X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Catarinense

Catarinense de Motocross - 2ª etapa - Rio Negrinho - SC
Publicado em: 09/04/2014

Penúltima etapa do campeonato assiste ao domínio de Leandro Silva nas categorias principais
Redação MotoX.com.br - Fotos: Matheus Schimit / Racecross / FCM


Leandro Silva


Gustavo Henn
Rio Negrinho foi o local da segunda etapa do Campeonato Catarinense de Motocross neste final de semana, dias 5 e 6. Integrando a programação dos 134 anos da cidade, a etapa teve um público ainda maior em relação ao ano anterior - provando a receptividade da população com a modalidade.

Aproveitando a ausência de rivais da última prova, Leandro Silva dominou a disputa da MX1, vencendo as duas baterias da classe com tranquilidade. O piloto agora segue líder na briga somando 41 pontos, contra 36 de Gustavo Henn - dono da vice-liderança em ambas as baterias -, e 35 pontos de José Brayan, que pulou da quarta para a terceira posição de uma corrida para outra e encerrou com o terceiro lugar geral da MX1.


José Brayan


Andrew Armstrong
A MX2 ficou com o título de prova mais agitada do dia: de 19 pilotos, mais de cinco não completaram. Leandro Silva e Anderson Cidade protagonizaram um duelo até a quarta volta, quando o piloto catarinense caiu e abandonou a prova, deixando o caminho livre para Silva vencer mais uma corrida. Gustavo Henn e Andrew Armstrong novamente completaram o top 3.

Agora, na MX2, Leandro Silva tem uma vantagem maior e novamente a briga é contra Henn. São duas vitórias do curitibano que soma 50 pontos versus 38 de Henn e 35 pontos de Venício Voigt, terceiro colocado na classificação e quarto na prova.

Destaque também para as categorias Intermediárias MX1 e MX2 que além da grande quantidade de inscritos, foram as mais equilibradas do final de semana. Osmair Cipriani, Lawrence Tasca, Luciano de Oliveira e Nilson Tecilla eram as apostas para a liderança da Intermediária MX1. O batalhão seria reduzido a dois por conta de uma queda de Osmair e do cansaço de Lawrence. A disputa ficou por conta de Tecilla e Luciano, dono da vitória por apenas 484 milésimos de diferença. A terceira posição ficou a cargo de Lawrece.


Equilíbrio marcou a prova da Intermediária MX2


Maurício Ricardo
Já Intermediária MX2, a disputa foi ainda mais intensa. Na chegada, o vencedor Admilson Farias, Lucas Dunka, vice-líder, e Leonardo Melchert, terceiro colocado, passaram na cronometragem com apenas sete décimos de diferença.

Na MX4, Milton Becker, o Chumbinho, mostrou toda sua experiência e não economizou sua habilidade para vencer em uma das categorias mais disputadas do fim de semana. Em segundo ficou Erivelto Nicoladelli seguido de Amilton Juca Bala. Na MX3, Chumbinho caiu, mas ainda segurou a segunda colocação no pódio, atrás do campeão Richard Berois. Erivelto Nicoladelli ficou na terceira posição.

Essa rodada, em especial, contou com a categoria Estreante voltada não só para atrair novos atletas, mas para também ser uma alternativa aos que nunca competiram em provas oficiais. O vencedor foi Mauricio Ricardo, seguido de perto por Gabriel Lima e Fabrício Pheiss. O Campeonato Catarinense de Motocross parte rumo a sua terceira etapa, que acontece em Itapema, nos dias 19 e 20 de abril.

Assista ao vídeo com os melhores momentos das categorias MX1 e MX2:



A segunda etapa do Campeonato Catarinense de Motocross foi uma idealização da Prefeitura Municipal de Rio Negrinho em comemoração ao aniversário do município e promoção do Motoclube de Rio Negrinho. O Campeonato Catarinense de Motocross 2014 tem a supervisão da Federação Catarinense de Motociclismo e apoio da Geração Yamaha, Destak Transportes, Motoshop Racing, TBT Suspensões, H-Parts e Motos Neno Yamaha.


Milton Cumbinho Becker

Resultados

Categoria MX1

Raul Miranda
1) 14 - Leandro da Silva (1º / 1º)
2) 90 - Gustavo Henrique Henn (2º / 2º)
3) 31 - José Brayan (4º / 3º)
4) 112 - Endrews Armstrong (3º / 4º)
5) 10 - Venicio Voigt (5º / 5º)

Categoria MX2
1) 14 - Leandro da Silva - 20:55.987
2) 90 - Gustavo Henrique Henn - 10.600
3) 112 - Endrews Armstrong - 11.847
4) 10 - Venicio Voigt - 1 Volta
5) 838 - Northon Carvalho - 1 Volta

Categoria MX3
1) 9 - Richard Berois - 14:33.682
2) 2 - Milton Becker - 0.364
3) 932 - Erivelto Nicoladelli - 9.530
4) 929 - Amilton Juca Bala - 22.223
5) 50 - Nilson Tecilla - 26.545

Categoria MX4
1) 2 - Milton Becker - 14:52.167
2) 932 - Erivelto Nicoladelli - 40.932
3) 929 - Amilton Juca Bala - 1 Volta
4) 297 - Fabio de Oliveira - 1 Volta
5) 712 - Adenir da Veiga - 1 Volta

Categoria Intermediária MX1

Carlos Baltazar
1) 41 - Luciano de Oliveira - 14:32.216
2) 50 - Nilson Tecilla - 0.484
3) 413 - Lawrence Tasca - 11.423
4) 586 - Renato Lehmkuhl - 15.278
5) 555 - Everson Luciano Silva - 15.573

Categoria Intermediária MX2
1) 878 - Admilton Farias - 14:42.822
2) 34 - Lucas Dunka - 0.379
3) 14 - Leonardo Melchert - 0.719
4) 78 - Rafael Dunka - 9.811
5) 16 - Vinicius Doege Fronza - 11.023

Categoria Júnior
1) 24 - Thiago Brenner - 12:37.823
2) 77 - Diego Heining da Silva - 6.038
3) 57 - Lucas Nogueira - 25.086
4) 165 - Emerson de Oliveira Junior - 33.103
5) 17 - Darlan Milverstet - 41.300

Categoria 65cc

Thiago Brenner
1) 14 - Carlos Baltazar - 13:50.177
2) 805 - Bernardo Zappellini - 7.602
3) 101 - Olivio Gabriel Alvez dos Santo - 8.548
4) 96 - Matheus Yan Montagna - 1:06.150
5) 57 - Felipe Fiorelo Nogueira - 1:13.447

Categoria 55cc
1) 205 - Raul Miranda - 12:22.525
2) 5 - Erik Onofre Vitorassi Soares - 19.095
3) 22 - Pablo Michelmann - 20.661
4) 777 - Ivo Petras Kurahashi Konell - 32.656
5) 28 - Vitor Hugo Jarosczevski de Borba - 34.043

Categoria Nacional
1) 713 - Mauricio Ricardo Heindrickson de Abreu - 13:11.180
2) 86 - Eduardo de Villa Goulart - 0.478
3) 65 - Deivid Carradore - 1.768
4) 38 - Sueder Alano Vieira - 18.060
5) 111 - Leandro Cé Weitgenandt - 38.977


Richard Berois


Circuito em Rio Negrinho




Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet