X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Colunas > Direto dos EUA - Edu Erbs

Mudança de Ares
Publicado em: 21/02/2013
Clique e saiba mais

Dallas dá início à fase Leste do AMA Supercross
Redação MotoX.com.br - Por Eduardo Erbs - Fotos: Frank Hoppen / Divulgação / Suzuki


Ryan Villopoto


Assista na MotoX TV
Arlington, situada nos subúrbios de Dallas no Texas, sediou a sétima etapa da temporada, marcando a primeira prova da Costa Leste para as 250s. Como citei na coluna passada, a mudança de "costas" causa uma grande mudança também na logística dos times, agora levantando total acampamento da Califórnia e migrando para sedes e centro de treinamentos na Flórida e na Geórgia.

Ryan Vilopotto, com uma boa largada, mostrando estar em sua "velha forma", liderou de ponta a ponta para conquistar sua terceira vitória na temporada. Logo atrás, respectivamente, chegaram os dois pilotos mais consistentes da temporada, Davi Millsaps e Ryan Dungey, subindo ao pódio depois de uma ultrapassagem limpa, porém agressiva em Chad Reed.

Na Lites, como esperado, Dean Wilson dominou a prova com certa facilidade, seguido por Blake Wharton e Will Hahn da Geico Honda. O francês Marvin Musquin, um dos favoritos ao pódio, acabou caindo logo na primeira curva e fazendo uma corrida de recuperação terminou a prova na sexta posição.


Dean Wilson

Vamos às observações da semana:

1 - Pela terceira vez consecutiva na temporada, vimos um circuito relativamente "fácil": menos técnico, seco e escorregadio, também com pouquíssimas linhas de ultrapassagem, alimentando uma corrida menos emocionante, com menos ultrapassagens e tornando a largada fator extremamente decisivo para o resultado final. Prova disso são os resultados das ultimas três etapas: Dungey, Milsaps e Villo largaram na ponta e venceram a corrida. A Dirt Wurx tem sido criticada pelos pilotos e especialistas do esporte pela falta de criatividade dos últimos finais de semana. Vamos ver o que Atlanta nos trará.


Relargada em Linha, a segunda desse ano

2 - Largada em linha: pela terceira vez na história do esporte, pelo segundo ano consecutivo e pela segunda prova consecutiva, vimos mais uma largada em linha na classificatória das 250s, depois da horrenda queda de Zach Bell.


O estreante voador Zach Bell

3 - Zach Bell: O novato foi vítima de um dos tombos mais feios dos últimos tempos e, como um milagre, alinhou na volta para a Last Chance se classificando para a final - prova abandonada por culpa de outra forte queda. Depois de um tombo tão violento, muitas pessoas ainda estão se perguntando como o time e os pais do piloto o deixaram largar na LCQ, porém é importante lembrar que a equipe da Asterisk Medical Group fizeram todos os testes com o competidor para ter certeza da inexistência de concussão, o liberando o para a prova. Quase inacreditável.


Andrew Short alaranjou pela segunda vez na carreira
foto: BTO Sports

4 - Correndo a prova "em casa", Andrew Short foi um dos principais destaques do final de semana: a sua possível contratação pela BTO Sports KTM foi logo confirmada por um release no domingo de manhã. Shorty teve como um dos principais fatores de sua decisão uma conversa com Roger Decoster, que garantiu o fornecimento de equipamento de fábrica similar ao de Ryan Dungey. O piloto já foi flagrado no início da semana nos primeiros testes com o time e este final de semana estará pronto para largar em Atlanta com a moto laranja.

5 - Ryan Hughes: Ryno também esteve presente nos tabloides desta última semana por sofrer uma forte queda durante treinos e quebrar duas vértebras. Hughes inicialmente parecia estar sob controle, porém uma paralisia temporária o levou a uma cirurgia às pressas que no momento o deixa estabilizado e fora de perigo.


James Stewart
6 – James Stewart: depois de uma pilotagem brilhante na sua classificatória ultrapassando Ryan Vilopotto, Bubba ficou a ver navios por uma falha na embreagem de sua RMZ450 na largada da final. O fato de James Sr. - pai do piloto - ter preparado o gate dele, como nos velhos tempos, criou um pouco de controvérsias diante dos especialistas do esporte, pela ausência do seu mecânico no gate de largada.

7 - Yellow Flag: para quem leu a minha coluna na semana passada, comentei sobre a ultrapassagem de Eli Tomac na bandeira amarela. Este final de semana foi Dungey quem acabou fazendo o mesmo na classificatória, porém Ricky Carmichael esclareceu a dúvida no ar: aparentemente a regra diz “a ultrapassagem é legitima durante a bandeira amarela”, sendo somente proibida quando a bandeira branca com a cruz vermelha é agitada. Thanks, Ricky!


Justin Brayton

8 - Os destaques do final de semana nas 450cc são Justin Brayton, quinto, e Broc Tickle, décimo, apresentando grandes sinais de melhoras nas últimas provas depois de um início de temporada bem difícil. Na Lites, as horas são para o novato Josh Hill, encerrando sua primeira prova como profissional na quinta posição, e Kyle Peters, iniciando sua segunda temporada com a quarta colocação na final.

9 - A Monster Energy Kawasaki inovou essa semana com aquecedores de pneu para a moto de Ryan Villopoto. O equipamento, usado há muito tempo em categorias como a Fórmula 1 e o MotoGP, poderia ser o futuro do nosso esporte??


Frase da semana
To give anything less than your best is to sacrifice a gift.
Steve Prefontaine.






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet