fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Colunas > Direto dos EUA - Edu Erbs

Factory KTM x Geico Honda
Publicado em: 27/03/2015

Disputa pelas vitórias no Supercross estão cada vez mais polarizadas entre as duas marcas
Redação MotoX.com.br - Por Edu Erbs - Fotos: Garth Milan / Simon Cudby


 

Eu, particularmente, começo a acreditar que alguém da Dirt Wurx está lendo minhas colunas, porque depois de bater na mesma tecla por algumas semanas, pelo menos aos meus olhos, as pistas de Indianapolis e Detroid foram tão boas quanto as pistas do início da temporada.


Ryan Dungey


Eli Tomac
Em Indy, a pista teve um layout interessante e uma seção de costelas bastante alta e difícil, e o solo macio propiciou a formação de canaletas, que talvez tenham sido os maiores obstáculos para os pilotos.

Veja também:
-
Resultados, mais fotos e vídeos das corridas de Indianápolis
- Resultados, mais fotos e vídeos das corridas de Detroit

Já em Detroit, o terreno era um pouco mais duro, mas contou com duas seções de pulos interessantes, sendo que uma delas, Weston Peick, levou os ponteiros a fazer um salto quadruplo, logo na entrada de uma curva, criando um novo ponto de ultrapassagem, que por sinal, foi usado por Eli Tomac para tomar a liderança da prova final.


Marvin Musquin

Em Indy, Ryan Dungey e Marvin Musquin mais uma vez brilharam absoluto, marcando a terceira dobradinha da dupla. A cada vitória, os pilotos vêm escrevendo seus nomes e da KTM no livro dos recordes.

Em Detroit, a Geico Honda acabou quebrando a hegemonia da marca laranja e dominou a noite, que marcou a primeira vitória da temporada do atual campeão Justin Boggle. Ele agora trilha Marvin Musquin por 13 pontos, depois de participar do pódio em todas as seis etapas da temporada.

Apesar de que, de certa forma, os principais favoritos aos títulos acabaram se dando bem, as duas etapas poderiam ser destacadas pela má sorte de alguns importantes pilotos de ambas as categorias. Primeiramente, Jeremy Martin, que venceu uma das provas este ano e teve algumas apresentações fantásticas, simplesmente não conseguiu se classificar em Detroit, devido a erros e quedas nas classificatórias. Já em Indy, ele acabou largando mal e teve se contentar com a quarta colocação.


Jeremy Martin

Nas 450cc, depois de Ken Roczen dar adeus ao título, foi a vez de Trey Carnard dar adeus a temporada 2015 de Supercross. O piloto acabou aterrisando nas costas de Jake Weimer, o que resultou em ambos tendo fraturas no braço. Tanto Canard como Weimer ja passaram por procedimento cirúrgicos para reparar as lesões.

Cole Seely é outro piloto que vem tomando vantagem de alguns dos seus adversários, e é claro da experiência que tem tido nesta primeira fase do campeonato para fazer suas segunda e terceira aparições no pódio, nas duas últimas provas, solidificando a HRC American Honda como a segunda potência da temporada, logo atrás da Factory Red Bull KTM.


Canard e Seely no pódio de Indy. Em Detroit o nº 41 se machucou e não corre as etapas finais

Martin Davalos, depois de passar perto de vencer seu primeiro campeonato no ano passado, era apontado como um dos favoritos ao título deste ano na 250 Leste, mas após ter um rendimento abaixo do esperado, foi diagnosticado com o vírus Epstein Barr, que é um tanto comum entre atletas e que afeta o nível de energia e produção de adrenalina no corpo.

O AMA Monster Energy Supercross chega à reta final e Ryan Dungey lidera sobre Eli Tomac, com 77 pontos de vantagem, tendo somente 125 pontos disponíveis até a final em Las Vegas, no início de maio. A próxima prova toma residência no famoso Edward Jones, em Saint Louis, no Estado do Missouri, e a prova tem como tradição ter a melhor terra da temporada.

Enquanto isso, na Argentina, os pilotos do Mundial de Motocross se preparam para a terceira etapa da temporada, e mais uma vez, os olhos estão voltados para Ryan Villopoto. Será que ele conseguirá dominar mais um prova ou Antonio Cairoli vai por as suas garras de fora e mostrar que ele é quem manda na categoria?

Mais sobre o assunto na próxima coluna!

Frase da semana:
Intelligence is the ability to adapt to change.
Stephen Hawking











Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet