X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

Brasileiro de Velocross - Final - Witmarsum - SC
Publicado em: 23/11/2011

Mateus Basso confirma dois títulos do Brasileiro de Velocross em Santa Catarina
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Gerson Coas / FCM

Comemoração em família nas categorias principais


Largada VX2


Matheus Basso é o campeão nas duas principais categorias
Os irmãos Mateus e Lucas Basso, de Gentil, RS, sagraram-se campeão e vice das classes VX1 e VX2 do Brasileiro de Velocross 2011. A conquista dos irmãos Basso foi neste domingo, 20 de novembro, em Witmarsum, SC, quando foram disputadas as baterias válidas pela sexta e última etapa do Brasileiro de Velocross, juntamente com a oitava e também decisiva etapa do Campeonato Catarinense.

Mateus garantiu o título da VX1 com a segunda colocação na etapa. A vitória foi de Carlos Eduardo Mendes Franco, do Mato Grosso do Sul. "Foi um final de semana quase perfeito. Infelizmente o nosso amigo Paulinho Stédile caiu e se machucou e não pode voltar à prova. Mas enfim... Witmarsum é uma pista muito rápida, que iguala muito a tocada. Todo mundo anda forte aqui, e todos querendo vencer na final do campeonato. Mas graças a Deus para mim deu tudo certo, consegui uma boa largada e quando assumi a liderança consegui manter até o final", relatou Carlos Eduardo.

Antes, na VX2, ocorreu a chegada mais apertada do dia. Stédile liderou até a 12ª volta quando foi ultrapassado por Mateus. Faltando duas voltas o paranaense partiu para reverter a situação, mas Mateus venceu o duelo com Paulo Stédile pela diferença de 49 milésimos de segundo. O catarinense Luis Felipe Fietz não fez boa largada, mas se recuperou e terminou em terceiro.


Diferença entre Paulo Stedile e Mateus Basso na chegada da VX2 foi de apenas 49 milésimos

Para o campeão do ano nas duas principais categorias, o resultado foi perfeito.

"Foi uma prova bem complicada, difícil, com acidente e bandeira vermelha. Mas consegui sair daqui campeão. Foi graças ao trabalho de todo o ano, de muito treino e dedicação. Além de tudo, lá em casa conseguimos ficar campeão e vice. Melhor que isso impossível. O meu irmão não pode correr a primeira etapa, mas ainda assim conseguiu chegar ao título (de vice-campeão), e por isso estamos muito felizes", concluiu Mateus.


Pódio VX1

Paulinho Stedile


Paulinho Stedile
Após o acidente que interrompeu a prova da MX1, o piloto recebeu atendimento local, onde chegou a passar a noite em observação e nada foi constatado. Paulinho retornou para Curitiba, PR, onde mora, mas com a persistência das dores voltou a realizar novos exames onde encontraram duas costelas fraturadas e uma lesão no pulmão.

“Já passei por tantos acidentes, sabia que o que eu estava sentindo não poderia ser normal, por isso, quis refazer a radiografia e a tomografia. Estou em observação e por enquanto não há previsão de alta, devo realizar ainda mais alguns exames antes disso. Sinto muita dor na região do tórax, respirar é bastante difícil. Estou triste pela perda do título desta temporada, mas agora só quero pensar em minha recuperação”, disse.

Na VX3 a vitória na bateria foi do paranaense Davis Guimarães, enquanto Fabiano Ribeiro confirmou o título com a sétima colocação.

Na classe VX3 Nacional João Francener comemorou o título da temporada com mais uma vitória. Jacson Keil correu machucado nas classes Nacional 230cc e Força Livre Nacional, mas garantiu pontos suficientes para fechar o ano com mais dois títulos nacionais.


Largada VX3

Campeonato Catarinense

Pelo campeonato catarinense Leandro Matos Lemos saiu com três títulos de Witmarsum: VX1, VX2 e Nacional Força Livre. Na VX3 deu Braz dos Santos após vencer mais uma batalha contra Avacir Chaves. Na nacional 230cc e nacional 300 Wandrey Niels levou a melhor. Na VX3 a combinação de resultados da etapa favoreceu Ademar Boetcher. Rian Ficher, da 50cc, e Mayron Boelling, da 65cc, brindaram o título de campeão com vitória em suas baterias.

Nas classes 85cc e da Nacional 230cc Estreante os vencedores das baterias foram Lucas Gadotti e Vinícius Rosa. Entretanto a classificação do campeonato nessas duas classes está sob judice. A decisão saíra no dia 28 de novembro.

A sexta etapa do Campeonato Brasileiro de Velocross e oitava etapa do Campeonato Catarinense de Velocross é uma realização da Federação Catarinense de Motociclismo (FCM), com supervisão da própria FCM e da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM), com apoio de Motos Neno, Sérgio Motos, Prefeitura Municipal de Witmarsum, Fundesporte e Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte.


A esquerda Sr. Basso, Fabiano Ribeiro (campeão da VX3) e Mateus (campeão da VX1 e VX2)

Resultados da sexta etapa do Brasileiro e oitava do Catarinense de Velocross

Categoria VX1
1. Carlos Eduardo Mendes Franco - Mundo Novo/MS
2. Mateus F Basso - Gentil/RS
3. Rodrigo Pereira Nhemihes Taborda - Colombo/PR
4. Lucas Basso - Gentil/RS
5. Lui André Fietz - São Bento do Sul

Categoria VX2
1. Mateus F Basso - Gentil/RS
2. Paulo Cesar Stedile - Curitiba/PR
3. Luís Felipe Fietz - São Bento do Sul
4. Luiz Henrique Zimmermann - Blumenau
5. Lucas Basso - Gentil/RS

Categoria VX3
1. Davis Guimaraes - Curitiba/PR
2. Joao Silverio Francener - Joinville
3. Braz dos Santos - Blumenau
4. Avacir Chaves - Joinville
5. Charles Voigt - Blumenau

Categoria Nacional Força Livre
1. Luiz Henrique Zimmermann - Blumenau
2. Leandro Matos Lemos - Lages
3. Guilherme Pereira - Lages
4. Daniel Schmitz - Massaranduba
5. Jose Augusto Reinert - Blumenau

Categoria Nacional 300cc 4T
1. João Batista de Sisti Junior - Sao Joao do Itaperiu
2. Guilherme Pereira - Lages
3. Markolf Berchtold - Schroeder
4. Edinilson Batista - Camboriu
5. Wandrey Niels - Blumenau

Categoria Nacional VX3
1. Joao Silverio Francener - Joinville
2. Ademir Kuhnen - Joinville
3. Marcelo Hamann - Joinville
4. Marcelo Marques - Pinhais
5. Adir Langhammer - Sao Bento do Sul

Categoria Nacional 230cc 4T
1. Edinilson Batista - Camboriu
2. Eduardo Leobet - Piratuba
3. Wandrey Niels - Blumenau
4. Volkmar Berchtold - Schroeder
5. Daniel Schmitz - Massaranduba

Categoria Nacional Estreante 230cc 4T
1. Vinicius Rosa - Balneário Camboriú
2. Diego Lazzari - Soledade
3. Leonardo Anzolin - Joaçaba
4. Eros Lazarotto da Silva Junior - Joaçaba
5. Luiz Ricardo Lana - Blumenau

Categoria Nacional 150cc 4T
1. Ralf Schaefer - Camboriu
2. Eduardo Correia Branco - Blumenau
3. Maykon Correa - Camboriu
4. Gean Carlos da Silva - Joinville
5. Raulino Torrens Neto - Joinville

Categoria 85cc
1. Lucas Agostini Gadotti - Rodeio
2. Sebastiao da Silva Junior - Santa Terezinha
3. Leonardo de Souza - Camboriu
4. Roberto Pereira - Lages
5. Igor Poffo Nau - Rio do Sul

Categoria 65cc
1. Mayron Boelling da Silva - Agrolandia
2. Rian Fischer - Brusque
3. Roberto Pereira - Lages
4. Diego Heining da Silva - Camboriu
5. Joao Alfonso Claudino dos Santos - Vitor Meireles

Categoria Mini-motos
1. Rian Fischer - Brusque
2. Ruan Ribeiro de Castro - Major Vieira
3. Carlos Augusto Gervasi - Camboriu
4. Rodrigo Vinicius Niekiforuk - Papanduva
5. Victor Kaue Fronza - Rio do Sul

Categoria Estreante Especial
1. Admilton Farias - Garuva
2. Eduardo Tessaro - Machadinho
3. Eduardo Leobet - Piratuba
4. Roger Joenck - Presidente Getúlio
5. Elvis Augusto Schmitz - Blumenau








© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet