X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

3ª etapa - Copa Ashby de Veloterra - Amparo - SP
Publicado em: 13/06/2012

Campeonato ganhou novo circuito com localização privilegiada de fácil acesso ao público
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Luiz C. Garcia


Prova foi disputada em novo local, dentro da cidade de Amparo


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 571 Fotos!
A Copa Ashby de Veloterra voltou em grande estilo para a disputa da terceira etapa em Amparo (SP), no último fim de semana, em novo local e, desta vez, dentro da cidade, o que fez com que um grande público acompanhasse a prova que contou com a participação de um bom número de pilotos. A cronometragem ficou a cargo da equipe Asfalto Zero.

O calor marcou o fim de uma semana muito chuvosa na cidade, o que ajudou bastante a manutenção da pista que contava com muitas subidas e descidas. Após os treinos pela manhã, a primeira categoria a entrar na pista foi VX3. Alan Ferro dominou a prova largando na frente e mesmo suportando uma forte pressão no começo, venceu de ponta a ponta, abrindo mais de 20 segundos em relação ao segundo colocado Jean Dickson, que assumiu a posição na quarta volta, após o abandono de Gilbertinho Rossi. Juraci Petroni largou em sétimo e na parte final da prova assumiu a terceira colocação, com Marcio Alexandre em quarto e Cristiano Daolio em quinto.


Alan Ferro


Lucas Musseli
Entre os adolescentes da categoria Júnior Lucas Musseli imprimiu um ótimo ritmo de corrida e dominou a prova de ponta a ponta. Quem também andou forte foi Matheus Furlan, que terminou em segundo lugar, com cerca de seis segundos de diferença em relação ao ponteiro. Ambos deram um volta em Gabriel Elias, que andou tranquilo na terceira posição, com uma boa diferença em relação ao quarto colocado Nicolas Piccoli. Quatazinho manteve sua mesma posição da largada, o quinto posto.



Juliano Tavella


Nathan Lisboa
A VX4 teve uma forte disputa pelas primeiras posições. Juliano Tavella e Auro Guadaguini brigaram em boa parte da prova pela liderança. Na metade final da prova, quem apareceu como um raio e ganhou posições, assumindo o segundo lugar e lutando pela liderança foi Babi Fernandes.Tavella era pressionado por Babi e Auro. Faltando poucos metros para o final, Babi escorregou e foi ao chão, levando junto com ela Auro. A vitória, então, ficou fácil para Juliano Tavella. Auro conseguiu se recuperar e terminou em segundo. Agnaldo 'Quatá' do Carmo aproveitou a confusão e terminou em terceiro, com Ayres Simões em quarto. Babi demorou a colocar a moto na pista novamente, mas mesmo assim, conseguiu ficar em quinto.

A 65cc e 50cc andaram juntas. Na primeira, Felipe Bocaletto fez o holeshot, mas ainda na primeira volta perdeu a liderança para João Henrique Silva que não desperdiçou a oportunidade e venceu a prova. Felipe terminou em segundo e Jean Dickson ficou em terceiro. Nas 50cc, a vitória ficou com Nathan Lisboa e João Pedro 'Baianinho' ficou em segundo.


João Henrique Silva


Roni Reis
Os cinco primeiros colocados da categoria Nacional Amador tiveram que lutar muito para conseguir um lugar no pódio. Roni Reis liderou de ponta a ponta, terminando com uma diferença de menos de meio segundo em relação ao segundo colocado, que assumiu a posição no finalzinho da prova. Eric Duarte saiu da sétima colocação para assumir a terceira posição, faltando quatro voltas para o final da prova. A diferença entre os três primeiros era de menos de dois segundos. Um pouco mais atrás, André Ap ficou com a quarta colocação, deixando Esqueme Delmaschi em quinto, a menos de um segundo entre os dois.

A disputa por posições na Penélope ficou da segunda colocação para trás, porque na ponta, Babi Fernandes dominou com folga. Suzana Lenzi largou em segundo, mas ainda na primeira volta perdeu o posto para Cristiane Moreira. Susana ainda sofreu pressão no finalzinho da prova de Fernanda Mantovani, que terminou em quarto. Aline Ferro completou o pódio.


Babi Fernandes


Largada Nacional 230
Aproveitando sua experiência em motocross, Thiago Piolli saiu da terceira posição na largada para assumir a ponta da VX1 na quarta volta deixando o ídolo local Diego Parmira na segunda posição. Com uma volta de desvantagem em relação aos líderes ficou Evandro Contesini. Mauricio Salti e Vitor Nora completaram o pódio.

A Nacional 230 teve como líder nas primeiras voltas Ricardo 'Cokinho' Belli, porém, o destaque da prova foi Luizinho Silva, que saiu da terceira colocação para assumir a ponta na quarta volta. Junto com ele, Auro Guadaguini assumiu a segunda posição, mas não manteve o ritmo do líder. Com isso, Luizinho abriu uma excelente vantagem durante a prova e andou tranqüilo. Auro ficou em segundo, com Cokinho em terceiro. Bem próximo, Gabriel Lenzi fez a quarta posição e Jean Rodrigues subiu duas colocações em relação à largada e terminou em quinto.


Gilbertinho Rossi
 

Tiago Novo

Gilbertinho Rossi e Bruno Urbano protagonizaram uma das mais belas disputas do dia na categoria Importada Amador. Gilbertinho largou na frente e durante a prova Bruno chegou a ocupar a ponta. Foram algumas trocas até que, na parte final da bateria, Gilbertinho assumiu a ponta para vencer. Bruno ficou em segundo. Os dois abriram uma boa vantagem em relação ao terceiro colocado André 'Dididil' Bera. Saindo da sétima colocação, Luis Henrique Reis terminou em quarto. Rodolfo Urbano completou o pódio.

Diego Parmira venceu de ponta a ponta a Nacional 250cc. Rodolfo Breda saiu na segunda posição, mas na terceira volta, quem assumiu o posto foi Luizinho Silva abrindo mais de sete segundos em relação à Breda que terminou em terceiro. Juninho Delalana andou tranqüilo na quarta colocação. Marcos Evangelista largou em sétimo, mas terminou em quinto lugar.


Diego Parmira

A categoria Light foi criada para pilotos convidados. Após a largada, quem assumiu a ponta foi Baiano Serra Negra, mas na terceira volta, quem tomou a frente foi Tiago Novo. Junto com o ponteiro Marcio Alexandre saiu da quinta colocação para terminar em segundo a menos de quatro segundos do líder. Fabiano Salati ficou com o terceiro lugar à frente de Baiano Serra Negra. Ivan Camargo subiu ao pódio em quinto.

Jean Dickson Botelho largou na frente da VX2, mas durante a prova foi perdendo posições até terminar em quinto. Na antepenúltima volta, Thiago Piolli assumiu a ponta, após ultrapassar Gustavo Beazin. Na volta seguinte, Beazin perdeu a segunda posição para Diego Parmira e ficou em terceiro. Parmira diminuiu a diferença e em várias voltas investiu em assumir a ponta, mas terminou a dois segundos do líder. Alcides Beazin terminou em quarto.


Thiago Piolli

A grande final da Copa Ashby de Veloterra será nos dias 18 e 19 de agosto no mesmo local.

Resultados

Pos No. 65cc e 50cc Laps Diff Best Time
1 210 João H. P Da Silva 11   53.486
2 36 Felipe Bocaletto 11 7.220 54.243
3 713 Jean Dickson 10 1 Lap 58.311
4 54 Nathan Lisboa - 50cc 9 2 Laps 1:06.161
5 656 João Pedro Baianinho - 50cc 7 4 Laps 1:19.778
Pos No. Light Laps Diff Best Time
1 18 Tiago Novo 12   49.831
2 31 Marcio Alexandre 12 3.885 49.721
3 147 Fabiano Salati 12 25.762 51.563
4 765 Baiano Serra Negra 12 27.492 52.619
5 74 Ivan F. Camargo 12 31.756 52.746
6 357 David Carrion 12 39.959 52.509
7 44 Ayres Simões 12 40.351 52.792
8 39 Ney Corsi 12 41.295 50.881
9 117 Mathesu Zig 12 51.202 53.849
10 82 Cokinho Neri 12 56.508 54.085
Pos No. Importada Amador Laps Diff Best Time
1 7 Gilbertinho Rossi 11   48.620
2 12 Bruno Urbano 11 3.956 47.921
3 782 André "dididil" 11 5.216 49.101
4 217 Luis H. Reis Jr 11 22.390 49.205
5 10 Rodolfo Urbano 11 23.464 49.578
6 27 Murilo 11 26.001 50.939
7 147 Mauricio Salati 11 36.526 48.027
8 88 Dedé Giovanni 11 38.886 50.636
9 737 Rafael Lenzi 11 50.272 51.180
10 22 Fabio Silva 11 1:03.394 50.706
Pos No. Junior Laps Diff Best Time
1 22 Lucas Musseli 13   49.221
2 7 Matheus Furlan 13 6.612 49.528
3 5 Gabriel Elias 12 1 Lap 53.167
4 99 Nicolas Piccoli 12 11.035 54.070
5 49 Quatazinho 12 22.864 53.425
6 22 Julio Corsi 12 32.166 56.233
7 82 Luciomar Junqueira 11 2 Laps 56.118
8 33 Bruno Brunieri 11 0.861 57.859
9 147 Guilherme Salati 11 17.644 58.378
10 211 Leonardo Beterelli 11 29.713 1:00.065
Pos No. Nacional 230 Laps Diff Best Time
1 151 Luizinho Silva 15   46.644
2 150 Auro Guadaguini 15 23.703 48.697
3 90 Ricardo Cokinho 15 40.503 48.140
4 12 Gabriel Lenzi 15 41.330 48.592
5 841 Jean Rodrigues 15 46.766 48.111
6 347 Eliseu M. Santos 14 1 Lap 51.213
7 16 Boka Amparo 14 27.010 49.623
8 29 Alexandre Gaucho 14 30.989 53.195
9 89 Romario Silvério 14 39.479 53.788
10 199 José Luis Nascimento 7 8 Laps 58.643
11 399 Diego Parmira 4 11 Laps 47.442
Pos No. Nacional 250 Laps Diff Best Time
1 399 Diego Parmira 15   45.614
2 151 Luizinho Silva 15 11.068 45.191
3 115 Rodolfo Breda 15 18.381 47.236
4 333 Juninho Delalana 14 1 Lap 49.205
5 129 Marcos Evangelista 14 13.464 51.078
6 129 Ronildo Reis 14 30.251 50.560
7 13 André 13 2 Laps 52.403
8 367 Washington Cantareira 12 3 Laps 58.339
9 34 Piva 4 11 Laps 51.362
10 150 Auro Guadaguini 2 13 Laps 48.774
Pos No. Nacinal Amador Laps Diff Best Time
1 129 Roni Reis 13   52.752
2 317 Jonas Lorencini 13 0.493 52.764
3 7 Eric Duarte 13 1.698 52.876
4 13 André Ap 13 5.259 53.401
5 112 Esqueme Delmaschi 13 5.946 53.236
6 51 Rafael Reis 13 13.805 53.197
7 29 Alexandre Gaucho 13 22.756 53.304
8 89 Romário Silvério 13 28.329 54.438
9 13 Luis Claudio 12 1 Lap 56.569
10 Xx Manuel Obama 12 1.972 56.551
Pos No. Penélope Laps Diff Best Time
1 949 Babi Fernandes 12   53.667
2 410 Cristiane Moreira 12 56.537 58.152
3 12 Susana Lenzi 11 1 Lap 57.663
4 45 Fernanda Mantovani 11 1.884 57.996
5 87 Aline Ferro 11 25.615 1:01.421
6 277 Paula Bueno 11 27.210 59.998
7 27 Monica Kologeski 11 37.729 1:01.377
8 88 Marina Calefi 11 45.223 1:00.107
9 399 Fernanda Cavalheiro 11 1:00.110 59.809
10 95 Marina Del Poente 10 2 Laps 1:03.649
Pos No. VX1 Laps Diff Best Time
1 92 Thiago Piolli 16   44.739
2 399 Diego Parmira 16 1.731 44.866
3 29 Evandro Contesini 15 1 Lap 47.110
4 147 Mauricio Salati 15 9.399 48.307
5 43 Vitor Nora 14 2 Laps 50.438
Pos No. VX2 Laps Diff Best Time
1 92 Thiago Piolli 16   44.047
2 399 Diego Parmira 16 2.574 44.580
3 377 Gustavo Beazin 16 12.026 44.860
4 721 Alcides Beazin 16 18.982 46.110
5 713 Jean Dickson Botelho 16 20.005 45.999
6 29 Lucas Dto 16 29.062 45.610
7 51 Juraci Petroni 15 1 Lap 47.464
8 10 Rodolfo Urbano 8 8 Laps 47.130
Pos No. VX3 Laps Diff Best Time
1 29 Alan Ferro 15   47.238
2 713 Jean Dickson 15 21.316 48.220
3 51 Juraci Petroni 15 31.509 48.153
4 31 Marcio Alexandre 15 45.424 50.126
5 4 Cristian Daolio 15 48.350 50.522
6 20 Edson Leite 15 50.436 50.697
7 74 Jonas Tavella 14 1 Lap 50.605
8 147 Fabiano Salati 13 2 Laps 54.770
9 19 Volnei Cavalcante 7 8 Laps 50.499
10 782 Dididil 5 10 Laps 49.692
Pos No. VX4 Laps Diff Best Time
1 18 Juliano Tavella 14   51.110
2 150 Auro Guadaguini 14 11.882 51.187
3 49 Quatá 14 16.471 50.419
4 44 Ayres Simões 14 34.827 52.880
5 949 Babi Fernandes 14 1:12.053 50.367
6 74 Ivan Ferreira Camargo 13 1 Lap 55.575
7 82 Cokinho Neri 13 20.305 56.714
8 25 Marcelo Elizeu 13 31.991 58.151
9 20 Claudio Tamura 11 3 Laps 1:05.283






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet