X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Colunas > Direto dos EUA - Edu Erbs

Os opostos se atraem
Publicado em: 29/05/2012
Clique e saiba mais

Coluna do Edu Erbs #3: Os opostos se atraem
Redação MotoX.com.br - Texto: Eduardo Erbs - Fotos: Eduardo Erbs / Suzuki / Hoppenworld.com


Ryan Dungey e James Stewart polarizam as atenções na temporada 2012 do AMA Motocross


Não se engane com os uniformes no mesmo tom usado por ambos em Freestone. Os dois principais pilotos na disputa pelo título tem estilo praticamente oposto dentro e fora das pistas
Aqui estou eu, assistindo as baterias da 450cc no Texas, roendo as unhas com a batalha Ryan Dungey x James 'Bubba' Stewart. É engraçado como com as motos um pouco mais sujas, os dois pilotos pareciam estar no mesmo time, com suas botas Nike vermelhas, seus uniformes vermelhos e amarelos e seus exclusivos capacetes Red Bull. Uma coisa puxou a outra e eu comecei a tentar comparar as similaridades e as diferenças entre os dois pilotos. Achei que isso poderia ser um material um tanto interessante, já que pelo que tudo indica, pelas dez corridas que temos pela frente, veremos o show Bubba x Dungey.
 
James Stewart é conhecido pela agressividade, pela precipitação e também  é reconhecido como o inventor do 'Bubba-scrub', além de ter a fama de ganhar ou 'se matar'. 

Ryan Dungey é conhecido por não ser muito agressivo, por ser paciente, por ser o carinha legal e por ter uma pilotagem limpa. As partes finais das corrida são seu forte.
 
Stewart teve como treinador o famoso Aldon Baker e agora  é treinado pelo ex-campeão Johnny O'Mara.

Dungey treina sozinho.
 

 James Stewart tem um estilo agressivo

Stewart teve como principal rival, nada mais, nada menos que Ricky Carmichael. Dungey tem como principal rival, James Stewart. Mas, como principal mentor quando se tornou profissional, Ricky Carmichael.
 
Stewart iniciou a sua carreira na Kawasaki, fez a escolha errada mudando para a  Yamaha, e agora esta na Suzuki, antiga moto de Dungey, que pilotou muitos anos pela Suzuki e escolheu seguir o rumo de seu amigo Roger DeCoster na KTM. Os resultados se mostraram melhores que do ano passado.


Ryan Dungey tem uma pilotagem mais limpa e suave
 

Stewart se juntou a Suzuki, que foi a moto de Dungey no ano passado
Stewart deu indícios de descontentamento com seu equipamento antigo, a Yamaha,  pois aparentemente, ninguém conseguia acertar a moto para o piloto. Dungey também estava descontente com seu time antigo e, talvez, se não tivesse problemas mecânicos no passado, poderia ter tirado os títulos de Vilopotto no MX e no SX.
 
Stewart se juntou a Suzuki, que já tinha uma moto bem desenvolvida e que deu campeonatos a Ricky Carmichael, Chad Reed e Ryan Dungey, e já ganhou quatro baterias que disputou.

Dungey escolheu a KTM, que desenvolveu uma moto do zero, de acordo com as necessidades do time, e deu à marca quatro vitórias inéditas no AMA SX.
 
Stewart vem lutando ha vários anos contra quedas e contusões. Dungey, pela primeira vez em sua carreira profissional, este ano ficou de fora de cinco provas por ter a clavícula quebrada.
 
Stewart teve uma carreira amadora invejável, chegando aos rankings profissionais como pleno favorito. Dungey não teve uma carreira amadora brilhante, sendo que chegou ao circuito profissional como 'underdog' e somente ali se destacou.
 
Stewart é conhecido por suas 'distrações', como carros de luxo, voos particulares e reality shows. Dungey é conhecido por seu foco, determinação e por gostar de treinar sozinho na Georgia.


Dungey começou a parceria com a KTM nesta temporada conquistando vitórias inéditas para a marca no Supercross
 

As botas Nike e os capacetes decorados com gráficos Red Bull são pontos em comum
Stewart tem um estilo de pilotagem diferente da maioria dos competidores, posicionando o tórax logo acima do guidão da moto. Dungey tem um estilo um pouco mais 'old-school', posicionando-se mais na traseira da moto - sendo que James testou a antiga Suzuki do adversário no final do ano passado e disse que preferia uma moto original do que o set up usado por Dungey.
 
Stewart cresceu no calor e na umidade da Flórida. Dungey cresceu em Minesotta, com invernos super rigorosos, e hoje em dia tem residência e centro de treinamento na terra do concorrente.
 
Nos equipamentos

Bubba, hoje, é o principal piloto da Answer, marca que patrocinou Dungey no início da carreira profissional. Dungey é o principal garoto propaganda da FOX, marca que acompanhou James por toda sua carreira amadora e início da profissional. Vale ressaltar que Os dois treinavam juntos no começo da carreira profissional de Dungey, porém, quando este assinou com a FOX, James deixou claro que isso acabaria com suas regalias no Stewart-compound.
 
Bubba e Dungey são os únicos pilotos deste planeta que têm a exclusividade de usar botas Nike.
 
Na cabeça, os dois carregam os capacetes com os gráficos exclusivos da Red Bull. Ambos optam por não usar pescoceira.
 
Resultado final


Apesar das diferenças, Stewart e Dungey prometem grandes disputas na temporada

Se desconsiderarmos a primeira bateria de Hangtown onde Dungey teve uma má largada, durante esse início de campeonato, os dois pilotos foram quase perfeitos, estando por três baterias a poucos metros e às vezes centímetros e milésimos de segundo um do outro.

Eu achei muito interessante, como dois pilotos de certo modo tão diferentes, em estilo, equipamento, treinamento, podem ser tão próximos. O único fator que consigo imaginar poder responder essa questão é que ambos estão andando muito próximo de seus LIMITES.
 
“There are no speed limits on the road to excellence."
Desconhecido






© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet