X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Arena Cross

5ª etapa - Goiânia - GO
Publicado em: 15/12/2012

Arena Cross decidiu títulos da temporada no Shopping Flamboyant na capital goiana
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Maurício Arruda


Largada da primeira bateria da MX Pró

 
Goiânia (GO) foi palco da etapa final do Arena Cross 2012 na noite de 8 de dezembro. Todas as cinco categorias da competição (MX Pró, MX2, Júnior, 65cc e 50cc) chegaram indefinidas na rodada decisiva, aumentando a expectativa pela prova que encerrou a temporada nacional no Shopping Flamboyant na capital goiana.

Na classe principal, MX Pró, três pilotos brigavam pelo título separados por onze pontos. Para o líder Adam Chatfield dois segundos lugares eram suficientes para alcançar a taça, independente dos resultados dos concorrentes. Já para Carlos Campano e Jean Ramos somente a vitória interessava. Esse era o grande risco para o inglês. Se os dois concorrentes chegassem na frente na primeira bateria a pressão seria invertida para a prova decisiva.

Dando um tempero extra na disputa, o português Joaquim Rodrigues, convidado pela equipe IMS Racing, o mesmo time de Chatfield, estreou nas competições brasileiras e desde os treinos mostrou velocidade para entrar entre os candidatos à vitória. Experiente, com participações de destaque no Supercross Americano e no Mundial de Motocross, Rodrigues ainda trazia na bagagem o título de campeão português de supercross (450cc) desta temporada. A participação do patrício acabou tendo influência direta na disputa pelo título, e de uma forma inesperada, veja os detalhes abaixo. 

Veja também:
-
Vídeo com os melhores momentos da categoria MX Pró
- Vídeo com os melhores momentos da categoria MX2
- Vídeo com os melhores momentos da categoria Júnior
- Galeria de Imagens da Prova com 512 Fotos!


Adam Chatfield

Na primeira largada, Campano tinha de cada lado um piloto da equipe de seu principal adversário. O espanhol, posicionado no gate entre Rodrigues e o japonês Ito Massanori, precisou ter sangue frio com a pressão psicológica entrando na disputa. Rodrigues largou bem, começando a bateria na liderança seguido por Campano. Jean, em quarto, e Chatfield, em sexto, aceleravam o ritmo para subir na classificação.


Carlos Campano

Campano precisou de uma manobra agressiva para ultrapassar Rodrigues ainda no início da prova. Mais rápidos que os demais, os dois abriram do pelotão com o espanhol conseguindo se impor na liderança. Jean chegou a ocupar o terceiro lugar, mas depois caiu e com isso completou a prova apenas em sétimo, praticamente dando adeus ao campeonato.


Jean Ramos

Chatfield subiu até o terceiro lugar e em seguida contou com a ajuda de Rodrigues que aliviou o acelerador para ceder o segundo posto ao inglês. A bateria terminou com a vitória de Campano seguido por Chatfield e Rodrigues. Wellington Garcia, ídolo local, alcançou o quarto posto a frente de Leandro Silva.


Leandro Silva

A segunda e decisiva bateria começou quente. Desta vez Jean Ramos assumiu a liderança, enquanto logo atrás, novamente, Rodrigues e Campano lutavam por cada espaço do circuito. O espanhol tentou a ultrapassagem, mas Rodrigues não aliviou e as posições permaneceram as mesmas nas três primeiras voltas. A surpresa veio em seguida, logo após o salto de chegada o português acabou caindo e Campano, sem conseguir desviar, atropelou a moto do adversário também indo ao chão. O acidente foi trágico para Campano que abandonou a disputa com uma perna fraturada.


Wellington Garcia

Após o incidente a corrida ficou morna, já que Chatfield, que vinha logo atrás da dupla, assumiu a segunda colocação e, sem ser ameaçado na pontuação, a partir daí precisaria apenas 'cumprir tabela'. O inglês chegou a perder momentaneamente o segundo lugar para Humberto Martin, mas depois recuperou o posto onde completou a bateria. Com o resultado venceu a etapa e conquistou o titulo. "A corrida foi boa. Tive uma pequena batida com o Campano, mas acabei tendo sorte e me mantive concentrado. Tive um mal começo, mas acabei conquistando um bom resultado para minha equipe", comentou o campeão.


Joaquim Rodrigues

Jean Ramos venceu a segunda bateria e ficou com o vice-campeonato superando Campano na classificação final. Leandro Silva em terceiro, Wellington Garcia em quarto e Rafael Zenni em quinto, completaram os mais rápidos da corrida final. Na soma das baterias Chatfield foi o primeiro seguido por Jean, Leandro, Wellington e Rodrigues.


Largada MX2

Na MX2, a luta pelo título estava entre o americano Sean Lipanovich e o paranaense Rafael Faria, com vantagem de seis pontos na classificação para o brasileiro. A prova começou começou agitada, com mudanças na liderança. Thales Vilardi liderou o giro inicial, em seguida Lipanovich passou pelo primeiro lugar e na sequência a liderança passou a ser de Anderson Cidade.


Hector Assunção

Rafael Faria, que havia começado a prova em quinto, subiu duas posições e adotou a estratégia de seguir seu concorrente na disputa pra ser campeão. Hector Assunção não conseguiu uma boa largada, mas tinha o melhor ritmo entre todos na pista e foi subindo na classificação.

Foram várias voltas com liderança de Cidade, até Hector encostar e passar. A partir daí Hector dominou a bateria, conquistando sua única vitória nesta temporada da modalidade. Fantando duas voltas, Lipanovich também superou o catarinense, mas o segundo lugar não foi suficiente para o título. Quem comemorou foi Faria, quarto colado na corrida e novo campeão da categoria.


Rafael Faria

"A temporada foi bem disputada. A pressão do título deixa o piloto muito tenso, mas consegui reagir bem o dia todo, andar solto desde os treinos. Na corrida só me preocupei em ficar perto do Sean com foco no título. Nunca pensei no resultado da corrida. O objetivo agora é começar a preparação para o próximo ano para fazer uma forte temporada no Motocross", disse o campeão.


Kioman Munoz

O desempenho de Kioman Munoz, representante local na classe Júnior, animou o público que lotava as arquibancadas. O goiano não estava na briga pelo título, mas mostrou disposição para brigar pela vitória e superou, ainda no início da bateria, o líder Fabio dos Santos. Em pouco tempo Kioman abriu alguns segundos de vantagem, e alcançou a desejada vitória em frente a torcida.

Fabinho Santos também fez festa. O segundo lugar na prova foi suficiente para o paulista alcançar o título de campeão da categoria com uma folga de nove pontos sobre Leonardo de Souza. "Fiz uma boa largada e estou muito feliz com o título. Quero agradecer os meus patrocinadores, meu mecânico e minha família", disse após a premiação. 
 

Fabinho Santos

Enzo Lopes consolidou o terceiro lugar na corrida ocupando o posto desde o início. Já Leonardo Souza, que vinha de uma sequência de duas vitórias, teve dificuldades na etapa. Após uma largada ruim, ele demorou para avançar no pelotão vendo sua chance de alcançar o título diminuir a cada volta. Nos últimos momentos da bateria, Leonardo superou Djalma Brito na luta pela quarta posição.


Renato 'Muguinho' Paz ultrapassou Arthur Todeschini praticamente na bandeirada

A 65cc teve boa disputa entre Renato 'Muguinho' Paz e Arthur Todeschini. Na primeira volta, Todeschini passou o concorrente e manteve a liderança por praticamente toda a corrida. Foi na última reta, praticamente no 'pé' da mesa de chegada que veio o troco e Muguinho comemorou a vitória por cerca de meia roda de diferença.


Thiago Brener

Quem teve ainda mais motivos pra comemorar foi Thiago Brener, que saiu com o título de campeão da categoria. Largando em segundo, Brener optou por uma condução comedida e logo foi ultrapassado, terminando a prova em quarto, atrás de Vinicio Abreu. Como tinha já uma boa vantagem no campeonato, somou pontos suficientes para levantar o troféu de campeão. Thiago Faitanin completou o pódio da etapa. O vice-campeonato ficou com Muguinho, apenas um ponto atrás do vencedor. Arthur Todeschini, que começou a temporada na frente, mas depois teve problemas na terceira e quarta etapas, foi o terceiro colocado.


Carlos 'Dadalzinho'

A 50cc coroou o único bi-campeão da modalidade neste ano. Carlos Pereira, o Dadalzinho, encerrou com a temporada com vitória de ponta a ponta para comemorar seu segundo título consecutivo. A disputa decisiva prometia ser bastante acirrada, já que Gabriel Andrigo, que seguia firme na busca pelo título, largou logo em seguida e havia registrado tempos melhores durante os treinos. Só que o gaúcho errou na hora da prova, caiu e facilitou as coisas para o adversário. Depois de perder a vice-liderança por algumas voltas para Diogo do Nascimento, retomou o posto e seguiu assim até o final. Com este resultado Dadalzinho conquistou o título com três de vantagem sobre Andrigo. Diogo completou a corrida em terceiro e os goianos Keven Ramos e Marcelo Fernandes fizeram a festa com o quarto e quinto lugar, respectivamente.

Em 2013 a 15ª temporada do Arena Cross tem estreia marcada para o primeiro fim de semana de abril, em Indaiatuba (SP).

Classificação final da temporada

P. MX Pro Total
1 407 Adam Chatfield 166
2 992 Jean Ramos 150
3 115 Carlos Campano 145
4 14 Leandro Silva 130
5 21 Wellington Garcia 93
6 101 Humberto Martin 84
7 931 Rafael Zenni 76
8 48 Ito Massanori 71
9 4 Roosevelt Assunção 71
10 8 Cristopher Castro 70
P. No MX2 Total
1 116 Rafael Faria 77
2 505 Sean Lipanovich 75
3 30 Hector Assunção 68
4 20 Anderson Cidade 58
5 27 Thales Vilardi 48
6 6 Gabriel Gentil 48
7 282 João P. Ribeiro 43
8 83 Anderson Amaral 32
9 12 Endrews Armstrong 31
10 747 Hugo Basaula 27
P. Junior Total
1 87 Fábio Dos Santos 86
2 45 Leonardo De Souza 77
3 991 Ricardo Jurça 62
4 199 Kiomann Munoz 54
5 102 Djalma Brito 52
6 111 Vitor Almeida 41
7 92 Enzo Lopes 40
8 8 José Bryan 37
9 117 Gustavo Pessoa 34
10 298 Yan José 28
P. Nº° 65cc Total
1 24 Thiago Brenner 83
2 101 Renato Paz 82
3 3 Arthur Todeschini 79
4 107 Matheus C. Emílio 44
5 15 Leonardo Nunes 39
6 111 Iuri Naves 36
7 5 Monique De Camargo 30
8 143 Vinicio Abreu 28
9 210 João H. Da Silva 28
10 75 João P. Assunção 28
P. 50cc Total
1 1 Carlos B. Pereira 94
2 10 Gabriel Andrigo 91
3 44 Marcelo L. Fernandes 61
4 99 Rafael De Araújo 60
5 7 Diogo Nascimento 49
6 38 Rodolfo Bicalho 41
7 2 Matheus De Oliveira 37
8 805 Bernardo Zappeline 33
9 170 Keven Ramos 30
10 22 Leonardo G. De Souza 29

Resultados da quinta etapa

P # MX Pro Soma das Baterias P 1 2 Equipe
1 407 Adam Chatfield 34 17 17 Ims/Ipiranga/Vulcano/Polivisor/Honda/Pirelli/Bmmotos
2 992 Jean Ramos 29 9 20 X Motos Do Brasil/Jmr Escola De Motocross
3 14 Leandro Silva 26 11 15 Honda/Mobil/Pirelli/Fox/Oakley/Ct Leandro Silva/Polisport/Galfe
4 21 Wellington Garcia 26 13 13 Honda/Mobil/Pirelli/Fox/Oakley
5 108 Joaquim Rodrigues 21 15 6 Vulcano/Ipiranga/Polisport/Ims/Pirelli/Bm Motos/Polivisor
6 115 Carlos Campano 20 20 0 Yamaha Grupo Geração/Monster Energy/Circuit/Lcm
7 931 Rafael Zenni 19 8 11 Zenni Preparações/Phone Brasil/Mundial/Brasil Racing/ Promax/Ac
8 101 Humberto Martin 19 10 9 Honda/Flash Power/Pirelli/Mobil/Tag Vans/Ogio/Duble X/Mr Pró
9 48 Ito Massanori 16 6 10 Ims/Ipiranga/Vulcano/Poluvisor/Honda/Pirelli/Bm Motos
10 5 Marcelo Lima 15 7 8 Emg Racing/Kawasaki/Irinaldi Vaz/Circuit/Red Dragon
11 25 Raul Alvarez 11 4 7  
12 4 Roosevelt Assunção 10 5 5 Yamaha
P. Pro Bateria 1 T/Dif V Equipe
1 115 Carlos Campano 16:06.517 23 Yamaha Grupo Geração/Monster Energy/Circuit/Lcm
2 407 Adam Chatfield 11,142 23 Ims/Ipiranga/Vulcano/Polivisor/Honda/Pirelli/Bmmoto
3 108 Joaquim Rodrigues 13,514 23 Vulcano/Ipiranga/Polisport/Ims/Pirelli/Bm Motos/Poli
4 21 Wellington Garcia 15,484 23 Honda/Mobil/Pirelli/Fox/Oakley
5 14 Leandro Silva 16,467 23 Honda/Mobil/Pirelli/Fox/Oakley/Ct Leandro Silva/Polis
6 101 Humberto Martin 17,411 23 Honda/Flash Power/Pirelli/Mobil/Tag Vans/Ogio/Duble
7 992 Jean Ramos 31,693 23 X Motos Do Brasil/Jmr Escola De Motocross
8 931 Rafael Zenni 33,158 23 Zenni Preparações/Phone Brasil/Mundial/Brasil Racing
9 5 Marcelo Lima 33,607 23 Emg Racing/Kawasaki/Irinaldi Vaz/Circuit/Red Dragon
10 48 Ito Massanori 1 Lap 22 Ims/Ipiranga/Vulcano/Poluvisor/Honda/Pirelli/Bm Mot
11 4 Roosevelt Assunção 2 Laps 21 Yamaha
12 25 Raul Alvarez 2 Laps 21  
Pos No. Pro Bateria 2 t/Diff V Equipe
1 992 Jean Ramos 16:02.781 22 X Motos Do Brasil/Jmr Escola De Motocross
2 407 Adam Chatfield 0.005 22 Ims/Ipiranga/Vulcano/Polivisor/Honda/Pirelli/Bmmoto
3 14 Leandro Silva 5,691 22 Honda/Mobil/Pirelli/Fox/Oakley/Ct Leandro Silva/Poli
4 21 Wellington Garcia 12,311 22 Honda/Mobil/Pirelli/Fox/Oakley
5 931 Rafael Zenni 21,239 22 Zenni Preparações/Phone Brasil/Mundial/Brasil Racin
6 48 Ito Massanori 22,267 22 Ims/Ipiranga/Vulcano/Poluvisor/Honda/Pirelli/Bm Mot
7 101 Humberto Martin 24,585 22 Honda/Flash Power/Pirelli/Mobil/Tag Vans/Ogio/Duble
8 5 Marcelo Lima 1 Lap 21 Emg Racing/Kawasaki/Irinaldi Vaz/Circuit/Red Dragon
9 25 Raul Alvarez 1 Lap 21  
10 108 Joaquim Rodrigues 1 Lap 21 Vulcano/Ipiranga/Polisport/Ims/Pirelli/Bm Motos/Poli
11 4 Roosevelt Assunção 3 Laps 19 Yamaha
P. No. MX2 t/Diff Equipe
1 30 Hector Assunção 16:13.139 Honda/Mobil/Fox/Pirelli/Oakley
2 505 Sean Lipanovich 4,675 Honda/Ct Leandro Silva/Mobil/Pirelli/Mx Parts/Ims/Pos
3 20 Anderson Cidade 11,145 Yamaha Grupo Geração/Monster Energy/ Usa Imports/F
4 116 Rafael Faria 14,889 Flyingracing/Yamaha/Asw/Motosavages/Serginhosusp/
5 6 Gabriel Gentil 34,322 Yamaha Grupo Geração/Monster Energy/ Circuit
6 27 Thales Vilardi 35,771 Honda/Mobil/Pirelli/Stam/Subs/Fox
7 12 Endrews Armstrong 0.036 Dunas/Honda/Ims/Pirelli
8 282 João P. Ribeiro 1 Lap Mormaii/Prox/Yoshimura/Yamalube/Rinaldi
9 934 Caio Lopes 1 Lap Moteleone/Montana/Asw/Smith/Leat Brace/Skf/Nico Bo
10 127 Ismael Rojas 2 Laps Honda Dunas/Conti Cola/Ims/Pirelli/Motul/Vaz/Akrapo
11 104 Kaio Miranda 2 Laps Rock Parts/Red Dragon/Alpinestars
12 194 Leonardo Lizot 3 Laps Itamaracá/One Industries/Honda/Mobil/Pirelli/Flash P
P. No. Junior Diff V Equipe
1 199 Kioman Munoz 11:00.411 14 Tudo Chevrolet/Eternit/Sameago/Asw/Millenium Cl
2 87 Fábio Dos Santos 6,883 14 Pirelli/Ims/Vaz/Motul/Orbital/Mega
3 92 Enzo Lopes 0.012 14 Pirelli/Ktm/Mobil/Red Bull/Renthal/Fmf
4 45 Leonardo De Souza 17,881 14 Honda/Ct Leandro Silva/Mobil/Pirelli/Mx Parts/Ims
5 102 Djalma Brito 18,036 14 Kawasaki/Red Nose/Pirelli/Mobil/Brasil Racing/Sto
6 991 Ricardo Jurça 38,143 14 Flying Racing/Morato/Asw Racing/Pirelli
7 298 Yan Machado 1 Lap 13 Real Moto Peças/R. Fixo Gráficos/Cleidimar Racing
8 3 Matheus Lima 1 Lap 13 Fiquei Racing/Ims Racing/Rfix Gráficos
9 801 Keven Moraes 1 Lap 13 Trorsloz Transporte E Locação
10 222 Márcio Hortense 2 Laps 12 Kut Kó
11 167 João Souza 2 Laps 12 Kut Kó
Pl 65cc Equipe V Moy/Ec
1 101 Renato Paz Habib's/Bud/Asw /Ragazzo 13 10:50.4
2 3 Arthur Todeschi Pirelli/Brasil Racing/Tbt Sus 13 00:00.0
3 143 Vinicio Abreu Maira Distribuidora/Motofo 13 00:09.6
4 24 Thiago Brenner Contabilidade Progresso 13 00:32.6
5 777 Thiago Faitanin Auto Posto Ipiranga Iúna-es 13 00:37.5
6 210 João H. Da Silva Borracharia Faria/Papalegu Sp Bragança Pst 13 00:52.6
7 11 Joaquim De Olivei Lacocinha Auto Peças/Atms/ 12 12 Trs
8 5 Monique De Cama Kawasaki/Asw /Rinaldi/Mec M 12 00:09.6
9 21 João Raimundo Maxxy Energy/Duda Prepara Sp Es Do Pinhal 12 00:55.4
10 75 João P. Assunção Distrib. Marsil/Slt Transpor Sp Jandira 12 00:55.9
11 111 Iuri Naves Pro Race Preparações 11 11 Trs
Pl 50cc Equipe Tr Moy/Ec
1 1 Carlos B. Pereira Asw /Pi 12 12 Trs
2 10 Gabriel Andrigo Ims/Km Motos/Mrpró/Pneus R 12 00:08.2
3 7 Diogo Nasciment Kawasaki/Rinaldi/Rock/Asw /R 12 00:23.8
4 170 Keven Ramos Mt Racing Preparaçoes 12 00:32.3
5 44 Marcelo L. Ferna Rapozão Racing/Brasil Racin 12 00:35.7
6 38 Rodolfo Bicalho Genuina 12 00:43.8
7 2 Matheus De Olive Red Dragon/One/Doublex/Ts 12 00:56.6
8 805 Bernardo Zappel Fundesporte Sc/Rinaldi/Mot 12 01:15.2
9 121 Gabriel Silva Cassios Racing 11 11 Trs
10 16 Victor Fronza Motos Meno Yamaha 11 00:27.1
11 88 João Alves Asper 11 00:32.8
12 48 Luis Da Rocha Cleidimar Racing/Oficina Do 11 00:52.6
13 221 Arthur Silva Cassios Racing 10 10 Trs
14 199 Luis Eduardo M. Mega Imports/Mega Gyn Veic 10 00:04.0






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet