X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Arena Cross

5ª etapa - Itapema - SC
Publicado em: 28/09/2014

Prova mais dura do ano define campeões em quatro categorias
Redação MotoX.com.br: Maurício Arruda - Fotos: Marco Dutra

Carlos Campano (Pró), Paulo Alberto (MX2), Enzo Lopes (Júnior), Carlos Eduardo Dadalzinho (65cc) e Diogo Nascimento (50cc) são os campeões do Arena Cross 2014


Largada da categoria Pró

A grande final da 16ª temporada do Arena Cross, realizada na noite deste sábado (27), em Itapema (SC), foi sem dúvida a prova mais exigente do campeonato 2014. Com a pista bastante castigada pela chuva, a quinta e última etapa da competição definiu os campeões em quatro categorias. O espanhol Carlos Campano faturou o título da Pró pela primeira vez, Enzo Lopes tornou-se bicampeão da Júnior, Carlos Eduardo Dadalzinho venceu na 65cc e Diogo Nascimento conquistou o troféu na 50cc.

Na MX2, única classe que teve o campeão decidido antecipadamente, a disputa pelo vice-campeonato foi a principal atração. O português Paulo Alberto, bicampeão da categoria, não competiu na corrida catarinense para representar seu país no Motocross das Nações neste mesmo fim de semana.


Carlos Campano

Já nas primeiras curvas, a primeira bateria da Pró deixou claro que esta seria a prova mais dura do ano. A pista, em condições complicadíssimas, com múltiplas e extensas canaletas a cada metro, exigia máxima concentração dos pilotos. Eram poucos os saltos completados pelos competidores, e o erro em um deles comprometia as sequências seguintes, representando segundos preciosos na briga por posições. Erros deste tipo eram os principais causadores de mudanças na classificação.

Separados por seis pontos, Carlos Campano e o paranaense Jean Ramos entraram na pista como principais concorrentes ao título. Com chances remotas, precisando vencer e ainda dependendo de tropeços dos adversários, o equatoriano Jetro Salazar e o goiano Wellington Garcia ainda estavam na briga.


Jean Ramos

Campano ampliou a vantagem que já tinha antes do início da prova com uma excelente largada. Só que rapidamente o espanhol viu que não seria assim tão fácil. Jetro agarrou sua chance, fez a ultrapassagem e começou a abrir com uma tocada agressiva. O problema é que estava difícil permanecer em pé e, na mesma volta, o piloto da Escuderia X confirmou isso caindo em uma sequência de duplos.

Mais comedido, Campano retomou a ponta, mas com intensa pressão de Jean e Adam Chatfield, que se alternavam na segunda posição. Quando cedeu a primeira posição, Campano foi ultrapassado pelos dois e o inglês passou a ditar o ritmo da corrida.


Adam Chatfield

A corrida seguiu assim até a metade, quando os primeiros colocados voltaram a ficar mais próximos. As divididas entre eles foram constantes, assim como os passeios por fora do traçado. Campano voltou a crescer na disputa superando Jean e, em seguida, Chatfield, voltando a liderar.

A definição da vitória veio já nos últimos minutos, quando Jean Ramos atacou e quase conseguiu superar Campano, mas o piloto da Geração Yamaha defendeu a posição e faturou a primeira bateria ampliando a difrença na classificação para nove pontos. Wellington Garcia, após uma péssima largada, conquistou várias ultrapassagens para completar em terceiro, seguido por Chatfield e Marcello Ratinho Lima.


Wellington Garcia

Com uma folga maior, Campano levou com ele a tabela de classificação para a segunda corrida da noite, mas nem por isso deixou de repetir a ótima largada da prova anterior. Mais uma vez na liderança, mas sem precisar da vitória, ele teve a tranquilidade necessária para adotar uma estratégia cautelosa.

Sem nada a perder, Jean Ramos foi atrás do que era preciso. Depois de algumas voltas atrás do concorrente, passou ao primeiro lugar definitivamente e com isso faturou também a vitória na etapa. Para levar o título o piloto da Honda ficou dependendo de um erro do adversário que não ocorreu.


Marcello Ratinho e Humberto Martin

A estratégia de Campano era fazer o necessário, ou seja, chegar até na quinta colocação era mais do que suficiente. Chatfield veio e ultrapassou, Wellington Garcia também. E o novo campeão do Arena Cross ficou ali, na quarta posição, sem ser incomodado e com a conquista garantida. Marcello Ratinho completou alguns segundos atrás, em quinto.


Jetro Salazar

Campano comemorou muito a conquista inédita. "Estive perto nos últimos dois anos, mas ainda não tinha conseguido esse título. Briguei bem duro na primeira bateria, pois sabia que o Jean estava andando muito bem, fez um campeonato muito bom e está de parabéns. Na segunda estava bem mais tranquilo, podia ficar até em quinto. Choveu bastante, era muito fácil cair", analisou.

Jean Ramos lamentou o desfecho da primeira bateria, que foi decisivo na disputa. "Foi um trabalho duro durante o ano, infelizmente não consegui o resultado que precisava na primeira bateria e isso custou o campeonato. Estou um pouco triste, mas ainda tem o Brasileiro de Motocross para tentar um título até o final deste ano", destacou.


Carlos Campano festejando o título com a sua equipe

Na soma das baterias, Jean venceu a etapa seguido por Campano, Chatfield, Garcia e Ratinho. No campeonato, Campano somou dois pontos a mais que Jean. Wellington Garcia foi o terceiro na temporada, 25 pontos atrás do campeão.


Pódio da MX2

Com o título já definido, a novidade na MX2 ficou por conta da estreia do norte-americano Blake Wharton. Mas as coisas não começaram muito bem para ele, que partiu entre os últimos, enquanto Hector Assunção assumia a primeira colocação seguido por Fabinho Santos. Dudu Lima, em terceiro, e Anderson Cidade, em quarto, faziam a briga pelo vice-campeonato. Marçal Muller, também com chances, vinha um pouco mais atrás, no sexto lugar.


Hector Assunção

Wharton, que passou os últimos meses sem competir recuperando-se de uma lesão, ganhou posições rapidamente e em poucas voltas assumiu o terceiro lugar. Depois pouca coisa mudou entre os pilotos do pódio. Em alguns momentos Wharton reduzia a diferença para Fabinho, em outros a a distância aumentava. Na frente com grande vantagem, Hector chegou a sofrer uma queda que não alterou a classificação.


Fabinho Santos

No meio do pelotão a coisa era diferente. Cidade, Dudu e Muller se alternavam entre a quarta e a sexta posição. No final, Cidade conquistou o vice-campeonato com o sexto posto, mesmo terminando a prova atrás de Dudu, o quarto, e Muller, o quinto.


Blake Wharton

Hector foi o único a vencer uma etapa, além do campeão Paulo Alberto. "Estou muito feliz com a vitória. A pista estava muito difícil, acabei cometendo um erro durante a prova, tive sorte que o motor da moto não apagou e consegui voltar na liderança. Depois disto procurei me concentrar melhor", revelou o paulista.


Anderson Cidade

Djalminha Brito não conseguiu que os dois pontos a mais no campeonato da Júnior fizessem diferença na noite decisiva. Para conquistar o título, mesmo com a vantagem na classificação, ele tinha a difícil missão de bater Enzo Lopes, o bicho papão da categoria nas competições nacionais. Largando na frente, Enzo fez uma prova arrasadora, liderando todas as voltas.


Enzo Lopes

Lucas Moreira começou a corrida como o perseguidor mais próximo do gaúcho. Três voltas mais tarde Djalminha assumiu a vice-liderança, mas a diferença para o líder seguiu aumentando até o final. Com a vitória, Enzo conquistou o bicampeonato da competição.

"Foi mais um título importante na minha carreira e vou dar o meu máximo para conseguir muitos outros. Quero agradecer minha família, meus patrocinadores e todos que torcem por mim", disse após o pódio.


Pódio da categoria Júnior

A segunda posição deixou Djalminha com o vice-campeonato. Vinícius Abreu subiu na classificação da corrida até o terceiro lugar e o resultado representou a mesma posição na classificação final da temporada. Lucas Nogueira e Thiago Brenner foram quarto e quinto colocados da bateria.


Carlos Eduardo Dadalzinho (de amarelo e azul no pódio)

A 65cc chegou para a corrida decisiva com Carlos Eduardo Dadalzinho e Keven Ikeda na briga pelo título, separados por um ponto. Quem chegasse na frente faturava o troféu e Keven começou em grande vantagem, na segunda colocação, enquanto o adversário ocupava apenas a sétima colocação na primeira volta, liderada por Carlos Baltazar.

Na volta seguinte tudo mudou. Não estava fácil para os pequenos enfrentar o circuito castigado pela chuva, mas entre eles o local Olívio Alves se destacou, passou ao primeiro lugar e levou a posição até o final conquistando a vitória. Na disputa para ser campeão, Dadalzinho inverteu as coisas, passou ao segundo lugar e consolidou a posição que lhe deu o segundo campeonato na competição (no ano passado ele faturou o campeonato na 50cc).


Olívio Alves

Em prova de recuperação, Gabriel Andrigo terminou em terceiro, Bernardo Zapellini foi o quarto e o vice-campeão Keven Ikeda completou os cinco primeiros.


Diogo Nascimento

A classificação da 50cc estava bem favorável ao paulista Diogo Nascimento antes da largada em Itapema, mas quem comandou a corrida na maior parte do tempo foi Luis Eduardo Souza piloto que não estava na briga pelo título. Marcello Leodorico, principal adversário de Diogo, precisava vencer e fez sua parte. Nas duas últimas voltas, ele assumiu a liderança da corrida e conquistou a vitória. Não foi suficiente: Diogo terminou em terceiro e comemorou o título de campeão.

Entre os dois, na segunda posição, completou Luis Eduardo Souza. Com uma volta de desvantagem em relação aos líderes, Pablo Michelmam foi o quarto colocado, e Raul Miranda o quinto.


Marcello Leodorico

Ainda não há calendário definido, mas a previsão é que a próxima temporada do Arena Cross tenha início em março de 2015.

Resultados da quinta etapa

P. No. Pró (Soma) Pts Bat 1 Bat 2 Equipe
1 18 Jean Carlos Ramos 37 17 20 Honda/Ims/Levorin/Vulcano/Ipiranga
2 115 Carlos Campano 33 20 13 Yamaha/Geração/Monster Energy/Asw/Pirelli/Lcm/Rock Part
3 407 Adam Chatfield 30 13 17 Ims/Levorin/Ipiranga/Honda/Vulcano
4 21 Wellington Garcia 30 15 15 Honda/Ims/Pirelli/Mobil
5 5 Marcelo Lima 22 11 11 Emg/Rinaldi/Kawasaki
6 920 Jetro Salazar 20 10 10 Escuderia X
7 101 Humberto Martin 17 8 9 Yamaha/Circuit/Dedel Motos/Rock Parts/C3 Motorsports/St
8 10 Pipo Castro 17 9 8 Geração/Fontes/Yamaha/A.marx/Cti/Rx Graphics
P. No. Pró Bat 1 V MV Diff Equipe
1 115 Carlos Campano 20 44,287   Yamaha/Geração/Monster Energy/Asw/Pirelli/Lcm/Rock Parts
2 18 Jean Carlos Ramos 20 44,422 2,161 Honda/Ims/Levorin/Vulcano/Ipiranga
3 21 Wellington Garcia 20 45,516 11,606 Honda/Ims/Pirelli/Mobil
4 407 Adam Chatfield 20 46,061 30,428 Ims/Levorin/Ipiranga/Honda/Vulcano
5 5 Marcelo Lima 20 0.046 36,865 Emg/Rinaldi/Kawasaki
6 920 Jetro Salazar 18 0.047 2 Laps Escuderia X
7 10 Pipo Castro 18 49,094 2 Laps Geração/Fontes/Yamaha/A.marx/Cti/Rx Graphics
8 101 Humberto Martin 17 51,114 3 Laps Yamaha/Circuit/Dedel Motos/Rock Parts/C3 Motorsports/Sto
P. No. Pró Bat 2 V MV Diff Equipe
1 18 Jean Carlos Ramos 20 43,971   Honda/Ims/Levorin/Vulcano/Ipiranga
2 407 Adam Chatfield 20 44,651 8,321 Ims/Levorin/Ipiranga/Honda/Vulcano
3 21 Wellington Garcia 20 42,564 9,017 Honda/Ims/Pirelli/Mobil
4 115 Carlos Campano 20 45,613 24,276 Yamaha/Geração/Monster Energy/Asw/Pirelli/Lcm/Rock Parts
5 5 Marcelo Lima 20 0.045 34,348 Emg/Rinaldi/Kawasaki
6 920 Jetro Salazar 20 45,031 40,988 Escuderia X
7 101 Humberto Martin 19 0.047 1 Lap Yamaha/Circuit/Dedel Motos/Rock Parts/C3 Motorsports/Sto
8 10 Pipo Castro 19 48,937 1 Lap Geração/Fontes/Yamaha/A.marx/Cti/Rx Graphics
P. No. MX2 V MV Diff Equipe
1 30 Hector Assunção 19 45,317   Honda/Mobil/Ims/Pirelli/Riffel/Oakley/Vulcano
2 987 Fabio Aparecido Dos Santos 19 48,786 21,274 Box18/Stocovich/Mrp/Adsvideos/Replayx Camera On Board/Sh
3 731 Blake Wharton 19 47,214 24,197 Honda/Mobil/Pirelli/Ims/Rfix
4 544 Marçal Muller 18 46,915 1 Lap Yamaha Geração/Asw/Pirelli/Yamalube/Geramotos/Pro Race/M
5 2 Eduardo Lima 18 48,391 1 Lap Emg/Rinaldi/Kawasaki
6 20 Anderson Cidade 18 48,992 1 Lap Yamaha/Geração/Monster/Asw/Pirelli/Igm
7 997 Pedro Bueno 18 48,209 1 Lap Escuderia X
8 282 João P. Ribeiro 18 51,386 1 Lap Yamaha/Geração/Pinho/Asw/Pecpik
9 891 Gustavo Pessoa 18 49,889 1 Lap Ims/Honda/Leorim/Itamacaca Pneus/Vulcano
10 45 Leonardo De Souza 17 52,034 2 Laps Dunas/Honda/Pirelli/Ims
11 112 Endrews Armstrong Nhemilhes 16 0.052 3 Laps Bel Parts/Brasil Racing/Serginho Suspension/Grifft Graficos
12 58 Leandro Araújo 16 55,281 3 Laps Faz. Rosinha/Asw/Coco Oasis
13 710 Venicio Voigt 16 54,787 3 Laps Nene Motos Joinville/Ims/Emprrendimentos Voigt
P. No. Junior V MV Diff Equipe
1 16 Enzo Lopes 11 56,565   Pirelli/Mobil/Ktm Usa/Redbull/Skull Candy/Dc Shoes/Scot/Mr
2 102 Djalma Brito 11 57,056 0.020 Kawasaki/Rock/Rks/Brasil Racing
3 143 Vinicius Abreu De Sá 11 56,283 21,162 Honda/Ims/Dunas/Pirelli
4 57 Lucas Nogueira 11 56,813 24,379 Ctls/Rinaldi/Mxparts/Neifa/Açai Vitanat/Serginho Suspensões/
5 24 Thiago Brenner 11   28,099 Yamaha/Grupo Geração/Asw/Monster
6 101 Renato Muguinho 11 56,423 31,785 Uamaha/Geração/Monster Energy/Marcos Negretti/Asw/Agua
7 55 Renan Goto 11   47,771 Pirelli/Dumas/Honda/Ims
8 989 Leonardo Nunes 11 58,129 50,527 Nitrogenius/Adrenalina Mx/Stocovich/5inco Factory
9 25 Leonardo Cassarotti 10 58,807 1 Lap Dunas/Ims/Pirelli/Honda
10 77 Diego Heinig Da Silva 10 1:01.8 1 Lap Gaia Mx/Interativa Grafics/Mx Center E Fme/Sbr Construtora/
11 818 Yuri Campello 10 1:00.9 1 Lap Kawasaki/Asw/Clube Radical/Mx Tech
12 962 Leonardo Almeida 10 0.058 1 Lap Grupo X/Honda/Motul/Mundial Prime/Serginho Suspensões/Bu
P. No. 65cc V MV Diff Equipe
1 101 Olivio Gabriel Alves Dos Santos 11 52,267   Pinheirinho Tintas E Peças/Mercado Marangoni/New Jet Collo
2 77 Carlos Eduardo Pereira 11 53,665 8,727  
3 10 Gabriel Bohrer Andrigo 11 51,758 18,744 Pneus Rinaldi/Km Motos/Ims Equipamentos/Fredy Tintas/Jack M
4 805 Bernardo Zapellini 11 53,008 1:01.4 Rinaldi/Nitrix/Mrc/Fundação Esportes Tbt/Geração/Motoshop
5 170 Keven Willian Ikeda 10 52,129 1 Lap Cemaco/Tz10/Opção Uniformes/Sz Grafixx
6 99 Rafael Ribeiro De Araujo 10 52,718 1 Lap Mf Racing
7 96 Mateus Yan Montagna 8 53,516 3 Laps  
8 363 Joao Victor 8 1:08.1 3 Laps Nene Motos/Ims/Auetec/Topline Ferramentaria
P. No. 50cc V MV Diff Equipe
1 44 Marcello Leodorico 7 59,695   Rapozão Racing/Brasil Racing
2 171 Luis Eduardo Souza Filho 7 58,301 4,546 Grupo Mega Imports/Ct Mt/Sz Graphicz/Megabol
3 2 Diogo Nascimento Moreira 7 1:03.61 24,187 Kawasaki/Santi Mari/Levorin/Ims/Stockovick
4 227 Pablo Michelmam 6 1:10.32 1 Lap  
5 205 Raul Miranda 6 1:13.75 1 Lap Casa Das Baterias/Frienship Serviço Portuario/Cb Motos/Mer
6 7 Rafael Becker 6 1:09.83 1 Lap Transportes Ratinho/Mecanica Ratinho
7 777 Ivo Petras Kurahashi Konell 5 1:09.12 2 Laps Impressora Ipiranga/Moldemaq/Jb Motos/Studio Fm/Farmacia
8 5 Erick Onofre Vitorassi Soares 5 1:23.11 2 Laps Retifica Sta Catarina/Prolubrificantes/Ipiranga/Marcon Prep
9 4 Garmichel Giehl 5 1:13.95 2 Laps Super Dois Irmãos/Stop Veiculos/Parts Peças/Moto Style/Mcr
10 28 Victor Hugo J. De Borba 5 1:27.06 2 Laps Jb Motos/Modelmaq/Farmacia Santo Anjo/Impressora Ipiranga
11 38 Rodolfo Bicalho 5 1:04.15 2 Laps Mega Preparações

Classificação final do campeonato

P # Pró Pts Diff
1 115 Carlos Campano 150 0
2 18 Jean Ramos 148 2
3 21 Wellington Garcia 125 23
4 920 Jetro Salazar 123 2
5 10 Pipo Castro 99 24
6 407 Adam Chatfield 89 10
7 902 Julien Bill 86 3
8 5 Marcelo Lima 86 0
9 101 Humberto Martin 75 11
10 116 Rafael Faria 56 19
11 471 Kyle John Regal 40 16
12 14 Leandro Silva 36 4
13 410 Rodrigo Riffel 29 7
14 303 Gabriel Montagner Silva 23 6
15 313 Pedro Ramos 10 13
16 95 Gustavo Verrone De Oliveira 8 2
17 4 Rooseveltl Assumção 8 0
18 107 Mike Donald Cassini 7 1
19 77 Marcos De Lima 7 0
20 111 Gustavo Amaral 5 2
P # MX2 Pts Diff
1 1 Paulo Alberto 80 0
2 20 Anderson Cidade 67 13
3 2 Eduardo Lima 61 19
4 544 Marçal Muller 58 22
5 987 Fabio Aparecido Dos Santos 55 25
6 30 Hector Assunção 54 26
7 282 João P. Ribeiro 42 38
8 112 Endrews Armstrong 7 43
9 27 Thales Vilardi 36 44
10 891 Gustavo Pessoa 28 52
11 45 Leonardo De Souza 26 54
12 134 Caio Lopes 22 58
13 58 Leandro Araújo 18 62
14 731 Blake Wharton 15 65
15 900 Tauan Henrique Brenner 13 67
16 83 Anderson Amaral 10 70
17 997 Pedro Bueno 9 71
18 710 Venicio Voigt 3 77
19 815 Lucas Fernando Frazão 3 77
20 99 Kioman Monoz 3 77
P # Júnior Pts Diff
1 16 Enzo Lopes 80 0
2 102 Djalma Brito 79 1
3 143 Vinicius Abreu De Sá 62 18
4 818 Yuri Campelo 52 28
5 101 Renato Muguinho 51 29
6 962 Leonardo Almeida 48 32
7 55 Renan Goto 43 37
8 24 Thiago Henrique Brenner 32 48
9 48 José Felipe Mombach 31 49
10 61 Frederico Molina Spagnol 30 50
11 57 Lucas Nogueira 22 58
12 14 Carlos Tavares Evangelista 21 59
13 25 Leonardo Cassarotti 20 60
14 989 Leonardo Nunes 14 66
15 92 Marcus Henrique Dias Lera 12 68
16 111 Iuri Beltrão Naves 10 70
17 165 Emerson De Oliveira 7 73
18 149 Eric Henrique Bispo 7 73
19 77 Diego Heinig Da Silva 6 74
20 118 Victor Mendes Honorato 4 76
21 822 Wesley Alves Do Nascimento 3 77
22 94 Kenzo Murata 0 80
P # 65cc Pts Diff
1 77 Carlos Eduardo Pereira 83 0
2 170 Keven Willian Ikeda 76 7
3 11 Joaquim Neto 60 23
4 10 Gabriel Bohrer Andrigo 52 31
5 805 Bernardo Zapellini 51 32
6 221 João Pedro Raimundo 34 49
7 14 Carlos Eduardo Baltazar 32 51
8 99 Rafael Araujo 25 58
9 50 Mateuzinho Dedel 24 59
10 89 Jose Antonio Pedro Filho 23 60
11 101 Olivio Gabriel Alves Dos Santos 63 3
12 210 João P. Silva 17 66
13 4 Bruno Schmitz 13 70
14 148 Matheus Hashimoto Domingos 72 2
15 96 Mateus Yan Montagna 9 74
16 363 Joao Victor 8 75
17 3 Wilson De Oliveira Batista 8 75
18 78 Herick Fernandes Reis 7 76
19 19 Lucas Eduardo Disel 7 76
20 70 Ricardo Luis Ikeda Ramos 6 77
21 910 Matheus Gabriel Da Silva 4 79
22 27 Giacomo Scavino 3 80
23 20 Emanoel Vitor Chapiewsky 0 83
P # 50cc Pts Diff
1 2 Diogo Nascimento 92 0
2 44 Marcello Leodorico 84 8
3 171 Luis De Souza Filho 67 25
4 38 Rodolfo Bicalho 57 35
5 50 Henrique Henicka 45 47
6 7 Rafael Becker 40 52
7 4 Garmichel Giehl 39 53
8 22 Gustavo Abrahão De Oliveira 3 6 56 3
9 34 Bruno Ferreira Martins 29 63
10 205 Raul Miranda 26 66
11 55 Gustavo Rodrigues 24 68
12 777 Nome Piloto 1 9
13 227 Pablo Michelmam 18 74
14 851 Antonio Vitorino 13 79
15 511 Leandro De Souza 10 82
16 99 Bruno Leal Rodrigues 9 83









© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet