X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Reportagens > Especial

Bananalama - O playground dos trilheiros
Publicado em: 15/07/2013

Capital mundial da trilha fica no Brasil
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Maurício Arruda

Evento supera os 4 mil inscritos em sua 10ª edição


O Bananalama começou há 10 anos e se transformou no maior encontro de trilheiros do mundo

A pacata Corupá se transforma todos os anos. A cidade catarinense, com pouco mais de 14 mil habitantes, vira por alguns dias a capital mundial da trilha. Sim, para quem não sabe, o maior encontro de trilheiros do mundo acontece no Brasil e em 2013 ele superou todas as suas edições anteriores. Realizado entre os dias 4 e 7 de julho, o Pro Tork Banalama quebrou o recorde reconhecido pelo Guinness no ano passado, e de longe, bem de longe! Com mais de 4 mil inscritos, precisamente 4.281, a trilha deste ano superou todas as realizadas até então, mas para efeito de registro, como nem todos os participantes passaram pelo portal de largada e muitos se uniram ao grupo já durante o trajeto de cerca de 60 quilômetros, o número válido para o novo recorde é de 3.312. Agora falta apenas a parte burocrática até a homologação oficial, questão de tempo.


População de Corupá (SC) acompanha a passagem dos trilheiros

De qualquer forma, sendo um número ou outro, é impressionante. Para quem nunca teve a oportunidade de participar, explico o conceito do evento que surgiu 10 anos atrás de forma despretensiosa e se consolidou com números gigantescos com o passar do tempo. O Bananalama é como o playground do trilheiro, pois é a oportunidade de reunir os amigos pra andar de moto, contar histórias, acampar, assistir shows radicais - claro com muita moto -, e ainda shows musicais, tudo junto e misturado.


Veja também:
- Galeria de imagens com fotos da trilha e das atrações de domingo
- Galeria de imagens com fotos do evento e das atrações  de sábado

Imagine um rodeio, ou melhor, uma Festa de Peão, tão comum pelo interior brasileiro, mas troque os cavalos e touros por motocicletas off road. O Bananalama é mais ou menos assim. É pra levar a família, é pra reunir os amigos, é pra curtir alguns dias de motociclismo, é pra esquecer os problemas... e principalmente pra acelerar sua moto, seja ela uma 450cc último tipo ou até mesmo uma básica CG, sim, uma CG, você não leu errado! Hoje o trajeto é pensado para a grandiosidade do evento, portanto a trilha não possui um alto nível de dificuldade, desta forma é comum ver entre os participantes até motocicletas street adaptadas para o fora de estrada. Há também quem prefira encarar a trilha com garupa. O importante é curtir, cada um ao seu estilo.


Os grandes shows radicais encheram as arquibancadas montadas no Seminário Sagrado Coração de Jesus, ponto de partida e chegada da trilha, além de base do evento. As atrações do Pro Tork Road Show garantiram a adrenalina do público. No último dia da festa, depois da trilha, uma apresentação inédita reuniu as equipes Alto Giro, Arte e Domínio, Cachorrão Moto Show e Phyra Show ao mesmo tempo na quadra que serviu de palco as apresentações. Vendo todas aquelas manobras ao mesmo tempo, me veio a cabeça o Harlem Shake, hit da internet que invadiu o Youtube com milhares de versões de tudo que é jeito. Um Harlem Shake involuntário em versão radical, sem dúvida a mais radical já feita!
 

Percurso da trilha tem cerca de 60 quilômetros

As apresentações de FMX agitaram o público com as equipes Pro Tork Freestyle Show, dos pilotos Elton Becker, Pablo Ristov e Allisson Fogaça, e Ipiranga FMX, com os pilotos Fred Kyrillos, Jeff Campacci e Marcelo Simões, na quinta, na sexta, no sábado e no domingo. Os shows musicais também movimentaram todas as noites, com destaque para a banda RPM que tocou seus maiores sucessos em uma apresentação bastante concorrida.
 

Momento 'Harlem Shake' radical com os integrantes do Pro Tork Road Show

Pra finalizar, foram sorteados diversos prêmios entre os participantes. Lembram que comentei sobre as motos street adaptadas que enfrentaram a trilha? Um dos sortudos da 10ª edição do Bananalama, que ganhou uma das desejadas CRFs 230 sorteadas pela organização, participou com uma dessas, mas voltou para casa com um modelo específico para o off road, zerinho, zerinho. Imaginem a alegria... o cidadão deve estar com um largo sorriso estampado no rosto até hoje.


Seminário Sagrado Coração de Jesus é o local onde é realizada a largada e a chegada da trilha

Confira a lista dos sortudos premiados no Pro Tork Bananalama 2013:

CRF 230cc
Luis Carlos Mosca - Massaranduba (SC) - Clube Jaragualama
Glaucio Lehmkuhl - Blumenau (SC)
Ruan Carlo Valerio da Silva - Itajaí (SC)
Marciano A. Frölich - Lajeado (RS) - Clube Tranca Trilha


Integrantes das equipes que agitaram o público com os shows do Pro Tork Road Show

CRF 150cc
Jhonny Jorge S. Bif - Santa Terezinha do Itaipu (PR) - Clube Lobo das Trilhas
Carlos Eduardo Carvalho - Lagoa Vermelha (RS) - Clube Lagoa Off Road

Biz 100 KS
João Afonso Witt - Mafra (SC)
Celso Klein - Três Passos (RS) - Clube Trilhaterapia
Alexandre Luis Lennert - Jaraguá do Sul (SC) - Clube Treme Terra
Marco Antônio Cipriano - Itapema (SC) 
 

Engate para carretinha

Anderson Machado de Mello - Sapucaia do Sul (RS)

Carretinha para duas motos
Dionei Mathedi - Jaraguá do Sul (SC)

Carretinha para três motos
Carlos Roberto Quintino - Rio dos Cedros (SC) - Puralama


Show do RPM, destaque das atrações musicais do evento

Carretinha para quadriciclo
Marcelino Elisa Fiotte - Campo Alegre (SC) - Ovelhama Trail Clube

Saiba mais sobre o evento acessando www.bananalama.com.br







© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet