X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Mineiro

Final - Mineiro de Motocross - Sarzedo - MG
Publicado em: 26/11/2009

Encerramento em grande estilo no Mineiro de Motocross
Redação MotoX.com.br - Com informações e fotos de Fred Mancini 


Um grande público acompanhou a etapa final do campeonato


Gustavo "Gasolina"
A cidade de Sarzedo, localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, preparou uma bela estrutura para receber a etapa final do Campeonato Mineiro de Motocross, realizada nos dias 21 e 22 de novembro. 

Veja mais imagens da prova

O final de semana seguiu a programação comum à todas as etapas. No sábado, treinos livres para as doze categorias e treinos cronometrados para as categorias 2 tempos, 65cc, Iniciante, 50cc e MX4 que competem no primeiro dia. 

Domingo, as outras oito categorias também fazem treinos livres e cronometrados, para, depois de um breve intervalo, começarem as disputas.

A pista inédita, com cerca de 1.300 metros de extensão, possui todos os obstáculos e tipos de curva que agradam aos pilotos e fazem à alegria do público, além de estar localizada praticamente dentro da cidade.

Na manhã do primeiro dia, o sol forte parecia indicar um dia típico desta época do ano e o calor não seria nada demais. 


Hugo "Tuilzinho"


Robson Morato
Mas o clima surpreendeu a todos, na medida em que o sol se levantava no céu o calor aumentava e quando a pista foi aberta para os primeiros treinos do dia, até o vento estava quente. Uma grata surpresa para os organizadores foi que o público não se importou com isto e quando as competições tiveram início as arquibancadas já estavam lotadas.

A categoria 2 Tempos, a primeira a alinhar no gate, não contou com a presença de Daniel Damasceno, piloto da cidade Piumhi e campeão mineiro de 2009 (com cinco vitórias em cinco etapas). Marciano José Palhares conquistou a segunda colocação e o vice campeonato. O primeiro lugar da etapa ficou com o jovem Gustavo, filho do piloto Rogério “Gasolina”, que mesmo sem competir este ano, conseguiu mostrar que tem talento de sobra para retornar quando quiser.

Em seguida foi a vez dos pilotos da categoria para motos de 65cc. “Tuilzinho”, líder do campeonato, entrou na pista com onze pontos de vantagem sobre Gabriel Lucas Soares e poderia chegar até na terceira colocação. Entretanto, o mais jovem piloto da equipe 2B Racing, andou forte e conquistou a quinta vitória em seis etapas. A segunda posição na etapa ficou com Gabriel Souza, terceiro colocado no campeonato. Gabriel Soares chegou em terceiro e conseguiu o vice no Estadual. 


Mariana Balbi venceu a MX Júnior e a MX3


Alexandre de Faria
Na disputa seguinte, os pilotos da categoria Iniciantes entraram na pista para definir o campeão de 2009. O piloto Rone Pirola largou como líder do campeonato e com oito pontos de vantagem em relação aos adversários Marcelo Simões e Nilson Telles, empatados com 78 pontos. Nilson fez uma excelente corrida e cruzou o salto da chegada em primeiro, conquistando o campeonato mineiro com apenas quatro pontos a mais do que Rone, que ficou com a quarta colocação na etapa. Marcelo Simões ficou com a décima primeira colocação na etapa e o terceiro lugar no campeonato.

Apenas três pilotos disputaram a bateria para motos de 50cc e João Victor Caetano conquistou o campeonato chegando na terceira colocação. Mais uma categoria já definida antes da bandeirada final, a MX4. Hugo Morato é o campeão de 2009, com mais de cinquenta pontos de vantagem em relação ao segundo colocado. Na disputa pelo vice-campeonato, Ricardo Vieira (presidente da Federação Mineira), superou Helon Lopes, seu principal adversário no campeonato. Ricardo largou em primeiro, mas foi ultrapassado por Robson Morato que disparou na frente, em seguida Rico perdeu a segunda posição para Helon e precisou apenas administrar a corrida para conquistar a segunda colocação no ranking. 


Jorge Balbi foi o grande destaque do dia, vencendo com tranquilidade as classes MX1 e MX2

O segundo dia de competições começou como o primeiro, quente. Após as duas seções de treinos da manhã e um pequeno intervalo, os pilotos da categoria MX Júnior começaram as disputas do dia. Depois de largar bem, Mariana Balbi se descuidou e caiu na primeira curva, indo para o último lugar. Mariana conseguiu se recuperar, ultrapassou todos os pilotos e venceu a prova.

A disputa pelo campeonato, já que Mariana não pontua nesta categoria, ficou entre Jean Reis e Luiz Miranda, que travaram um verdadeiro duelo durante toda a bateria. Jean se deu melhor e, com a segunda colocação na final, conquistou o Mineiro de MX com apenas um ponto de diferença em relação a Luiz Miranda, terceiro colocado na etapa.

Na categoria MX3, a diferença entre a líder Mariana Balbi e o segundo colocado Dário Júnior, era de apenas seis pontos. Mariana largou na frente seguida por Darinho, André Romano e Roberto Pires. A piloto mineira conseguiu se distanciar tanto dos concorrentes, que mesmo com um pequeno tombo na quinta volta não perdeu a primeira colocação e na bandeirada final conquistou o título de 2009. Com a segunda colocação na etapa, o vice-campeonato ficou com Dário Jr. 


Dario Junior


Ricardo Vieira
Com cinco vitórias em cinco etapas, o piloto Fillipe Gonçalves entrou na pista de Sarzedo, já como campeão mineiro da categoria 85cc. Mesmo chegando no sétimo lugar na final, Matheus Ferraro ficou com o vice-campeonato. “Tuilzinho” ficou com o segundo lugar na prova e o terceiro no campeonato. O vencedor da etapa foi o piloto João Bosco de Abreu.

Em seguida foi a vez da disputa entre os pilotos da categoria MX2. No gate, alinhado ao lado da irmã, Antônio Jorge Balbi Júnior era o centro das atenções. Após uma excelente temporada nos Estados Unidos, “Jorginho”, de férias no Brasil, fez questão de prestigiar o Estadual que tantas vezes disputou (e venceu) no início da carreira. Com ele na pista, a expectativa era de um show de pilotagem. E foi o que as cerca de quinze mil pessoas presentes puderam assistir, uma verdadeira aula de motocross.

Enquanto Jorge Balbi, sem ser incomodado na primeira colocação, mostrava o porquê é considerado um dos melhores pilotos brasileiros da atualidade, sua irmã Mariana travava uma acirrada disputa pelo segundo lugar com Rômulo Botrel, o “Oncinha”. Outra disputa eletrizante se deu entre Adriano Guarnieri, líder do campeonato e César Boaventura, segundo no ranking com apenas seis pontos a menos. Rômulo conseguiu a segunda colocação e recebeu a bandeirada com 14 segundos de vantagem em relação à Mariana, terceira colocada. A quarta colocação ficou com César Boaventura e a quinta com Adriano Guarnieri. Com este resultado Adriano conquistou o campeonato mineiro com apenas quatro pontos de vantagem. 


Pódio MX Júnior


O público acompanhou atento o show de pilotagem de Jorge Balbi
A categoria Intermediária alinhou no gate com o campeonato decidido. Rafael Silva Costa havia conquistado cinco primeiros lugares nas cinco etapas disputadas e o décimo lugar na final não influenciou em nada seu título. Apesar de não participar da sexta etapa, o piloto Gefferson Dione ficou com o vice-campeonato.

Na categoria para motos Nacionais, Richard “Piaba” havia conquistado o campeonato na etapa anterior e não correu a final. Na disputa pelo vice-campeonato, empate entre o piloto paulista Nivaldo Viana, integrante da equipe 2b Racing e Alexandre de Faria. O detalhe é que Nivaldo disputou apenas duas etapas do campeonato e venceu as duas. Com a terceira vitória na final, Nivaldo conseguiu o vice-campeonato, com cinco pontos a mais que Alexandre, segundo colocado.

A última categoria do dia foi a MX1 e os irmãos Mariana e Jorge Balbi voltaram a se encontrar no gate, com “Jorginho” dando mais um show. Largou na frente deu uma volta em todos os concorrentes e no final esperou Mariana para receberem a bandeirada juntos. A segunda colocação ficou com “Oncinha” e a terceira com Mariana. O piloto “Pipo” Castro, campeão mineiro da categoria, não participou da final, pois estava disputando o Grand Prix Pro Tork.

Além de comemorar o vice-campeonato da categoria MX4, Ricardo Vieira comemorou também o bom resultado conquistado durante seu primeiro ano como presidente da Federação Mineira de Motociclismo. Para ele, Minas Gerais realizou um dos melhores e mais bem estruturados campeonatos do país e assim garante a renovação do esporte através da formação de novos pilotos.

Rico, como é conhecido, afirmou ainda que contou com uma equipe técnica experiente e afinada e com isto pôde desenvolver a área promocional do campeonato, atraindo patrocinadores que até então nunca haviam investido no esporte. 

Apesar dos bons resultados deste ano, Rico reconhece que ainda é preciso muito trabalho para elevar ainda mais o nível da competição, para criar um padrão de excelência para todas as categorias do Motociclismo off-road.
Imagens Relacionadas:
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross
Final Mineiro de Motocross





© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet