X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais


>Competição > Motocross Catarinense

Desafio Latinoamericano de Motocross - Canelinha - SC
Publicado em: 24/10/2011
Clique e saiba mais

O paulista Dudu Lima foi o campeão na MX2, enquanto o espanhol Carlos Campano garantiu a vitória na MX1
Redação MotoX.com.br - Fotos: Gerson Coas


Largada MX2


Dudu Lima
O Desafio Latinoamericano de Motocross, disputado neste fim de semana, em Canelinha (SC), ficou nas mãos de um brasileiro e de um espanhol. Após um duelo de alto nível, que contou com a presença de vários pilotos internacionais e também de boa parte da elite brasileira da modalidade, o paulista Dudu Lima acabou com o título da categoria MX2, enquanto o espanhol Carlos Campano faturou a MX1. A disputa demonstrou também a grande competitividade dos atletas brasileiros, que na briga pelas duas classes, aparecem em peso nas primeiras posições da classificação.

Depois de verem Carlos Campano praticamente dominar os treinos classificatórios do dia anterior, com uma grande vantagem nas duas classes, os brasileiros apareceram bem preparados para as largadas do domingo de sol em Canelinha.

A vida de Dudu não foi muito fácil desde a largada na prova da MX2. O holeshot foi do gaúcho Leonardo Sebben, que foi seguido pelo catarinense Pipo Castro e por Dudu. Carlos Campano, que também disputou a categoria, aparecia na oitava posição. Porém, a briga pela liderança, depois de algum tempo, passou a ser entre Pipo e Dudu, que conseguiram a ultrapassagem sobre Sebben. Pouco a pouco, o paulista conseguiu se sobressair e assumiu a ponta, onde ficou até o final. “Consegui abrir boa vantagem e aproveitei, o que me deu condições de descansar um pouco nas últimas voltas para a segunda bateria”, comentou Dudu.


Carlos Campano


Cristopher 'Pipo' Castro
Pipo, então, teve que passar a se preocupar com o espanhol que depois de uma excelente recuperação, assumiu o terceiro lugar a passou a pressionar o brasileiro, que perto do final, acabou cometendo um erro e permitiu a ultrapassagem. “Demorei pra passar o Pipo Castro e ainda caí na última volta. Mas foi uma bela corrida, com boas disputas, muito sol e calor”, resumiu Campano.

O início da MX1 já demonstrou o equilíbrio da categoria. O paranaense Leandro Silva assumiu a ponta na largada depois de fazer o holeshot, no entanto, foi pressionado desde o começo por Anderson Cidade, Marcello ‘Ratinho’ e Carlos Campano, que logo assumiu a vice-liderança. Desde então, não deu descanso para Leandro, até que na terceira volta tomou a ponta para não deixá-la mais. “Faz muito tempo que não ando de 250cc, então sabia que me sentiria melhor na 450cc. Na segunda bateria larguei bem, esperei o Leandro cansar já que sabia que ele estava voltando de lesão, e fiz uma boa prova”, explicou o vencedor.


Marcello 'Ratinho' Lima

Ratinho e Leandro, então passaram a duelar pelo segundo lugar. O paranaense, porém, que retorna pouco a pouco, após se recuperar de uma cirurgia, não conseguiu segurar e, além de deixar o posto para Ratinho, perdeu também o terceiro lugar para Pipo Castro e o quarto para Anderson Cidade. “Sabia que não seria fácil ganhar do Campano. Depois que consegui passar o Leandro, tentei me aproximar, mas acabei caindo na curva que antecede a reta de chegada e perdi tempo, cansei, e acabei em segundo. Estou feliz com o resultado”, disse Ratinho.


Pódio MX1


Anderson Cidade
O Desafio Latinoamericano de Motocross foi realizado pela Federação Catarinense de Motociclismo em parceria com o Moto Clube Canelinha. O evento contou  com supervisão da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) e da FIM-LA (FIM Latinamerica).

Resultados

MX2
1. Eduardo Lima - BRA
2. Carlos Campano - ESP
3. Cristopher Castro - BRA
4. Humberto Martin - VEN
5. Joaquin Poli - ARG
6. Anderson Cidade - BRA
7. Marcello Lima - BRA
8. Leonardo Lizotti - BRA
9. Victor Feltz - BRA
10. Luiz Henrique Zimmermann – BRA

Leandro Silva

MX1
1. Carlos Campano - ESP
2. Marcello Lima - BRA
3. Cristopher Castro - BRA
4. Anderson Cidade - BRA
5. Leandro Silva - BRA
6. Eduardo “Dudu” Lima - BRA
7. Humberto Martin - VEN
8. Joaquin Poli - ARG
9. Ito Massanori - JAP
10. Marcos Cordeiro - BRA





Largada MX1











© 2000 - 2020 MotoX MX1 Internet