X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Arena Cross

4ª etapa - São Manuel - SP
Publicado em: 22/06/2007

Com dupla vitória Pipo Castro assume a liderança da MX1!
Texto e fotos: Luiz C. Garcia


Largada da segunda bateria da MX1


Leonardo Neto
O Arena Cross esteve em sua quarta etapa na cidade de São Manuel (SP), fazendo parte das atividades de comemoração ao 137° aniversário do munícipio, tradicional sede do evento.

Veja Também: Galeria de Imagens da Prova com 516 Fotos!

É a sétima vez que o circuito do Arena passa por lá, como sempre atraindo um imenso público nesta que é uma das pistas mais extensas e rápidas da temporada. A prova teve o um importante desfalque, o até então líder da categoria MX1 Leandro Silva, que não participaria devido a um acidente - quando treinava em sua pista no Paraná ele atropelou uma vaca acidente que lhe deixou afastado das competições por algumas semanas. 

Com a grande possibilidade de mudança na liderança do campeonato, os principais concorrentes de Leandro a esta altura do campeonato - Jean Ramos, Pipo Castro, Rodrigo Selhorst e Roosevelt Assunção - sabiam que um bom resultado na etapa poderia significar também a primeira posição na tabela de classificação.


Kioman Navarro
 

Mateus Mendonça
Na MX2 e na 50cc, , Wellington Garcia e Leonardo Neto defendiam a invencibilidade. Nas categorias 65cc e 85cc as disputas prometiam ser intensas e de muito trabalho para os
líderes Kaio Miranda e Hector Assunção. Na pista em relação aos anos anteriores houveram algumas mudanças, como o aumento do traçado, que permitiu uma variação melhor de saltos e uma mudança na seção das costelas que proporcionou um belo espetáculo. 

Os treinos serviram para que os pilotos se familiarizasem com estas modificações e também para que eles medissem forças pela primeira vez na etapa, já que a melhor marca nos cronometrados vale um importante ponto extra (nas categorias principais),
além da primeira escolha no gate de largada. Roosevelt Assunção (MX1), Swian Zanoni (MX2), Hector Assunção (85cc) garantiram as melhores marcas em suas baterias. Já na categoria 65cc o resultado fez com que Eduardo Rudnick (que marcou a pole) se iguala-se na pontuação a Kaio Miranda.


Corridas

Na categoria 50cc Mateus Mendonça largou na frente seguido do líder do campeonato Leonardo Neto e de Kioman Navarro. Logo na volta seguinte Leonardo Neto assume a ponta seguido de Kioman. Os dois abrem vantagem de Mateus que mantem-se como  terceiro colocado sem ser ameaçado pelo quarto colocado Djalma Brito, que mesmo caindo durante a prova se recupera. Guilherme Costa ultrapassa Danilo Almeida e fica na quinta colocação.


Eduardo Rudnick


Kaio Miranda
Leonardo mesmo pressionado por Kioman sente-se seguro e termina a prova com sua invencibilidade intacta. Com essa vitória Leonardo abre uma boa vantagem no campeonato e mostra que vai ser duro alguém tirar esse titulo dele. Djalma Brito é o segundo colocado na classificação geral. 

"Fui pressionado desde o começo da prova por que não larguei bem e ainda por cima errei nas costelas. Fiquei feliz em ganhar por que consegui abrir ainda mais na pontuação do campeonato", disse Leonardo Neto após mais uma vitória. 

Na 65cc o pole Eduardo Rudnick larga na frente, com Manuel Kuhn em segundo, Kaio Miranda em terceiro, Endrews Armstrong em quarto e Kauê Fernandes em quinto. Ainda na primeira volta Miranda se livra de Kuhn e vai no encalço de Eduardo Rudnick. Foi o início de um jogo de gato e rato entre os ponteiros Rudnick e Kaio, com os dois alternando-se na liderança. Com isso, os ponteiros abrem boa vantagem sobre o terceiro colocado Endrews Armstrong que também segue seguro sem ser incomodado por Manuel Kuhn. Ricardo Jurça mantém-se em quinto. 


Endrews Armstrong
Na ponta Kaio Miranda aproveita a queda de Eduardo Rudnick e assume a primeira posição abrindo boa vantagem. Mesmo se esforçando Rudnick não consegue se aproximar. Com essa vitória Kaio é o líder do campeonato com 56 pontos, mas logo atrás vem Rudnick com 52.  "Eu e o Rudnick trocamos várias vezes de posição e ficou mais tranqüilo para mim quando ele caiu", comentou o paulista satisfeito com o resultado. 

Hecton Assunção marcou o melhor tempo nos treinos e também pulou na ponta na categoria 85cc seguido de Rodrigo Lama, Everaldo Rodrigues, Gustavo Takahashi e Eder de Lima. Já no começo da prova Takahashi ganha a terceira posição de Everaldo Rodrigues que ainda perderia a quarta colocação para Rodrigo Rodrigues, o atual campeão brasileiro da categoria que voltou as competições nesta prova após vários meses afastado em virtude de um acidente. 

Na frente Hector com uma tocada segura consegue controlar os ataques de Lama que se sente pressionado por Takahashi. Lama só vê sua posição assegurada quando Takahashi cai, deixando seu caminho mais tranquilo.


Hector Assunção
 

Rodrigo Lama
Hector vence, abrindo 13 pontos na liderança do campeonato, seguido de Lama, em segundo. Takahashi concluí em terceiro, Rodrigo Rodrigues em quarto e em quinto Everaldo Rodrigues. "Larguei bem e procurei não cair. Agora é tentar manter o ritmo para ser campeão", afirmou Hector, o líder da categoria. 

Na MX2 Wellington Garcia defendia a invencibilidade, mas a noite prometia ser de Swian Zanoni que demonstrou uma ótima evolução na categoria após se tornar piloto da KTM, e havia marcado o melhor tempo nos treinos. As duas baterias prometiam um grande pega entre eles e Marcello "Ratinho" Lima, mas na verdade quem roubou a cena foi Thales Vilardi. Veja como foram as duas baterias. 

Na primeira Wellington assume a ponta seguido de Gustavo Amaral - outro que surpreendeu nesta etapa - Ratinho, Edson Bertos, Swian Zanoni, Kaique Polimeno e Thales Villardi. 


Thales Vilardi


Marcello Ratinho
Swian não se sente confortável com a posição e parte com tudo para cima de Bertos assumindo a posição, indo em seguida em busca de Ratinho que nessa altura já pressionava Gustavo Amaral pelo segundo lugar. 

Amaral tentava de todas as formas defender a segunda posição de Ratinho. Também na disputa pela posição, Swian toca em Ratinho que cai, voltando na sexta colocação. Agora era a vez de Swian pressionar Amaral pelo segundo lugar. Na frente Wellington Garcia abre uma diferença que lhe garantiria a vitória. Gustavo Amaral não resiste  cedendo a posição para Swian. 


Ratinho parte pra cima de Thales Villardi, que neste momento tinha a terceira posição após ultrapassar Gustavo Amaral. Ratinho consegue ultrapassá-lo terminado em terceiro. Thales foi o quarto e Gustavo Amaral o quinto, mesmo tendo em sua cola Edson Bertos. 


Gustavo Amaral
Na segunda bateria Zanoni pula na frente seguido de Thales Villardi, Rogger Torres, Ratinho e Wellington. Já na primeira volta Thales aproveita um erro de Swian e assume a ponta, com Wellington e Ratinho logo atrás. Após um salto, Swian tem problemas no câmbio de sua moto, o que resultou no toque e queda de Wellington Garcia. Marcello "Ratinho" que vinha logo atrás também se envolve no acidente, não consegue desviar,
atropela Wellington e cai. Quem se aproveitou dessa confusão entre os líderes foi Gustavo Amaral que pulou para o segundo lugar. 

Wellington mesmo sendo atropelado por Ratinho consegue voltar na 14ª posição, mas a esta altura sabe que é praticamente impossível manter sua invencibilidade. Zanoni após insistir e conseguir engatar a terceira marcha volta na 15ª posição e Ratinho em 11°. 

Na frente, Thales aproveita para abrir uma ótima diferença garantindo sua primeira vitória no Arena Cross. Ratinho na metade final da prova continuava recuperando posições e já ocupava o terceiro lugar após ultrapassar Roger Hoffmann, partindo com tudo para cima de Gustavo Amaral. Swian Zanoni mesmo com os problemas na moto foi recuperando-se e terminou em sexto. Wellington visívelmente sentia dores decorridas do acidente e terminou a bateria na décima posição. 


Swian Zanoni


Pódio MX2
Com Thales assegurado no primeiro posto, a briga ficou pela segunda posição, que foi decidida na última volta quando Ratinho ultrapassou Gustavo Amaral. Com corridas consistentes Roger Hoffmann e Edson Bertos terminaram na quarta e quinta colocações.
Na somatória das duas baterias pela primeira vez na temporada, a vitória não foi de Wellington Garcia. Quem se deu bem foi Thales Villardi, que com a primeira posição na segunda bateria e o quarto lugar na primeira terminou a etapa na frente com 31 pontos. Marcelo "Ratinho" Lima, foi o segundo e Swian Zanoni o terceiro. Gustavo Amaral ficou na quarta colocação e Wellington Garcia com a vitória na primeira bateria ficou em quinto. 

"Na primeira bateria não larguei bem e tive algumas dificuldades na prova o que fez com que eu terminasse na quarta colocação. Já na segunda bateria, consegui uma boa largada e aproveitei um erro do Swian na primeira volta para assumir a liderança. Mantive minha concentração na prova até o final o que me fez vencer pela primeira vez dentro do Arena. Espero vencer mais nessa temporada", afirmou Thales Villardi. 


Pipo Castro


Jean Ramos
Ratinho comentou o incidente e mostrou-se otimista para a próxima corrida: "Na segunda bateria não larguei bem e quando o Wellington caiu não consegui desviar, mas consegui me recuperar e terminar em segundo. Agora é trabalhar para conseguir minha primeira vitória, algo que espero que acontece na próxima etapa". 

Swian explicou o problema enfrentado na segunda bateria: "Na primeira bateria larguei mal vim recuperando, mas não deu para chegar no Wellington. Na segunda bateria, fiz uma ótima largada mesmo errando estava pronto para dar o bote em cima do Thales, quando senti que quebrou uma das marchas da minha moto. Perdi muito tempo tentando engatar alguma marcha foi quando senti que entrou a terceira e fui com ela até o final da prova".

Sem a presença do líder Leandro Silva, a categoria MX1 deu início a etapa de São Manuel prometendo uma briga acirrada pela liderança do campeonato. Na primeira bateria para surpresa geral quem pula na frente é Dênis Cordeiro, seguido de Pipo Castro, Massoud Nassar, Rafael Ramos, Roosevelt Assunção e Rodrigo Selhorst. 


Rodrigo Selhorst
Logo no começo da prova Pipo assume a ponta e com uma tocada forte vai abrindo dos concorrentes. Para não perder contato com o líder Roosevelt parte com tudo para cima de Massoud e Dênis assumindo a segunda colocação recuperando-se da péssima largada. 

Com caminho livre Roosevelt vai com tudo para cima de Pipo tirando a diferença. A disputa entre os dois foi um espetáculo a parte. Na curva, após a seção de costelas Roosevelt tenta dar o X, mas toca em Pipo e cai voltando somente na sétima posição. Perdendo rendimento, Dênis Cordeiro foi abandonando as primeiras posições terminando em sétimo lugar. Bom para Jean Ramos, que com a queda de Roosevelt, assumiria a segunda posição mesmo sendo muito pressionado por Rodrigo Selhorst até o final da prova. Roosevelt fazendo uma corrida de recuperação terminou em quarto com Massoud Nassar logo atrás.
 
Pipo larga na frente na segunda bateria seguido de Massoud Nassar, Rodrigo Guerreiro, Jean Ramos, Rodrigo Selhorst, Dênis Cordeiro e Roosevelt Assunção. Já na primeira volta Jean ultrapassaria Massoud e Guerreiro, assumindo o segundo lugar. 

Massoud Nassar


Rafael Ramos
Com Pipo na frente Roosevelt, para manter a possibilidade de assumir a ponta no campeonato, tinha uma única opção: partir com tudo para cima dos concorrentes. E foi isso que ele fez. Mas, quando ocupava a quinta posição Roosevelt erra, volta em último e termina a bateria apenas no décimo lugar. 

Pipo mostra nesta etapa porquê é o atual bi-campeão do Arena Cross e com mais uma prova perfeita garante novamente a primeira posição. Jean Ramos vendo que não conseguiria alcançar Pipo se contenta na segunda colocação. Rodrigo Selhorst ultrapassa Massoud Nassar no final da prova assumindo o terceiro lugar e Rafael Ramos termina em quinto. 

Com essa dupla vitória além de vencer essa etapa Pipo Castro assume a liderança do campeonato com 91 pontos. Jean Ramos foi o segundo da etapa que teve Rodrigo Selhorst, Massoud Nassar e Rafael Ramos fechando os cincos primeiros no pódio. 


Veja Também: Galeria de Imagens da Prova com 516 Fotos!
Pipo ficou satisfeito com o resultado, mas moutrou-se cauteloso em relação ao campeonato: "Não poderia ter tido um resultado melhor. Agora é treinar cada vez mais, para manter esse ritmo porque ainda tem muito campeonato pela frente", afirmou.
 
Com esse resultado o campeonato pega fogo. Pipo é o primeiro na classificação com 91 pontos. Leandro Silva, que deverá voltar na próxima etapa, é o segundo com 87 pontos. Logo atrás vem Roosevelt Assunção - que na somatória de pontos desta etapa ficou em sexto - com 85 pontos. Jean Carlos Ramos (84 pontos) e Rodrigo Selhorst (82 pontos) esquentam a disputa. 

Tudo está em aberto para a próxima etapa que acontecerá no dia 14 de julho em São Sebastião no litoral de São Paulo. 

A etapa do Arena Cross de São Manuel contou com patrocínio da Honda, Consórcio Nacional Honda, Aymoré Financiamentos e Old Eight. Co-patrocinio da Yamaha, Peels Capacetes e Pirelli. Realização: Carlinhos Romagnolli Promoções & Eventos.

Resultados

Pos Num. Piloto Categoria MX1 (Soma das Baterias) Pts
10 “Pipo” Christopher Castro Yam, Geração Motos, Pro Tork 40
18 Jean Carlos Ramos Oásis, água mineral Ouro Fino, R 2, IMS 32
16 Rodrigo Selhorst Hon, Mobil, ASW, Pirelli, Orbital, Showa 26
09 Massoud Nassar Tassi Transportes, Jarbinhas Racing 20
06 Rafael Ramos KTM – R6COMUNICAÇÃO -OAKLEY – CTI2 – ALPINESTARS – Vortox 16
03 Roosevelt Assunção Hon,Móbil,Pirelli,NGK,DID,ASW, Oakley, orbital 13
14 Fábio Correa Hon, DID,NGK, Ims Polivisor , Polistosport ,Griffe Corrêa,Hon 10
103 André Roberto Veiga Asw, racing, megamodel nordeste, brite tecnologia wireless 07
43 Denis Cordeiro Hon, Motorex, Race Tech,Sinisalo, Íris,MR-pro, Vertex 05
10º 30 Juliano Ramos JMR escola de moto cross,Posto Costa Brava, Academia Mobi Dick 03
11º 33 Rodrigo Guerreiro Mold Mix, Ronchetti, central supermercado 03
Pos Num. Piloto Categoria MX2 (Soma das Baterias) Pts
19 Thales Villardi Hon, mobil, pirelli, asw, orbital, hrc, polisport 31
04 Marcelo Ferreira Lima Vaz, Yam, Fox, Bridgestone, Pio X 29
23 Swian Zanoni Pro Tech,Sinisalo, zanoni racing, motorex, vertex, ktm, LMP/Metzeler, Benazi Racing, MR Pro 24
73 Gustavo Amaral Circuit, MR Pro 22
05 Wellington Garcia Hon,Mobil,,Pirelli,Did, NGK, ASW, Orbital 21
36 Edson Bertos Ting, Sandeleh, Dismotor, IMS, Transp. Montemorense, B. Carneiro, Polisport 16
41 Roger Hoffmann Moto Litoral, Bateria Moura, Posto Dino, Armando Pneus. 12
082 Murilo Betarte Moto mix 06
181 Rogger Torres CBN, Rede Tiradentes de radio televisão, honda 05
10º 551 Kaique Arrans Polimeno Lemotor, MCRacing, ASW 05
11º 118 Kurt Rudolf Bolsa esporte – Gov. Goiás, Sucos La Fruit , IMS 04
Pos Num. Piloto Categoria 85cc Pts
04 Hector Assunção Hon, Mobil, NGK, Did, Pirelli, Oakley, Orbital, Master 21
11 Rodrigo Santos Lama Hon, Mobil, Riffe, NGK, ASW, Pirelli, Polisport, Siscos Master, Griffe Correa 16
06 Gustavo Takahashi Hon, Móbil, Pirelli, ACW, Oakley, Riffel, Polisport, Orbital, Consórcio Nacional Hon, Frgeri, MR Pro 13
01 Rodrigo de Castro Rodrigues Postomax center, Moto Mario, Mr Pro, Mold Spuma, Orbital 11
121 Everaldo Rodrigues Super Truvks / ASW 09
916 Eder de Lima Pintura de Moveis Ader, Blim Pintura e Acabamento de moveis e Lima’s automóveis. 07
16 Felipe Fávero Simões Leite Fazenda Bela Vista, Supermercado Pierim, Renovadora de Pneus 2 irmãos, Postos RVM 05
49 Leonan Tavares Posto Status, Colegio nº 5 do Carmo, PM Guapimirim 03
151 Bruno Gomes Santos - 02
10º 170 Francisco Araújo Neto - 01
11º 67 Raul Faustino - 00
12º 39 Gabriel Marques BMCD Plasfer 00
13º 45 Matheus Ferraro Centura Calçados 00
14º 93 Luan Queiroz Lino Brandy Comercio e Industria, Capacete e Cia, Motomix Ribeirão 00
Pos Num. Piloto Categoria 65cc Pts
11 Kaio Miranda Oakley, Frigeri, Fox, Racetech, Alpinestar, Circuit 20
06 Eduardo Rudnick Protork, Irmãosmaahs, Mitas, Silaqua, Cerro Branco 17
07 Endrews Armstrong Tork, Protork, Mitas, JMR, Enzo, Jarva, R2 13
15 Manuel Oliveira Kuhn Transkuhn Ltda., Prefeitura Municipal de Triunfo, Castrol, Pneus Rinardi, MCR 11
99 Ricardo Jurça 2 Racing, Negretti Preparações 09
113 Kauê Fernandes 07
25 Marcelo Felipe de Lima e Souza Rede Nose, General Motos, Kaerre, JPS Racing, Colégio Padre Anchieta, Shondor Motocross, AGF Preparações, AJ Motos 05
715 Matheus Luis Prado Motul, Herbert Motos, Serraria Santo Expedito 03
359 Carlos Lisboa Flocos Lojas Zogbi, Color Print, Alphamol 02
10º 51 Lucas Gomes Santos - 00
Pos Num. Piloto Categoria 50cc Pts
04 Leonardo Neto Gambatto Motos 20
05 Kioman Navarro Tonin Bala Motos Peças 16
08 Mateus Mendonça Pref. Embu Guaçu, Orbital, ASW 11
13 Djalma Brito Transbritto cargas, Motovili express, Circuit 13
33 Guilherme Torres da Costa - 09
09 Danilo Luiz Almeida Bicicletas Barcala, Pro tork, Churrascaria Estrelas de Prata 07
11 Lucas de Lima e Souza Rede Nose, General Motos, Kaerre, JPS Racing, Colégio Padre Anchieta, Shondor Motocross, AGF Preparações, AJ Motos 05
47 Iuri Nitoli Rio Ambiental, Fox, Lem, Motul 03
36 Matheus Freshi Centro de Treinamento rio cross 02
10º 45 Renzo Cola Vianna Polini, Motorex, Race Tech 01
11º 20 Raul Salmazo Sengª , RR Motos, Estopas Ipanema 00
12º 888 Otávio Sousa Leite Guincho modelo 00
13º 67 Gustavo Lazarini Martins Lem Motor, ASW, Motul, MR Pro 00
14º 52 Pedro Sousa Leite Guibcho modelo 00
15º 26 João Gabriel Michelin Alpes, Posto Solon, Motora Racing, Bom VR Papeis, Fogo Já 00
    



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet