X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Arena Cross

1ª etapa - São Manuel - SP
Publicado em: 06/03/2008

Competição abriu temporada do circuito nacional    
Texto e fotos: Maurício Arruda


Arena Cross deu início a temporada do circuito brasileiro


Cézar Zamboni
O Arena Cross abriu a temporada do motocross nacional, reunindo pilotos do primeiro escalão do circuito brasileiro no último sábado, 1 de março, em São Manuel no interior paulista. A competição foi o primeiro grande evento nacional de 2008 e mostrou, com grandes disputas, que a modalidade promete um ano muito competitivo.

Veja também: 
-
Galeria de Imagens da Prova com 440 fotos!
- Vídeos com as provas da MX1 e MX2 na MotoX TV!

Com mudanças no formato (agora há apenas uma bateria por categoria, antes MX1 e MX2 tinham duas provas por etapa) o campeonato, que chega a sua 10ª edição, começou com os pilotos enfrentando - durante os treinos - uma pista bastante pesada por causa da chuva do dia anterior. "Choveu bastante e tivemos que trabalhar muito para terminar a pista", afirmou Braga, construtor e responsável pelo circuito.  

O trabalhou continuou após os treinos das categorias principais, antes dos garotos da categoria 50cc entrarem na pista, quando todo circuito passou por ajustes para retirada de uma boa camada de barro, que dificultava bastante a pilotagem. Após a limpeza a pista ficou outra, e até os mais jovens conseguiram desenvolver boa velocidade. Aliás os circuitos desta temporada, pelo que vimos nesta primeira prova, ganharam maior largura, saltos mais amplos e sessões de obstáculos mais elaboradas.


Everaldo Filho


Raul Faustino
Com isso o espetáculo ganha em sua plástica e no nível das disputas, graças ao palco com mais opções de traçado. As novidades na estrutura do evento também são grandes com arquibancadas maiores, assim como a área vip e também uma melhor estrutura para imprensa, além de setores com torcidas organizadas. Todo entorno do evento agora é fechado, formando uma grande Arena.

Os destaques nos treinos foram Wellington Garcia,  primeiro tempo da MX1 com Roosevelt Assunção e Leandro Silva bastante próximos, e Dudu Lima, que garantiu o ponto extra da MX2, seguido por Lucas Moraes, ambos participaram do segundo treino da categoria. Na primeira bateria Marcello Ratinho (irmão de Dudu) e Jean Ramos foram os mais rápidos, ficando com a terceira e quarta posições na soma geral da MX2.


Gate 65cc


Kaio Miranda
Oito etapas estão programadas para esta temporada do Arena Cross, que neste ano passou a ser válido como o campeonato nacional da modalidade com a homologação da Confederação Brasileira de Motociclismo.

Corridas

A categoria 85cc alinhou para primeira bateria da noite. Um dos favoritos para esta classe estava ausente: o sergipano Rodrigo Lama ainda se recupera de uma lesão e não competiu nesta primeira prova. No entanto não faltaram pilotos com vontade de vencer e a corrida teve suas variáveis.

Primeiro a liderança esteve nas mãos de Everaldo Filho, já desde o início com seu companheiro na equipe Honda Cézar Zamboni próximo e na disputa pela posição. Pouco mais atrás Endrews Armstrong acompanhou a disputa por pouco tempo, pois logo partiu para cima dos adversários.


Thiago Formehl


Hallex Dalforo
Endrews assumiu a liderança e então conseguiu boa vantagem. Tudo parecia bem para o piloto que caminhava rumo à sua primeira vitória na categoria, mas a corrente de transmissão de sua moto partiu quando a prova seguia para seus momentos finais. Quem não perdeu a oportunidade de assumir a liderança foi Cézar Zamboni que já havia ultrapassado Everaldo. Para Endrews não restou outra opção senão abandonar e assistir a vitória de Zamboni.

Everaldo ficou com o segundo lugar seguido por Raul Faustino, quem não fez boa largada, mas conquistou posições finalizando em terceiro. A quarta colocação foi de Gabriel Zenni e o quinto lugar de Marcos Holtmann, piloto que se envolveu em um acidente na largada, mas conseguiu boa recuperação.


Kioman Navarro


João Michelin e Enzo Lopes
A pódio foi outra novidade no formato do evento. Cada categoria teve sua premiação entregue na sequência da prova permitindo um melhor acompanhamento da imprensa e do público. Além disso um novo espaço em frente a sua estrutura tinha um palanque para exposição da moto do vencedor durante a entrega dos troféus, ficou interessante!

Na classe 65cc Tiago Formehl foi quem dominou a categoria e desde a largada esteve na frente. O atual campeão Kaio Miranda bem que tentou pressioná-lo, mas Formehl manteve o foco e no final da bateria já tinha a vitória assegurada.

Quem também fez grande prova foi Hallex Dalfovo que conseguiu o segundo lugar deixando Kaio na terceira posição. Completaram o pódio João Ribeiro e Pedro Bueno. Segundo Formehl, apesar vitória com boa margem, não foi uma prova fácil: "Conquistei uma boa vantagem, mas foi bastante difícil", afirmou o vencedor, satisfeito com a liderança da competição.



Marcello Ratinho Lima


Jean Ramos
Os menores competidores encheram o sempre disputado gate da categoria 50cc. A prova começou com dois pilotos destacando-se dos 14 classificados: Kiomann Navarro e Djalminha Britto ocupavam a primeira e segunda posições disputando cada metro da pista na volta inicial.

Após a primeira passagem pela mesa principal, Kiomann já não vê nenhum adversário por perto, Djalminha caiu perdendo exatamente uma volta até conseguir retornar pra prova. Enzo Lópes passa então para a segunda posição com Matheus Freschi, que mais tarde enfrentaria problemas, em terceiro. 

Para Kiomann tudo deu certo e ele conquistou a vitória mais tranquila da noite, colocando uma volta até no quarto colocado, exatamente Djalma Britto após boa recuperação. João Michelin começou a bateria na oitava posição e fez bonito superando Enzo na disputa pelo segundo lugar. A quinta posição foi de Guilherme Costa.


Lucas Moraes


Roosevelt Assunção
A disputa entre os profissionais da MX2 começou já nos treinos, onde vários pilotos  foram eliminados, já que somente os 14 mais rápidos garantiriam lugar no gate de largada. O atual campeão da categoria, Wellington Garcia, este ano compete na MX1 abrindo espaço para outros nomes na luta pelo título, e eles são muitos!

As equipes Honda, Dunas e Suzuki tem cada uma dois representantes na classe, a KTM conta com o atual vice-campeão, Swian Zanoni. E quem saiu na frente na disputa foi Marcello Ratinho (Honda) depois de muita disputa com seu companheiro Jean Ramos, líder na maior parte do evento, mas que não suportou a pressão na segunda metade da bateria.

Quem liderou o início da prova foi Davis Guimarães, mas o paranaense acabou cedendo posições. A briga ficou entre Jean, Ratinho e Swian. Este último ocupava a terceira posição quando deixou a prova com a corrente da moto quebrada. Neste momento tudo estava indefinido com uma boa disputa entre ele, Ratinho e Jean. Pouco depois Ratinho aumentou a pressão e conseguiu superar o companheiro de equipe.


Wellington Garcia


Pipo Castro
"Guardei energia para o final e deu certo. Consegui aumentar o ritmo e estou muito feliz com a vitória", afirmou o primeiro colocado. Jean cansou no final da bateria. "Na parte final senti o preparo físico. O nível está alto e o campeonato está apenas começando, foi um bom resultado", ressumiu o vice-lider.

Sem uma boa largada e ainda sofrendo uma leve queda durante a prova, Lucas Moraes não brigou pela vitória, mas saiu de São Manuel com um bom terceiro lugar. Dudu Lima, pole position da etapa, ficou com a quarta posição na prova enquanto Cézar Popinhak fechou o pódio superando seu companheiro na Suzuki, Gustavo Amaral.

A classe MX1 contou com 12 inscritos e encerrou a programação. Nesta temporada nomes como Rafael Ramos, campeão da categoria principal em 2001, e Fábio Corrêa, nome de destaque por anos na modalidade, não estarão competindo.

Uma novidade da categoria será a participação do norte-americano Scott Simons, pela equipe Dunas. No entanto o piloto ainda regularizava sua documentação na data do evento e, sem poder participar desta etapa, apenas assistiu esta primeira etapa.


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 440 fotos! / Vídeos com as Provas da MX1 e MX2 na MotoX TV!
Na largada da bateria quem assumiu a dianteira foi Wellington Garcia, o piloto sensação de 2007, que parece com grande 'apetite' também para esta temporada. O atual campeão Leandro Silva largou logo atrás, mas acabou esbarrando no líder na curva após a principal seção de costelas ainda na primeira volta, fato que determinou seu resultado na noite.

Leandro voltou em último e teve trabalho na busca por posições. Quem pulou para o segundo lugar foi Roosevelt Assunção, que neste ano corre de Kawasaki, pela Pro Tork Racing Team. Roosevelt imprimiu bom ritmo, mas não suportou a pressão de Pipo Castro que conseguiu o posto após alguns minutos.

Wellington não olhou para trás e garantiu o primeiro lugar na bateria de 15 minutos mais uma volta. "Estou trabalhando para isso, o resultado foi fruto do meu trabalho. Espero vencer mais vezes para ser campeão", afirmou o jovem goiano de apenas 18 anos.


Leandro Silva
Pipo Castro fechou a prova no segundo lugar apesar da aproximação de Roosevelt nos momentos finais. "Cometi um erro durante a prova e preferi não arriscar, tem muito campeonato pela frente e estou feliz com o resultado", disse o catarinense que já tem dois títulos do Arena Cross e é o atual vice-campeão. Roosevelt Assunção chegou na sequência começando a temporada no terceiro lugar.

Leandro Silva ainda conseguiu se recuperar até a quarta posição, mas mostrou claramente não estar nada satisfeito com o resultado. "Depois da queda a frente da moto ficou torta e não acertava mais as canaletas (cavas das curvas)", explicou o número 1 da categoria, que acabou sofrendo mais duas quedas ao longo da prova.


Zezito, locutor oficial do evento, com seu filho
O pódio ficou completo com João Paulo Feltz, que fez sua estréia na categoria com um ótimo quinto lugar. Feltz conseguiu na última volta a ultrapassagem sobre Massoud Nassar, que definiu sua posição final. Massoud encerrou a prova no sexto lugar após boa parte da bateria ocupando a quarta posição.

A próxima etapa da competição acontecerá no dia 12 de abril em Rio das Ostras (RJ).

A organização do Arena Cross é da empresa Carlinhos Romagnolli Promoções e Eventos. Os patrocinadores são Honda e Gol, com co-patrocínio de Yamaha, Peels e Metzeler. O apoio é da Prefeitura de São Manuel, Rádios Criativa FM, Integração FM, Hot 107 FM e revista Moto!.

Resultados

Pos Num MX1 Patrocínio
1 2 Wellington Garcia Matos Honda/ Asw/Pirelli/ Fox
2 10 Pipo Castro Pauta/ Controlflex/Yamaha/Geração Moto
3 5 Roosevelt Assunção Pro Tork
4 1 Leandro Silva -
5 51 João Paulo Feltz Geração Motos
6 26 Massoud Nassar Ktm/ Pro Tork/ E-mx/ Herbert Motos/ Go
7 43 Denis Cordeiro Honda/ Race-tech/ Fly/ Brasil Racing
8 359 Felipe Miranda Grimberg Suzuki/ Petrobras/ Pirelli
9 46 Juliano Ramos Jmr Escola De Motocross/Posto Costa Br
10 33 Rodrigo Guerreiro -
Pos Num MX2 Patrocínio
1 7 "Ratinho" Marcello Lima Honda/ Mobil/ Pirelli/ Asw
2 10 Jean Carlo Ramos Honda/ Mobil/ Asw/ Oakley/ Pirelli/ Jm
3 23 Lucas Lengruber De Moraes Dunas/ Yamaha/ Usa Conection/ Vaz/ Mot
4 13 Eduardo Lima Honda/ Mobil/ Pirelli/ Asw
5 24 Cesar Augusto Popinhak Suzuki/ Petrobras
6 21 Gustavo Amaral Suzuki/ Petrobras/ Duboy/ Pirelli
7 17 Davis Guimarães Dunas Racing/ Yamaha/ Usa Connection/
8 14 Thales Vilardi Honda/ Orbital/ Asw/ Mobil/ Oakley/ Pi
9 33 Raul Guilherme Gehren Gonçalves Racing-tech/ Motorex/ Trilha Racing
10 51 Kaique Arranz Polimeno -
Pos Num 85 Patrocínio
1 7 Cesar Augusto Zamboni Honda/ Pirelli/ Sw/ Mobil
2 5 Everaldo Lima Filho Honda Racing
3 67 Raul Faustino New Tex/ Steel Joint/ Calçados Bia
4 6 Gabriel Zenni Zeni Preparações
5 43 Marcos Paulo Holtman Vale Fertil/ Boeing/ Alpinestar/ Sergi
6 12 Gabriel Marques Bmcd-blasfer/ Riocross
7 11 Stefany Serrao Yamaha/ General Motos/ Fox/ Doublex/ B
8 308 Matheus Ribeiro Corguinha -
9 94 Eduardo Rudnick Pro Tork/ Irmaos Maahs/ Silaqua/ Cerro
10 112 Endrews Armstrong Nhemihis Tork/ Mitas/ Jarva/ Jmr/ Serginho Susp
Pos Num 65 Patrocínio
1 7 Thiago Formehl -
2 11 Hallex Dalforo Webmotors/ Aymore Financiamentos/ Dalf
3 2 Kaio Miranda Fox/ Oakley/ General Motos/ Bud Racing
4 8 Joao Pedro Pinho Ribeiro Recris Transportes/ Revendas Pinho/ No
5 80 Pedro Henrique Rosa Bueno Vortex/ Mitas/ Dashindustries/ R2/ Gar
6 19 Gustavo Alves S Borges Otica Diniz/ Metais Nobre/ Minchev Mod
7 122 Filipe Sorrentino Ribeiro Lufi Lingerie
8 35 Wilgner Francisco -
9 800 "diou" João Alves De Araújo Filho Prefeitura Municipal De Paraúna/ Lusit
10 44 Leonardo Neto Gambatto Motos E Engeaço Estruturas
Pos Num 50 Patrocínio
1 1 Kioman De Jesus Navarro Munõs Tonin Bala Motopeças/ American Cross/
2 26 João Gabriel Michelin Alpes/ Posto Solon/ Bom Vr Papéis
3 3 Enzo Lázaro Lopes Oasis Racing/ Freeday/ Léomotos.com.br
4 6 Djalma Brito Transbritto/ Vortex/ Circuit
5 4 Guilherme Torres Da Costa Asw/ Motul/ Vaz/ Orbital
6 20 Yuri Campello Ricamar Pneus/ Car-lactos/ Yamaha/ Crm
7 14 "Muguinho" Renato Costa Mattos Paz Asw/ Fox
8 88 Otávio Sousa Leite Guincho Modelo/ Transmáquina
9 8 Carlos Tavares Evangelista Ktm/ Asw/ Evs/ Fox/ Visual Design
10 49 Gustavo Lazarini Martins -



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet