X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Reportagens > Especial

Yamaha apresenta pilotos e amplia programa bLU cRU em 2019
Publicado em: 07/02/2019

Paulo Alberto, atual campeão do Arena Cross Brasil, é novo contratado da equipe Yamaha Monster Energy Geração
Redação MotoX.com.br - Fotos: Stephan Solon / Yamaha e IMS Racing

IMS Racing passa a vestir pilotos de motocross do time oficial. Programa bLU cRU mais que dobra premiação que pode chegar a um total de R$ 563.700,00


Ricardo Martins, Fabio Santos, Tallys Nathan e Paulo Alberto seguram a camisa IMS Racing de Carlos Campano, que está fazendo a pré-temporada na Espanha


Apresentação Yamaha em São Paulo
A Yamaha entra em 2019 ampliando o investimento nas principais competições do motociclismo nacional. No total, 21 pilotos estarão defendendo o time azul nas modalidades motocross, arena cross, enduro de regularidade, enduro FIM, rally, motovelocidade e também na subida de montanha Pikes Peak, nos Estados Unidos. A apresentação da equipe foi realizada na noite desta quarta-feira (6) em São Paulo (SP).

Motocross

No motocross a marca chega muito forte para a temporada 2019. O piloto Paulo Alberto, atual campeão do Arena Cross Brasil, é a nova aposta da marca. Além do português, que também foi vice-campeão da categoria Elite MX no ano passado, a equipe Yamaha Monster Energy Geração renovou com os pilotos Carlos Campano, Fabio Santos e Tallys Nathan, atuais campeões brasileiros MX1, MX2 e MX2 Jr, respectivamente.


Paulo Alberto é novo integrante da equipe Yamaha Monster Energy Geração na categoria MX1

Outra novidade é que a IMS Racing passa a vestir os atletas do time nesta temporada. Proprietário da marca de equipamentos, Wellington Valadares comemorou a parceria destacando que a união trará bons resultados para ambas as empresas.

Paulo Alberto: "Tudo vai ser um pouco novo este ano. A equipe é muito forte, muito bem estruturada, e por isso estou feliz com a novidade. Me sinto bem preparado, sei que tenho todas as condições para vencer. Vamos dar tudo para vencer campeonatos. Estou confiante, bem adaptado com a YZ 450F, tanto já conquistei o Arena Cross com ela em 2018. Estou entusiasmado para começar logo as corridas".   


Fabio Santos, atual campeão brasileiro de motocross MX2

Carlos Campano: "Estou feliz com a minha pré-temporada e ainda vou fazer algumas etapas aqui na Espanha antes do Brasileiro de Motocross para chegar com um bom ritmo. Estou focado em conquistar o sexto título, mas sei que será difícil como foram todos os outros anos. Estou feliz com a moto e com meu preparo físico. Tudo começa do zero agora, mas eu também estou trabalhando para melhorar os meus pontos fracos e ser melhor ainda. A equipe está muito bem afinada também e estou feliz com isso. Já não vejo a hora de começar".

Fabio Santos: "Estou bastante ansioso para esta temporada de 2019. Acho que tem tudo pra ser uns dos melhores anos da minha carreira! Venho me preparando desde o fim do ano passado e estou me sentindo muito bem, estou com  uma combinação perfeita de moto, confiança, preparo físico e com uma velocidade muita boa. Daqui para frente é dar continuidade aos trabalhos para poder comemorar o tricampeonato no final do ano".


Wellington Valadares (IMS Racing) e Sandro Garcia (Grupo Geração) celebram parceria

Tallys Nathan: "Estou com boas expectativas, me preparando bem para entrar com tudo na nova categoria e conseguir fazer um bom ano com bons resultados. Se Deus quiser, ganhar este título no meu ano de estreia na MX2".

Rali


Ricardo Martins
Quinto piloto a integrar a equipe Yamaha Monster Energy Geração, Ricardo Martins é o representante da marca no rali. Bastante experiente, o catarinense acelerará sua Yamaha WR450F em busca de seu quinto título brasileiro na modalidade, com foco no inédito título da categoria principal do Rally dos Sertões.

Ricardo Martins: "Já iniciei a pré-temporada após passar por cirurgia no fim de 2018. Estou 100% recuperado e treinando forte. Neste ano meu foco é no Brasileiro de Rally Cross Country e Rally dos Sertões, eventualmente farei algumas provas de rally baja para manter o ritmo. Tudo começa com o RN 1500, uma prova completa e bem exigente. Quero estar bem preparado para brigar pelas primeiras colocações, e quem sabe até fazer algumas provas no exterior".

Vídeo:



Enduro

A equipe O2BH representa a Yamaha na modalidade. Criada e sediada em Belo Horizonte (MG), uma região considerada o coração do enduro no Brasil, a equipe conta com quatro pilotos na temporada 2019.


Jomar Grecco e Rômulo Bottrel

Jomar Grecco é o mais experiente da equipe. Ao guidão das WR250F e WR450F, o capixaba de 43 anos disputará os Campeonato Brasileiro de Regularidade, Campeonatos Capixaba de Enduro FIM e de Regularidade, e tentará o bicampeonato no Ibitipoca Off Road e hexacampeonato no Enduro da Independência.
 
Rômulo Bottrel é um dos destaques da equipe Yamaha O2BH Racing. A bordo de uma Yamaha YZ450FX, o pentacampeão brasileiro quer repetir o feito de conquistar novamente uma medalha de ouro no ISDE (International Six Days Enduro) e arrematar mais um título no Campeonato Brasileiro de Enduro FIM.
 

Fábio Amaral e Patrick Capila

Patrick Capila, jovem piloto capixaba de 19 anos, conseguiu ótimos resultados em 2018. Atual campeão brasileiro de Enduro FIM na categoria EJ, Capila promete extrair o máximo de sua Yamaha YZ250FX para colocar a equipe mais uma vez no topo do pódio do campeonato.
 
Fábio Coelho do Amaral novamente competirá com a Yamaha TT-R 230. Depois de se sagrar Campeão Brasileiro de Enduro de Regularidade e vencer a renomada prova Ibitipoca Off-Road em 2018, ambas na categoria nacional, o piloto buscará o bi-campeonato nas duas competições e também os títulos do Campeonato Mineiro de Enduro de Regularidade e do Enduro da Independência - já vencido por ele em 2017.

Programa bLU cRU ampliado

Maior programa de incentivo ao esporte do motociclismo Brasileiro, o bLU cRU da Yamaha completa um ano de seu lançamento com um grande atrativo: a premiação em dinheiro, que podia chegar a R$ 250.200,00, mais que dobrou para a temporada 2019. Agora o valor total pode chegar a R$ 563.700,00.

O nome bLU cRU, é uma alusão ao termo "Blue Crew" que significa "Tripulação Azul", e tem como objetivo oferecer benefícios exclusivos aos proprietários de motocicletas Yamaha nos principais campeonatos nacionais do Brasil, assim como acontece nos Estados Unidos, Europa e Ásia.

Para integrar o programa bLU cRU, basta que o piloto participe dos campeonatos apoiados pela Yamaha Motor do Brasil em 2019, competindo com motocicletas da marca. Pela diversidade das várias modalidades que o programa estará presente, haverá uma regulamentação específica para cada competição: Campeonato Brasileiro de Motocross, Brasileiro de Enduro FIM e Ibitipoca Off Road e Super Bike Brasil - Yamalube R3 Cup.

No Campeonato Brasileiro de Motocross, o destaque é a premiação do bLU cRU, que será de até R$ 669.200,00 para pilotos privados que competirem com motocicletas Yamaha, ano/modelo igual ou superior a 2013 nas categorias: MX2, MX2Jr, MX3 ou Nacional.  O valor da premiação em dinheiro será conforme a classificação geral em cada etapa.

Outra vantagem concedida pelo programa aos pilotos que disputarem o Brasileiro de Motocross, é o bLU cRU Upgrade Program. Nele, ao final do Campeonato Brasileiro de Motocross, os pilotos privados das categorias MX2; MX2JR e/ou Nacional que terminarem o campeonato entre os 5 primeiros colocados, serão incluídos na equipe satélite oficial da Yamaha Monster Energy Geração em 2020. Será selecionado no máximo um piloto por categoria, caso haja mais de um piloto entre as 5 primeiras colocações será escolhido o melhor colocado entre eles. Contudo, para ser selecionado, o piloto precisa disputar ao menos 50% das baterias de sua categoria no ano de 2019 com motocicletas Yamaha.

O subsídio na compra de peças e equipamentos com desconto de até 60%, apoio técnico que estarão presentes nas competições, e o Kit bLU cRU, composto por camisetas, guarda-chuvas, squeeze, bonés, e mochilas que serão cedidos aos pilotos, são benefícios comuns a todas as modalidades.

Na Yamalube R3 Cup, os pilotos terão desconto na compra da motocicleta, podendo adquirir uma YZF R3 ano/modelo 2019 com valor de R$ 15.700,00, diretamente com a organização do campeonato Super Bike Brasil. Essa venda com valor subsidiado pelo bLU cRU está limitada a 40 unidades.

Vídeo:


Pilotos Yamaha Racing


Também farão parte do time Yamaha Racing na temporada 2019, buscando não só levar a Yamaha ao topo do pódio, mas também reforçar a esportividade presente no DNA da marca, a dupla de embaixadores Rafael Paschoalin e Jorge Negretti, e o jovem piloto Eliton Kawakami.
 
Em sua quarta participação na perigosa e desafiadora International Pikes Peak Hill Climb, Rafael Paschoalin voltará a acelerar uma MT-07 na busca do tão sonhado primeiro lugar na categoria Middleweight. Ele já passou bem perto disso. Em 2017, Paschoalin foi o vice-campeão e, em 2018, o terceiro colocado.
 
Lenda viva do motociclismo brasileiro, Jorge Negretti segue como integrante da Yamaha Racing defendendo a marca em eventos e competições ao longo da temporada. Depois de superar desafios como a descida e a subida das Escadarias de Santos, e rodar milhares de quilômetros nas duas edições do Tour da Crosser, o veterano das pistas de motocross promete surpresas para 2019.  
 
Os brasileiros agora terão um piloto como representante na temporada 2019 do WorldSSP300, esta que é uma das competições mais acirradas que existe no cenário mundial. Defendendo as cores do país e da Yamaha Motor do Brasil, Eliton Kawakami é o novo piloto da MS Racing, equipe  com suporte oficial de fábrica mais bem-sucedida dentre as equipes que competem de Yamaha YZF-R3, inclusive com um título mundial em 2017 e a com a melhor classificação entre as equipes que correram de Yamaha em 2018 no Mundial de Superbike SSP300.
 
Ton, que já foi campeão por duas vezes na R3 no Brasil e que também faturou o título na Supersport 600 em seu ano de estreia (2018), utilizará uma Yamaha YZF-R3 equipada com o kit GTYR - Genuine Yamaha Tecnology Racing.




Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet