X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

Copa União Paulista de Velocross - 2ª etapa - Indaiatuba - SP
Publicado em: 22/08/2013

Gustavo Beazim manteve a invencibilidade nas categorias MX2 e VX Open
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Luiz C. Garcia


Largada da categoria Feminina


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 486 Fotos!
A segunda etapa da Copa União de Velocross, organizada pela Sport Race, inaugurou um novo centro de treinamento na cidade de Indaiatuba (SP). O local é o Sitio São José, localizado atrás do aeroporto de Viracopos, que apresentou uma boa estrutura para receber a competição. Foram disputadas dez categorias, que atrairam uma boa quantidade de pilotos, e Gustavo Beazim repetiu o desempenho da abertura do campeonato nas principais, VX2 e VX Open, mantendo a invencibilidade.

Além dele, outros pilotos continuam invictos. É o caso de Nathan Leme (65 e 50cc) e Matheus Furlan (85 e 150cc), que novamente venceram as suas baterias. Nathan largou na segunda posição, mas não demorou muito para ultrapassar Felipe Gonçalves e, a partir daí, abriu uma boa vantagem. Felipe ficou em segundo, com uma ótima vantagem em relação ao terceiro colocado, Rafael Barbosa. Um pouco mais atrás, na quarta colocação, terminou Guilherme Lins, com Danilo em quinto.


Nathan Leme


Matheus Furlan
Com uma trajetória de corrida parecida, Matheus Furlan ultrapassou Gabriel Elias e ditou o ritmo da 85/150cc. Gabriel ainda perdeu a segunda posição para Luís Felipe na metade da bateria e terminou em terceiro.

As mulheres que disputavam a categoria Feminina, já na largada mostraram que a corrida seria animada e não aliviaram a mão. O resultado foi prova interrompida, pois algumas competidoras pularam o gate. Na relargada, Mirian Poltronieri repetiu o bom desempenho e saiu na frente, seguida de Juliana Alcici. C

om uma tocada forte, Mirian não deu chance para Juliana se aproximar e tentar um ataque. Com a ponteira consolidando a primeira posição, Juliana viu a sua vice-liderança ser ameaçada na parte final da corrida por Suzana Lenzi, piloto que venceu a primeira etapa. A duas voltas do final, Suzana caiu, deixando a Juliana mais tranquilo na fase final para garantir a segunda posição. Em terceiro ficou a prima da primeira colocada, Thalia Poltronieri, que fez uma bela corrida. Camila Ayres passou por Paula Bueno e terminou em quarto.


Mirian Poltronieri


Edson Cascata
Gustavo Beazim travou uma curta e bela disputa pela liderança da VX2. Após ser ultrapassado por Beazim, Lucas Musseli continuou sem sossego pois foi pressionado por Tiago Rissinho até o final, mas conseguiu se manter à frente e terminou em segundo. Danilo Veltroni não largou muito bem, mas mesmo assim, conseguiu terminar a corrida em quarto, deixando Luiz Spinassi em quinto.

Com o gate lotado, sendo necessário alguns piloto largarem do lado de fora, a VX 45 teve o domínio de Edson Cascata, que partiu na frente ainda na primeira volta e não tomou conhecimento da concorrência. Cascata repetiu seu desempenho da primeira etapa em Nova Odessa e é o líder invicto da categoria. Fernando Longuim teve que se contentar com a segunda posição. A família Poltronieri levou mais um troféu para a casa com a terceira posição de Valdir Poltronieri. Zaca em quarto e José Lins em quinto completaram o pódio.

Edisinho Refundini foi para Indaiatuba com o intuito de conquistar a segunda vitória no campeonato e, assim, isolar-se na ponta da VX 230. Porém, seu plano foi interrompido com a excelente largada de Alcides Neto, que assumiu a frente do pelotão e não deu chance para Refundini tentar reagir, conformando-se com o segundo lugar. Murilo Tomazeli, piloto da casa que volta a competir após um período afastado das competições, teve muito trabalho para terminar na terceira posição e deixar Ricardo 'Cokinho' em quarto. Vitor Daniel fechou a bateria em quinto.


Alcides Neto


Eduardo Contesini
Eduardo Contesini fez o show na VX 35. Após se enroscar no gate e cair, ele começou a fazer uma corrida de recuperação impressionante, que culminou com a primeira posição faltando duas voltas para o final. Gilberto Rossi largou na ponta e manteve a liderança até ser superado por Contesini. Sérgio Fortunato teve que lutar muito para subir na classificação durante a prova e ficar em terceiro. Leonardo Lopes chegou a figurar em segundo no começo da bateria, entretanto uma queda na parte final fez com que terminasse em quarto, com Márcio Caetano em quinto, posição que manteve desde as primeiras voltas.

Com o gate lotado, a VX Intermediária teve muitas alternâncias de posições. Guilherme Baggi fez bonito e venceu , mesmo sendo muito pressionado por Tiago Rissinho, que terminou em segundo. Leonardo Lopes conseguiu fazer uma corrida consistente e ficou com a terceira posição. Vindo de trás de um pelotão que lutou o tempo todo por posições, Marcos Paggiaro Júnior conseguiu se firmar na quarta colocação, sempre contando com a companhia de Gabriel Lins, quinto colocado.


Guilherme Baggi


Pódio Open Importada
Alcides Neto largou na frente da Open Nacional. Logo em seguida, o primeiro pelotão contava com os pilotos Vitor Ossoti, Romário Silvério e Murilo Tomazeli também na briga. Vendo que o líder estava escapando, Tomazeli tratou de acelerar e começou a subir de posições, chegando a ocupar o segundo posto na metade da prova. Ossoti fez o inverso, foi perdendo espaço e ficou em quinto. Sem se aproximar o suficiente para um ataque ao líder, Murilo teve que se contentar com o segundo lugar. Romário Silvério ficou em terceiro, com uma folga em relação ao quarto colocado Zezinho Nova Odessa.

Lucas Musseli liderou o começo da Open Importada, seguido de Danilo Veltroni, Gustavo Beazim e Francisco Gianetti. Gabriel Lins, um pouco mais atrás, não conseguiu o mesmo ritmo do grupo e terminou em quinto. Ainda no começo da prova, Beazim partiu para cima dos adversários. Veltroni assumiu a ponta, mas Beazim se aproximou e começou a pressionar. Após forçar e fazer um belo duelo, Beazim pulou na frente e não relaxou. Com o caminho livre e com uma tocada forte, ele foi abrindo dos demais consolidando a vitória. Na metade final da corrida, Gianetti assumiu a segunda posição, deixando Danilo Veltroni em terceiro. Lucas Musseli terminou em quarto.


Gustavo Beazim

A Copa União de Velocross conta com apoio de Camilo Diniz Advocacia, MX Personal, MRP Racing, RM Racing, JPS Racing, RX Grafhics, CRC Racing e Moto Sul. Para mais informações sobre calendário e classificação, acesse o site oficial.

Resultados

Pos Open Importada
1 377 Gustavo Beazim
2 182 Francisco Gianetti
3 923 Danilo Veltroni
4 722 Lucas Musseli
5 237 Gabriel Lins
6 14 Marquinho
Pos Open Nacional
1 721 Alcides Neto
2 917 Murilo Tomazeli
3 89 Romário Silvério
4 4 Zezinho Nova Odessa
5 11 Vitor Ossoti
6 82 José Pio Bento
7 36 Paulo Cesar
8 11 Edisinho Refundini
9 367 Washigton "Cantareira" Luiz
10 69 Leonardo Lopes
Pos Intermediária
1 24 Guilherme Baggi
2 49 Tiago Rissinho
3 27 Leonardo Lopes
4 14 Marcos Paggiaro Junior
5 237 Gabriel Lins
6 246 João Pedro
7 118 Vinicios Lins
8 46 Lucas Cascatinha
9 23 Luiz Fernando
10 5 Gabriel Henrique
Pos VX 230
1 721 Alcides Neves
2 11 Edisinho Refundini
3 917 Murilo Tomazeli
4 90 Ricardo "Cokinho"
5 275 Vitor Daniel
6 89 Romário Silvério
7 68 Hedy Carlos
8 11 Vitor Ossoti
9 4 Zezinho Motusul
10 30 Alexandre
Pos VX 45
1 46 Edson Cascata
2 9 Fernando Longuim
3 20 Valdir Poltronieri
4 232 Zaca
5 118 José Lins
6 64 Edson Fernandes
7 14 Junior Cardoso
8 874 Ney Jucinei
9 100 Sergio Fortunato
10 11 Ayres Simões
Pos VX 35
1 422 Eduardo Contesini
2 7 Gilberto Rossi
3 100 Sérgio Fortunato
4 28 Leonardo Lopes
5 26 Marcio Caetano
6 14 Juninho Cardoso
7 3 Marcio Caetano
8 45 André Ramos
9 874 Ney Jucinei
10 611 Eduardo Marconi
Pos 85/150cc
1 7 Matheus Furlan
2 118 Luis Felipe
3 5 Gabriel Elias
4 3 Lucas
5 11 Marcos
6 97 Léo
Pos VX2
1 377 Gustavo Beazim
2 722 Lucas Musseli
3 64 Tiago Rissinho
4 865 Danilo Veltroni
5 23 Luiz Spinassi
6 68 Hedy Carlos
7 45 André Ramos
8 502 Luis Henrique
9 237 Gabriel Lins
10 12 Bruno Urbano
Pos VX Feminino
1 20 Mirian Poltronieri
2 865 Juliana Alcici
3 246 Thalia Poltronieri
4 91 Camila Ayres
5 277 Paula Bueno
6 89 Monica Kologeski
7 221 Tatiane Poltronieri
8 12 Suzana Lenzi
9 92 Bruna Silvério
10 29 Janaina Vieira
Pos 50/65cc
1 54 Natham Leme
2 28 Felipe Gonçalves
3 5 Rafael Barbosa
4 7 Guilherme Lins
5 54 Danilo






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet