X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Mineiro

Copa Minas Gerais de Motocross - 3ª etapa - São Gonçalo do Rio Abaixo - MG
Publicado em: 30/07/2014

Sob chuva, Antônio Jorge Balbi Júnior (MX1), Dudu Lima (MX2) e Jean Ramos (Super Final) vencem principais categorias na terceira etapa da Copa Minas
Redação MotoX.com.br - Fotos: Jefferson Coelhinho e Mau Hass


Antônio Jorge Balbi Júnior

O mau tempo não impediu a realização da terceira etapa da Copa Minas Gerais de Motocross em São Gonçalo do Rio Abaixo, no último final de semana, dias 26 e 27 de julho. As competições foram marcadas pela chuva intensa, mas também por grandes disputas, tombos e recuperações.
 
A prova teve ausências importantes, como a do português Paulo Alberto (destaque da MX2 e Super Final), que segue acompanhando o tratamento do irmão na Europa, e do espanhol Carlos Campano (até então líder da MX1), que se recupera de lesões no tornozelo e nariz sofridas durante um treino. Mas com outros grandes nomes do circuito nacional, a competição manteve o alto nível das etapas anteriores.

Na MX1, o piloto da casa, Antônio Jorge Balbi Júnior dominou a primeira bateria desde a largada. Outro destaque foi Rafael Faria que em prova de recuperação saiu do sétimo lugar e subiu até a vice-liderança, a apenas seis segundos de Balbi. Jean Ramos foi o dono da terceira posição à frente do inglês Adam Chatfield, que chegou a ocupar a segunda colocação, mas cedeu espaço aos concorrentes.

Apesar de manter o mesmo top 3 da primeira prova, a segunda bateria das 450cc teve suas surpresas. Rafael Faria chegou a liderar a maior parte da bateria, porém o paranaense caiu e deixou o caminho livre para Balbi. Jean Ramos se recuperava de uma largada ruim, quando colidiu com outro piloto. Apesar do incidente, o paulista encerrou a corrida na terceira posição, atrás de Faria, e assumiu a liderança do campeonato. Uma forte queda obrigou Adam Chatfield a abandonar a prova.


Dudu Lima

Na MX2, Thales Vilardi e Eduardo Lima, o “Dudu”, duelaram pela vitória no evento. Na primeira prova, Thales largou na frente e correu praticamente sozinho garantindo a primeira posição com amplo domínio. A segunda bateria foi mais agitada: Dudu Lima assumiu a ponta, enquanto Thales e Hector Assunção disputavam a vice-liderança. Dudu consolidou a liderança, enquanto Thales levou a melhor na disputa com Hector. Na soma das baterias, a vitória ficou com Dudu Lima.

A Super Final, que reúne os destaques das classes MX1 e MX2, foi a prova mais inesperada do dia. A maior parte dos pilotos sofreu com a lama e acabou indo ao chão, porém nenhum se machucou. Quem saiu na frente foi Balbi Júnior, mas ele foi uma das vítimas do terreno escorregadio e caiu. Thales Vilardi assumiu a ponta, mas também comprou terreno. Quem tirou proveito da situação foi Jean Ramos, que fez uma prova precisa e terminou o dia como vencedor. Balbi e Thales ainda seguraram o segundo e terceiro lugares respectivamente.


Jean Ramos

"Na MX1 não fiz boas provas, não me senti confortável na moto e ela começou a ter alguns problemas mecânicos. Na Super Final alinhei com a moto de treino, fiz boas voltas e consegui a vitória", resumiu o paranaense Jean Ramos.

Dono do topo do pódio na MX1, Balbi avaliou o final de semana como positivo. "Foi um excelente desempenho. Ainda consegui ser o segundo na Super Final. Eu e minha equipe trabalhamos bastante na busca pela recuperação na competição, uma vez que não tive muita sorte nas primeiras etapas, e, felizmente, conseguimos cumprir a meta para este desafio. Agora é manter o ritmo", disse o mineiro.


Davis Guimarães

O domingo também teve outros destaques. Na MX3, Davis Guimarães foi implacável e cruzou a linha de chegada com quase dois minutos de vantagem sobre o vice-líder, Cirilo Gomes. Depois de sofrer uma paralisação de alguns minutos por conta das chuvas, a bateria da 85cc foi reduzida de 15 para 10 minutos, com a vitória ficando para Frederico Spagnol. Já na 65cc, o líder foi decidido somente na reta final: Rafael Ribeiro e Carlos Eduardo 'Dadalzinho' eram favoritos, mas caíram. Diogo Moreira soube manter o ritmo e faturou o primeiro lugar.


Fábio Santos

Outras seis categorias abriram as disputas durante o sábado. Na Júnior, o destaque ficou para Fábio Santos, que já vinha de vitória nas duas primeiras rodadas da temporada. O paulista caiu logo na primeira volta, sendo obrigado a fazer uma prova de recuperação. O primeiro lugar parecia decidido nas mãos de Pedro Henrique Bueno, o Pepê, mas Fábio conseguiu ultrapassar no final da prova e segurou a liderança do campeonato com 75 pontos. Atrás de Pepê, Gabriel Lucas foi o terceiro colocado.

Entre as 50cc, a vitória ficou com Diogo Nascimento. Luiz Eduardo Martins havia recebido a bandeirada na frente, mas foi desclassificado ao se recusar a abrir o motor de sua moto para vistoria técnica, conforme consta no regulamento da competição. Com isso, Diogo segue líder do campeonato com duas vitórias.

Na Intermediária, os paulistas dominaram toda a corrida e ocuparam os três primeiros lugares do pódio. O mais rápido foi Ótavio Pelegrino, seguido por Renato Hermann e Gustavo Beazim.

Vencendo a terceira bateria que disputa na competição, Yuri Moreira segue invicto na MX4. O topo do pódio nesta etapa não veio fácil: o piloto caiu e foi para a quinta posição, de onde se recuperou e conseguiu vencer com quatro segundos de vantagem sobre Guto Lima.


Stefany Serrão

Na categoria feminina, a MXF, Stefany Serrão garantiu a vitória e a liderança do campeonato, sem ser incomodada pelas concorrentes. Larissa Laira e Lays Cazadini completaram o trio mais rápido da bateria. A principal rival da líder da categoria, Mariana Balbi, esteve ausente competindo na final do Mundial de Motocross Feminino na República Tcheca.

Na Nacional, a liderança também passou por mais de uma mão. Bruno Vinícius controlou a liderança até a ultrapassagem definitiva de Gabriel Montagner, na terceira volta. Bruno ainda cederia para Richard Bruno e Bruno de Almeida, terminando na quarta colocação. Dono da sexta posição, logo atrás de Renato Hermann, Caio Lopes mantém a liderança na disputa pelo título.

A quarta etapa da Copa Minas Gerais de Motocross acontece em Itabirito, região metropolitana de Belo Horizonte, durante o mês de setembro. As datas serão confirmadas em breve pela organização.

Vídeos:




























Quer ver mais vídeos? Acesse http://www.motox.com.br/video/.

O GP cidade de São Gonçalo do Rio Abaixo contou com o patrocínio de X11, SCUD e Arcata; apoio Prefeitura e Câmara Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo, Edgers Racing, TV Globo Minas, 98fm, jornais O Tempo e Super Notícia; supervisão da Federação de Motociclismo do Estado de Minas Gerais e organização do Moto Clube Cassios Racing.

Resultados

MX1 (Soma das baterias)
1º 3 Balbi Júnior
2º 116 Rafael Faria
3º 18 Jean Ramos
4º 101 Humberto Martin
5º 920 Jetro Salazar

MX2 (Soma das baterias)
1º 2 Eduardo Lima
2º 27 Thales Vilardi
3º 30 Hector Assunção
4º 83 Anderson Amaral
5º 112 Endrews Armstrong

Super Final
1º 18 Jean Ramos
2º 3 Balbi Júnior
3º 27 Thales Vilardi
4º 30 Hector Assunção
5º 101 Humberto Martin

MX3
1º 991 Davis Guimarães
2º 175 Silas Cirilo Gomes
3º 123 Tiago Bueno
4º 8 Alexsandro de Almeida
5º 11 Antônio Augusto

85cc
1º 61 Frederico Spagnol
2º 962 Leonardo de Almeida
3º 818 Yuri Campelo
4º 14 Carlos Tavares
5º 33 João Henrique de Oliveira

65cc
1º 2 Diogo Moreira
2º 170 Keven Willian
3º 11 Joaquim Neto
4º 221 João Pedro de Freitas
5º 171 Luis Eduardo Martins

Intermediária
1º 513 Otávio Pelegrino
2º 33 Renato Hermann
3º 377 Gustavo Beazim
4º 932 Mauriti Humberto
5º 410 Arthur Rodrigues

MX4
1º 40 Yuri Moreira
2º 11 Guto Lima
3º 15 Dario de Oliveira
4º 14 Valdinei Marcolini
5º 34 Cláudio Fabiano

Nacional
1º 303 Gabriel Montagner
2º 97 Richard Bruno
3º 338 Bruno de Almeida
4º 629 Bruno Vinícius
5º 33 Renato Hermann

MXF
1º 29 Stefany Serrão
2º 22 Larissa Dailo
3º 2 Lays Lobato
4º 33 Deborah Luiza
5º 404 Ana Paula de Souza

50cc
1º 171 Luiz Eduardo Martins
2º 2 Diogo Moreira
3º 38 Rodolpho Bicalho
4º 511 Leandro Pereira
5º 45 Gustavo Duarte

Júnior
1º 987 Fábio Santos
2º 997 Pedro Henrique
3º 119 Gabriel Lucas
4º 314 Vitor Igor
5º 198 Carlos Antônio

Classificação do campeonato


MX1
1º 18 Jean Ramos
2º 115 Carlos Campano
3º 116 Rafael Faria

MX2
1º 30 Hector Assunção
2º 112 Endrews Armstrong
3º 1 Paulo Alberto

MX3
1º 81 Mariana Balbi
2º 29 Stefany Serrão
3º 85 Geraldo Filho

Intermediária
1º 377 Gustavo Beazim
2º 33 Renato Hermann
3º 10 Gustavo Marcolino

MX4
1º 40 Yuri Moreira
2º 11 Antônio Augusto
3º 14 Valdinei Marcolino

Nacional
1º 303 Gabriel Montagner
2º 134 Caio Lopes
3º 629 Bruno Vinícius

MXF
1º 29 Stefany Serrão
2º 81 Mariana Balbi
3º 404 Ana Paula

50cc
1º 2 Diogo Nascimento
2º 34 Bruno Ferreira
3º 511 Lenadro Pereira

Júnior
1º 987 Fábio Santos
2º 119 Gabriel Lucas
3º 919 Ricardo Jurça

85cc
1º 818 Yuri Campelo
2º 14 Carlos Tavares
3º 61 Frederico Spagnol

65cc
1º 11 Joaquim Neto
2º 2 Diogo Moreira
3º 99 Rafael Ribeiro







© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet