fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Reportagens > Especial

Campeões MXGP mostram talento em outras pistas
Publicado em: 13/10/2015

Pilotos de motocross exibem habilidade em outras modalidades
Redação MotoX.com.br: Maurício Arruda - Fotos: Monster Energy / Magneti Marelli Checkstar


Romain Febvre mostrando que também sabe acelerar no asfalto

É inegável o talento dos campeões mundiais de motocross Romain Febvre e Antonio Cairoli. Ambos já provaram por diversas vezes suas qualidades nas pistas do MXGP, mas a habilidade como pilotos não fica restrita aos circuitos da modalidade, como pôde ser visto neste fim de semana. Veloz, Febvre mostrou que também pode ser campeão no Supermoto, assim como Cairoli deixou evidente a competência no rali. A diferença é que o francês atual dono do título se manteve sobre duas rodas, enquanto o ícone italiano se aventurou nas quatro rodas, mas estas experiências não são nenhuma novidade para os dois. Na verdade, quando a velocidade está no sangue, parece que pouco importa a máquina que se conduz.


Atual campeão do MXGP subiu ao pódio do Superbiker 2015, competição de Supermoto realizada na Bélgica

Depois de conquistar o principal título mundial da modalidade e repetir a dose em equipe no Motocross das Nações, o que você faria? Muito provavelmente pensaria em tirar férias e descarregar toda a pressão de uma temporada inteira pilotando em alto nível, correto? Bem, Romain Febvre optou por algo um tanto diferente: disputar a edição 2015 do renomado Superbiker anualmente realizado em Mettet, na Bélgica, e mostrar que tem velocidade também no asfalto. O piloto da Yamaha, que já ganhou algumas vezes esta tradicional prova, mostrou que segue afiado no Supermoto e liderou por 10 minutos o pelotão antes de ser ultrapassado pelo alemão Marc-Reiner Schmidt, vencedor da corrida. Depois disto, o francês brigou pelo segundo lugar com o compatriota e campeão mundial da modalidade Thomas Chareyre, e levou a melhor!


O francês bateu o campeão de Supermoto Thomas Chareyre na briga pelo segundo lugar da prova

"Foi ótimo voltar ao Mettet, correr sem qualquer pressão e apenas me divertir um pouco... Mas eu estou um pouco decepcionado", disse o competitivo campeão do MXGP, vencedor do Superbiker em 2012 e 2014. "Eu sabia que precisava do Holeshot e fiz isso acontecer, mas comecei a corrida esperando pelo pódio porque eu não era tão rápido quanto alguns outros", reconheceu. "Como a pista estava de volta ao velho circuito e a seção off-road não tinha nada de especial comparada aos anos anteriores, eu não podia fazer a diferença nessa área", destacou. "Ainda assim, a equipe me deu uma ótima moto para correr e foi legal para recuperar o atraso com os caras do Supermoto", completou. Na próxima semana, Febvre acompanha o Monster Energy Cup em Las Vegas, nos Estados Unidos, antes de voltar a acelerar em uma pista de motocross em Sugo, no Japão, durante a última etapa do Campeonato Japonês.


Antonio Cairoli levou o título da sua categoria no Rally Legend

Já Cairoli, após um ano difícil no motocross por conta de uma lesão, fez bonito ao conquistar a vitória - ao lado do navegador Matthew Romanono - no Rally Legend, disputado na República de San Marino. Ao volante de um Lancia Delta HF 1992, o piloto surpreendeu os concorrentes na briga pelo título da classe Myth Trophy. "Estou muito, muito feliz com a forma como foi. A minha participação era para ser apenas diversão, um jogo. Em vez disso, se tornou cada vez mais séria", disse o siciliano que tem no curriculo também o sexto lugar no Rally de Monza do ano passado entre outras experiências competindo de carro. "Foi um desafio começar todos os testes durante a noite, mas eu realmente gostava de mim (pilotando) e consegui manter a calma, sem cometer erros e mantendo uma boa posição na tabela".
   

Italiano comprovou que tem talento também sobre quatro rodas

Sobre dedicar-se em tempo integral as quatro rodas, o multi-campeão mundial de motocross tranquiliza os seus fãs no motociclismo e garante que ainda não é o momento. "Por enquanto (a participação no rali) permanece relacionada ao entretenimento nos intervalos do Mundial (de Motocross)", garante. No entanto, completa: "Mas, no futuro, pode tornar-se algo mais sério".


Prova foi disputada na República de San Marino

A ótima notícia é que o próximo desafio de Cairoli no motocross será no Brasil, isso mesmo! O atleta está confirmado em uma participação especial na segunda e última etapa da Copa Brasil de Motocross, nos dias 17 e 18 de outubro, em São José (SC).

Vídeos

1 - Clipe do Superbiker Mettet, na maioria em câmera lenta, onde dá pra ver um pouco de Romain F
ebvre em ação com a moto 461:



2 - Onboard na bateria final do Superbiker Mettet com Marc Fraikin, nono colocado, onde é possível com mais clareza a forte pegada e alto nível da prova:



3 - Clipe longo com mais de 20 minutos de registro. Aos 1min40seg Cairoli passa com o carro 222, assim como aos 11min20seg, já com parte da frente do carro danificada:



4 - Registro de uma largada de Tony Cairoli com o Lancia Delta HF 1992:



Resultados Superbiker Mettet

Pos Piloto Voltas Tempo Total Dif M Volta
1 141 Schmidt Marc-reiner 28 33:32.180   1:10.769
2 461 Febvre Romain 28 33:36.185 4.005 1:10.940
3 4 Chareyre Thomas 28 33:36.980 4.800 1:10.454
4 72 Hollbacher Lukas 28 33:47.877 15.697 1:11.158
5 71 Kejmar Pavel 28 34:03.943 31.763 1:11.734
6 51 Occhini Andrea 28 34:08.011 35.831 1:11.353
7 188 Vermeulen Devon 28 34:18.886 46.706 1:12.305
8 98 Fath Laurent 28 34:24.667 52.487 1:12.143
9 45 Fraikin Marc 28 34:36.400 1:04.220 1:12.990
10 14 Hodgson Chris 28 34:36.593 1:04.413 1:12.939
11 23 Baffeleuf David 27 33:35.570 1 Tour 1:13.586
12 213 Deridder Lionel 27 34:07.188 1 Tour 1:13.928
13 941 Tellenbach Patrick 27 34:09.726 1 Tour 1:14.524
14 201 Borella Edgardo 27 34:10.051 1 Tour 1:14.416
15 134 Tschumperlin Kevin 27 34:12.725 1 Tour 1:14.369
16 37 Dabert Sylvain 27 34:13.673 1 Tour 1:14.147
17 41 Fiorentino Frederic 27 34:19.219 1 Tour 1:14.415
18 17 Van Drunen Marcel 27 34:19.801 1 Tour 1:14.012
19 115 Marie-luce Alexis 27 34:20.505 1 Tour 1:14.028
20 210 Gaillard Jean-marc 27 34:23.749 1 Tour 1:14.875

Resultados Rally Legend classe Myth Trophy

Pos Piloto/Navegador Carro Tempo Total Dif Média Velo
1. #222 Cairoli Tony - Romano Matteo Lancia Delta Integrale 1:07:45.9   75.3
2. #36 Romagna Simone - Lamonato Dino Lancia Delta Integrale 16V
S.C. Isola Vicentina
1:08:06.8 +20.9
+20.9
74.9
0.25
3. #5 Lucky - Cazzaro Luigi Lancia Delta Integrale 16V
S.C. Isola Vicentina
1:09:06.1 +1:20.2
+59.3
73.9
0.94
4. #14 Colombini Marcello - Selva Marco BMW M3
San Marino
1:09:54.7 +2:08.8
+48.6
73.0
1.51
5. #26 Lopes Riccardo - Matè Roberto Lancia Delta HF Integrale
Lopes Competition
1:11:27.6 +3:41.7
+1:32.9
71.4
2.61
6. #7 Trelles Gustavo - Del Buono Jorge Lancia Delta HF Integrale
MRT by Nocentini
1:11:32.1 +3:46.2
+4.5
71.3
2.66
7. #84 Valliccioni Marc - Cardi Marie-Josée BMW M3 1:12:00.2 +4:14.3
+28.1
70.9
2.99
8. #81 Succi Andrea - Biordi Alessandro BMW M3
Racing Team Le Fonti
1:12:43.4 +4:57.5
+43.2
70.2
3.50
9. #39 Messori Giuseppe - Caputo Antonella Mitsubishi Lancer Evo III
Mft Motors
1:13:46.7 +6:00.8
+1:03.3
69.2
4.24
10. #41 Fedolfi Nicolo - Ceci Livio Lancia Delta HF Integrale
Montalcino Motorsport
1:15:02.1 +7:16.2
+1:15.4
68.0
5.13
11. #10 Madeira Rui - Rodrigues da Silva Nuno Ford Sierra RS Cosworth 4x4 1:15:42.2 +7:56.3
+40.1
67.4
5.60
12. #47 Ercolani Lorenzo - Conti Daniele Renault Clio Williams
San Marino
1:16:25.6 +8:39.7
+43.4
66.8
6.11
13. #40 Frassineti Albano - Villa Fabio Ford Escort RS Cosworth
Ten Job
1:17:04.5 +9:18.6
+38.9
66.2
6.57
14. #67 Érdi Tibor - Patkó Gergely Toyota Celica GT-Four(ST205) 1:18:15.8 +10:29.9
+1:11.3
65.2
7.41
15. #21 Bentivogli Bruno - Landolfo Giovanni Ford Sierra RS Cosworth 1:18:33.8 +10:47.9
+18.0
65.0
7.62
16. #116 Betti Samuele - Zanotti Diego Fiat Uno 70 S
Scuderia Malatesta
1:18:45.0 +10:59.1
+11.2
64.8
7.75
17. #42 Biasiotto Andrea - Lizzi Paolo BMW M3
Vimotorsport
1:18:46.2 +11:00.3
+1.2
64.8
7.76
18. #117 Del Bianco Lorenzo - de Angelis Giacomo Peugeot 106 Rallye
San Marino
1:18:49.6 +11:03.7
+3.4
64.7
7.80
19. #95 Pelliccioni Matteo - Giulianelli Cristian BMW 318 iS
San Marino
1:20:06.8 +12:20.9
+1:17.2
63.7
8.71
20. #118 Merencsics Arpád - Kulcsár Dániel Suz Swift GTi 1:21:44.4
1:00
+13:58.5
+1:37.6
62.4
9.86








Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet