X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Brasileiro de Supercross

5ª etapa - Final - Jundiaí - SP
Publicado em: 15/12/2007

Etapa final decidiu títulos nas duas categorias
Texto: Lucídio Arruda - fotos: Maurício Arruda


Largada SX1

A cidade de Jundiaí, a aproximadamente 60 KM de São Paulo, sediou no último sábado a final do Campeonato Brasileiro de Supercross. Na SX2 Leandro Silva venceu a prova e faturou o título. Na categoria principal Wellington Garcia correu pelo campeonato e conquistou o título com a quinta posição mesmo com a vitória de Pipo Castro, seu principal adversário.

Veja também: 
- Galeria de Imagens da Prova com 455 Fotos!

Vídeos da Prova na MotoX TV!

A pista de cerca de 500 metros foi uma das mais exigentes da temporada. A chuva que caiu durante toda a semana dificultou o trabalho de construção dos obstáculos e após a primeira sessão de treinos alguns deles tiveram de ser acertados. Notadamente o triplo em frente a área VIP onde os pilotos da SX2 tiveram dificuldades para alcançar a recepção. A solução tomada pelo construtor André "Sucuri" foi empurrar a curva de acesso um pouco mais para trás aumentando o espaço para ganhar velocidade e alterando levemente a entrada da rampa para jogar mais alto.

Com as alterações ficou mais fácil emendar todo o obstáculo, mas a distância entre o 2º e 3º saltos permaneceu pequena tornando o ponto perigoso ao mínimo erro de cálculo dos pilotos.

Classificatórias

Na primeira classificatória da SX2 foi Leandro Silva que largou na ponta e permaneceu alí até a bandeirada.

A disputa pelo segundo lugar esquentou nas voltas finais com com Anderson Cidade atacado por Rodrigo Selhorst, mas o rondoniense fez a ultrapassagem em ponto sinalizado por bandeira amarela e acabou desclassificado após a chegada sendo obrigado a disputar a vaga para a final na repescagem.

O resultado da primeira classificatória foi o seguinte: Leandro Silva, Cidade, Ratinho Lima, Rafael Faria e Carlo Mônaco.

Na segunda qualificatória Lucas Moraes conquistou o holeshot seguido de Jean Ramos. Swian Zanoni se enroscou com Dudu Lima na primeira curva e os dois iniciaram a bateria nas últimas posições longe dos demais.


Largada SX2


Jean Ramos
A prova esquentou as arquibancadas com a briga entre Ramos e Moraes, e também com a espetacular recuperação de Zanoni que rapidamente recuperava posições  descontando a vantagem dos líderes.

Moraes vendeu caro a liderança para Ramos e a duas voltas do final foi ultrapassado também por Zanoni que na briga pelo título fez de tudo para conquistar o ponto extra, mas não foi capaz de alcançar o líder a tempo. Final: Ramos, Zanoni, Moraes, César Popinhak e Gabriel Gentil.

Os pilotos que não chegaram entre os sete primeiros foram direcionados à repescagem, mas com a desistência de Heinz Crispim que caiu nos treinos não foi preciso dar a largada e todos se classificaram para a final.

A SX1 contou com apenas 13 inscritos, desta forma a classificatória serviu apenas para escolha de gate. João Paulino Marronzinho venceu a bateria a frente de Pipo Castro e faturou também o ponto extra.


Lucas Moraes e Marcello Ratinho Lima


Finais


Leandro Silva

Chegou a hora da grande final. Decisão do título. Que rufem os tambores!!!


Swian Zanoni foi considerado a revelação do campeonato.
Quando caiu o gate da grande final a prova foi toda do paranaense Leandro Silva que assumiu a ponta na primeira curva e liderou até a bandeirada. Jean Ramos largou em segundo e Lucas Moraes em terceiro.

Swian Zanoni fechou a primeira volta em quarto e na passagem seguinte já era o terceiro.

Os três primeiros colocados - com uma certa distancia entre si - apertaram o ritmo deixando as disputas por posições no pelotão intermediário.

Só depois de 15 voltas é que Swian encostou definitivamente em Jean Ramos. A ultrapassagem aconteceu com certo contato na volta seguinte. A essa altura o principal problema do líder era um grupo de quatro ou cinco retardatários brigando por posições cuja última preocupação era dar passagem ao primeiro colocado.

Na ânsia de não perder tempo Leandro chegou a pular para fora da pista e por pouco não sofre uma queda. Ratinho Lima finalizou na quarta posição deixando para Lucas o quinto degrau do pódio.

“Errei no final da corrida, fui para fora da pista e quase deixei o campeonato ir por água abaixo, pois o Swian vinha na seqüência” - contou o novo campeão brasileiro de supercross - “É muita emoção. Deu tudo certo, fiz uma boa largada e esse título é conseqüência do trabalho do ano todo.”



SX1


Pipo Castro



Wellington Garcia ficou na largada
Após a apresentação Freestyle de Natan Azevedo - que fez o que pôde no pequeno espaço disponível - os pilotos da categoria principal alinharam no gate. Na disputa do título Wellington Garcia tinha vantagem suficiente para chegar até a oitava posição. Desde a classificatória ficou claro que a estratégia do goiano seria a mais cautelosa possível. Pipo Castro precisaria de muita sorte para virar o jogo na bateria final. 

E por falar em sorte parece que os astros resolveram brincar na hora da largada quando justamente o gate de Pipo Castro teima em não cair. Roosevelt Assunção havia feito o holeshot, mas ao final da primeira volta a bandeira vermelha era agitada.


Roosevelt Assunção


Massoud Nassar
Curiosamente Pipo havia conseguido se livrar rapidamente do imprevisto e já ocupava a quarta posição.

Segunda largada! Desta vez nada de problemas com o gate. Roosevelt larga na frente de novo e Pipo é o segundo colocado. O azar do momento ficou com Wellington Garcia que se enroscou com Alexandro Martins na largada e recomeça a prova na última posição.

Roosevelt imprime um forte ritmo no início e trás Pipo a poucos metros. Um pouco mais atrás vem João Paulino Marronzinho em terceiro e na quarta posição Massoud Nassar.
Wellington vai recuperando posições com sua tocada em modo seguro sempre sinalizado pela equipe.

A cinco voltas do final Pipo consegue a ultrapassagem sobre Roosevelt e este erra nas costelas na volta seguinte cedendo a segunda posição para Marronzinho. Na última volta
os dois primeiros chegam a colocar uma volta sobre Wellington que a está altura já é o quinto colocado.


João Paulino Marronzinho

Wellington Garcia encerrou uma temporada perfeita com títulos nos seis campeonatos que participou: Brasileiro de Motocross MX1 e MX2, Paulista MXGold e MX2, Arena Cross MX1 e Brasileiro de Supercross SX1. Certamente uma das performances mais dominantes na história do motociclismo nacional.

Sobre o susto no início da corrida o campeão comentou: “Foi um sufoco grande, a minha moto ficou presa e pensei que não fosse conseguir sair mais. O importante foi que continuei a prova com tranqüilidade, pensando em ser campeão".

O Brasileiro de Supercross voltou. E esperamos que  desta vez seja para ficar. É a modalidade que tem um apelo muito grande de mídia e público e um aspecto de show que só ajuda a popularizar o motociclismo.

Ao longo das cinco etapas a Dunas Race foi lapidando o formato do evento e aos poucos vai se aproximando do ideal. A empresa já provou sua capacidade com o Rally dos Sertões e espera trazer o mesmo prestígio para o Supercross. O ano de 2008 promete ser ainda melhor!


Wellington Garcia conquistou 6 títulos em 2007


Resultados da etapa

Pl SX1 Equipe
1 7 Pipo Castro Yamaha, Pro Tork, Pauta, Geração, Rec Yam
2 2 Joao Marronzinho Pro Tork, Mitas, Motoshop Kaw
3 6 Roosevelt Assuncao Honda, Mobil, Asw, Did, Ngk, Pirelli, Oakl Hon
4 9 Massoud Nassar Ktm, General Motos, Shift, Herbert M Ktm
5 5 Wellington Garcia Honda, Asw, Pirelli, Did, Ngk Hon
6 25 Kurtt Rocha Pro Tork, Mitas, Jarva Importações, D Kaw
7 14 Nico Rocha Protork, American Cross Kaw
8 21 Alexandro Valerim Toque De Pele, Vhm, Loja Katia Hon
9 78 Richard Berois Rbc Racing, Radio Bandeirantes Am It Kaw
10 136 Rafinha Ramos Ktm, R6com, Cti, Vortx, Oakley, Alemão Ktm

Pl SX2 Equipe
1 3 Leandro Silva Honda, Asw, Mr Pro, Mx Part, Mobil, P Hon
2 23 Swian Zanoni Ktm, Vortx, Mormaii, Benazi, Lmp, Metz Ktm
3 18 Jean Ramos Oasis Racing, Agua Mineral Ouro Fi Kaw
4 4 Ratinho Lima Vaz, Yamaha, Fox, Bridgestone, Pro C Yam
5 11 Lucas Moraes Yamaha, Dunas, Vort X, Berik, Orbital Yam
6 16 Rodrigo Selhorst Honda, Orbital, Pirelli, Asw, Mobil Hon
7 19 Thales Vilardi Honda, Mobil, Asw, Showa, Did, Ngk, C Hon
8 65 Anderson Cidade Pro Tork, Tbt Racing, Motoshop Kaw
9 338 Dudu Lima Vaz, Yamaha, Fox, Bridgestone, Pro C Yam
10 931 Gabriel Gentil Motoshop, Asw, Orbital Hon
11 30 Juliano Ramos Jmr Escola De Motocross, Consor Hon
12 73 Gustavo Amaral Suzuki, Petrobras, Circuit, Pirelli Suz
13 13 Milton Chumbinh Pro Tork, Jp, American Cross Kaw

Classificação Final

Rk SX1 Marca Total Descarte Final
1 5 Wellington Garcia Hon 84 0 84
2 7 Pipo Castro Yam 90 9 81
3 6 Roosevelt Assuncao Hon 85 13 72
4 25 Kurtt Rocha Kaw 57 7 50
5 2 Joao Marronzinho Kaw 42 0 42
6 26 Davis Guimarães Yam 38 0 38
7 9 Massoud Nassar Ktm 37 0 37
8 136 Rafinha Ramos Ktm 36 0 36
9 10 Duda Parise Kaw 32 0 32
10 78 Richard Berois Kaw 33 3 30
11 8 Jorge Balbi Hon 26 0 26
12 21 Alexandro Valerim Hon 31 5 26
13 22 Djohny Aquino Hon 20 0 20
14 14 Nico Rocha Kaw 17 0 17
15 359 Felipe Grimberg Hon 9 0 9
16 945 Carlos Vazques 8 0 8
17 56 Dario Junior Kaw 6 0 6
18 915 Be Starling Hon 5 0 5
19 252 Francisco Neto Suz 4 0 4
20 38 Willian Guimaraes Suz 4 0 4
21 158 Nasri Sarkiss Hon 3 0 3
22 450 Rodrigo Cardoso Yam 3 0 3
23 324 Sandro Botelho Hon 2 0 2
24 423 Cesar Ventura Hon 2 0 2
Rk SX2 Marca Total Descarte Final
1 3 Leandro Silva Hon 94 0 94
2 23 Swian Zanoni Ktm 97 11 86
3 18 Jean Ramos Kaw 78 3 75
4 4 Ratinho Lima Yam 77 13 64
5 16 Rodrigo Selhorst Hon 55 5 50
6 338 Dudu Lima Yam 45 7 38
7 280 Cesar Popinhak Kaw 38 0 38
8 65 Anderson Cidade Kaw 39 4 35
9 73 Gustavo Amaral Suz 32 4 28
10 19 Thales Vilardi Hon 28 0 28
11 11 Lucas Moraes Yam 23 0 23
12 30 Juliano Ramos Hon 23 2 21
13 24 Rafael Faria Kaw 18 0 18
14 35 Rafael Zenni Kaw 16 0 16
15 69 Tuniquinho Miranda Hon 16 0 16
16 12 Kristofer Florenzano Suz 11 0 11
17 13 Milton Chumbinho Kaw 7 0 7
18 931 Gabriel Gentil Hon 6 0 6
18 330 Carlo Monaco Hon 6 0 6
19 32 Kaian Teixeira Kaw 1 0 1
20 969 Raul Guilherme Yam 1 0 1






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet