fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Arena Cross

3ª etapa - Ilhabela - SP
Publicado em: 26/05/2016

Brasileiros dominam o pódio na terceira etapa do campeonato
Redação MotoX.com.br - Fotos: Walter Contessotti, Bruno Miani/ Vipcomm e Mau Hass

Jean Ramos é novo líder na MX Pró e Gustavo Pessoa assume a ponta na MX2


Pista de Ilhabela

Fazia tempo que o Arena Cross não tinha um pódio todo brasileiro na categoria principal. Pois na terceira etapa da temporada 2016, depois de duas vitórias estrangeiras, Jean Ramos subiu ao degrau mais alto da MX Pró tendo ao seu lado na soma das baterias Antônio Jorge Balbi Jr. (2º) e Wellington Garcia (3º).

O resultado final todo verde amarelo, no entanto, não refletiu tudo que rolou na noite de sábado em Ilhabela (SP) já que os gringos também tiveram seus momentos de glória em uma prova difícil, com a pista castigada pela chuva e repleta de canaletas fundas por todos os lados.

Corridas


Largada da MX1

Na primeira bateria foram os estrangeiros que determinaram o ritmo. Antes, porém, Jean Ramos faturou o ponto extra do Duelo 1x1, superando o português Paulo Alberto que errou e caiu durante a disputa. A recuperação do patrício veio na prova inicial, quando não deixou a primeira posição nem por um segundo. Ele foi do início ao fim na liderança, no começo com o rival Jean Ramos como principal oponente. O paranaense seguiu na segunda colocação por mais da metade da bateria, até cair e mais tarde permitir a ultrapassagem do espanhol Carlos Campano que também não ameaçou o líder e fechou a corrida em segundo.

A disputa pela quarta posição foi intensa. Wellington Garcia abriu espaço para Hector Assunção e o inglês Adam Chatfield no início, mas depois se recuperou. Hector, depois do começo promissor, sofreu uma queda e nem terminou a prova, desta forma bastou ao goiano dar o troco em Chatfield para recuperar o quarto lugar. Os irmãos Dudu Lima e Marcello Ratinho completaram na sequência, em sexto e sétimo.


Jean Ramos

Na segunda bateria a sorte mudou de lado. Jorge Balbi, que teve uma primeira corrida problemática abandonando após bater com um retardatário, fez uma largada perfeita seguido por Jean Ramos. Logo atrás, na briga pela terceira posição, Campano e Paulo se chocaram na recepção de um obstáculo e viram a situação ficar complicada, especialmente para o português. O espanhol ainda conseguiu retornar no final do pelotão, já Paulo ficou literalmente lutando com um disco de freio empenado na tentativa de continuar. Após várias voltas de esforço, o atual campeão repareceu em ação com uma enorme desvantagem em busca de alguns pontos.


Jorge Balbi
Na frente, Balbi chegou a perder a liderança por pouco mais de uma volta, até Jean Ramos cometer um pequeno vacilo em um obstáculo, o suficiente para o mineiro voltar ao primeiro lugar. Em seguida, com Balbi melhorando suas linhas e Jean vendo os principais adversários na briga pela liderança da tabela enfrentando problemas, a perseguição entre os dois primeiros aos poucos esfriou e o piloto da Pro Tork consolidou o primeiro lugar até a vitória.

"Eu vim de uma péssima primeira bateria, nem terminei a prova, caí sobre um retardatário e fui atropelado, a moto ficou toda torta e a gente fez o que pôde para arrumar. Na segunda larguei bem e sabia o que fazer para vencer. No final estava mais rápido e garanti o primeiro lugar", analisou Balbi.

A terceira posição, que em boa parte da prova esteve com Hector Assunção, terminou com Jetro Salazar que conseguiu uma série de ultrapassagens na segunda bateria. Outro que cresceu na prova com um desempenho consistente foi Wellington Garcia que saiu do oitavo para o quarto lugar. Hector acabou em quinto seguido por Adam Chatfield e Dudu Lima.

Com a vitória na primeira bateria e o segundo lugar na prova decisiva, Jean Ramos além de comemorar a vitória geral assumiu a liderança da temporada. "Nessa segunda corrida eu passei o Balbi, mas cometi um erro e ele me passou de volta. Primeiro ví o Campano caído, depois o Paulo e pensei: hoje é correr com a cabeça, fazendo segundo termino em primeiro (na soma). Ainda tentei passar o Balbi algumas vezes, pois três pontos fazem uma boa diferença, mas foi um bom resultado para o campeonato".


Paulo Alberto

Wellington Garcia, na terceira posição, completou o pódio todo brasileiro. "É muito bom estar no pódio, às vezes as pessoas assistindo de fora não têm a noção do quanto é difícil. Mesmo que o piloto seja o último tem que se respeitar. Eu treino todos os dias, me sacrifico e me dedico 100% ao motocross e às vezes não dá certo, é frustrante, mas não desisto. Graças a Deus nesta etapa estou no pódio", desabafou.

Desclassificação de Paulo Alberto na segunda bateria

O esforço de Paulo Alberto na segunda bateria acabou sendo em vão. Os seis pontos da décima posição foram descartados após a análise de um recurso pelo Júri de Prova que constatou a caracterização da infração destacada no Artigo 9 do regulamento, que trata de Assistência Exterior ou Corte de Percurso. O pedido de verificação partiu da equipe Geração Yamaha e foi julgado procedente. A decisão divulgada durante a semana deixou Paulo mais distante de Jean na classificação geral do campeonato, mas as posições foram mantidas com o piloto da Yamaha em primeiro com 96 pontos, contra 85 do rival da Honda. Carlos Campano (81), Adam Chatfield (77) e Wellington Garcia (65) completam os cinco primeiros na tabela.

MX2


Largada da MX2

A MX2 começou com a liderança de Leandro Araújo, que surpreendeu os favoritos na largada. O piloto do Pará manteve a ponta por duas voltas, na terceira Gustavo Pessoa assumiu o comando da prova. Atrás dos dois, a disputa era intensa com Fábio Santos, Enzo Lopes e João Pedro Ribeiro também na briga. Pepê Bueno caiu ainda no início e abandonou.

Pressionado por João Pedro, Enzo escorregou e perdeu contato com o primeiro pelotão. Gustavo, com uma pilotagem precisa na frente, foi aos poucos ganhando vantagem na primeira posição enquanto os erros dos adversários se acumulavam. Fabinho Santos também caiu e João Pedro passou a vice-liderança antes da metade da corrida.   


Gustavo Pessoa

Com boa margem na primeira posição, Gustavo só precisou administrar a segunda parte da bateria para alcançar a segunda vitória consecutiva no Arena Cross. "Eu quero agradecer a todos da equipe que trabalharam muito duro para que eu conseguisse essa vitória", disse o piloto que agora lidera o campeonato com apenas um ponto de vantagem sobre o companheiro de equipe João Pedro.

A segunda posição ficou com Leonardo de Souza que começou a corrida em um discreto oitavo lugar, mas foi crescendo e ganhando posições até superar João Pedro. Com o segundo pódio na temporada, o piloto da Escuderia X também pulou para o terceiro lugar na classificação geral e influenciou diretamente a mudança na ponta da tabela. "Estou muito feliz com o resultado desta etapa! Foi bem difícil contornar as diversas quedas que aconteceram durante a prova... mas me mantive firme, focado e o resultado veio. Vou continuar trabalhando duro e evoluir a cada dia nos pontos fracos para chegar na última etapa brigando pelo título", projetou Leonardo.


Pódio da MX2

Enzo Lopes, em quarto, e Leandro Araújo, em quinto, fecharam os cinco primeiros da categoria.  

Categorias de base


Leonardo Nunes

Na Júnior, as quedas também foram em grande número. Já na primeira volta, após largar na frente, Bruno Schmitz foi mais uma vítima das muitas canaletas nos saltos de Ilhabela. A queda abriu espaço para a liderança de Léo Nunes que não deixou a chance escapar. Com uma apresentação precisa, Léo seguiu na ponta até o final.

"Estava precisando (de um bom resultado). O ano passado tive algumas lesões e não pude correr o Arena, mas estou voltando ao meu melhor ritmo. Agora é comemorar e ir para a próxima", destacou o vencedor.


Pódio da Júnior

Renan Goto teve algum trabalho para confirmar o segundo lugar, após alternar a posição com Leonardo Cassarotti. Mas o adversário que até então estava invicto na competição caiu e abandonou, deixando as coisas mais fáceis para o novo líder do campeonato que segue com a mesma regularidade desde a abertura da temporada. Até agora foram três resultados iguais para o piloto que corre com um esquema privado.

Bruno Schmitz se recuperou do tombo no início acabando com a terceira posição. O resultado deu a ele a vice-liderança na disputa pelo título. Joaquim Oliveira e Marcus Lera foram terceiro e quarto colocados da etapa.


Garmichel Giehl

As provas das crianças foram antecipadas e realizadas durante a tarde. Claro que sobraram quedas e dificuldades aos pequenos em um terreno complicado, mas nada além do normal e as provas foram cumpridas sem imprevistos.

Na 65cc, Garmichel Giehl venceu em um dia péssimo para o líder Marcello Silva que tinha a liderança até a metade da prova, mas enfrentou problemas e abandonou. Bruno Rodrigues e Vitor Hugo de Borba subiram ao pódio em segundo e terceiro, respectivamente, enquanto Guilherme Bresolin, José Pedro e Rodolfo Bicalho ocuparam as posições seguintes.


Pódio da 50cc

Na 50cc, Rafael Becker rapidamente conquistou ultrapassagens no início da prova para se manter como o único piloto invicto na competição. Vítor Hugo de Borba, após liderar o início, acabou em terceiro, atrás de Bruno Rodrigues. Ana Watfe conquistou a quarta posição e Bernardo Tibúrcio a quinta.

Restam duas etapas na temporada 2016 do Arena Cross. A quarta e penúltima está programada para o dia 9 de julho em Campinas (SP).

Clique aqui para ver os resultados completos em cada bateria

Classificação geral do campeonato após três etapas

Pos MX Pró Pts
1 10 Jean Carlo Ramos 96
2 1 Paulo Alberto 85
3 115 Carlos Campano 81
4 407 Adam Chatfield 77
5 21 Welligton Garcia 65
6 920 Jetro Salazar 53
7 30 Hector Assunção 52
8 3 Jorge Balbi 49
9 101 Humberto Martin 47
10 2 Eduardo Lima 46
11 5 Marcello Lima 38
12 22 Carlos Badiali 18
13 36 Luiz Filipe De Souza 16
14 116 Rafael Faria 12
15 23 Vinicius Queiroz 2
16 915 Victor Almeida 0
Pos MX2 Pts
1 891 Gustavo Pessoa 53
2 282 João Pedro Pinho Ribeiro 52
3 945 Leonardo De Souza 42
4 58 Leandro Araújo 29
5 97 Pedro Bueno 28
6 16 Enzo Lopes 28
7 112 Endrews Nhemihes 25
8 134 Caio Lopes 23
9 34 Lucas Dunka 19
10 31 Brayan Soares 18
11 19 Fabio Do Santos 18
12 50 Renato Paz 16
13 119 Gabriel Lucas Soares 8
14 24 Thiago Brenner 7
15 127 Ismael Rojas 4
16 48 Felipe Mombach 4
17 32 Carlos Evangelista 4
18 6 Otávio Pelegrino 3
19 962 Leonardo Almeida 0
Pos Júnior Pts
1 55 Renan Goto 51
2 40 Bruno Zchmitz 41
3 25 Leonardo Cassarotti 40
4 989 Leonardo Nunes 35
5 11 Joaquim Antonio De Oliveira 35
6 221 João Pedro Raimundo 26
7 264 Thiago Cassio Cuzath Dos S 22
8 92 Marcus Lera 20
9 72 Vanderlei Junior 16
10 50 Mateus Dedel 16
11 10 Gabriel Andrigo 15
12 801 Cristian Gomes 15
13 110 Caique Takeyama 10
14 99 Rafael Araujo 10
15 805 Bernardo Zappelini 8
16 126 Vinicius Martins 5
17 88 Pablo Emilio Olmedo 5
18 132 Artur Amorim 4
19 170 Keven Ramos 0
Pos 65cc Pts
1 44 Marcello Silva 45
2 89 Jose Antonio Pedro Filho 43
3 4 Garmichel Giehl 42
4 202 Henrique Henicka 42
5 102 Gabriel Mielke 32
6 55 Gustavo De Oliveira 32
7 38 Rodolfo Bicalho 26
8 18 Matheus Pavão 25
9 109 Guilherme Bresolin 23
10 39 João Vitor Oliveira 19
11 8 Kaue Benatto 16
12 205 Raul Miranda 12
13 77 Ivo Konell 12
14 333 Felippe Vieira 4
15 92 Vinicius Costa 3
16 66 Gregory Motta 3
17 22 Leon Lombardi 0
18 227 Luiz Guilherme Cardoso 0
Pos 50cc Pts
1 7 Rafael Becker 60
2 28 Vitor Hugo De Borba 47
3 317 Bruno Rodrigues 45
4 160 Felipe Marques 27
5 113 Ana Watfe 26
6 3 Bernardo Tiburcio 24
7 185 Samuel De Oliveira 17
8 17 Lucas Da Silva 15
9 711 João Torres 11
10 8 Gustavo Nogueira 10
11 50 Renato Cobucci 10
12 111 Thais De Castro Nascimento 8
13 887 Kauan Henrique Vicente Da 7
14 77 Eduardo De Araujo 6
15 712 Gustavo M. Torres 4
16 515 Matheus Lima 4
17 31 Luiz Henrique Tapari Dos Sa 0
18 222 Breno Aguiar Baltazar 0
19 122 Miguel Guzzo 0
20 305 Derek Slater 0








Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet