X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Carioca

Estadual de Supercross LEMERJ - 1ª etapa - Araruama - RJ
Publicado em: 04/10/2013

Melhores pilotos da atualidade do Rio de Janeiro estiveram presentes no evento
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Gustavo Freitas


Largada da categoria Amador


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 491 Fotos!
Tradicional no circuito estadual da modalidade, a cidade de Araruama já sedia eventos de Supercross há 20 anos no Estado do Rio de Janeiro. Nesta temporada o município foi palco da Abertura do Campeonato Estadual de Supercross 2013 no último fim de semana de setembro. O evento foi marcado pela presença completa de uma geração de pilotos que há alguns anos domina o cenário esportivo no estado, como Sérgio Monteiro, Daniel Pessanha, Raul Guilherme e Gabriel Montenegro. Matheus Venâncio foi a grande surpresa do evento e já mostra sinais de querer integrar o seleto grupo.

Num modelo diferenciado, as provas da Força Livre e da Nacional foram disputadas em duas baterias, o que apimentou a disputa. A pista, técnica como um supercross deve ser, ficou ainda mais difícil por conta da forte chuva que caiu na madrugada entre sábado e domingo. Surpreendentemente, o trabalho feito pela organização do evento, permitiu que o chão estivesse em perfeitas condições para as provas. “Chegamos no local do evento às 5 horas da manhã e encontramos uma pista totalmente destruída pela chuva. Fizemos um trabalho intensivo de manutenção no traçado e na decoração. Com muito esforço conseguimos realizar um evento impecável”, comemorou Alex Soares, supervisor de montagem do evento. Impecável mesmo. Quem se preparou para uma prova de lama, surpreendeu-se com o solo apenas úmido e com muitas valas, o que elevou o nível técnico.


Wagner Coutinho


Yuri Campello
Após a bateria de treinos livres, a categoria SX3 deu início às atividades. O piloto Vagner Coutinho pulou na ponta e abriu boa vantagem logo no início. Em segundo, José Carlos Guimarães resistia aos ataques de Alexandre Barbosa e Sergio de Souza. Vindo da última posição, Alcimar dos Santos já ocupava a quinta colocação na metade da prova. O piloto de Cabo Frio estava em um dia empolgante que não parou aí. Nas voltas finais ele assumiu a terceira colocação e passou a pressionar José Carlos Guimarães, mas ao tentar a ultrapassagem em uma curva, Alcimar escorregou e caiu, dando adeus à briga pela vice-liderança. Vagner Coutinho venceu com grande folga, seguido de José Carlos Guimarães. Alcimar dos Santos conseguiu manter a terceira colocação, seguido de Alexandre Barbosa e Phelipe Muggiati.


Daniel 'Federal' Pessanha


Gustavo do Canto
Na 85cc o show foi do piloto Araruamense Yuri Campello. Ele largou na primeira posição e, empurrado pela torcida, abriu vantagem até vencer. Gustavo do Canto chegou a ameaçar o piloto local no início da prova, mas logo se conteve na segunda posição, visivelmente se poupando para a categoria Amador, onde ambos voltariam a se enfrentar. Pablo Fernandes, após uma queda nos treinos, ainda correu e recebeu a bandeirada em terceiro. João Candia e Erick Malho completaram o pódio. Bernardo Rothe estreou na categoria, conseguindo um ótima sexta colocação.

A primeira bateria da categoria Força Livre gerou muita expectativa. Para a surpresa geral, Matheus Venâncio pula na ponta. Antes da primeira volta, Gabriel Montenegro assumiu a primeira posição, deixando Matheus em segundo. Em terceiro Daniel Pessanha, o Federal, estabelece uma tocada muito agressiva, fruto de sua forte preparação para o Campeonato Brasileiro de Motocross. Federal ultrapassa Matheus Venâncio e parte pra cima de Gabriel, ultrapassando-o a duas voltas da bandeirada. Final: Daniel Pessanha vence seguido de Gabriel Montenegro e Matheus Venâncio. Em quarto, a grata surpresa de Pedro Lucas Licassali. E para quem se pergunta onde andaram Sérgio Monteiro e Raul Guilherme, a resposta: ambos tiveram péssima largada. Monteiro, quando se recuperava, em quinto, sofreu um queda e demorou a voltar à pista, terminando em sétimo e deixando o quinto posto para Raul.


Maurício da Rocha


Yann Felipe
Nas voltas iniciais da primeira bateria da Nacional Maurício da Rocha já mostrava de quem seria o final de semana na categoria. O piloto conduziu sua Tornado à liderança em todas as voltas, recebendo a bandeirada com boa vantagem para Jaílton Moraes. Rafael Deivisson foi o terceiro, seguido de Adeílton Gonçalves. Ricardo Borges completou os cinco primeiros colocados.

Na categoria Amador, a próxima geração de pilotos profissionais mostrou sua força entre as motos de maior cilindrada. Gustavo do Canto largou em primeiro, seguido de Yuri Campello. Os pilotos que já haviam disputado a categoria 85cc, fizeram nova batalha nesta bateria. Melhor para Gustavo, que fechou todas as portas para Yuri, até o adversário errar e cair. Ao final, Gustavo do Canto venceu, seguido de Yuri Campello, Leo Marchon, Ricardo Borges e Alexandre Viana.

Pela 65cc, Yann Felipe liderou de ponta a ponta e, apesar de sofrer uma queda durante a bateria, recebeu a bandeirada isolado na frente, seguido de Juan de Souza e Vinícius Dutra.


Nick Iwashima


Lucas Campos
Os pilotos da casa mostraram seu conhecimento no traçado que estão acostumados a treinar na classe Local. Alexandre Viana já corria pela terceira vez no dia e largou na frente, mas Lucas Campos pressionou o líder até conseguir ultrapassar, vencendo a prova. Alexandre mostrou sinais de cansaço e caiu, perdendo várias posições. Luciano Amorim herdou a segunda posição completando a bateria seguido por Everton da Silva e Leonardo Castellar. Alexandre Viana ainda se recuperou para terminar em quinto.

Na prova da 50cc Nick Iwashima e Caio Borges protagonizaram uma disputa de gente grande. Melhor para Nick, que recebeu a bandeirada frente ao adversário e venceu a prova.

A Nacional voltou à pista para a bateria final, com mais uma bela apresentação de Maurício da Rocha. Novamente ele liderou todas as voltas, não dando chances aos adversários. Leo Marchon, que teve problemas na primeira bateria, voltou com garra e conquistou a segunda posição. Adeílton Gonçalves superou Rafael Devisson, sendo terceiro e quarto respectivamente, seguidos de Jailton Moraes. Na soma das baterias, Maurício da Rocha venceu com duas primeiras posições. Três pilotos com pontuação empatada na segunda, terceira e quarta posições mostraram o grande equilíbrio da disputa. Jailton Moraes levou a melhor no primeiro critério de desempate, que era quem conquistasse a melhor posição em qualquer uma das baterias. Como ele havia obtido uma segunda colocação na primeira bateria foi beneficiado e garantiu o segundo lugar. Adeílton foi o terceiro no geral, pois venceu Rafael Deivisson na segunda bateria, o segundo critério de desempate. Leo Marchon completou o pódio com um sexto e um segundo lugares.


Sérgio Monteiro



Largada da categoria 85cc
Para terminar o dia, a principal bateria: a segunda prova da Força Livre. Mais uma vez Matheus Venâncio largou na ponta, seguido de Rodrigo Pedrosa e dessa vez abrindo vantagem. Os favoritos para vencer tiveram péssima largada, o que tornou a prova muitíssimo interessante. Sérgio Monteiro se desvencilhou rapidamente dos adversários e tão logo já ocupava a segunda colocação. Monteiro a cada volta tirava a diferença do líder, até que a duas voltas do final ultrapassou Matheus e assumiu o comando da prova. Mais atrás, o terceiro colocado Raul Guilherme sofria ultrapassagens de Daniel Pessanha e Maurício da Rocha. Sergio Monteiro venceu, recuperando-se da péssima primeira bateria, seguido de Matheus Venâncio, Daniel Pessanha, Maurício da Rocha e Raul Guilherme. No final, pela soma dos pontos, Daniel Pessanha foi o grande campeão da etapa. Matheus Venâncio foi o segundo, Sergio Monteiroo terceiro , seguido por Gabriel Montenegro e Maurício da Rocha.

A expectativa é que a Liga Esportiva de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro realize mais etapas do Campeonato Estadual de Supercross, que começocu com grande sucesso. Assim que confirmadas, as provas serão anunciadas no site www.lemerj.com.br e nas redes sociais. A Abertura do Campeonato Estadual de Supercross 2013 foi uma realização da Prefeitura Municipal de Araruama, organização do Independente Racing Club e supervião da Liga Esportiva de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro. Até a próxima!


Resultados

Força Livre (soma das baterias)
1º - 35 - Daniel Pessanha - 1º/3º - 35pts
2º - 17 - Matheus Venâncio - 3º/2º - 32pts
3º - 550 - Sergio Monteiro - 7º/1º - 29pts
4º - 23 - Gabriel Montenegro - 2º/6º - 27pts
5º - 137 - Maurício da Rocha - 6º/4º - 23pts
6º - 27 - Pedro Lucas Licassali - 4º/7º - 22pts
7º - 696 - Raul Guilherme - 5º / 5º - 22pts
8º - 254 - Rodrigo Pedrosa - 10º/8º - 14pts
9º - 357 - Juan Pablo Amaral - 8º/NR - 8pts
10º - 259 - Alcimar dos Santos - NR/9º - 7pts

SX3
1º - 100 - Wagner Coutinho
2º - 600 - José Carlos Guimarães
3º - 259 - Alcimar dos Santos
4º - 725 - Alexandre Barbosa
5º - 23 - Phelipe Muggiati
6º - 88 - Marcio Jone
7º - 254 - Ruy Alvarez
8º - 39 - Marcos Fidelis
9º - 36 - Sergio de Souza
10º - 55 - Luciano Amorim

Amador
1º - 14 - Gustavo do Canto
2º - 818 - Yuri Campello
3º - 85 - Leandro Marchon
4º - 10 - Ricardo Borges
5º - 725 - Alexandre Viana
6º - 23 - Phelipe Muggiati
7º - 82 - Rick Iwashima
8º - 551 - Sergio Candido
9º - 317 - Bernardo Baltazar

Nacional (soma das baterias)
1º - 137 - Mauricio da Rocha - 1º/1º - 40pts
2º - 14 - Jailton Moraes Jr - 2º/5º - 28pts
3º - 7 - Adeílton Gonçalves - 4º/3º - 28pts
4º - 19 - Rafael Deivisson - 3º/4º - 28pts
5º - 85 - Leandro Marchon - 6º/2º - 27pts
6º - 137 - Douglas Pitangy - 7º/6º - 19pts
7º - 10 - Ricardo Borges - 5º / NR - 11pts

Local
1º - 34 - Lucas Campos
2º - 55 - Luciano Amorim
3º - 5 - Everton da Silva
4º - 375 - Leonardo Prado
5º - 725 - Alexandre Viana
6º - 148 - Fabio Castellar
7º - 338 - Marcio Magalhães
8º - 151 - Max Aurélio

85cc
1º - 818 - Yuri Campello
2º - 14 - Gustavo do Canto
3º - 52 - Pablo Fernandes
4º - 9 - João Candia
5º - 8 - Erick Malho
6º - 389 - Bernardo Rothe

65cc
1º - 112 - Yann Felipe Vaz
2º - 8 - Juan de Souza
3º - 2 - Vinícius Dutra

50cc
1º - 4 - Nick Iwashima
2º - 10 - Caio Borges







© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet