X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Mineiro

5ª etapa - Campeonato Mineiro de Motocross - Barbacena - MG
Publicado em: 29/10/2010

Pipo Castro é bi-campeão em Minas Gerais
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Fred Mancini


Largada categoria 2 Tempos


Pipo Castro conquistou o bi-campeonato da categoria MX1 em Minas Gerais
A cidade de Barbacena, a 170 quilômetros de Belo Horizonte, foi escolhida para receber a 5ª etapa do Campeonato Mineiro de Motocross, disputada nos dias 23 e 24 de outubro. Um fim de semana perfeito para o Motocross mineiro, com ótimo espetáculo na pista. Os principais fatores que contribuíram para isso foram: a qualidade da pista, o alto nível dos pilotos e o clima.

Combinação Perfeita

O circuito, um dos melhores do Estado, é particular e foi batizado com o nome da revenda Yamaha da cidade, a Turinhos Motos. Seu proprietário é João Batista, ou simplesmente Joãozinho, um entusiasta do esporte que construiu uma pista em seu sítio, possui uma equipe de Freestyle na qual também se apresenta, é piloto de Motocross e seu filho já corre na categoria 85cc. O circuito possui 1500 metros e todos os obstáculos que fazem a alegria dos pilotos e do público. Seu traçado mescla trechos de alta e baixa velocidade, todos os tipos de curva, duplos, triplos e um temido duplo em um descidão "alucinante". 

Já o alto nível técnico dos pilotos deve-se principalmente à sólida tradição que o motociclismo off-road Mineiro possui e na constante renovação do esporte no Estado, que vem formando pilotos de diversas modalidades. A atual geração de campeões inclui Jorge Balbi, Felipe Zanol, o "Oncinha", e Nielsen Bueno, além da pioneira Mariana Balbi. Segundo Ricardo Vieira, presidente da FMEMG e piloto da MX4, o principio que norteia sua administração é que não existem "categorias principais" (termo comumente atribuído as MX1 e MX2 no Motocross, ou à categoria Máster no Regularidade, etc.), pois todas possuem uma função específica em determinado momento da carreira do piloto e desempenham um papel importante no desenvolvimento dos atletas. Além disso, é essencial criar um modelo de Campeonato que padronize as várias partes envolvidas na sua realização e que sirva de referência para o esporte. 


Largada 85cc


Daniel Damasceno
Quanto ao clima, esse contribuiu bastante, pois em 2009 a etapa foi disputada nesta mesma época e debaixo de muita chuva. Já neste ano tivemos várias condições climáticas ao longo dos dois dias de prova, mas todas acompanharam a programação.

Primeiro Dia

No sábado, o dia amanheceu nublado e permaneceu assim durante os treinos, o que aliviou o desgaste dos pilotos e manteve o piso úmido. Na segunda bateria de treinos, após gradearem a pista, o sol já havia conseguido se impor e as seis corridas do dia foram disputadas sob muito calor. Faltando apenas uma etapa para o encerramento do campeonato, alguns pilotos já buscavam o título antecipado, acirrando as disputas em todas as categorias.

Os pilotos das categorias 2Tempos e Iniciante entraram na pista juntos para disputarem a primeira bateria do dia. Na 2Tempos, Daniel Damasceno venceu a etapa e conquistou o bi campeonato na categoria. O jovem e promissor piloto Gustavo Lima, de apenas 15 anos, conseguiu recuperar-se de uma largada ruim e recebeu a bandeira quadriculada em segundo, seguido por Rafael Simões em terceiro. Na categoria Iniciante, o piloto Felipe Leão largou em terceiro e na metade da prova já havia assumido a liderança, vencendo a bateria. A segunda colocação ficou com Alexsandro Vieira, seguido por Bruno Batista em terceiro, Sidney Lemos em quarto e Cássio da Silva em quinto. 


Largada 65cc


Richard Piaba
O traçado da pista foi encurtado para receber a categoria 50cc, a segunda a competir. As quatro primeiras posições ficaram inalteradas durante os 10 minutos da bateria. O piloto fluminense Lucas Erthal venceu a etapa, mas por ser filiado no Rio de Janeiro não pontua no campeonato. Quem ficou com os 25 pontos foi Carlos Eduardo Souza que conquistou o segundo lugar na etapa e o título Mineiro de 2010. A terceira colocação foi para Guilherme Lana, seguido por Rubens Andrade em quarto. O quinto lugar só foi decidido na penúltima volta, quando o piloto Eder Amaral ultrapassou Gabriel Pandeza e completou o pódio.

A categoria MX4, destinada aos pilotos com idade a partir de 45 anos, foi a próxima a competir. Helon Lopes venceu a etapa, com Robson Morato em segundo, Evandro Pereira em terceiro, Fred Ricardo em quarto e Jânio Boechat, da cidade de Itaperuna - RJ, em quinto. Com este resultado a decisão do título ficou para a etapa final. Mesmo com o quarto lugar, Fred Ricardo manteve a liderança do campeonato, mas a vantagem em relação ao Helon, segundo no ranking, caiu de 19 para 7 pontos de diferença.

Na 65cc, não houve ultrapassagens entre os cinco primeiros do início ao fim da bateria. O vencedor da etapa e campeão mineiro de 2010 foi Gabriel Soares, o "Tomatinho", com cinco vitórias em cinco etapas. A segunda colocação ficou com o piloto Hugo Erthal (irmão do vencedor da 50cc), seguido pelo vice-campeão da temporada, Marco Túlio Souza, Vitor Pires em quarto e Thiago Alcântara em quinto.

Em seguida, encerrando a programação de sábado, foi a vez da categoria para motos Nacionais, vencida de ponta a ponta por Richard "Piaba". Campeão mineiro de 2009, Richard manteve a liderança do ranking e ampliou de 1 para 6 pontos a diferença em relação a Julio Elizário, segundo colocado na prova e no campeonato. A terceira posição foi para Bruno de Almeida, com Gustavo Henrique em quarto e Juliano Augusto em quinto.

Segundo Dia 


Mariana Balbi


Rodrigo Lama
Na manhã de domingo, a chuva fina e constante parecia indicar que se repetiriam as condições do ano passado. Mas para a grata surpresa de todos, a poucos minutos do início da primeira corrida, o sol surgiu com a mesma intensidade de sábado e só foi preciso gradear a pista para que ficasse em perfeitas condições.

Os primeiros a alinharem no gate foram os pilotos da categoria para motos de 85cc. Fillipe Gonçalves liderou de ponta a ponta e garantiu o bi campeonato Mineiro. O segundo colocado foi o piloto Petros Velozo, da cidade de Bom Jardim-RJ, com Samuel Almeida em terceiro, João Vitor Carvalho em quarto e Matheus Miranda em quinto.

Na categoria MX3, Mariana Balbi largou na frente e lá permaneceu até a bandeirada final. Na disputa pelo campeonato, Raimundo de Araújo superou Dário Junior e ampliou a sua vantagem de 2 para 7 pontos, deixando a decisão para a etapa final. Dário andou na segunda posição até a oitava volta, quando foi ultrapassado por Raimundo. O quarto colocado foi Marcelo Brito, seguido por Roberto Pires em quinto.

Antes da largada, os três primeiros colocados no ranking da categoria MXJR, estavam com 50, 45, e 40 pontos respectivamente e todos com chances de conquistar o título. Mas quem largou na frente e venceu a etapa foi o piloto Rodrigo Lama. Na segunda colocação, sem pontuar no campeonato, ficou o carioca Matheus Corguinha. A terceira colocação foi para Luiz Miranda, líder do campeonato, que com o resultado ficou com 66 pontos. Na quarta colocação, o vice-líder Fillipe Gonçalves chegou a 58 pontos. O quinto lugar ficou com Felipe Sorrento, de Nova Friburgo-RJ. 


Rômulo "Oncinha"


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 390 Fotos!
Na categoria MX2, a disputa pelo título de 2010 acontece entre Rômulo "Oncinha" e o catarinense Pipo Castro, com apenas dois pontos de diferença entre eles. "Oncinha" havia chegado da cidade de Santa Luzia, próximo a Belo Horizonte, aonde disputou e venceu a quarta etapa do Brasileiro de XC, realizada no sábado.

Mas na largada, foi o experiente campeão Massoud Nassar quem saiu na frente, sendo ultrapassado por Pipo na quinta volta. Da oitava posição na largada, após sua moto desligar, "Oncinha" já estava em terceiro na sexta volta; e na décima, assumiu a segunda colocação. Gustavo Amaral ultrapassou Massoud, a duas voltas do final e conquistou a terceira colocação. Completando o pódio, na quinta colocação, terminou Mariana Balbi.

Na categoria Intermediária, a diferença entre os dois primeiros colocados era de apenas um ponto. O líder do campeonato, Euller Morais, não largou bem e terminou a prova em quarto lugar. Seu adversário direto, Augusto Pereira, liderou de ponta a ponta e conseguiu abrir 12 pontos de vantagem, levando a decisão para a etapa final. A segunda colocação ficou com Edson Soares, seguido por Walter Bouzas em terceiro, Euler Morais em quarto e Arthur Lima em quinto.

Na bateria da MX1, a piloto Mariana Balbi largou em primeiro, mas ainda na primeira volta foi ultrapassada por Pipo e "Oncinha", que mantiveram as colocações até o fim da corrida. O terceiro colocado foi Massoud Nassar, que desta vez conseguiu superar Gustavo Amaral, invertendo as colocações da MX2. A quinta posição ficou com Mariana Balbi. Com este resultado, Pipo garantiu o título de 2010 e agora é bi campeão mineiro.

Resultados completos no site da FMEMG







© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet