X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Pro Tech

JPS Racing

MotoX Pneus

JP Motos

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Carioca

Estadual de Supercross LEMERJ - 2ª e 3ª etapas - Casimiro de Abreu - RJ
Publicado em: 24/09/2014

Rodada dupla manteve tradição de mais de 10 anos do campeonato estadual no município
Redação MotoX.com.br - Fotos: Gustavo Freitas


Largada da categoria Amador


Veja mais fotos na galeria de imagens do evento
O Campeonato Estadual LEMERJ (Liga Esportiva de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro) 2014 segue com força total. Após muitas disputas e adrenalina na abertura das temporadas de Motocross e de Supercross em Itaguaí, no início do mês de julho, a cidade de Casimiro de Abreu foi palco no segundo fim de semana de setembro de uma rodada dupla com o Supercross do Poeta, evento válido pela segunda e terceira etapas da competiçao.

A pista, totalmente nova, foi a grande novidade do evento deste ano. O alto nível técnico do percurso e as perfeitas condições do solo permitiram que os pilotos, além de se divertir, colocassem em prática todo o seu potencial. "Trabalhamos muito para fazer a pista desta maneira, onde os pilotos mais técnicos irão se sobressair, e os iniciantes também terão opções de andar sem correr riscos. Acho que agradou", disse sorridente e satisfeito com o resultado, o técnico de pista Alex Soares.

Todos os grandes nomes do esporte no Rio de Janeiro compareceram para a disputa: Daniel Pessanha Federal, Gabriel Montenegro, Raul Guilherme, Gilberto Ranhol, entre outros. Dentro do circuito a grande ausência foi Sérgio Monteiro, que além de piloto é organizador, mas desta vez preferiu não se arriscar na moto por estar a dois meses sem treinar.

Segunda etapa


Largada da categoria Força Livre

No sábado foi realizada a segunda etapa do campeonato. Na primeira prova da Força Livre, a principal categoria do campeonato, a disputa foi eletrizante. Gabriel Montenegro liderou parte da prova. Em seguida, quem assumiu o posto foi Philipe de Pinho. Até que, no fim, Raul Guilherme definitivamente ultrapassou o líder para confirmar a vitória. De Pinho foi o segundo, Montenegro o terceiro e Raphael de Pinho, irmão do segundo colocado, foi o quarto. Bruno Carvalho fechou o grupo dos cinco mais rápidos.


Raul Guilherme

Para fechar o dia, muita confusão numa queda generalizada na largada da segunda bateria da categoria Força Livre. Gabriel Montenegro aproveitou e logo de início abriu grande vantagem, vencendo a prova. Raul Guilherme, que estava envolvido na tombo da primeira curva, recuperou várias posições, fechando em segundo. Juan Pablo, Sérgio de Souza Jr e Rodinaldo Matheus foram terceiro, quarto e quinto, completando o pódio.


Paulo Monteiro

O evento começou com as disputas com a categoria SX4, para pilotos de 45 anos ou mais. Paulo Monteiro se destacou dos concorrentes pulando para a liderança na primeira curva, onde permaneceu até o fim da prova. Após má largada, José Carlos Guimarães fez uma bela prova de recuperação e terminou em segundo. Antônio Amaral, que no início da bateria chegou a investir contra o líder, acabou diminuindo o ritmo até terminar em terceiro. Marcio Jone ficou em quarto, seguido de Sérgio de Souza.

Samuel Robaina foi dominante na SX3, liderando todas as voltas. "Gostaria de dedicar essa vitória ao meu chefe de equipe Adão, que não pôde estar comigo nesta prova", destacou Robaina. Ítalo Bruno Ananías Gonçalves e Jailton de Lima Filho, nesta ordem, completaram o pódio.


Adeílton Gonçalves

A primeira bateria da Nacional teve Leandro Marchon e Adeílton Gonçalves como protagonistas de uma bela disputa. Marchon, piloto da casa, empurrado pela torcida das arquibancadas, realizou a ultrapassagem nos minutos finais, vencendo a corrida. Adeílton ficou em segundo, seguido de Rodinaldo Matheus, Jailton Alves Jr e Luciano Coutinho.


Kaio Borges


Na última corrida da Nacional, Adeílton Gonçalves deu a volta por cima, vencendo de ponta a ponta. Leandro Marchon tentou, mas não superou o adversário, ficando em segundo. Rodinaldo Matheus novamente foi o terceiro. Luciano Coutinho e Jailton Moraes Jr completaram o pódio em quarto e quinto.

As crianças da 50cc foram representadas na vitória de Kaio Borges, seguido por Victor Eduardo. Na 60cc Yann Felipe Vaz reinou absoluto, à frente de Juan Souza e Pedro Henrique respectivamente.


Thiago Barreto

Já na Amador, quem se deu bem com sua 125 2 tempos foi Thiago Barreto, vencendo o duelo com Rafael Deivisson. Em terceiro completou o jovem João Candia, à frente de Juan de Freitas e Claudio Silveira.

João Candia voltou à pista para a categoria 80cc, onde venceu com folga sobre Yann Felipe Vaz, Juan Souza e Pedro Henrique.

Os pilotos da casa alinharam na Local Nacional com motos de fabricação Nacional. John Lennon Marchon venceu à frente do irmão Leandro Marchon. Charles Xavier ficou em terceiro, seguido por Luciano de Oliveira e Leandro Pinto.


John Lennon Marchon

Pela Local Importada, Leandro Marchon superou os adversários, levando mais um troféu pra casa. Juan de Freitas subiu ao pódio em segundo, seguido por Julio Cesar Dias, Rodrigo Gago e John Lennon Marchon.

Terceira etapa


Largada da categoria Força Livre

No dia seguinte o evento prosseguiu com a realização das corridas válidas pela terceira etapa. O público viu Daniel Federal disparar na ponta na primeira bateria da Força Livre. Enquanto isso, Philipe de Pinho e Raul Guilherme brigavam pelo segundo posto. Federal caiu, deixando o caminho livre para os concorrentes. Restando algumas voltas para o fim, Raul ataca De Pinho e efetua a ultrapassagem, levando sua moto à primeira posição na bandeira quadriculada. Philipe é o segundo, seguido de Daniel, que se recuperou do tombo e ainda encostou nos líderes. Bruno Carvalho e Juan Pablo fizeram boa prova e fecharam o pódio em quarto e quinto respectivamente.

A última bateria do final de semana foi a segunda bateria da Força Livre. De última hora Sérgio Monteiro resolveu vestir o equipamento e participar da prova. Quem pulou na ponta no cair do gate foi Philipe de Pinho. Daniel Federal, Raul Guilherme e Sérgio Monteiro, nessa ordem, acompanhavam de perto. Raul, mostrando estar à vontade no circuito, realiza ultrapassagens rápidas e vence a prova, trazendo consigo Federal em segundo. Monteiro mostra que a falta de ritmo não era um grande problema, terminando numa ótima terceira colocação. De Pinho foi o quarto e Juan Pablo Amaral, o quinto.


José Carlos Guimarães

Tradicionalmente,a categoria dos pilotos mais antigos do circuito, a SX4, é a primeira a ir para pista. Desta vez José Carlos Guimarães pulou na ponta e liderou até o fim. Paulo Monteiro fez diversas investidas no líder, até que a duas voltas do fim, levou um tombo que lhe custou a briga pela vitória. Final: José Carlos, Márcio Jone, Antônio Amaral e Paulo Monteiro.

Pela SX3, Samuel Robaina venceu mais uma. Ananíanos Gonçalves melhorou seu resultado de sábado, chegando em segundo no domingo. Márcio Jone voltou à pista para terminar em terceiro. Jailton de Lima Filho e Maycon Antônio completaram os cinco primeiros.


Samuel Robaina


A categoria Nacional trouxe o mesmo embate do dia anterior em sua primeira largada: Adeílton Gonçalves e Leandro Marchon. Desde o início Adeílton foi superior e liderou até a bandeirada com propriedade. Marchon cometeu alguns erros e não conseguiu se aproximar do líder. Luciano de Oliveira foi o terceiro e Leonardo Faria o quarto.

Na bateria final da Nacional, mais uma vez Adeílton Gonçalves mostrou a que veio. O piloto de Cabo Frio não deu chances aos adversários, liderando desde a largada até a bandeirada final. Leandro Marchon, novamente ele, levou uma queda no início da prova e perdeu várias posições, mas ainda assim alcançou a quarta posição. A pista ficou livre para Luciano de Oliveira, que chegou em segundo seguido ppor Leonardo Faria Lessa.


Yuri Campello

Na categoria Amador o show foi do jovem piloto Yuri Campello, que largou mal e se recuperou para vencer. Thiago Muniz foi o segundo, seguido de perto por Rafael Deivisson. Bruno Paes Leme ficou em quarto e, logo atrás, Juan de Freitas completou em quinto.


Yann Felipe Vaz

Os pilotos da 50cc alinharam para mais uma vitória de Kaio Borges. Victor Eduardo também fez bonito, ficando em segundo. Já na 60cc, Yann Felipe Vaz completou a dobradinha do final de semana, vencendo também a terceira etapa. Pedro Henrique se aproveitou de uma queda do adversário Juan Souza, e ambos foram segundo e terceiro consecutivamente.


João Candia

Pela 80cc, os mesmos pilotos voltaram à pista e assistiram de perto uma bela vitória de João Candia. Juan Souza dessa vez ficou em segundo, logo à frente de Pedro Henrique, o terceiro.

Os "pratas da casa" alinharam novamente pela categoria Local Nacional. Quem levou a melhor, foi Leandro Marchon, seguido de Luciano Oliveira, John Lennon Marchon, Charles Xavier e Fernando Loureiro.

Leandro Marchon largou mais uma vez e levou outro caneco de primeiro lugar na categoria Local Importada. Juan de Freitas ficou em segundo nesta bateria, John Lennon Marchon em terceiro, Julio Cesar Alves em quarto e Rodrigo Gago em quinto.


Leandro Marchon

As duas etapas do Campeonato Estadual de Supercross LEMERJ foram uma realização da Prefeitura Municipal de Casimiro de Abreu, supervisionada pela Liga Esportiva de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro. A quarta etapa da competição já tem local e data marcados: será realizada na também tradicional cidade de Araruama, nos dias 27 e 28, último final de semana de setembro.

Resultados da 2ª etapa

Força Livre
1º - 33 - Raul Guilherme (1º/2º)
2º - 23 - Gabriel Montenegro (3º/1º)
3º - 357 - Juan Pablo Amaral (7º/3º)
4º - 28 - Raphael de Pinho (4º/7º)
5º - 36 - Sergio de Souza Jr (8º/4º)
6º - 50 - Bruno Carvalho (5º/6º)
7º - 54 - Philipe de Pinho (2º/12º)
8º - 211 - Rodinaldo Matheus (10º/5º)
9º - 985 - Gilberto Ranhol (6º/10º)
10º - 72 - Samuel Robaina (9º/8º)

Nacional
1º - 7 - Adeílton Gonçalves (2º/1º)
2º - 85 - Leandro Marchon (1º/2º)
3º - 211 - Rodinaldo Matheus (3º/3º)
4º - 55 - Luciano Coutinho (5º/4º)
5º - 5 - Jailton Alves Jr (4º/5º)
6º - 86 - Tiago Custódio (6º/6º)
7º - 00 - Luciano de Oliveira (7º/7º)
8º - 96 - Charles Xavier (8º/8º)

SX4
1º - 553 - Paulo Monteiro
2º - 600 - José Carlos Guimarães
3º - 357 - Antônio Amaral
4º - 88 - Marcio Jone
5º - 36 - Sergio de Souza
6º - 51 - Jesus Rodriguez
7º - 25 - Carlos Alberto de Matos

SX3
1º - 72 - Samuel Robaina
2º - 62 - Italo Bruno
3º - 148 - Ananías Gonçalves
4º - 129 - Jaílton de Lima Filho

Amador
1º - 103 - Thiago Muniz
2º - 19 - Rafael Deivisson
3º - 9 - João Candia
4º - 211 - Juan de Freitas
5º - 50 - Claudio Silveira

Local Nacional
1º - 4 - John Lennon Marchon
2º - 85 - Leandro Marchon
3º - 96 - Charles Xavier Nunes
4º - 00 - Luciano de Oliveira
5º - 55 - Leandro Pinto

Local Importada
1º - 85 - Leandro Marchon
2º - 211 - Juan de Freitas
3º - 8 - Julio Cesar Dias
4º - 19 - Rodrigo Gago
5º - 4 - John Lennon Marchon
6º - 88 - José Roberto

80cc
1º - 9 - João Candia
2º - 122 - Yann Felipe Vaz
3º - 8 - Juan de Souza
4º - 187 - Pedro Henrique

60cc
1º - 122 - Yann Felipe Vaz
2º - 8 - Juan Souza
3º - 187 - Pedro Henrique

50cc
1º - 10 - Kaio Borges
2º - 8 - Victor Eduardo

Resultados da 3ª etapa

Força Livre
1º - 33 - Raul Guilherme (1º/1º)
2º - 35 - Daniel Federal (3º/2º)
3º - 54 - Philipe de Pinho (2º/4º)
4º - 50 - Bruno Carvalho (4º/6º)
5º - 357 - Juan Pablo Amaral (5º/5º)
6º - 28 - Raphael de Pinho (6º/7º)
7º - 818 - Yuri Campello (7º/8º)
8º - 553 - Sergio Monteiro (-/3º)
9º - 62 - Italo Bruno (8º/9º)
10º - 974 - Alexandre de Oliveira (9º/10º)

Nacional
1º - 7 - Adeílton Gonçalves (1º/1º)
2º - 00 - Luciano de Oliveira (3º/2º)
3º - 85 - Leandro Marchon (2º/4º)
4º - 11 - Leonardo Faria Lessa (4º/3º)

SX4
1º - 600 - José Carlos Guimarães
2º - 88 - Marcio Jone
3º - 357 - Antônio Amaral
4º - 553 - Paulo Monteiro

SX3
1º - 72 - Samuel Robaina
2º - 148 - Ananías Gonçalves
3º - 88 - Marcio Jone
4º - 129 - Jaílton de Lima Filho
5º - 141 - Maycon Antônio

Amador
1º - 818 - Yuri Campello
2º - 103 - Thiago Muniz
3º - 19 - Rafael Deivisson
4º - 18 - Bruno Paes Leme
5º - 211 - Juan de Freitas
6º - 9 - João Candia
7º - 50 - Claudio Silveira

Local Nacional
1º - 85 - Leandro Marchon
2º - 00 - Luciano de Oliveira
3º - 4 - John Lennon Marchon
4º - 96 - Charles Xavier Nunes
5º - 77 - Fernando Loureiro

Local Importada
1º - 85 - Leandro Marchon
2º - 211 - Juan de Freitas
3º - 4 - John Lennon Marchon
4º - 8 - Julio Cesar Dias
5º - 19 - Rodrigo Gago
6º - 4 - Marcos Antônio
7º - 222 - Isabele Castro
8º - 17 - Eduardo Mozer

80cc
1º - 9 - João Candia
2º - 8 - Juan de Souza
3º - 187 - Pedro Henrique

60cc
1º - 122 - Yann Felipe Vaz
2º - 187 - Pedro Henrique
3º - 8 - Juan Souza

50cc
1º - 10 - Kaio Borges
2º - 8 - Victor Eduardo



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet