X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Arena Cross

3ª etapa - São Sebastião - SP
Publicado em: 27/06/2009

Swian Zanoni brilha em São Sebastião
MotoX.com.br - Texto e fotos: Maurício Arruda 


Início de prova na 85cc


Assista na MotoX TV dois vídeos das provas
Depois de São Manuel (SP) e São José (SC) foi a vez da cidade de São Sebastião, litoral paulista, fechar a "trinca de santos" que deu início a temporada 2009 do Arena Cross. E esta terceira etapa da competição foi um espetáculo completo: o tempo perfeito, a melhor pista do campeonato até o momento, o público vibrante que lotou as arquibancadas e animadas disputas pelas vitórias fizeram deste um evento imperdível.

Na categoria Pro, a principal do Arena Cross, que reúne pilotos das antigas classes MX1 e MX2 na mesma prova, a noite foi de Swian Zanoni. O mineiro não deu chances aos concorrentes levando a primeira posição nas duas baterias, resultado que aproximou os pilotos na classificação geral individual. Já na classificação por equipes foi mais um triunfo para o time Honda/ASW, no qual Zanoni faz dupla com Wellington Garcia, piloto que nesta etapa teve resultados abaixo do esperado, mas ainda assim manteve a liderança do campeonato.


Largada Pro
 

Marcello Ratinho
A primeira bateria começou com liderança de Marcello Lima, o Ratinho, que a cada prova parece mais confiante com sua 450cc. Depois de um início tímido nas motos maiores o paulista ganha velocidade a olhos vistos e nesta etapa brigou pela vitória. Mas quem verdadeiramente se impôs foi Swian Zanoni que, partindo na segunda posição, foi pra cima logo nas primeiras voltas. Ratinho cedeu a primeira posição após cinco giros na frente e, em segundo, não conseguiu seguir próximo de Swian até o final, por outro lado também não teve sua posição ameaçada.

Antes da metade da prova terceira e quarta posições também se definiram: Jean Ramos garantiu-se em terceiro após superar Roosevelt Assunção. O quinto lugar, bastante disputado, acabou com Pipo Castro após intensa batalha com Wellington Garcia. O desempenho do goiano foi incomum, após largar em quinto não conseguiu progredir na prova - apesar de chegar a ganhar posições -, cometeu erros e acabou a bateria no sexto lugar. Foi uma prova intensa, daquelas que prendem a atenção. 



Swian Zanoni


Pipo Castro
O desempenho dos pilotos na corrida agitou o animado público que foi o grande complemento do evento presente pelo quinto ano consecutivo em São Sebastião. Os locutores Chicão e Zezito, dois dos principais do país, voltaram a fazer dupla nesta etapa levando as informações de forma descontraída aos espectadores. A segunda bateria não decepcionou, pelo contrário, foi mais animada e confirmou este como o melhor evento deste primeiro semestre.

A seção de grandes costelas no miolo da pista foi o obstáculo sensação, onde os mais ousados se lançavam completando até quatro ondulações de uma única vez. Na segunda bateria é Roosevelt Assunção quem parte na frente seguido por Swian e Ratinho. O piloto da Suzuki lidera quase metade da prova, mas a medida que o tempo passa aumenta a pressão dos pilotos da Honda.

Quando Swian consegue a ultrapassagem e Ratinho busca manter contato partindo pra cima de Roosevelt. Duas voltas depois o segundo lugar é de Ratinho, mas Swian está impecável e não permite a aproximação do paulista vencendo novamente. Roosevelt segue em terceiro até a última volta, quando uma queda arruína sua prova. Ele perde quatro posições e só pode lamentar o sétimo lugar final.


Duda Parise
 

Jean Ramos
Pipo Castro, que havia acabado de ganhar o posto de Douglas Parise, de repente se vê na terceira posição e comemora muito o resultado. O gaúcho, que fez sua melhor apresentação mantendo praticamente por toda prova a quarta posição, deixa escapar a chance de ganhar uma colocação no final. Jean Ramos e Rafael Zenni (retornando após uma etapa afastado) completam na quinta e sexta colocações. O líder do campeonato, Wellington Garcia, teve mais uma bateria pra esquecer. Após largar apenas em décimo não conseguiu chegar ao primeiro pelotão encerrando a corrida no oitavo lugar. 


Hector Assunção


Rodrigo Rodrigues
No campeonato Wellington viu seus adversários se aproximarem, mas segue na frente com 72 pontos, Marcello Ratinho assumiu o segundo lugar com 66 e Swian Zanoni é o terceiro com 64, mesma pontuação de Pipo Castro. O quinto lugar é ocupado por Jean Ramos, apenas um ponto atrás. Na disputa por equipes a Honda/ASW (Garcia e Zanoni) ocupa a primeira posição com 136 pontos, seguida da Honda/Mobil (Ratinho e Thales Vilardi) com 103 e Honda/Pirelli (Leandro Silva e Jean) também com 103 pontos.

Com algumas voltas de disputa na categoria Júnior era difícil acreditar que Hector Assunção manteria sua invencibilidade no campeonato. Numa distante sexta posição o paulista assisitia a briga pela liderança entre Rodrigo Rodrigues e Gustavo Takahashi, seus companheiros de equipe. Gabriel Gentil, que partiu em quarto, superou Tuka Marques e depois Takahashi entrando também na disputa pela vitória. Mas o catarinense errou e perdeu posições enquanto Hector, após um tempo sem subir na classificação, ganhava terreno. 


Cezar Zamboni


Everaldo Lima
Quando Takahashi também errou a briga ficou restrita a Rodrigues e Hector. O líder já não conseguia o mesmo ritmo do início e virou presa fácil, Hector fez a ultrapassagem e assim garantiu a terceira vitória consecutiva ampliando a liderança na tabela. "Foi espetacular. Tive muita fé e acreditei até o final. Graças a Deus conquistei a vitória e estou muito feliz", disse Hector. Rodrigues fechou a corrida em segundo -a mesma posição que ocupa no campeonato -, seguido por Gentil. Rodrigo Lama foi regular por toda bateria finalizando na quarta posição, enquanto Takahashi ficou com o quinto lugar.

A 85cc disputou duas baterias em São Sebastião, a primeira delas valendo pela 2ª etapa, ocasião em que a chuva impediu a realização da classe. Nesta bateria a vitória foi de Everaldo Lima seguido por Endrews Armstrong, Anderson Amaral, Cesar Zamboni e Kaio Miranda. A prova contou com a participação apenas dos pilotos já inscritos na etapa de São José, SC. 


Gustavo Pessoa


Pepê Bueno
Na corrida válida pela 3ª etapa só deu Cezar Zamboni. O matogrossense liderou de ponta a ponta perseguido na maior parte da prova por Endrews Armstrong, mas o paranaense caiu concluindo a corrida somente na quinta colocação. Matheus Corguinha aproveitou para garantir a segunda posição, mas este resultado não foi suficiente para que ele terminasse a noite com a liderança do campeonato. Quem somou mais pontos após 3 etapas foi Everaldo Lima, quarto colocado nesta segunda bateria. Kaio Miranda finalizou o evento com a terceira posição, a mesma que ocupa no campeonato. 



Enzo Lopes


Guilherme Grasse
A categoria 65cc começou com a liderança de Wilgner Guigão Francisco, mas quem determinou o ritmo da prova foi Gustavo Pessoa. Após a vitória na etapa de abertura Gustavo teve uma prova desastrosa na chuva em Santa Catarina, quando liderou, mas acabou abandonando e não marcou pontos. Desta vez voltou a brilhar e sem muita cerimônia pulou da terceira para primeira posição em uma única volta, depois abriu vantagem e venceu de forma convincente.

A disputa principal ficou pelo segundo lugar, ocupado em grande parte da prova por Guigão, mas ele acabou perdendo posições para Pepê Bueno e Kioman Navarro. Pepê segue fazendo um grande campeonato, desta vez terminou em segundo e segue na ponta da tabela com vantagem de 12 pontos sobre Gustavo. Kioman tentou sem sucesso manter o terceiro lugar, quando restavam duas voltas foi ultrapassado por Guigão, que completou o pódio da corrida. O quinto lugar foi de Hugo Eventuil. 


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 421 Fotos!


Próxima etapa será em Indaiatuba, SP
A cada etapa fica mais claro o quão difícil será para os adversários bater Enzo Lopes nesta temporada da 50cc. Não que seja impossível, mas pelo arrojo e velocidade demonstrados pelo gaúcho até aqui, a concorrência precisará evoluir para pensar nesta possibilidade. Enzo esteve um degrau acima dos demais vencendo sem dificuldades em São Sebastião. Guilherme Grasse, do Espírito Santo, voltou a ser destaque conquistando de forma consistente a segunda colocação. Já o terceiro lugar foi ocupado por três pilotos antes que Carlinhos Evangelista, vindo de trás do pelotão, ficasse definitivamente com a posição.

A organização anunciou que etapa anterior encerrou-se antes do tempo mínimo determinado no regulamento, por isso não contou pontos. Assim Enzo lidera o campeonato com duas vitórias e 40 pontos, seguido por Guilherme Grasse (32) e Léo Almeida (22).

A próxima etapa da competição será realizada no dia 25 de julho, em Indaiatuba, SP. O Arena Cross tem os patrocínios de Honda e BB Seguro Auto e co-patrocínios de Consórcio Nacional Honda, Red Nose e a Revista da Moto!. 

Resultados

P. N Pro Patrocinio Total
1 12 Swian Zanoni Honda/Mobil/Pirelli/Asw/Avanutri/Ccm/O 20 20 40
2 38 Marcello Lima Honda/Mobil 17 17 34
3 13 Pipo Castro Consorcio Realizar/Mart Plus/Geração M 11 15 26
4 18 Jean Carlo Ramos Honda/Mobil/Pirelli/Asw/Oakley/Jmr/Nav 15 11 26
5 292 Douglas Parise Ktm/Red Nose 9 13 22
6 4 Roosevelt Assunçao Suzuki/Petrobras/Pirelli/Circuit/Banco 13 9 22
7 931 Rafael Zenni Suzuki/ Petrobras 8 10 18
8 21 Wellington Garcia Honda/Oakley/Asw/Showa/Reebok/D 10 8 18
9 17 Tales Vilardi Honda/Mobil/Mega Energy 7 7 14
10 37 Rafael Faria Brasil Racing/ Ktm Red Nose/ Castello 6 6 12
11 22 Kurt Rocha Dash/Ims/Hp Moto Parts 5 - 5
12 386 Elievan Silva Junior Mx Parts/Thor/ Mrpro/Diagon/Dash/Karek 4 - 4
P. N Júnior Patrocinio Pts
1 30 Hector Assunçao Honda/Asw/Mobil/Ngk/Did/Pirelli/Oakley 20
2 32 Rodrigo Rodrigues Asw/Mobil/Pirelli/Reebok/Oakley 17
3 31 Gabriel Gentil Ktm/Rinaldi/Motoshop/Ar/Tbt/Aesthetic/ 15
4 332 Rodrigo Lama Honda 13
5 41 Gustavo Takahashi Honda/Mobil/Asw/Pirelli/Oakley/Reebok/ 11
6 48 Joao Paulo Feltz Privado/Apoio Geracao Motos 10
7 61 "tuka" Deni Marques Filho Brasil Racing/Thor Mx/Dragon/Tonin Bal 9
8 116 Gabriel Zenni Suzuki Petrobras/Zenni Preparações/Cir 8
9 51 Higor M Passos Moto Litoral/Dash/Escola Sao Geraldo/A 7
10 89 Maicon Morgado Jardim Stam Fechadura E Cadeados/Cabriteam 6
P. N 85 Patrocinio Pts
1 2 Cezar Zamboni Honda/Asw/Mobil/Pirelli 20
2 308 Matheus Corguinha Beijoca Lingerie/Gabriela Lingerie 17
3 104 Kaio Miranda Oakley/Fox/Bridgestone/Rr Motos/Mx Per 15
4 5 Everaldo Lima Filho Honda Racing/Asw 13
5 4 Endrews Armstrong Twin Air / Agua Viva / General Motos / 11
6 67 Raul Faustino Honda/Bia Calçados/Steel Joint 10
7 23 Netynho Araujo Rr Moto85ccs/Kn Racing 9
8 934 Caio Fernandes Rx Grafic / Zamba Patrs / Rks 8
9 303 Gabriel Silva Kambe Embalagens/Sttel Jont/Rs Pro/Wor 7
10 95 Thiago Formehl Honda/Pirelli/Mobil/Asw/Orbital/Mr Pro 6
P. N 65 Patrocinio Pts
1 7 Gustavo Pessoa Asw/Brasil Racong/Honda/Mr Pro/Itamara 20
2 35 Pepê Bueno Castello Works/Brasil Racing/ R2 17
3 28 Guigao Francisco Escola Criativa/Mx Import/Asw 15
4 8 Kioman Navarro Rinaldi/Tonim Bala/Gov Estado Goias/Am 13
5 155 "tuilzinho" Hugo Eventuil 2b 11
6 99 Victor Monnerat Stam Fechaduras E Cadeados/Ccm Sports 10
7 26 Joao Gabriel Michelin Posto Solon/Produtos Alpes/Radio Cultu 9
8 32 Hugo Erthal Guto Erthal Racing/ Stan Fechaduras 8
9 120 Raul Salmazo Rr Motos/Academia Glub Glub/S Engenha 7
10 925 Yuri Campello Cem 6
P. N 50 Patrocinio Pts
1 2 Enzo Lopes Freeday/Kaman Honda/Leo Motos 20
2 104 "gilózinho" Guilherme Grasse Rodrigues Gpc Veiculos Odilon Motos 17
3 09 Carlinhos Evangelista Brasil Racing / Rx Graphics / Pj1 / Mr 15
4 8 Renato Muguinho - 13
5 62 Léo Almeida Jarva Racing/Colobo Leiloes/ Havaianin 11
6 57 Victor Soares Bene Frutos Do Mar/Zenni Prepareparaço 10
7 89 Camila Bueno Lr Gramas/Ceramica Argitecnica/Control 9
8 4 Pedro Leite Transmaquinas/Guincho Modelo 8



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet