X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Catarinense

2ª etapa - Catarinense de Motocross - São José - SC
Publicado em: 23/03/2012

Carlos Campano e Joaquin Poli vencem novamente nas principais categorias
Redação MotoX.com.br - Fotos: Gerson Coas / FCM

Campeonato continua com domínio estrangeiro


largada MX1


João Paulino Marronzinho
Com as arquibancadas lotadas, os pilotos deram um show na pista de Potecas, no tradicional Motódromo Pedra Branca, no domingo, 18. A segunda etapa do Catarinense de Motocross, que integrou a programação de Aniversário dos 262 anos de São José, presentou o município com uma intensa disputa nas nove categorias, subindo no lugar mais alto do pódio pilotos da casa e josefenses de coração.

MX1

O espanhol Carlos Campano tem provado aos catarinenses que não será fácil a conquista do título do estadual. Campano largou na frente e logo na primeira curva abriu distância entre Marronzinho, Anderson Cidade e Pipo Castro, que passaram a disputar as posições seguintes. Pipo ultrapassou Anderson, que devido a quebra da corrente abandonou a prova.

"Fico muito feliz em vencer aqui, na pista que eu treino, na casa da minha equipe e diante de todo esse público. Foi uma corrida perfeita e uma ótima preparação para as provas da Superliga e Brasileiro que temos pela frente", disse o espanhol que lidera o certame com 50 pontos.


Carlos Campano

MX2


Joaquin Alberto Poli


Gabriel Gentil e Rodrigo Riffel
Na MX2, uma forte disputa para determinar os primeiros lugares do pódio. Rodrigo Riffel largou na frente, perdendo a colocação para o argentino Joaquin Poli, que liderou a prova até o final abrindo tempo já na terceira volta. A briga continuou pelo segundo lugar entre Rodrigo Riffel e Gabriel Gentil, sendo determinado somente nas ultimas voltas, quando Gentil assumiu a posição, deixando Riffel na terceira colocação. João Pedro Ribeiro e Victor Feltz completaram o pódio da categoria.

"Foi uma prova muito boa, muito divertida. Larguei na segunda colocação, depois consegui ultrapassar rápido e abrir uma diferença. A partir daí, tentei manter o ritmo", falou Poli que foi também o vencedor da primeira etapa do Catarinense, em Imbuia.


MX3 e MX4


Erivelto Nicoladelli


Milton Chumbinho Becker
Com grandes nomes da categoria, como Jorge Negretti, o bicampeão Erivelton Nicoladelli, e Milton Chumbo Becker, a MX3 e a MX4, correram juntas abrindo a prova logo após o warm up, ainda pela manhã.

Erivelto Nicoladelli largou na frente, disputando a liderança do pelotão com poucos segundos de diferença para Chumbo. Mesmo deixando Chumbo (MX4) ultrapassa-lo, já na terceira volta, Nicoladelli (MX3) terminou mais uma etapa do Catarinense em primeiro na sua categoria. Richard Berois conseguiu se manter na segunda posição, deixando a disputa pela terceira colocação para Paulo da Silveira e Luzenir José Cardoso, que finalizou a prova entre os três primeiros.

"A prova foi boa, o traçado é muito bom, a pista de Potecas é uma das melhores, tanto do Estado como do Brasil. Consegui vencer a MX3, mas na geral o Chumbo me passou. A minha meta era acompanhar ele ou talvez ganhar, mas não deu. Vamos trabalhar para a próxima, e quem sabe tentar acompanhar ou ganhar", avaliou Nicoladelli. Subiram também no pódio Paulo da Silveira em quarto, e Thomas Schlup em quinto.

Chumbo, que não participava do Campeonato desde o ano passado, finalizou em primeiro na MX4, subindo ao pódio com Anisio Clasen, Rogerio Schmitt, Adenir da Veiga e Mirko dos Santos. "Foi uma ótima prova. Eu não esperava tanto do resultado. Não esperava essa velocidade, porque eu estava um tempo sem treinar. Graças a Deus eu fui bem. Acredito que se eu trabalhar e treinar posso andar mais e ser muito mais rápido", disse o veterano campeão.

Intermediária


Kauê Vieira


Marcos Guilherme de Lima
Na Intermediária a disputa foi intensa pelo pódio desde a largada até o final da corrida. Kauê Vieira começou na frente, disputando a primeira posição com Rodrigo Montagna, que saiu fora da pista deixando a liderança para Vieira.

A briga seguiu para definir o segundo e terceiro lugar, encerrando a corrida com a virada de Marcos na penúltima volta, assumindo a segunda posição e Leonardo Archer em terceiro. "Eu não esperava a segunda vitória desse ano, por isso estou muito feliz. Consegui fazer uma boa largada, administrar mantendo o ritmo e ganhar a prova", comentou Kauê.

O paranaense Leandro Araujo e Maurício Perozin subiram ao pódio na quarta e quinta colocação, respectivamente.


Nacional


Eduardo Rosing


Regis Zonta
Na nacional, Eduardo Rosing venceu novamente a etapa com praticamente uma volta de diferença entre os outros colocados, deixando a disputa pelo segundo lugar com Regis Zonta e Agenor Varela, que brigaram lado a lado a maior parte da prova pela colocação. O pódio foi definido quando Regis, minutos antes de ser levantada a placa das duas últimas voltas, abriu vantagem e manteve o ritmo deixando Agenor na terceira colocação. Ainda completaram o pódio, Marcelo Galando Junior e Edipo da Silvana, na quarta e quinta posição.

"Para mim foi uma corrida muito boa novamente, fiz uma boa largada e daí em diante, mantive o ritmo de sempre conseguindo conquistar a vitória sem cometer nenhum erro. Pretendo continuar nesse ritmo no campeonato para conquista o título esse ano", disse Rosing.

85cc

Na 85cc Matheus de Souza largou na frente, José Brayan em segundo e Leonardo de Souza em terceiro. Gabriel Dellaflora aproveitou um erro de Leonardo de Souza e assumiu a posição, disputando a segunda colocação com Brayan, que não deu chance e manteve o ritmo até o final. Leonardo de Souza que estava em quinto, ultrapassou Leonardo Machado, finalizando em quarto.


Matheus de Souza

65cc

A 65cc começou com a disputa entre Thiago Brenner e Wagner de Oliveira, que assumiu a primeira posição, abrindo distancia com Thiago e seguiu liderando a prova até o final. Também subiram ao pódio, Rian Fischer, Lucas Nascimento e Natan Carvalho.


Wagner de Oliveira 

55cc

Matheus Montagna venceu nas minimotos, disparando na frente, deixando a briga pelas posições seguintes para Bernardo Zappellini e Carlos Baltazar, que terminou a prova em quarto. A segunda colocação foi para Bernardo e a terceira para Victor Fronza. Leo Vitor da Silveira subiu ao lado dos meninos completando o quinto lugar do pódio.


Matheus Yan Montagna

A organização da etapa esteve a cargo do Motoclube de São José, sob a supervisão da FCM e apoio da Prefeitura de São José e Fundação Municipal de Esportes. O Campeonato Catarinense de Motocross conta com o apoio da Motoshop, Destak Transportes, Grupo Geração, Sebben Sport, Mormaii e TBT Suspensões.


Largada Intermediária



Largada MX2

Resultados

Categoria MX1
1. Carlos Campano Jimenez - Sao Jose
2. João Marronzinho Jr - Laguna
3. Cristopher Castro - Sao Jose
4. Joaquin Alberto Poli - Sao Jose
5. Jean Carlo Ramos - Curitiba
6. Gabriel Gentil - Florianopolis
7. Leandro Smakovicz - Joinville
8. Victor Feltz - Tijucas
9. Nicolas Rolando Rodriguez - Sao Jose
10. Rodrigo Pereira Nhemihes Taborda - Colombo

Categoria MX2
1. Joaquin Alberto Poli - Sao Jose
2. Gabriel Gentil - Florianopolis
3. Rodrigo Riffel - Gaspar
4. João Pedro Pinho Ribeiro - Torres
5. Victor Feltz - Tijucas
6. Tauan Brenner - Balneario Camboriu
7. Nicolas Callegaris - Sao Jose
8. Nicolas Rolando Rodriguez - Sao Jose
9. Northon Carvalho - Porto União
10. Venicio Voigt - Braço do Trombudo

Categoria Intermediaria
1. Kaue Vieira - Porto Belo
2. Marcos Guilherme de Lima - Curitiba
3. Leonardo Archer - Brusque
4. Leandro Davids Araujo - Curitiba
5. Mauricio Perozin - Concordia
6. Jeisson Alan Potrich - Piratuba
7. Lawrence Tasca - Concórdia-sc
8. Luiz Fernando Dalabona - Luís Alves
9. Alexandro Zuque - Indaial
10. Saymon Camilo - Imbituba

Categoria MX3
1. Erivelto Nicoladelli - Orleans
2. Luzenir Jose Cardoso - Sao Jose
3. Richard Berois - Sao Jose
4. Paulo Cesar Colombo da Silveira - Balneario Gaivota
5. Thomas Schlup - Ibirama

Categoria MX4
1. Milton Becker - Joinville
2. Anisio Clasen - Palhoça
3. Rogerio Schmitt - Sao Jose
4. Adenir da Veiga - Indaial
5. Mirko André dos Santos - Navegantes

Categoria Nacional
1. Eduardo Rosing - Santa Rosa de Lima
2. Regis Zonta - Seara
3. Agenor Varela - Itapema
4. Marcelo Andrei Galando Junior - Garuva
5. Edipo Fillipe da Silva - Itapema

Categoria 85cc
1. Matheus Galves de Souza - Ivaiporã
2. José Brayan - Massaranduba
3. Gabriel Dellaflora - Santa Rosa
4. Leonardo de Souza - Camboriu
5. Leonardo Simas Machado - Sao Jose

Categoria 65cc
1. Wagner da Silva Oliveira - São José
2. Thiago Henrique Brenner - Balneario Camboriu
3. Rian Fischer - Brusque
4. Lucas Jose Nascimento - Blumenau
5. Nathan Carvalho - Porto União

Categoria 55cc
1. Matheus Yan Montagna - Itajai
2. Bernardo de Moura Zappellini - Florianopolis
3. Victor Kaue Fronza - Rio do Sul
4. Carlos Baltazar - Torres
5. Leo Vitor Kessler de Siqueira - Florianopol






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet