X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Freestyle

17º X Games - Los Angeles - EUA
Publicado em: 04/08/2011

Modalidades com motocicleta foram destaque nos quatro dias do evento
Redação MotoX.com.br - Texto: Renato Fernandes - Fotos: Drew Ruiz e Divulgação Red Bull


As motocicletas estiveram representadas em várias modaliades na 17ª edição dos X Games


Assista diversos vídeos do 17º X Games na
MotoX TV
Entre os dias 28 e 31 de julho, a cidade californiana de Los Angeles, nos Estados Unidos, recebeu a 17ª edição dos X Games e, além da estréia do Enduro X (leia sobre a prova na coluna Enduro pelo Mundo), as motocicletas estiveram presentes em várias outras modalidades durante os quatro dias do evento.

No primeiro deles, foi a vez das provas de 'Step Up', 'Best Whip' e 'Best Trick', salto em altura, melhor entortada e melhor manobra, respectivamente. O Freestyle foi a principal atração da sexta-feira, enquanto no dia seguinte foi a vez das corridas de MotoX feminina e o Racing and Style masculino. O Enduro X fechou a programação de esportes a motor sobre duas rodas com as provas feminina e masculina.
 
Quinta - feira (28/7)

Na competição de salto em altura (Step Up), Matt Buyten defendeu muito bem o título conquistado ano passado. Além de assegurar o ouro nesta 17ª edição, de quebra ainda derrubou o recorde que durava 11 anos, pertencente a Tommy Clowers, quando saltou 35 pés. Buyten aumentou a marca para 37 pés (11,27m), levando seu quarto ouro nesta modalidade. Ronnie Renner e Mile Richmond fecharam o pódio, empatados em 35 pés e seis polegadas.


Dany Torres ficou com o bronze no Freestyle, sua primeira medalha em quatro participações nos X Games

Jeremy Stenberg impressionou os jurados na prova de 'Best Whip', manobra popularizada por Jeremy McGrath. Stenberg executou uma 'entortada' de cair o queixo, chegando a ficar totalmente de costas no ar. Com isso, não deu chance de reação aos concorrentes. Todd Potter ficou com a prata e Jarryd McNeil com o bronze.

A prova de 'Best Trick' registrou as primeiras baixas na competição. Robbie Maddison, prata nesta modalidade na 16ª edição, desistiu de participar em cima da hora por não estar totalmente recuperado de uma lesão. Outro favorito, o showman Travis Pastrana, caiu durante a primeira eliminatória e logo depois na repescagem. Outro tombo acabou tirando o piloto de vez da prova, com um tornozelo fraturado.


Nate Adams foi o principal destaque dos jogos com duas medalhas de ouro nas modalidades Freestyle e Race and Style
Nem assim, a categoria deixou de ser menos disputada. O australiano Jackson 'Jacko' Strong garantiu o ouro ao realizar o primeiro 'Front Flip' completo da história do X Games, somando 95,66 pontos. Mas nem mesmo esta manobra o livrou de uma vitória apertada, Cam Sinclair levou a prata, apenas um ponto atrás (94,66) e com 93,33 Josh Sheehan foi bronze. Coincidentemente, os três obtiveram suas melhores notas durante a primeira de duas baterias de saltos.

Sexta - feira (29/7)

A mais tradicional e popular modalidade no X Games, o Freestyle, monopolizou os esportes a motor no segundo dia da competição. E já que a categoria foi a primeira entre os esportes a motor a invadir o X Games, nada melhor que um piloto veterano para levar o ouro para casa. Nate Adams descarregou seu arsenal de manobras para garantir a vitória sobre Adam Jones, Dany Torres e Taka Higashino, os demais finalistas.

Com execuções perfeitas de manobras como 'one-handed takeoff to nac-nac backflip', 360 fender grab entre várias variações de backflips, Nate somou 91 pontos, contra 86 de Adam Jones, que participa dos X Games desde 2004, e com esta prata conquistou sua quinta medalha na carreira.

Dany Torres, que já venceu duas etapas do Red Bull X-Fighters este ano, ficou com o bronze, sua primeira medalha na competição, depois de quatro participações.

Sábado (30/7)

O penúltimo dia de X Games deu início às provas de circuito com o MotoX feminino e o 'Racing and Style' masculino. A pista foi montada no Staples Center, em Los Angeles, e usou a mesma rampa íngreme em descida da prova do Enduro X. Bem menor que dos anos anteriores, o circuito foi montado como uma mini pista de Supercross, mas com uma rampa de Freestyle no meio.


Na modalidade Best Trick, Josh Sheehan levou o bronze com 93,33 pontos

Entre as quatro pilotos que passaram a final do Moto X feminino, Vicki Golden conquistou o ouro, sua primeira medalha nos X Games, superando nada menos que Tarah Gieger e Livia Lancelot, prata e bronze, respectivamente. Outras duas grandes favoritas acabaram ficando de fora da disputa por medalhas. Ashley Fiolek, bicampeã da modalidade em 2009 e 2010, levou uma forte queda em um triplo durante os treinos, sofrendo uma concussão e machucando a clavícula. Felizmente a piloto não teve nada mais grave e esteve presente, como espectadora, na bateria final. Já Jessica Patterson não se machucou, mas uma queda durante a segunda eliminatória no mesmo triplo que caiu Fiolek, lhe tirou as chances de alcançar a final.


Tarah Gieger conquistou sua segunda medalha de prata consecutiva no Moto X feminino
A prova masculina chamada de 'Speed and Style' foi um pouco diferente. Largando de dois em dois, não bastava apenas o piloto acelerar e chegar na frente, era preciso realizar uma manobra na rampa de Freestyle, contando pontos que eram somados ao tempo de volta. A conta era meio maluca, mas em resumo, se um piloto não tivesse um bom desempenho nas notas dos saltos, mesmo que chegasse na frente, precisaria abrir mais distância do concorrente na pista para compensar a perda.

Prova disto foi o segundo ouro de Nate Adams nesta 17ª edição dos jogos. Na final, Mike Mason recebeu a bandeirada na frente, mas somou apenas 88,53 pontos nos saltos, contra 90 do adversário e precisaria abrir mais de 3s na frente. Como a distância foi de apenas 1,53s, Nate Adams faturou o ouro, sua 12ª medalha nos X Games, a segunda nesta edição.

Na bateria que decidiu a medalha de bronze, domínio total de Ronnie Faisst. Além de conseguir abrir uma 'enorme' vantagem de oito segundos sobre Carey Hart, somou 83 pontos contra 67,33 do concorrente.

O Enduro X fechou a competição no domingo (31), com as provas feminina e masculina vencidas respectivamente por Maria Forsberg e Taddy Blazusiak. Os detalhes da prova estão na mais recente edição da coluna Enduro pelo Mundo.

Não deixe de assistir os vídeos na MotoX TV:
1 - As incríveis entortadas na disputa pelo ouro do Moto X Best Whip
2 - Matt Buyten voando alto para garantir o ouro no Moto X Step Up
3 - Jackson Strong realiza um front flip e é ouro no Moto X Best Trick
4 - A queda de Travis Pastrana durante o Moto X Best Trick
5 - As mulheres acelerando no Supercross, Moto X Racing
6 - Elas de novo, encarando as dificuldades do Moto X Enduro
7 - A fantástica final do Moto X Enduro masculino
8 - Correr e executar manobras de FMX? Veja a disputa pelo ouro no Moto X Speed and Style
9 - Disputa pelo Bronze no Moto X Speed and Style
10 - O duplo backflip de Cam Sinclair, prata no MotoX Best Trick
11 - Mais uma dupla pirueta com Josh Sheehan, dono do bronze no Moto X Best Trick
12 - Brian Deegan supera com estilo os 35 pés no Moto X Step Up
13 - Nate Adams confirma o favoritismo e garante o ouro no Moto X Freestyle
14 - Adam Jones conquista a prata no Moto X Freestyle
15 - Apresentação de Dany Torres, dono do bronze no Moto X Freestyle
16 - A batalha pelo bronze no MotoX Speed and Style








Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet