X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Arena Cross

7ª etapa - Botucatu - SP
Publicado em: 30/08/2007

Prova diurna na sétima rodada da temporada
Texto e fotos: Luiz C. Garcia


Largada 2ª bateria da MX1


Leonardo Neto
Reta final do Arena Cross, as disputas prometiam para esta sétima etapa, disputada em Botucatu, SP, terra da Carlinhos Romagnolli Promoções e Eventos, empresa organizadora do Arena Cross. O espetáculo desta vez foi diferente das outras etapas do campeonato, normalmente realizadas no sábado a noite. Esta prova foi diurna, realizada no domingo numa pista que recebeu muitos elogios dos pilotos devido ao tamanho (uma das maiores da temporada) e dos vários pontos de ultrapassagem.   

Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 384 Fotos!

As provas começaram com a categoria 50cc e Leonardo Neto venceu mais uma etapa, mas não teve a mesma facilidade que nas etapas anteriores. Djalma Brito mostrou que vem evoluindo dentro da competição e começa a fazer sombra para o líder.
 
Na etapa de Botucatu, Leonardo Neto larga na frente com Djalma Brito em segundo, Danilo Almeida, Guilherme Torres, Iuri Nitoli e Kioman Navarro logo em seguida. Leonardo Neto começa a andar forte e trás junto com ele Djalma Brito, os dois vão de distanciando da briga pelo terceiro lugar entre Danilo Almeida e Kioman Navarro. Outra briga boa foi pelo quinto lugar envolvendo Mateus Mendonça, Iuri Nitoli, Carlos Evangelista e Guilherme Costa, piloto que veio recuperando posições após uma queda no começo da prova. 


Djalma Brito


Eduardo Rudnick
Leonardo Neto quase vê sua invencibilidade quebrada quando cai na metade da prova e perde a primeira colocação para Djalma Brito. Porém o catarinense se recupera e no final da bateria volta a ocupar a primeira colocação após muita briga com Djalma. 

Kioman Navarro vence o duelo com Danilo Almeida e abra uma pequena vantagem que lhe asseguraria a terceira colocação. Danilo foi o quarto. Guilherme Torres completou uma bela recuperação chegando em quinto. 

Kaio Miranda, líder da categoria 65cc era dúvida para a a disputa desta etapa, devido a uma forte queda que sofrera nos treinos. Mas ele confirma sua participação e na largada assume a ponta seguido de Endrews Armstrong, Manuel Kuhn - que cai voltando na ultima posição - Eduardo Rudnick, Ricardo Jurça e Felipe Sorrentino. Kaio vê suas chances de vitória aumentarem quando, logo na segunda volta, Endrews erra a mesa de chegada e cai, abandonando a prova. 


Kaio Miranda


Gustavo Takahashi
Com isso no começo da prova as posições ficam sendo as seguintes: Kaio era o líder com uma pequena vantagem em relação a Eduardo Rudnick, ambos abrem uma boa vantagem em relação a Ricardo Jurça que vinha sustentando a posição dos ataques de Felipe Sorrentino. Na quinta colocação aparece Marcelinho Lima. 

Andando mais forte Rudnick encosta em Kaio, assumindo logo em seguida a primeira colocação. Kaio, devido a queda no treino, não vai a caça do líder e recebe ordem da equipe para se manter na segunda colocação, que nessa altura da prova já estava garantida com uma boa diferença dele em relação ao terceiro colocado Ricardo Jurça, que também já tinha se livrado do quarto colocado Felipe Sorrentino. Pela quinta colocação Manuel Kuhn sustenta bravamente a posição dos ataques de Matheus Corguinha, estreante do Arena, até a ultima volta e fecha os cinco primeiros dessa categoria. 

Com a vitória de Eduardo Rudnick a briga pela categoria fica acirrada com Kaio apenas sete pontos na frente de seu principal adversário na disputa do título. 


Hector Assunção


Thales Vilardi
Hector Assunção pulou na frente na primeira volta da 85cc, seguido de Gustavo Takahashi, Rodrigo Lama, Raul Faustino, Éder de Lima e Stefany Serrão. Hector é o único piloto da equipe Honda a andar com uma moto dois tempos e começa a abrir dos seus companheiros de equipe. Takahashi já no começo da prova faz o mesmo em relação a Rodrigo Lama. 

Raul Fastino também foi outro que andou forte no começo da prova e depois pode administrar sua corrida até finalizar na quarta posição. Stefany Serrão vinha na quinta posição se defendendo muito bem dos ataques de Faustino, Gabriel Marques e Leonan Tavares. 

Só que a possibilidade de subir ao pódio para Stefany foi por água abaixo depois, no momento em que levava uma volta do segundo colocado Gustavo Takahashi, quando ambos se enroscam e caem. Prejuízo para Stefany que cai para a décima posição. Para Takahashi a diferença em relação a Rodrigo Lama era grande o suficiente para voltar ainda no segundo lugar. 


Swian Zanoni


Wellington Garcia
Hector que já tinha uma boa vantagem permanece sem ser ameaçado e segue seguro para a vitória. Takahashi foi o segundo, Rodrigo Lama o terceiro. Raul Fastino foi o quarto e Leonan Tavares o quinto.  "Fiz uma prova concentrada e tranqüila. Larguei bem e fui beneficiado com a queda de Takahashi. Agora é manter o ritmo nas próximas provas para tentar o título", afirmou Hector Assunção. 

Na categoria MX2 era o dia de Swian Zanoni. Ele largou na ponta nas duas baterias, na primeira seguido por Gustavo Amaral, Wellington Garcia, Thales Vilardi e Rogger Tiradentes. 

Swian rapidamente abre uma vantagem que lhe garantiria a vitória. Wellington passa Amaral no começo da prova, mas não consegue andar no ritmo do piloto da KTM que está realmente inspirado. Gustavo Amaral não é atacado e pilota tranqüilo na terceira posição. Thales, mesmo caindo no começo da prova, impõe um ritmo forte e fica na quarta colocação. Outro que caiu no começo da prova e se recuperou foi Edson Bertos fechando a bateria na quinta colocação. 

Na segunda prova Swian pula de novo na frente e não vê seu adversário direto pelo titulo, Wellington Garcia, escorregar na curva e cair. Gustavo Amaral assume o segundo lugar, mas também erra e volta a prova terminando na quarta colocação. Wellington se recupera e começa a brigar pela segunda posição com Thales Vilardi. Pressionado Thales sustenta o segundo lugar o máximo possível, mas não resiste e fica na terceira colocação. Rogger Tiradentes foi o quinto.


Leandro Silva
Destaque para Manoel Lisboa, o Manézinho que se classificou pela primeira vez para a final do Arena marcando seus primeiros quatro pontos no campeonato e levando a arquibancada destinada a pilotos e equipes ao delírio. 

Na briga pelo título com a vitória Swian Zanoni diminui para vinte pontos a diferença entre ele e o líder, Wellington Garcia. Esta aí uma ótima briga para o final do campeonato. "Consegui boas largadas e com isso consegui manter um bom ritmo de prova. Isso fez com que tirasse um pouco a diferença entre nos dois (ele e Wellington Garcia) no campeonato e agora é tentar tirar ainda mais nas próximas etapas", disse Swian.

Na MX1 Leandro Silva, com fortes dores estomacais, era dúvida para a categoria mais esperada do dia. Porém o paranaense confirma sua presença na corrida e pula na frente desta primeira bateria com Roosevelt Assunção, Rafael Ramos (que com problemas em sua moto, compete com uma outra moto emprestada), Dênis Cordeiro, Jean Ramos e Pipo Castro. 


Pipo Castro


Roosevelt Assunção
Leandro ainda no começo da prova cai e volta na última posição terminando a bateria em sétimo. Bom para Roosevelt que dispara na frente enquanto Rafael Ramos pula para o segundo lugar e Dênis para o terceiro. 

Jean Ramos não demora a assumir a segunda posição, trazendo com ele Pipo Castro que se recuperou da péssima largada. Pipo então passa a pressionar Jean Ramos enquanto na frente Roosevelt anda sozinho. 

O paranaense facilita a vida de Pipo após escorregar em uma curva caindo. Massoud assume a terceira posição após a queda de Jean e anda forte. Rossevelt finaliza a prova vencendo esta primeira batalha, Pipo fica na segunda posição. Massoud destaca-se nesta bateria e, mesmo tendo Jean na sua cola, fica em terceiro lugar. Rodrigo Selhorst fecha os cinco mais rápidos. 

Leandro Silva se recuperaria na segunda bateria, quando largou na ponta mais uma vez. Ele segue pressionado a prova toda por Pipo Castro que chega a ultrapassá-lo, mas leva o troco de Leandro. 


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 384 Fotos!
Rossevelt sai da luta pela vitória desta bateria após cair no começo da prova. Mesmo assim recupera posições para terminar em quinto. Rafael Ramos largou em terceiro seguido de Massoud Nassar, mas ambos perdem as posições para Rodrigo Selhorst e Jean Ramos. Jean assumiria a terceira colocação definitivamente após ultrapassar Selhorst. 

Leandro na frente administra muito bem os ataques de Pipo e vence a segunda bateria. Pipo fica em segundo, resultado suficiente para a vitória geral desta etapa. Final da segunda bateria: 1º Leandro, 2º Pipo, 3º Jean Ramos, 4º Rodrigo Selhorst e 5º Roosevelt. 

Pipo Castro além de ser o grande vencedor da sétima etapa reassumiu a primeira colocação da categoria na classificação geral do campeonato, apenas sete pontos na frente de Leandro Silva. A alegria de Pipo com esse resultado era visível na momento das entrevistas após o pódio. O piloto deixou claro que apesar de não ter vencido nenhuma bateria conseguiu sair com a vitória no resultado final atingindo seu objetivo no campeonato: somar o maximo possível de pontos para ser tri-campeão.

O Arena Cross tem o patrocínio de Honda, Old Eight, Aymoré Financiamentos, Consórcio Nacional Honda, co-patrocínio de Peels Capacetes, Pirelli e Yamaha. Realização: Carlinhos Romagnolli Promoções e Eventos. 

Resultados

Pos Num. Piloto Categoria MX1 (Soma das Baterias) Pts
10 “Pipo” Christopher Castro Yam, Geração Motos, Pro Tork 32
03 Roosevelt Assunção Hon,Móbil,Pirelli,NGK,DID,ASW, Oakley, orbital 30
11 Leandro silva Hon, ASW, Mr Pro, Renazi Racing 25
18 Jean Carlos Ramos Oásis, água mineral Ouro Fino, R 2, IMS 24
16 Rodrigo Selhorst - 20
05 Massoud Nassar - 13
43 Denis Cordeiro Hon, Motorex, Race Tech,Sinisalo, Íris,MR-pro, Vertex 12
06 Rafael Ramos KTM – R6 COMUNICAÇÃO -OAKLEY – CTI2 – ALPINESTARS – Vorto.X - Alemão Rodas - José Rubens D´elia 10
33 Rodrigo Guerreiro Mold Mix, Ronchetti, central supermercado 4
10º 153 Nielsen Bueno Suz, Petrobras, Pirelli, 4
11º 14 Fábio Correa Hon, DID,NGK, Ims Polivisor , Polistosport ,Griffe Corrêa,Hon 1
Pos Num. Piloto Categoria MX2 (Soma das Baterias) Pts
23 Swian Zanoni Pro Tech,Sinisalo, zanoni racing, motorex, vertex, ktm, LMP/Metzeler, Benazi Racing, MR Pro 40
05 Wellington Garcia Hon,Mobil,,Pirelli,Did, NGK, ASW, Orbital 33
19 Thales Villardi Hon, mobil, pirelli, asw, orbital, hrc, polisport 24
73 Gustavo Amaral Circuit, MR Pro 24
181 Rogger Torres CBN, Rede Tiradentes de radio televisão, honda 16
36 Edson Bertos Ting, Sandeleh, Dismotor, IMS, Transp. Montemorense, B. Carneiro, Polisport 14
551 Kaique Polimeno - 12
18 Rodrigo Taborda Oash, Rodrigo Racong 6
311 Manoel Lisboa - 4
11º 082 Murilo Betarte Moto mix 2
Pos Num. Piloto Categoria 85cc Pts
04 Hector Assunção Hon, Mobil, NGK, Did, Pirelli, Oakley, Orbital, Master 20
06 Gustavo Takahashi Hon, Móbil, Pirelli, ACW, Oakley, Riffel, Polisport, Orbital, Consórcio Nacional Hon, Frgeri, MR Pro 16
11 Rodrigo Santos Lama Hon, Mobil, Riffe, NGK, ASW, Pirelli, Polisport, Siscos Master, Griffe Correa 13
67 Raul Faustino - 11
49 Leonan Tavares Posto Status, Colegio nº 5 do Carmo, PM Guapimirim 9
39 Gabriel Marques BMCD Plasfer 7
93 Luan Queiroz Lino Brandy Comercio e Industria, Capacete e Cia, Motomix Ribeirão 5
97 Stefany Serrão Yam, Circuit, Valflex, Roncar, Doubex, General 3
45 Matheus Ferraro Centura Calçados 2
10º 916 Eder de Lima Pintura de Moveis Ader, Blim Pintura e Acabamento de moveis e Lima’s automóveis. 1
Pos Num. Piloto Categoria 65cc Pts
06 Eduardo Rudnick Protork, Irmãosmaahs, Mitas, Silaqua, Cerro Branco 20
11 Kaio Miranda Oakley, Frigeri, Fox, Racetech, Alpinestar, Circuit 16
99 Ricardo Jurça 2 Racing, Negretti Preparações 13
22 Felipe Sorrentino Lufi Lingerie 11
15 Manuel Oliveira Kuhn Transkuhn Ltda., Prefeitura Municipal de Triunfo, Castrol, Pneus Rinardi, MCR 9
17 Matheus Corguinha 7
25 Marcelo Felipe de Lima e Souza Rede Nose, General Motos, Kaerre, JPS Racing, Colégio Padre Anchieta, Shondor Motocross, AGF Preparações, AJ Motos 5
113 Kaue Fernandes - 3
51 Lucas Gomes Santos - 2
10º 359 Carlos Lisboa Flocos Lojas Zogbi, Color Print, Alphamol 1
11º 07 Endrews Armstrong Tork, Protork, Mitas, JMR, Enzo, Jarva, R2 0
Pos Num. Piloto Categoria 50cc Pts
04 Leonardo Neto Gambatto Motos 20
13 Djalma Brito Transbritto cargas, Motovili express, Circuit 16
05 Kioman Navarro Tonin Bala Motos Peças 13
09 Danilo Luiz Almeida Bicicletas Barcala, Pro tork, Churrascaria Estrelas de Prata 11
06 Guilherme Torres - 9
47 Iuri Nitoli Rio Ambiental, Fox, Lem, Motul 7
14 Carlos Evangelista Dirt Action, HM Motor, ASW Fox, Frigeri, EVS 5
36 Matheus Freshi Centro de Treinamento rio cross 3
88 Otavio Sousa Leite Guincho Modelo 2
10º 11 Lucas de Lima e Souza Rede Nose, General Motos, Kaerre, JPS Racing, Colégio Padre Anchieta, Shondor Motocross, AGF Preparações, AJ Motos 1
11º 26 João Gabriel Michelin Alpes, Posto Solon, Motora Racing, Bom VR Papeis, Fogo Já 0
12º 08 Mateus Mendonça Pref. Embu Guaçu, Orbital, ASW 0
13º 52 Pedro Souza Leite Guincho Modelo 0
14º 17 Leonardo Correa Lem Motos, ASW, FOX, Lubrificantes Motul, IR Gramas 0
15º 20 Raul Salmazo Sengª , RR Motos, Estopas Ipanema 0
 



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet