X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Arena Cross

2ª etapa - Uberlândia - MG
Publicado em: 25/05/2014

Europeus mantêm liderança do campeonato
Redação MotoX.com.br - Malu Souza / Maurício Arruda - Fotos: Luiz Pires/Vipcomm e Mauro Marques

Carlos Campano faz dobradinha na categoria Pró e Paulo Alberto segue invicto na MX2


Largada da categoria MX2

Os estrangeiros continuam no comando do Arena Cross brasileiro. Uberlândia (MG) sediou neste sábado (24) a segunda etapa da temporada e os gringos dominaram totalmente o pódio da categoria Pró. O espanhol Carlos Campano venceu as duas baterias da categoria principal e teve a companhia do suiço Julien Bill e do equatoriano Jetro Salazar no pódio. Já o português Paulo Alberto comandou a prova única da MX2. Enzo Lopes, na Júnior, Carlos Eduardo Pereira, na 65cc, e Diogo Nascimento, na 50cc, foram os outros vencedores da noite.


Carlos Campano

Campano esteve acima da concorrência nas duas provas mineiras. Na primeira bateria da Pró, o espanhol logo dominou a corrida e pouco foi incomodado. Incidentes no início envolvendo Wellington Garcia, Jean Ramos, Pipo Castro e Leandro Silva fez com que os quatro começassem a disputa nas últimas posições. Enquanto isso o suiço Julien Bill brigava pela ponta com Campano e o venezuelano Humberto Martin. O espanhol cometeu um erro e foi parar em terceiro, mas pouco tempo depois já estava pressionando os adversários e conseguiu voltar à liderança. Quem entrou em cena mais tarde e surpreendeu foi o paranaense Jean Ramos, que volta a volta foi ganhando posições e alcançou a vice-liderança. Mesmo poucos segundos atrás do líder, Jean não conseguiu ficar próximo o suficiente para atacar e Campano confirmou a vitória sem dificuldade. Com isso o piloto da Yamaha pôs fim ao empate que até então havia entre os dois na classificação geral. O paranaense ficou em segundo, com Bill, Martin e Rafael Faria logo atrás.


Julien Bill

Jean Ramos largou na frente na segunda bateria seguido por Campano e Martin. O venezuelano passou o espanhol e, com uma bela manobra, tomou a ponta de Jean. Mas, o início que prometia mais disputa logo foi passageiro e tudo ficou parecido com a primeira corrida. Campano passou Jean e Humberto de uma só vez e os adversários facilitaram as coisas para o espanhol: ambos erram pouco depois e sofreram quedas. Rafael Faria passou para o segundo posto e Campano ficou mais tranquilo na frente. Quem passou a perseguir Rafael, então, foi Julien Bill. Após uma forte queda de Faria, Bill garantiu a vice-liderança por pouco tempo, até ser ultrapassado por Jetro Salazar que depois de uma primeira bateria apagada teve um resultado expressivo na segunda chance. O suíço ainda conseguiu ficar em terceiro. Leandro Silva e Pipo Castro completaram a lista dos cinco primeiros colocados.


Jetro Salazar

Obviamente, Campano venceu a etapa na soma das baterias e, com isso, passou a liderança isolada na classificação geral. "Minha moto estava perfeita e deu tudo certo para mim. Estou muito feliz por manter a liderança do campeonato", disse. O segundo lugar do pódio foi para Bill e o terceiro para Jetro Salazar.

Paulo Alberto, Hector Assunção e Thales Vilardi

Caio Lopes surpreendeu e assumiu a liderança na largada da MX2. Mas a alegria do piloto privado durou pouco: Paulo Alberto saiu em segundo e rapidamente alcançou a ponta. Anderson Cidade passou para a segunda posição, seguido por Fábio dos Santos. Os três estiveram grande parte do tempo assim, até que João Ribeiro partiu para cima de Fábio e alcançou o terceiro posto. Fabinho ainda foi ultrapassado por Dudu Lima e Thales Vilardi, quarto e quinto colocados. Um dos favoritos, Hector Assunção teve um excelente desempenho nos treinos, mas na corrida não teve uma boa largada e partiu entre os últimos para uma prova de recuperação. Após várias ultrapassagens, o paulista sofreu uma forte queda e abandonou a disputa.


Anderson Cidade

Paulo Alberto se mostrou satisfeito em manter a invencibilidade na competição. "A pista estava um pouco escorregadia e procurei controlar a prova. Consegui mais uma vitória e estou bastante contente por isso", comentou o português após o pódio.


João Ribeiro

A categoria Júnior contou com diversas de trocas de posições durante a bateria. O vencedor, mais uma vez, foi Enzo Lopes, mas ele teve muito trabalho para chegar até o primeiro lugar. O gaúcho saiu de trás e foi conquistando posições. A garotada cometeu uma série de erros, o que contribuiu para várias mudanças. A segunda colocação foi definida nos minutos finais e ficou com Vinícius Abreu. Antes, Djalminha Brito ocupou a vice-liderança, mas acabou atrás de Leonardo Almeida, na quarta posição. Renato Muguinho foi o quinto colocado.


Enzo Lopes

"Foi muito bom vencer. Esses próximos dias vão ser muito corridos, com o Brasileiro na semana que vem, mais uma etapa do Arena e, depois disso, vou outra vez competir nos Estados Unidos", disse o vencedor e líder da classe, Enzo Lopes.

 

Carlos Eduardo Pereira

O mineiro Carlos Eduardo Pereira, o Dadalzinho, faturou a 65cc sem dar muitas oportunidades aos adversários. A segunda posição ficou com Joaquim Neto que ultrapassou Keven Willian na disputa. João Pedro de Freitas e Carlos Eduardo Baltazar completaram os cinco mais rápidos da categoria.


Diogo Nascimento

Na 50cc o primeiro colocado foi o paulista Diogo Nascimento. A segunda colocação ficou com Marcelo Leodorico, seguido por Rodolfo Bicalho, Henrique Henicka e Luis de Souza Filho. "Essa vitória vai para o meu pai, que está fazendo aniversário. Agradeço a torcida de todos", disse o pequeno vencedor, após o pódio.


Pódio da categoria Pró

Clique aqui para ver a classificação completa da prova

Vídeo das provas
Para assistir o arquivo com todas as provas (mais de cinco horas de transmissão) clique aqui. É possível adiantar o vídeo até o ponto onde as corridas começam, após 2h24min.

Classificação geral do campeonato após duas etapas:

P Pro Pontos
1 115 Carlos Campano 77
2 902 Julien Bill 60
3 18 Jean Ramos 54
4 10 Pipo Castro 44
5 920 Jetro Salazar 43
6 21 Wellington Garcia 37
7 14 Leandro Silva 36
8 5 Marcelo Lima 36
9 101 Humberto Martin 31
10 116 Rafael Faria 27
11 407 Adam Chatfield 15
12 410 Rodrigo Riffel 15
13 303 Gabriel Montagner Silva 11
14 4 Roosevelt Assunção 8
15 111 Gustavo Amaral 5
P MX2 Pontos
1 1 Paulo Alberto 40
2 20 Anderson Cidade 25
3 2 Eduardo Lima 24
4 27 Thales Vilardi 24
5 544 Marçal Muller 22
6 987 Fabio Aparecido Dos Santos 20
7 30 Hector Assunção 17
8 282 João P. Ribeiro 15
9 134 Caio Lopes 15
10 112 Endrews Armstrong Nhemilhes 15
11 45 Leonardo De Souza 9
12 58 Leandro Araújo 8
13 900 Tauan Henrique Brenner 8
14 83 Anderson Amaral 7
15 891 Gustavo Pessoa 4
16 99 Kioman Monoz 3
P Junior Pontos
1 16 Enzo Lopes 40
2 102 Djalma Brito 30
3 143 Vinicius Abreu De Sá 28
4 818 Yuri Campelo 25
5 962 Leonardo Almeida 24
6 101 Renato Muguinho 24
7 48 José Felipe Mombach 16
8 14 Carlos Tavares Evangelista 14
9 24 Thiago Henrique Brenner 12
10 55 Renan Goto Dos Santos 11
11 61 Frederico Molina Spag 9
12 57 Lucas Nogueira 9
13 149 Eric Henrique Bispo 7
14 111 Iuri Beltrão Naves 4
15 92 Marcus Henrique Dias Lera 3
16 3 Matheus Oliveira Lima 0
P 65cc Pontos
1 77 Carlos Eduardo Pereira 40
2 11 Joaquim Neto 32
3 170 Keven Willian 25
4 805 Bernardo Zapellini 19
5 210 João P. Silva 17
6 14 Carlos Eduardo Baltazar 17
7 50 Mateuzinho Dedel 16
8 221 João Pedro De Freitas 13
9 4 Bruno Schmitz 13
10 148 Matheus Hashimoto Domingos 11
11 89 Jose Antonio Pedro Filho 9
12 78 Herick Fernandes Reis 7
13 19 Lucas Eduardo Disel 7
14 10 Gabriel Bohrer Andrigo 5
15 910 Matheus Gabriel Da Silva 4
16 27 Giacomo Scavino 3
P 50cc Pontos
1 2 Diogo Nascimento 40
2 44 Marcello Leodorico 34
3 38 Rodolfo Bicalho 28
4 171 Luis De Souza 26
5 50 Henrique Henicka 24
6 22 Gustavo Abrahão De Oliveira 18
7 4 Garmichel Giehl 17
8 34 Bruno Ferreira Martins 11
9 55 Gustavo Rodrigues 11
10 777 Cristyan Ryan Eckhardt 10
11 7 Rafael Becker 8
12 205 Raul Miranda 6
13 851 Antonio Vitorino 6
14 166 Marino Fernandes Alves Dantas 5
15 227 Pablo Michelmam 5
16 511 Leandro De Souza 4
17 99 Bruno Leal Rodrigues 3
18 711 Joao Mauricio Torres 2






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet