X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Arena Cross

3ª etapa - Monte Alto - SP
Publicado em: 06/05/2008

Leandro Silva e Swian Zanoni voltam a vencer
Texto e fotos: Maurício Arruda


Largada MX2


Everaldo Filho
O Campeonato Brasileiro de Arena Cross retornou ao Estado de São Paulo no último sábado, 03 de maio, para a disputa da 3ª etapa da temporada 2008 na cidade de Monte Alto, localizada a 360 km da capital.

Um grande público acompanhou a competição nesta que é uma das etapas do campeonato mais prestigiadas pelos fãs da modalidade, tanto que os 8 mil ingressos disponibilizados pela organização esgotaram-se antecipadamente. Durante o evento as arquibancadas ficaram totalmente tomadas pelo público e foram arrecadadas 14 toneladas de alimentos.

Na equipe técnica do evento a novidade foi a presença de Marcus Oliveira Tucano e Donato Khouri, da promotora Fatto. A partir desta etapa ambos contribuirão com a longa experiência em competições de motociclismo que possuem na direção das provas do Arena Cross, trabalhando em conjunto com a equipe da Carlinhos Romagnolli Promoções e Eventos.

Para os pilotos uma longa seção de costelas sempre foi o obstáculo mais exigente do circuito local e na corrida deste ano não foi diferente. Este trecho da pista inclusive acabou influenciando fortemente uma das baterias da noite, da classe 85cc, que teve sua prova interrompida antecipadamente por causa de um acidente no local, felizmente sem maiores consequências para o piloto. 


Rodrigo Lama


Hallex Dalfovo
Nas categorias principais, MX1 e MX2 respectivamente, os líderes da temporada não venceram e viram seus principais adversários aproximando-se na classificação geral. O campeonato segue cada vez mais embolado e as próximas corridas prometem disputas equilibradas. Entre a garotada da 65cc e da 50cc os primeiros colocados no campeonato tiveram noites positivas e ampliaram a vantagem na tabela. Confira abaixo como foram as corridas disputadas em Monte Alto.

Corridas

A noite começou com a prova da 85cc que teve a ausência de Cézar Zamboni, até então líder do campeonato. Seus companheiros de equipe e principais adversários na disputa aproveitaram para somar pontos. Anderson Amaral largou na frente, mas em poucas voltas foi superado por Rodrigo Lama e, em seguida, por Everaldo Filho. 

Enquanto Lama fez uma prova tranquilo e ganhou vantagem na liderança, Everaldo precisou preocupar-se com Eduardo Rudnick que nos momentos finais da prova encostou perigosamente no goiano. A corrida foi interrompida com pouco mais de 7 minutos, quando o piloto Manoel Kuhn sofreu uma queda na seção de costelas. A posição perigosa em que foi atendido fez com que o diretor de prova interrompesse a bateria prematuramente. Felizmente nada de mais grave ocorreu ao piloto.


Kaio Miranda


Enzo Lopes
Assim Rodrigo Lama conquistou sua segunda vitória no campeonato, agora com a liderança de Everaldo Lima que confirmou a segunda posição seguido de perto por Eduardo Rudnick. Anderson Amaral ainda conquistou um lugar no pódio com a quarta posição e Raul Faustino comemorou seu melhor resultado na temporada com o quinto posto. Gabriel Zenni fechou a prova na sexta posição enquanto Endrews Armstrong caiu durante a bateria terminando em sétimo.

Na 65cc Kaio Miranda repetiu o show da etapa passada e mais uma vez colocou uma volta sobre o segundo colocado! Vitória incontestável e liderança isolada do campeonato para o paulista. Hallex Dalfovo largou na frente e caiu ainda durante a primeira volta indo para o final do pelotão. Apesar disto recuperou-se bem e antes da metade da prova já era dono do segundo lugar.

Gustavo Pessoa foi outro piloto que brilhou em Monte Alto e garantiu a terceira posição após batalha com Wilgner Francisco. O quinto lugar também foi muito disputado e apenas no finalzinho da prova foi definido com Gustavo Borges tendo leve vantagem sobre Leonardo Neto.


Kioman Navarro


Jean Ramos
A categoria 50cc começou com liderança de Djalma Britto. Após três voltas Kioman Navarro assumiu o primeiro lugar. Ganhando vantagem sobre os adversários Kioman consolidou sua liderança recebendo a bandeirada com boa distância sobre os demais.

Enzo Lopes completou o primeiro giro apenas na 12ª posição e, em uma recuperação espetacular, ainda antes da metade da bateria ultrapassou Djalminha assumindo a segunda posição. Djalma pouco depois acabou abandonando a corrida abrindo espaço no terceiro lugar para João Michelin que por sua vez não segurou a pressão de Otávio Leite, que assim como Enzo fazia prova de recuperação. No final Leite recebeu a bandeirada na posição e o quarto lugar foi de Michelin. Matheus Freschi fechou os cinco mais rápidos na prova.

Os quatorze pilotos mais rápidos nos treinos competiram na final da MX2. A bateria começou com a liderança de Anderson Amaral, mas já na segunda volta Swian Zanoni passou à ponta. Em seguida Amaral encerrou sua participação na prova, deixando a bateria com um dedo machucado.


Swian Zanoni


Wellington Garcia
Quem passou ao segundo lugar entrando na perseguição a Swian foi Jean Ramos.  Lucas Moraes e Marcello Ratinho Lima ganham posições no início da prova entrando na disputa pelo terceiro lugar. A briga entre os dois termina quando Moraes cai e acaba atingido por Ratinho que não tem tempo de desviar. O "roedor" continua na prova enquanto Lucas recebe atendimento com dor em uma das pernas. 

Dudu Lima ganha a quarta posição, mas Thales Vilardi segue próximo e na briga. Na frente Swian faz prova perfeita e na volta final só administra a primeira posição conquistando sua segunda vitória consecutiva. Jean chega também tranquilo em segundo e Ratinho confirma o terceiro lugar, posição suficiente para manter a liderança no campeonato com 49 pontos (contra 41 de Swian e 40 de Jean). Dudu Lima enfrenta problemas, perde o quarto lugar para Thales Vilardi, e acaba fechando a prova no sétimo lugar. Com a quinta posição César Popinhak conquista mais um pódio na temporada.

Para fechar a noite o ronco das 450cc na última disputa desta etapa, da MX1. Largar na frente em uma prova rápida e de ritmo intenso como o Arena Cross é meio caminho para a vitória, claro desde que se tenha velocidade. Isso Leandro Silva já havia provado durante os treinos quando conquistou o melhor tempo. Quando largou na frente deixou um grande problema para seus adversários... como superá-lo?


Leandro Silva


Pipo Castro
Roosevelt Assunção e Pipo Castro partiram na segunda e terceira posições seguidos por Wellington Garcia, líder do campeonato, que largou no quarto lugar. Enquanto eles disputavam entre si Leandro aproveitou para abrir na liderança.

Wellington demorou sete voltas para chegar ao segundo lugar, momento em que parecia ter condições de brigar pela vitória com Leandro. Mas ao longo da bateria o paranaense reagiu e voltou a ganhar terreno sobre o adversário recebendo a bandeirada com pouco mais de oito segundos de vantagem.

Boa briga foi a de Pipo Castro e Roosevelt Assunção. Foram várias voltas com os dois andando no mesmo ritmo e muito próximos. Faltando poucas voltas Pipo conseguiu a ultrapassagem conquistando o terceiro lugar. Roosevelt ficou com a quarta posição. O quinto lugar foi de Massoud Nassar que desde a largada assumiu a posição mantendo-a por toda corrida. No campeonato Wellington é o líder, mas viu sua diferença despencar para 2 pontos apenas, após duas vitórias consecutivas de Leandro. Pipo tem a terceira posição e Roosevelt a quarta.

No dia 7 de junho o Arena Cross estará de volta com sua quarta etapa, na cidade de Florianópolis - SC.


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 528 Fotos!
Confira os vídeos da corrida na MotoX TV

O Arena Cross é organizado pela empresa Carlinhos Romagnolli Promoções e Eventos (a mesma que realiza o Desafio Internacional das Estrelas de Kart com Felipe Massa), com patrocínio: Honda e Gol, co-patrocinio de Yamaha, Peels, Metzeler e Consórcio Nacional Honda. O apoio foi da Prefeitura Municipal de Monte Alto, Radio Cultura e Revista Moto.

Resultados da etapa

P. MX1 Equipe M Volta
1 1 Leandro Silva Hon/Asw/Mr Pro/Mobil/Pirelli/Mx Part 00:34.515
2 2 Wellington Garcia Matos Honda/ Asw/Pirelli/ Fox 00:34.428
3 10 Pipo Castro Pauta/Control Flex/Yam/Geração Moto 00:34.957
4 5 Roosevelt Assunçao Hon/Mobil/Pirelli/Ngk/Did/Asw/Oakley 00:34.949
5 43 Denis Cordeiro Hon/Race Tech/Motorex/Mr Pro 00:37.322
6 51 João Paulo Feltz Geração Motos 00:37.284
7 91 Uyran Carlos Fari Da Silva Stylos Metais 00:37.349
8 46 Juliano Ramos Jmr Escola motocross/Posto Costa Brav 00:36.930
9 708 Ari Paschoal Da Silva Pirelli/ Suzuki/ Petrobras/ Ciclo Star 00:39.124
P. MX2 Equipe M Volta
1 9 Swian Zanoni Ktm/ Fox/ M3/ Benazi/ Mormai 00:34.482
2 10 Jean Carlo Ramos Honda/ Mobil/ Asw/ Oakley/ Pirelli/ Jm 00:34.645
3 7 "ratinho" Marcelo Lima Honda/Mobil/Prelli 00:34.981
4 14 Thales Vilardi Hon/Mobil/Pirelli/Asw/Orbital/Hrc/Po 00:36.021
5 24 Cesar Augusto Popinhak Suzuki/ Petrobras 00:36.574
6 17 Davis Guimarães Dunas Racing/ Yamaha/ Usa Connection/ 00:36.382
7 13 Eduardo Lima Honda 00:35.711
8 30 Edson Luíz Bertos Ting/ Ims/ B. Carneiro/ Transmor/ Dism 00:36.763
9 41 Deni Marques Abreu Filho - 00:36.471
10 51 Kaique Polimeno Lemotor/Mcracing/Asw 00:38.214
11 232 Rodrigo Taborda Protork/Serginhos Suspensões/Dash 00:38.219
12 89 Maicon Morgado Tardin L.m Tardin Confeccoes 00:38.143
P. 85cc Equipe M Volta
1 3 Rodrigo Lama Honda/Pirelli/Asw/Orb/Piful/Color Prin 00:38.337
2 5 Everaldo Lima Filho Honda Racing 00:39.694
3 94 Eduardo Rudnick - 00:39.381
4 95 Anderson Amaral - 00:39.401
5 67 Raul Faustino New Tex/ Steel Joint/ Calçados Bia 00:40.111
6 6 Gabriel Zenni Zeni Preparações 00:40.118
7 112 Endrews Armstrong Nhemihis Tork/ Mitas/ Jarva/ Jmr/ Serginho Susp 00:39.639
8 40 Caio Cardoso F. Celino Academia Movimento/Centro Educacional 00:40.658
9 225 Marcelo Felipe De Souza General Motos/ Jps Racing/ Frigeri/ Az 00:43.044
10 93 Luan Quieiróz Lino Brandy/ Capacete&cia/ Mototech 00:36.248
11 45 Matheus Ferraro - 00:42.591
12 11 Stefany Serrao Yamaha/ General Motos/ Fox/ Doublex/ B 00:42.608
P. 65cc Equipe M Volta
1 2 Kaio Miranda Fox/ Oakley/ General Motos/ Bud Racing 00:41.678
2 11 Hallex Dalfovo Abn Amro Bank/ Webmotors/ Dalforo Veic 00:43.496
3 536 Gustavo Pessoa De Souza Itamaracá Rodas/ Asw/ Rodas Mongelis/ 00:44.819
4 35 "guigao"wilgner Francisco Reginaldo Pneus 00:45.363
5 19 Gustavo Alves S Borges Otica Diniz/ Metais Nobre/ Minchev Mod 00:45.474
6 44 Leonardo Neto Gambatto Motos E Engeaço Estruturas Me 00:46.702
7 111 Andre Paschoal Da Silva Ciclo Star Motos 00:47.849
8 188 Pedro Henrique Rosa Bueno Vortex/ Mitas/ Dashindustries/ R2/ Gar 00:47.099
9 47 Iuri Nitole Fox/ Crefil Reciclagem 00:49.005
10 359 "flocos" Carlos Augusto Lisboa Zogbi/ Rk5/ Color Prits/ Beco Motocros 00:48.084
11 97 Rodolpho Isart Moraes Paraíso Das Águas/ Procomps/ Pudins Ad 00:52.296
12 72 Mateus Mendonça General Motos/Jps Camargo Veiculos/Dom 00:49.008
13 929 Danilo Luiz De Almeida Bicicletas Barcala/ Pro Tork/ Churrasc 00:51.328
P. 50cc Equipe M Volta
1 1 Kioman De Jesus Navarro Munõs Tonin Bala Motopeças/ American Cross/ 00:45.870
2 3 Enzo Lázaro Pedó Lopes Oasis Racing/ Freeday/ Léomotos.com.br 00:46.497
3 88 Otávio Sousa Leite Guincho Modelo/ Transmáquina 00:47.878
4 26 João Gabriel Michelin Alpes/ Posto Solon/ Bom Vr Papéis 00:48.338
5 44 Matheus Freshi Centro De Treinamento Rio Cross 00:50.447
6 8 Carlos Tavares Evangelista Ktm/ Asw/ Evs/ Fox/ Visual Design 00:51.226
7 4 Guilherme Torres Da Costa Asw/ Motul/ Vaz/ Orbital 00:50.788
8 14 Renato Mattos Paz - 00:51.726
9 20 Yuri Campello Ricamar Pneus/ Car-lactos/ Yamaha/ Crm 00:53.319
10 49 Gustavo Lazarini Martins - 00:54.024
11 85 Victor Hugo Pires Soares Restaurante Benê Frutos Do Mar/ Águas 00:51.990
12 52 Pedro Oliveira Sousa Leite Guincho Modelo/ Transmáquina 00:59.264
13 120 Felipe Gonzalez Sanfer Ferragens E Ferramentas 01:00.657



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet