X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Loja Ibox28

JPS Racing

Clique e saiba mais

> Competição > Arena Cross

2018 Boituva - SP - 3ª etapa
Publicado em: 10/10/2018

Hector Assunção conquista segunda vitória consecutiva, mas Paulo Alberto segue líder da categoria Pró
Redação MotoX.com.br - Fotos: Luiz C. Garcia, Idário Café/Mundo Press e Victor Silva


Largada da categoria Pró

No dia 6, primeiro sábado de outubro, o Arena Cross promoveu em Boituva, interior paulista, a terceira etapa da temporada 2018. A prova, que inicialmente estava prevista para o fim de setembro, precisou ser adiada em uma semana devido a uma tempestade que avariou parte da estrutura montada para o evento. Desta forma a prova brasileira acabou sendo realizada no mesmo fim de semana do Motocross das Nações, o que impediu o português Paulo Alberto (IMS Racing), líder da categoria Pró, de defender seu país na competição internacional como estava programado.


Hector Assunção

Quem comemorou a vitória na classe principal foi Hector Assunção (Honda Racing), mas o sacrifício de Paulo Alberto ainda foi recompensado com um bom segundo lugar e a manutenção da primeira colocação no campeonato. A noite começou com Hector dividindo o gate com o atual bicampeão Jean Ramos (Yamaha Geração) no Duelo 1x1, onde levou vantagem somando 2 pontos contra 1 do rival.


Paulo Alberto

Na primeira bateria foi a vez de Paulo Alberto brilhar. A prova começou bem animada, com Alberto na frente e uma acirrada disputa atrás. Hector passou Jean e chegou a ameaçar o líder que imediatamente respondeu. Os dois avançaram e o português garantiu a vitória com cinco segundos de margem. Pelo terceiro lugar, o venezuelano Humberto Martin (Rota Kawasaki), o Machito, superou Jean Ramos. Lukas Dunka (Honda Racing) terminou na quinta colocação já com uma volta a menos que o vencedor.


Jean Ramos

A segunda corrida não poderia começar pior para Hector que caiu na primeira curva junto com Caio Lopes (Rota Kawasaki). Enquanto os dois davam início a recuperação, Lucas Dunka liderava as primeiras voltas com Paulo Alberto, Jean Ramos e Humberto Martin nas posições seguintes.


Humberto Machito Martin

Jean começou forte, logo passou o português e depois o catarinense, assumindo o primeiro lugar. Dunka não conseguiu manter o mesmo ritmo e perdeu mais posições, inclusive para Hector que surpreendentemente entrou na briga do primeiro pelotão em pouquíssimo tempo.


Lucas Dunka

Paulo Alberto chegou a ficar lado a lado com Jean na briga pela liderança, mas errou, quase caiu na recepção de um salto e aí perdeu rendimento sendo ultrapassado por Hector e Machito. O venezuelano também deu uma escorregada e devolveu o terceiro lugar ao português.


Pódio da categoria Pró

Com voltas um segundo mais rápido que os rivais, Hector não teve dificuldade para alcançar o primeiro lugar definitivamente. Paulo Alberto recuperou um bom ritmo e também superou Jean Ramos para garantir o segundo lugar, deixando o paranaense em terceiro. Machito e Dunka completaram em quarto e quinto respectivamente.


Equipe Honda Racing comemorando a vitória

Com a vitória no Duelo 1x1, Hector somou dois pontos a mais que Paulo Alberto e venceu a etapa. "Foi surreal esta vitória na segunda bateria, porque é muito difícil sair de último e acabar vencendo. Quando eu caí na primeira curva, eu só pensei em acelerar e, quando me dei conta, já estava ali no pelotão da frente. Consegui fazer ultrapassagens rápidas e vencer", disse o paulista. "Isso dá um ânimo enorme para continuar batalhando para vencer as últimas etapas."

Jean, Machito e Dunka completaram os cinco primeiros da etapa. No campeonato, Paulo Alberto manteve a primeira posição com 109 pontos, Hector assumiu a vice-liderança com 100 e Jean permanece na briga pelo título com 98.


Largada da categoria 65cc

Na classe 65cc, Gustavo Rodrigues liderou por algumas voltas, mas acabou fora da disputa pela vitória. Depois de ocupar a quarta posição no início, Rafinha avançou até começar um belo duelo pela liderança com Garmichel Giehl. O catarinense da equipe KTM Sacramento ultrapassou o rival e recebeu a bandeirada na primeira colocação após um total de 13 voltas, completadas em 11 minutos e 22 segundos.


Rafael Becker

"Foi uma corrida muito boa. Não larguei muito bem, mas consegui me recuperar e estou muito feliz com o resultado", disse Rafinha, que acelera uma KTM 65SX e ocupa a vice-liderança do campeonato com 52 pontos. Garmichel manteve a primeira posição  com 57.


Francisco Emílio

Francisco Emílio manteve a sequência de vitórias e a invencibilidade na 50cc. Ele dominou a corrida com Gustavo Torres na segunda colocação, seguido de perto por Mateus Oliveira. Os três repetem a mesma classificação no campeonato até aqui.

A quarta etapa do Arena Cross está prevista para o dia 27 de outubro em Lençóis Paulista (SP).

Reveja a transmissão oficial do evento:



Resultados da terceira etapa:

Pró primeira bateria

1. Paulo Alberto
2. Hector Assunção
3. Humberto Martin
4. Jean Ramos
5. Lucas Dunka

Pró segunda bateria

1. Hector Assunção
2. Paulo Alberto
3. Jean Ramos
4. Humberto Martin
5. Lucas Dunka

Pró (Soma das baterias)
1. Hector Assunção, 39 pontos
2. Paulo Alberto, 37 pontos
3. Jean Ramos, 29 pontos
4. Humberto Martin, 28 pontos
5. Lucas Dunka, 22 pontos

65cc

1. Rafael Becker
2. Garmichel Rodrigues
3. Matheus Henrique

50cc
1. Francisco Emílio
2. Gustavo Torres
3. Mateus Oliveira

Classificação Geral após três etapas:

Pró

1. Paulo Alberto #211 (IMS Racing) - 109 pontos
2. Hector Assunção #30 (Honda Racing) - 100 pontos
3. Jean Ramos #1 (Yamaha/Geração) - 98 pontos
4. Humberto Martin #101 (Rota K Racing/Kawasaki) - 90 pontos
5. Lucas Dunka #934 (Honda Racing) - 58 pontos
6. Caio Lopes #134 (Rota K Racing/Kawasaki) - 49 pontos
7. Dudu Lima #02 (Kawasaki/EMG) - 35 pontos
8. Leonardo Souza #945 (Honda Racing) - 34 pontos
9. Marcello Lima #12 (Kawasaki/EMG) - 32 pontos
10. Thales Vilardi #27 (Subs27 Orange/KTM)- 31 pontos

65cc
1. Garmichel Rodrigues #04 - 57 pontos
2. Rafael Becker #07 - 52 pontos
3. Vitor Hugo Borba #28 - 43 pontos
4. Gustavo Rodrigues #55 - 36 pontos
5. Bruno Leal #317 - 29 pontos
6. Bernardo Tiburcio #03 - 28 pontos
7. Ana Letícia #113 - 22 pontos
8. Raul Miranda #205 - 19 pontos
9. Felipe Maia #931 - 16 pontos
10. Felipe Marques #160 - 15 pontos

50cc
1. Francisco Emílio #6 - 60 pontos
2. Gustavo Torres #712 - 51 pontos
3. Mateus Oliveira #15 - 39 pontos
4. Caio Tiburcio #94- 28 pontos
5. Lucas Pereira #717 - 24 pontos
6. João Aquino #05 - 24 pontos
7. Nikolas Tapari #22 - 21 pontos
8. Luiz Henrique Tapari #158 - 19 pontos
9. Emanuel Destri #796 - 18 pontos
10. Breno Aguiar #222 - 15 pontos





Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet