X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Colunas > Direto dos EUA - Edu Erbs

Detalhes de Anaheim 3
Publicado em: 05/02/2013
Clique e saiba mais

Temporada disputada já é indicada como uma das melhores dos últmos tempos
Redação MotoX.com.br - Eduardo Erbs - fotos: Edu Erbs / Divulgação

A temporada de 2013, desde a pré-temporada, tem sido apontada como a melhor da história do Supercross e a cada etapa algo inesperado acontece, dando ainda mais brilho ao melhor esporte do mundo.


Largada 450


Assista na MotoX TV
Anaheim 3 foi um dia histórico, principalmente para a austríaca KTM. Há pouco mais de um ano, a marca obteve a sua primeira vitória em Phoenix e, neste final de semana, Ryan Dungey - depois de um início de noite um tanto conturbado - dominou a final imbatível, assim como o prodígio Ken Roczen fez nas 250s para completar a festa laranja.

Para mim, Davi Millsaps, depois desta etapa, deve parar de ser contado como uma simples "surpresa", mas sim como um sério candidato ao titulo 2013, sendo definitivamente o piloto mais consistente do ano. Com quatro pódios em cinco rodadas, Millsaps segue líder absoluto da competição com 14 pontos de vantagem sobre Dungey.

Graças às visitas do Monster Jam durante os dias de intervalo entre as corridas, pista deste fim de semana foi construída com um solo mais seco e compactado em relação às duas primeiras etapas. O circuito em si, em minha opinião, se apresentava menos técnico do que nas últimas etapas, apesar da seção de costelas ter um tamanho considerável. É bom lembrar: às vezes um traçado menos técnico faz a corrida ficar mais interessante pelo fato da diferença de tempo entre os competidores ficar menor - o que eu vejo como um fator importante no resultado final da prova. Tirando como exemplo a oitava colocação de Ryan Vilopotto, pois "auxiliado" por duas quedas, não conseguiu fazer uma corrida de recuperação como de costume.


 

Outra grande novidade deste final de semana foi a volta do KTM Junior Supercross Challenge, uma corrida promovida pela marca junto com a Feld Motorsports, organizadora do campeonato, que dá a chance de observarmos o futuro do esporte em primeira mão.

Ryan Dungey, Mike Alessi, Blake Bagget e Eli Tomac são apenas alguns dos nomes que passaram pelo programa anos atrás. Agora, em 2013, os olhos estavam voltados à motocicleta número três de Haiden Deegan - filho do general da Metal Mulisha, Brian Deegan.


Os competidores do KTM Junior Challenge

Bubba Stewart: Bubba teve a seu melhor desempenho do ano este final de semana, brigando inicialmente com Millsaps pela segunda posição, mas, com prováveis dores no joelho, o piloto acabou deslizando para a quarta colocação logo atrás de Justin Barcia.


James Stewart

Há muita especulação sobre o futuro de James Stewart nesta temporada, pois há o fato de que Stewart não tem chances reais de conquistar o campeonato de Supercross e uma cirurgia no joelho o deixaria também de fora do Motocross, com início no final de maio. Há rumores sobre o piloto ter como uma das cláusulas contratuais com a Red Bull um mínimo de quatro etapas dentre os top 10 na temporada, sendo que em cinco etapas o piloto contabiliza oitavo, sétimo, 12º, 13º e um quarto lugar.

Up in the air - part 3: Ryan Dungey tentou usar o revolucionário amortecedor à ar, mas a peça acabou perdendo a pressão logo na largada da sua classificatória. Em cinco etapas, esta foi a terceira vez que a fábrica utiliza a peça e, de acordo com um dos mecânicos, este amortecedor tem uma reação significativamente mais rápida em relação aos convencionais, então a equipe tem trabalhado bastante em aspectos como a largada e a aterrissagem em obstáculos maiores.


David Millsaps

Davi Millsaps, correndo em um time privado, competiu pela primeira vez com a suspensão dianteira à ar. E baseado em sua performance, o piloto da Rockstar Suzuki se adequou rapidamente ao equipamento.

Fevereiro é o mês da campanha ao combate ao câncer de mama e Troy Lee Designs resolveu seguir a tradição dos últimos anos: em Anaheim 3, suas motos tinham plásticos rosa, além dos detalhes da mesma cor nos equipamentos e capacetes da equipe. A marca estará leiloando parte dos equipamentos usados na prova e o dinheiro será revertido em doações para entidades de combate a doença.


Tudo rosa na Troy Lee Honda


A moto de Andrew Short
Up and down: com esses resultados aleatórios das primeiras provas do ano, a tabela de classificação dos competidores vem flutuando bastante, mas os destaques desta semana são Ryan Dungey, pulando da quarta para a segunda colocação, e James Stewart, saindo da décima primeira para a oitava posição. Na Lites, Eli Tomac tomou o segundo lugar de Cole Seely e Martin Davalos com a segunda colocação melhorou três posições, ocupando agora a quarta colocação.

Enquanto Josh Hill ainda se recupera de uma lesão no pulso adquirida na corrida de abertura do campeonato, o seu time RCH chamou o antigo piloto Kyle Partridge para assumir o assento do piloto ao lado de Brock Tickle. Kyle não se classificou para a final, e Tickle acabou a prova na nona posição.
Andrew Short repetiu o sexto lugar em Anaheim 3, abordo de sua CRF450 totalmente privada.


Joey Savatgy (176)

Destaque: Joey Savatgy, recém-saído dos rankings amadores, vem chamando a atenção pelos seus holeshots e agressividade na sua temporada de estreia no circuito profissional. Savatgy veste a camisa da JDR/KTM, infelizmente com data definida para fechar as portas, logo após o término da temporada de supercross em Las Vegas – exceto se o time conseguir uma injeção financeira para continuar a temporada.

Com tantos talentos correndo juntos, infelizmente, alguns pilotos ficam de fora da final: em Anaheim 3, podemos destacar Malcom Stewart e Tyla Rattray nas 250s e, na categoria principal, Les Smith, Bob Kiniry e o piloto multi-uso Kevin Rookstool


Jorge Balbi

Brasil: Jean Ramos teve uma excelente corrida classificatória, acabando em 17º na final. Já Antônio Balbi não teve a mesma sorte e passou perto da classificação na sua heat race: depois de se envolver no acidente da segunda curva da LCQ, caiu forte nas costelas e foi obrigado a abandonar a prova.

Nova sede da Fox Racing


Nesta última quinta feira, 31 de janeiro, a Fox Racing convidou distribuidores, pilotos e mídia para a inauguração da sua nova sede em Irvine, Califórnia. O prédio amplo e supermoderno, com a entrada inspirada na biqueira do seu novo capacete V4, recebeu nomes como Chad Reed, Brock Tickle, Ken Roczen, Ricky Carmichael, Josh Hansen e Max Anstie.

Na mesma data, em Corona, há algumas dezenas de quilômetros dali, a sede da MSR Racing também estava em clima de festa com a despedida oficial de Kevin Windham, onde personalidades como Robbie Madison, Brian Deegan, Eli Tomac, Nicky Wey, Jake Weimer, Zach Osborne, Justin Bogle, Alex Martin, Lance Coury e Travis Baker deram o ar da graça.


Nesta semana, o Qualcomm Stadium em San Diego recebe a sexta etapa da temporada. Chad Reed venceu seis vezes no local - esta com certeza é a sua pista preferida, será que veremos mais um novo piloto subir ao lugar mais alto do pódio?

Frase da Semana
A man who won't die for something is not fit to live.
Martin Luther King, Jr.






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet