fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Clique e saiba mais

> Reportagens > Motos

Apresentação Husqvarna TC 85 2018 e linha Minicross 2018
Publicado em: 18/06/2017

Modelo 85 completamente reformulado recebeu atenção especial na linha 2018
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Husqvarna


Husqvarna TC 85 2018

Entre os modelos de Motocross 2018 da Husqvarna, a TC 85 concentrou os esforços de desenvolvimento da marca com a apresentação de uma versão completamente nova. Ela recebeu muito da tecnologia de suas irmãs maiores e coloca a marca novamente no topo das categorias de base. Com quadro, suspensões e corpo plástico completamente novos, teve também no motor alterações importantes. Vamos começar por ele.

+ Apresentação Yamaha WR450F e WR250F EnduroGP
+ Apresentação Kawasaki KX250F 2018
+ Apresentação Yamaha YZ450F 2018
+ Primeiras fotos: linha Husqvarna Motocross 2018
+ Apresentação KTM 250/300 EXC TPI 2018
+ Honda CRF450R 2018: partida elétrica será equipamento padrão. Fotos

A alteração chave no novo motor é a nova válvula de controle de escape que permite uma melhor entrega de potência. O ajuste do tempo de abertura é feito facilmente através de uma parafuso. Um ajuste mais fino pode ser feito escolhendo entre as diferentes molas opcionais. Dentro do cilindro, o pistão mantém o mesmo diâmetro e curso, mas o desenho das janelas foi retrabalhado. O virabrequim é completamente novo e apresenta um balanceamento otimizado que reduz as vibrações. Apesar de mais leve que o modelo anterior, a inércia rotacional foi mantida com o novo desenho, garantindo a maneabilidade e boas respostas em baixas rotações.


Husqvarna TC 85 2018

Husqvarna TC 85 2018

Um scrub com estilo

Será que caiu ou fez a curva?

O câmbio também foi renovado e teve peso reduzido em relação ao modelo 2017. Seu acoplamento com o motor é feito agora com a nova embreagem com sistema DDS, com uma mola de diafragma que substitui as tradicionais helicoidais. Segundo a marca, esse sistema, aliado ao acionamento hidráulico, entrega uma performance mais efetiva. Para completar o tópico motor, um escapamento totalmente novo com uma ponteira 50mm mais curta.

Carcaças do motor

Fabricadas num processo que minimiza a espessura das paredes sem afetar a resistência, as carcaças foram redesenhadas para compactar o conjunto motor/câmbio e posicionar os eixos o mais próximos possível do centro de gravidade. O eixo do virabrequim subiu 31mm e foi recuado 8.8mm.


Campana de embreagem

Conjunto virabrequim/biela

Novo cilindro


Quadro


Garfo WP AER 43
O quadro de aço cromo-molibidênio completamente novo, reproduz as características das irmãs maiores. É fabricado pela empresa do grupo especialista em suspensões WP com soldas completamente robotizadas. Com a geometria completamente recalculada, oferece maior rigidez torcional (7%) ao mesmo tempo em que melhorou a flexibilidade longitudinal (25%). Esse arranjo promete uma melhor maneabilidade e agilidade em baixas velocidades e melhor estabilidade em reta com velocidades maiores. Segundo a fábrica, o conforto do piloto também foi melhorado com o novo quadro. Uma particularidade da oitentinha é que ela continua com o subquadro em alumínio (200 gramas mais leve que o anterior) , enquanto os modelos maiores a peça é de plástico reforçado com fibra de carbono.

Nas suspensões a pequena ganha caracteríscias de moto grande com garfos WP AER 43 com funções de amortecimento e mola separadas em cada lado, exatamente como nas irmãs maiores, apenas os diâmetros dos tubos é menor. O curso no eixo dianteiro é de respeitáveis 280mm, 10mm a mais que a versão anterior.

Para a traseira foi desenvolvida uma versão específica do amortecedor WP XPlor PDS, sem links, que proporciona facilidade de manutenção ao mesmo tempo que fornece o admirável curso de 305mm na roda traseira (5mm a mais).

Outras novidades

Os radiadores, também fabricados pela WP, foram redesenhados com dinâmica de fluidos computadorizada para garantir a melhor passagem de ar pelos canais de resfriamento. Toda a rota do líquido refrigerante foi redesenhada em seus caminhos para o motor e de volta dele. Os protetores dos radiadores também são novos e agora servem para, além de evitar os impactos de pedras e dejetos, proteger as peças em casos de quedas.

As pedaleiras têm um desenho chamado pela Husqvarna de "no dirt", que evita o acúmulo de terra, comumente "capturada" em curvas com canaletas.

A caixa do filtro de ar é completamente nova e tem fácil acesso removendo o painel plástico lateral.

Os freios são da marca Formula. O dianteiro com pinça de quatro pistões e disco pétala de 240 mm, atrás com pinça de duplo pistão e disco pétala de 210 mm. O diâmetro dos pistões traseiros foi diminuído para reduzir peso. O pedal de freio também é completamente novo. Com certeza o desempenho do conjunto não fica devendo nada em relação às versões adultas.


Piloto de oitentinha. Tem sempre um pai tentando distraí-lo na beira da pista

Resumo Husqvarna TC85
Quadro com geometria completamente nova
Subquadro 220g mais leve
Pedaleiras "no dirt"
Garfo WP AER 43
Novo amortecedor WP XPlor PDS
Guidão cônico em alumínio com novo acelerador
Novos radiadores com circuito revisado
Fácil acesso ao filtro de ar
Aros pretos com pneus Maxxis
Silencioso de escape 50mm mais curto
Motor revisado com novo cilindro, janelas e válvula de escape
Novo virabrequim mais leve
Câmbio mais leve
Nova embreagem com mola de diafragma
Corpo plástico completamente novo

A Husqvarna TC 85 chega aos concessionários do hemisfério norte dentro de alguns meses nas versões rodas grandes (aros 19/16) e pequenas (aros (17/14) Além da 85 a fábrica oferece as minimotos cross com motores 65 cm3 e 50 cm3. Confira as fotos e fichas técnicas abaixo.


Husqvarna TC 65 2018


Husqvarna TC 50 2018


Husqvarna TC 50 Mini 2018


Fichas técnicas

Mini 2018 TC 50 mini TC 50 TC 65 TC 85 17/14 TC 85 19/16
Motor
Tipo Monocilíndrico 2 tempos
Cilindrada 49 cc  64,9 cc 84.93 cc
Diâmetro x Curso 39,5/40 mm 45/40,8 mm 47/48.95 mm 
Partida Pedal
Carburador Dell’Orto PHBG 19 BS Mikuni VM 24 Keihin PWK 28
Válvulas - - Guilhotina por pressão Aba com acionamento centrífugo
Lubrificação Premix 1:60 Premix 1:40
Câmbio Marcha única automática 6 marchas
Relação de marchas 14:31 13:37 16:34 18:31 21:30 23:28 24:26 11:29 14:28 16:26 19:26 21:25 20:21
Relação primária 61:33 23:75 20:64
Relação final 10:42 11:40 14:48 13:46 13:49
Refrigeração Líquida
Embreagem Centrífuga ajustável Multidisco banhado em óleo, Acionamento hidráulico Formula
Ignição Selettra 2p D36 AET digital MEDJ (mahle electric drives japan)digital 2K-1
Chassis
Quadro Tubo central superior em Aço Cromo molibdênio 
Subquadro Aço Aluminio
Guidão Alumínio Ø 22 mm Cônico em alumíinio, Ø 28/22 mm
Suspensão Diant. WP-USD Ø 35 mm WP-USD, AER 35 , Ø 35 mm WP AER Ø 43 mm
Suspensão Traseira WP mono shock WP Xplor PDS
Curso D/T 100/147 mm 205/185 mm 215/270 mm 280/305 mm
Freio Dianteiro Disco Ø 160 mm Disc brake Ø 198 mm Disco Ø 220 mm
Freio traseiro Disco Ø 160 mm Disco Ø 210 mm
Aros D/T 1.60 x 10"; 1.60 x 10" 1.50 x 12"; 1.60 x 10" 1.60 x 14"; 1.60 x 12" 1.40 x 17"; 1.60 x 14" 1.60 x 19"; 1.85 x 16"
Pneus D/T 2.5 x 10"; 2.75 x 10" 60/100 x 12"; 2.75 x 10" 60/100 x 14"; 80/100 x 12" 70/100 x 17"; 90/100 x 14" 70/100 x 19"; 90/100 x 16"
Corrente 1/2 x 3/16" 1/2 x 1/4" 428 428
Ponteira de escape Alumínio
Caster 67.4° 66° 64,5° 66°
Trail 22 mm 14 mm
Entre-eixos 914 mm ± 10 mm 1,032 mm ± 10 mm 1,137 mm ± 10 mm 1,290 ± 10 mm
Distância livre do solo 184 mm 252 mm 280 mm 352 mm 377 mm
Altura do assento 558 mm 684 mm 750 mm 850 mm 885 mm
Reservatório de combustível 2,3 litros 3,7 litros 5 litros
Peso (sem combustível) 40 kg 41.5 kg 53 kg 67.0 kg 68.0 kg









Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet