ficaria com a equipe, mesmo tendo uma boa oferta da Red Bull KTM para entrar no lugar de Dean Wilson. Se tudo isso se concretizar, Trey Canard pode ser uma das maiores questões para a Silly Season deste ano.


Cooper Webb (1) vai para a final em Las Vegas com uma mão na taça.

Só pra não deixar passar em branco, vamos falar um pouco de Santa Clara, onde Cooper Webb mais uma vez dominou e Zach Osborne, mais uma vez, passou perto. Apenas para registro: não sei se aprovo esse novo calendário, em que deixam os pilotos de molho por seis semanas, fazem uma prova e então mais um mês de molho até Las Vegas. Talvez, para o público, isso não faça muita diferença, mas tem muitas coisas envolvidas neste processo, tais quais os testes para a temporada outdoor, possíveis machucados e a pressão que os líderes do campeonato podem enfrentar no dia a dia.

Ainda com o foco na Lites: o Campeonato dos “Mortos e Feridos” na costa Leste continua pegando fogo. Em seis provas, cinco ganhadores diferentes de quatro marcas diferentes deve ser algum recorde. Parece que ninguém quer ganhar este campeonato, pois todo mundo está dando um jeito de jogar a liderança fora. E se me dissessem um tempo atrás que depois de seis provas Aaron Plessinger estaria em segundo lugar, somente um ponto atrás de Malcolm Stewart, diria que era loucura.




FInal diferente

Vou repetir o que escrevi há algumas semanas: neste ano, o formato de pontuação da final em Las Vegas mudou. Agora a prova iniciará com os 40 pilotos mais rápidos do país, sendo 20 de cada costa, e os pontos serão corridos, mas contarão individualmente para cada costa. Então, se Malcolm Stewart ganhar a prova ele soma 25 pontos para costa Leste, e se Cooper Webb terminar em segundo são 22 pontos para a sua campanha na costa Oeste. Se no momento a situação estiver igual, com Cooper Webb já com uma das mãos na taça e Aaron Plessinger ainda na briga pelo título, não se surpreenda se surgirem algumas táticas de equipe durante a prova que poderão influenciar bastante o final do campeonato.

Outros fatos pra finalizar:


James Stewart (7) fica fora do restante do Supercross

- A saga de James Stewart continua. Em Santa Clara o piloto parecia estar em sua velha forma, mas um problema na sua Factory Yoshimura Suzuki o mandou para casa mais cedo. Em Detroit, James caiu forte nos treinos e fraturou o tornozelo, ficando de fora das provas da noite. Mesmo com um pequeno osso do tornozelo trincado, o piloto da Flórida compareceu, somente para se chocar com Weston Peick e ficar mais uma vez de fora da prova. Agora ele abre mão das três etapas finais para focar seu retorno no Lucas Oil AMA Motocross

- A boa forma de Jordon Smith lhe garantiu uma contrataçao antecipada pela Geico Honda, que deve se estender até 2018.


Josh Grant

- A Kawasaki confirmou a presença de Josh Grant para a temporada Outdoors e em dois GPs. Imagino que sejam as provas de Charlotte e Glen Helen, realizadas mais para o final do ano.

- Falando em GPs, ao meu ver, Cooper Webb usará o GP de Trentino na Itália como preparação para o Lucas Oil AMA Motocross Championship com início dia 21 de maio em Sacramento, capital californiana.

Frase da semana:
Comparison is the thief of joy.
Theodore Roosevelt







© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet