X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Carioca

Estadual de Motocross LEMERJ - 5ª etapa - Cabo Frio - RJ
Publicado em: 03/12/2012

120 pilotos enfrentaram forte calor na penúltima etapa da temporada
Redação MotoX.com.br - Fotos: LEMERJ


Samuel Robaina


Sérgio de Souza
Por mais um ano consecutivo, a cidade turística de Cabo Frio foi a capital do Motocross do Rio de Janeiro, durante a quinta etapa do Campeonato Estadual da LEMERJ, disputada este fim de semana. Após os treinos de sábado à tarde, 120 pilotos alinharam no gate de largada no domingo e foram acompanhados de perto por um grande público que lotou as arquibancadas, mesmo com o forte calor de 42 graus.

A prova também foi marcada pelo grande número de pilotos, não somente do Rio de Janeiro, como também de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo, que apimentaram a pontuação do campeonato, que teve sua penúltima etapa do ano. As disputas foram intensas em todas as baterias do dia.

Os pilotos mais experientes do evento abriram a programação. Na MX4, Jesus Rodrigues fez o holeshot, mas logo foi ultrapassado por Sérgio de Souza. Em dia inspirado, Sérgio aproveitou a pista limpa logo no início da bateria e disparou na ponta para abrir vantagem confortável em relação aos adversários. Jesus caiu e perdeu várias posições. Enquanto isso, mais atrás, Roberto Kreischer, José Carlos Guimarães e Paulo Monteiro duelavam pela segunda colocação. Paulo, que largou em sexto, terminou a prova em segundo. Kreischer, José Carlos e Marcio Jone completaram o pódio. Sérgio de Souza exaltou sua vitória: “Gostei do meu desempenho, independente do resultado, acho que fiz uma ótima corrida. Limpa e segura.”


Diogo Moraes


Gabriel Montenegro
Logo em seguida, foi a vez da MX3. Alexandre de Oliveira fez ótima largada e imprimiu um forte ritmo. O piloto, que se recupera de lesão, cometeu um erro, deixando sua moto apagar numa curva e perdeu várias posições. Quem assumiu a ponta foi Samuel Robaina, representante do Mato Grosso do Sul. Após má largada, empurrado pela torcida, o cabofriense Adeílton Gonçalves rapidamente assumiu a segunda colocação e partiu para cima do líder. Durante toda a bateria, os ponteiros estiveram próximos e se distanciaram dos demais adversários. Quando estava faltando duas voltas para o final, Adeílton tentou a última investida em Robaina, sem sucesso. O matogrossense levou para a cidade de Coxim a vitória com menos de um segundo de vantagem para o piloto da casa. “Gostaria de agradecer meu treinador Adão pelo trabalho que vem fazendo comigo, essa vitória é para ele", dedicou o vencedor da etapa.  Em terceiro, o campeão da MX3 em 2012, Fabiano de Lima Bastos, que fez uma corrida consciente. “Estamos na reta final e eu não posso me arriscar. Tenho boa vantagem no campeonato e estou correndo com a cabeça.” Em quarto, Carlos Eduardo chegou a pressionar o terceiro colocado, mas não conseguiu a ultrapassagem. Luciano Fonseca teve complicações durante a prova, mesmo assim subiu ao pódio em quinto.

Na categoria 50cc, Diogo Moraes venceu com certa facilidade. Lucas Jone ficou em segundo, Juan de Souza em terceiro e Valéria Aparecida em quarto.


Adeílton Gonçalves e Gabriel Montagner

Na prova para motos de 230cc, o paulista Gabriel Montagner largou em primeiro e venceu, liderando todas as voltas. Maicon Rosa perseguiu o líder de perto durante boa parte da prova, mas um tombo lhe tirou as chances de vitória, terminando em segundo. Adeílton Gonçalves teve o apoio do público e terminou em terceiro. Maurício da Rocha e Leandro Marchon disputaram por boa parte da bateria, completando o pódio em quarto e quinto, respectivamente.


João Pedro Braga Vargas
Uma das categorias mais fortes do dia foi para o gate. Na MX2, o líder do campeonato, Sérgio Monteiro, fez ótima largada e pulou na ponta, seguido do paulista Gabriel Montagner e de Raul Guilherme. Mais atrás, Gabriel Montenegro e Daniel Federal se recuperavam de má largada, mas logo ocupavam as cinco primeiras posições. Monteiro e Montagner travaram um duelo pela liderança durante algumas voltas. Quem levou a melhor foi o paulista, que ultrapassou o líder e venceu a prova. Gabriel Montenegro ainda se recuperou e assumiu a segunda colocação nos instantes finais. Sérgio Monteiro, falou sobre a terceira colocação. “Programei fazer uma corrida burocrática, pensando na pontuação, pois não estou me sentindo bem com este calor, nem com a pista. Apesar de largar em primeiro, os outros estavam mais rápidos que eu. Sustentei até onde pude. Estou satisfeito pensando no campeonato, mas preciso melhorar minha velocidade", disse o carioca, que vai para a última etapa com boa vantagem na pontuação. Federal terminou em quarto, depois de ultrapassar Matheus Venâncio nas voltas finais.

As 85cc foram à pista para a quinta bateria do dia e João Pedro Braga Vargas venceu de ponta a ponta. Reginaldo Júnior fez má largada, mas se recuperou até ocupar a segunda posição, onde terminou. Diego Moraes teve dificuldades para acompanhar os líderes, porém, obteve uma consistente terceira posição. Gustavo Queiroz e André Peixoto completaram o pódio.


Maicon Rosa

Os pilotos da categoria de acesso, a Amador, mostraram que o ano que vem reserva muitas surpresas para o motociclismo do Estado. Marcelo Aragão largou na frente, pressionado por João Pedro Braga Vargas, o vencedor da bateria anterior. Os líderes duelaram até a terceira volta, quando João ultrapassou Aragão e abriu boa vantagem. Mas o público vibrou mesmo com a menina Luana Abreu, que pulou da quinta para a terceira posição, e com Yuri Campello, que com 12 anos de idade e uma moto de 100cc enfrentou os adultos e subiu ao pódium em quarto. Jesus Rodrigues, outra promessa do MotoCross do estado, fez sua estréia na categoria adulta, mesmo tendo apenas 14 anos e ficou em quinto.


Lucas Pavani
A 65cc reservou emoções do início ao fim. Diogo Moraes, o mais novo da bateria fez o holeshot e liderou toda a primeira volta, até ser superado por Caio Vitor de Souza. Enquanto isso, Lucas Pavani vinha em um ritmo alucinante da última posição, onde largou. Faltando duas voltas para o final, Caio Vitor errou e perdeu a primeira posição. No final, Lucas Pavani teve vitória impressionante. Caio Vitor de Souza terminou em segundo, seguido de Diogo Moraes, Juan de Souza e Matheus Medeiros.

Os pilotos da classe Nacional enfrentaram o calor em um momento que o termômetro já marcava 42 graus. Maicon Rosa se sobressaiu e venceu a prova de ponta a ponta. O show ficou por conta do piloto da casa Adeílton Gonçalves, que largou no pelotão de trás e na terceira volta já ocupava o segundo posto. Mesmo estando rápido, isso não foi o suficiente para alcançar o líder. Maurício da Rocha também se recuperou de má largada e fez ótima prova ao terminar em terceiro. Gustavo Perhan e Leandro Marchon completaram o pódio.


Raul Guilherme


Joanir Boca
Na principal categoria do evento, a Força Livre, quem pulou na ponta foi Raul Guilherme. O piloto morador de Cabo Frio se mostrou muito à vontade na bateria e liderou todas as voltas, seguido de perto por Gabriel Montenegro, que em momento algum chegou a ter uma oportunidade clara de ultrapassagem. Em terceiro, Sergio Monteiro ameaçava investidas nos líderes, até que eminentemente diminuiu o ritmo, levando com cuidado sua moto até a bandeirada, na quinta posição. Após a prova, foi constatada desidratação e insolação no atleta. Quem levou a melhor com isso foi Daniel Federal, que assumiu o terceiro posto, seguido de Gabriel Montagner, o quarto. Vencedor da prova, Raul Guilherme comemorou a aproximação ao líder na pontuação. “Gostaria de agradecer meus patrocinadores. Com esta vitória ainda estou vivo no campeonato.”

 A categoria Local fechou o evento com os pilotos cabofrienses. O lendário Joanir Quirino “Boca” travou um duelo com Ernani Gonçalves Júnior durante toda a prova e venceu, com o concorrente completando em segundo. Sergio Cândido ficou em terceiro, seguido de Jailton de Lima e Pedro Lopes Reis.

A Final do Estadual de Motocross LEMERJ já tem data marcada. No dia 16 de dezembro de 2012, em Casimiro de Abreu, os pilotos irão fechar o ano e a temporada com chave de ouro em mais um grande evento no parque de exposições da cidade. São aguardados muitos pilotos de todo o país, grande público e boas disputas.

Resultados

Força Livre
1. Raul Guilherme
2. Gabriel Montenegro
3. Gabriel Montagner
4. Daniel Federal
5. Sergio Monteiro
6. Matheus Venâncio
7. Guilherme Sathler
8. Tadeu de Souza
9. Italo Bruno
10. Fabiano de Lima Bastos

MX2
1. Gabriel Montagner
2. Gabriel Montenegro
3. Sergio Monteiro
4. Daniel Federal
5. Matheus Venâncio
6. Raul Guilherme
7. Yuri Campello
8. Italo Bruno
9. Guilherme Sathler
10. Luis Claudio Brum

MX3
1. Samuel Robaina
2. Adeílton Gonçalves
3. Fabiano de Lima Bastos
4. Carlos Eduardo
5. Luciano Fonseca
6. Rau Martins
7. Paulo Cesar Brum
8. Edson Gomes
9.  Jailton de Lima Filho
10. Cristiano Tavares

MX4
1. Sergio de Souza
2. Paulo Monteiro
3. Roberto Kreischer
4. José Carlos Guimarães
5. Marcio Jone
6. Joanir Gonçalves
7. Áureo Moraes
8. Eloizio Federal
9. Alcimar dos Santos
10. Vanderson Eduar

Nacional
1.  Maicon Rosa
2.  Adeílton Gonçalves
3.  Maurício da Rocha
4. Gustavo  Perhan
5. Leandro Marchon
6. Abílio Fernandes
7. Douglas Pitangy
8. Joanir Quirino Gonçalves
9. Gabriel Montagner
10. Jailton de Lima Filho

 230cc
1. Gabriel Montagner
2.  Maicon Rosa
3.  Adeílton Gonçalves
4. Maurício da Rocha
5. Leandro Marchon
6. Gustavo Perhan
7. Joanir Quirino Gonçalves
8. Abílio Fernandes
9. Douglas Pitangy

Amador
1. João Pedro Braga Vargas
2. Marcelo Aragão
3. Luana Abreu
4. Yuri Campello
5. Jesus Rodrigues
6. Guilherme Sathler
7. Carlos Eduardo Abreu
8. Reginaldo Ribeiro
9. Ernani Gonçalves
10. Sergio Candido

85cc
1. João Pedro Braga Vargas
2. Reginaldo Ribeiro
3. Diego Moraes
4. Gustavo Queiroz
5. André Peixoto
6. Marcely Cazadine
7. Lucas Pavani
8. Pablo Fernandes
9. João Candia Coutinho
10. Yuri Campello

65cc
1. Lucas Pavani
2. Caio Vitor de Souza
3. Diogo Moraes
4. Juan de Souza
5. Matheus Medeiros
6. Matheus Féo

50cc
1. Diogo Moraes
2. Lucas Jone
3. Juan de Souza
4. Valeria Aparecida

Local
1. Joanir Quirino Gonçalves
2. Ernani Gonçalves
3. Sergio Candido
4. Jailton de Lima Filho
5. Pedro Lopes Reis
6.  Elcimar Nunes
7. Denner de Souza
8. Ananias Gonçalves
9. Denildo Saulo
10. Romualdo Nogueira 



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet