X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Freestyle

Red Bull X-Fighters - 5ª etapa - Abu Dhabi
Publicado em: 03/11/2015

Clinton Moore vence a temporada 2015 do Red Bull X-Fighters
Redação MotoX.com.br - Fotos: J. Mitter / P. Vuckovic/ D. Grund/ N. Chidiac

Tom Pagès caiu e abandonou decisão durante as quartas de final


Clinton Moore

O Red Bull X-Fighters World Tour 2015 chegou ao final na última sexta-feira (30). A temporada terminou em Abu Dhabi com Clinton Moore desbancando Thomas Pagès, que brigava pelo bicampeonato na competição e a chance de ser o segundo piloto, em 15 edições do campeonato, a conquistar título por duas vezes (o único a realizar o feito até hoje é o norte-americano Nate Adams). A pista montada na famosa fonte de Corniche, em frente às águas do Golfo Pérsico, foi o belíssimo palco da grande decisão.

Confira os vídeos na MotoX TV:
- Resumo da etapa
- Apresentação campeã
- Vídeo Onboard

Pagès ficou para trás por causa de duas quedas na qualificação, mas voltou para o topo depois de uma primeira rodada perfeita e, para a alegria dos fãs, pôde competir com Moore nas quartas de final. Contra o australiano, Pagès caiu novamente em um Alley-Oop Flair e deu adeus às chances de título.

“Tudo ia bem na primeira rodada, mas havia muita pressão e isso tudo – não sei, cometi outro erro, acho que devia ter tentado uma nova manobra”, disse.
 
O francês revelou estar a duas semanas sem treinar, por conta de uma lesão. A ironia da situação é que, pela segunda vez na carreira, Pagès perdeu o campeonato na rodada final.

Com o caminho livre e o título garantido, Moore derrotou Maikel Melero, da Espanha, nas semi-finais e o australiano Rob Adelberg na final com uma sequência de manobras em saltos de até 30 metros de distância, incluindo o Volt e seu primeiro Bundy com aterrisagem sem as mãos no guidão. Josh Sheehan ficou com o terceiro lugar e completou o pódio totalmente australiano.


Josh Sheehan, Clinton Moore e Rob Adelberg

“Sinto que todo o trabalho duro e determinação foram finalmente compensados”, disse Moore. “Esse sempre foi um sonho e se tornou realidade agora”, completou. Moore terminou a temporada com 380 pontos e três vitórias, incluindo as etapas na Cidade do México e Atenas.


Tom Pagès

Para finalizar, Moore não deixou de reconhecer o talento de Pagès. “Tom é uma lenda do esporte – ele é o maior inovador e sempre nos leva a novos limites. Ele teve azar”. O francês foi o vice-campeão com 305 pontos, à frente de Rob Adelberg.


Josh Sheehan


Resultados Abu Dhabi:
1. Clinton Moore (AUS)
2. Rob Adelberg (AUS)
3. Josh Sheehan (AUS)
4. Maikel Melero (ESP)
5. Rémi Bizouard (FRA)
6. Dany Torres (ESP)
7. Taka Higashino (JPN)
8. Tom Pagès (FRA)
9. Javier Villegas (CHI)
10. Luc Ackermann (GER)

Resultados do Mundial:
1. Clinton Moore (AUS)
2. Thomas Pagès (FRA)
3. Rob Adelberg (AUS)
4. Josh Sheehan (AUS)
5. Levi Sherwood (NZL)
6. David Rinaldo (FRA)
7. Dany Torres (ESP)
8. Rémi Bizouard (FRA)
9. Taka Highashino (JPN)
10. Maikel Melero (ESP)


 


 


 


 


 


 




Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet