X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

5ª etapa - Paulista FMESP Asfaltozero de Veloterra - E. Santo do Pinhal - SP
Publicado em: 21/07/2011

Quatro categorias conheceram seus campeões durante a etapa
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Mateus 'Zig' Bernardini


Largada VX2


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 508 Fotos!
No último fim de semana, a equipe Asfaltozero realizou, na pista da APEM, em Espírito Santo do Pinhal, a quinta e penúltima etapa do Campeonato Paulista FMESP de Veloterra 2011. Depois de grandes disputas, quatro categorias já tiveram seus campeões definidos e seis ainda estão seguem na briga na prova que irá encerrar a temporada nos dias 27 e 28 de agosto.

A primeira categoria a largar foi a VX3. Ique Mattos fez o holeshot, mas ao final da primeira volta, Daniel Vergueiro já vinha pela ponta. Com um ritmo forte e constante o novo líder seguiu abrindo vantagem e venceu a bateria. Jean Dickson Botelho, atual líder do campeonato na categoria, não largou bem, porém, se recuperou durante a prova completando na segunda colocação, com Ique Mattos em terceiro. Luis Gustavo Tassi foi outro que teve problemas na largada, saindo na nona posição, mas em uma bela prova de recuperação completou na quarta colocação, com Rodrigo Galesso em quinto. Vagner Tomé, atual vice-líder do campeonato se envolveu em um acidente na largada retornando à prova nas últimas posições e completou a bateria em sexto. Mesmo assim, ao lado de Ique Mattos ainda pode brigar pelo campeonato com Jean Dickson Botelho.


Daniel Vergueiro


Fernando Longuim
Na categoria VX4, Juliano Tavella saiu na frente e manteve a posição até o meio da bateria, quando foi ultrapassado por Fernando Longuin, que a partir daí abriu uma boa vantagem vencendo com cerca de 11 segundos à frente do segundo colocado. Sergio Alexandre, o “Alemão”, fez uma bela prova. Após largar em nono, ganhou posições volta a volta e completou a bateria em segundo lugar, com Juliano Tavella em terceiro. Auro Guadaguini, que retornou ao campeonato após três meses afastado, devido a uma queda na segunda etapa, foi o quarto colocado seguido de Edson Cascata, atual líder do campeonato. Este chegou a ocupar a vice-liderança no início da bateria, mas devido a uma queda teve que fazer uma prova de recuperação, completando em quinto.

Briga de gente grande na categoria Junior. Lucas Musseli saiu na ponta e liderou por duas voltas, quando Luzinho Queiroz assumiu a ponta. O novo líder seguia tranqüilo, até que a três voltas do final teve o pneu traseiro da moto furado e começou a perder rendimento até abandonar a prova. Lucas, que vinha logo atrás, reassumiu a ponta, mas na mesma volta foi superado por Neto Longuim, que segurou a pressão de Lucas e venceu recebendo a quadriculada pouco mais de um segundo à frente. Matheus Furlan foi o terceiro colocado, seguido de João Vitor Martino e Guilherme Recanelli. Com a segunda colocação na bateria, Lucas Musseli garantiu o título antecipado da Júnior. Matheus Furlan, Neto Longuim, Vicinius Pires Reis e Caio Godoi disputam o vice-campeonato.


Babi Fernandes


Neto Longuim
Babi Fernandes foi outra que já garantiu o título em Espírito Santo do Pinhal, após vencer de ponta a ponta a categoria Penélope. Larissa Dalló largou na segunda colocação e foi acompanhada durante toda a bateria por Fernanda Mantovani que, sem conseguir a ultrapassagem, completou na terceira colocação. Raphaela Recanelli e Juliana Alcici largaram respectivamente na quarta e quinta posições e as mantiveram até o final. A disputa segue embolada pelo vice-campeonato. Até a nona colocada tem chance de sair com o troféu.

Uma das baterias mais emocionantes do dia foi a da categoria 65cc, em que as posições se alteravam a todo momento. Alifer Rodrigues saiu na frente e liderava com certa tranquilidade, quando na terceira volta sofreu uma queda e retornou na quinta colocação. A partir daí o garoto voltou com um ritmo muito forte e a duas voltas do final reassumiu a liderança, seguindo assim até a quadriculada. Bruninho Brunieri fechou a primeira volta na sétima posição e foi superando seus adversários pouco a pouco completando a bateria em segundo lugar. Elizio Barbosa, que liderou a prova por boa parte foi o terceiro colocado. Nicolas Piccoli e Rafael Araújo completaram os cinco mais rápidos na categoria. Pelo campeonato, nada esta decidido. Elizio Barbosa é o líder com um ponto de vantagem sobre Alifer Rodrigues, mas Bruninho Brunieri e Nicolas Piccoli também têm chances de sair com o título.


Rafael Araújo


Alifer Rodrigues
Vitor Andrade acelerou forte na largada e garantiu o holeshot, mas, uma queda na primeira volta tirou o pequeno piloto da disputa pela vitória na categoria 50cc. Rafael Araujo assumiu a ponta, seguido de João Pedro Raimundo e Bruninho Brunieri. Rafael conseguiu abrir uma boa vantagem e venceu a bateria. João Pedro completou na segunda colocação e com o resultado, sagrou-se campeão na categoria. Bruninho foi o terceiro colocado. Felipe Rodrigues, que sofreu uma queda no início da bateria e teve que fazer uma corrida de recuperação, finalizou em quarto. Natan Lisboa completou o pódio mais jovem do veloterra chegando em quinto lugar. Felipe Rodrigues e Vitor Andrade decidem o vice-campeonato da categoria na última etapa.

Guilherme Buozi venceu de ponta a ponta a categoria Incentivo. A briga foi mais acirrada pela segunda colocação. Neto Oliveira manteve a posição até o meio da bateria quando foi superado por Leonardo Vilalva e Aldani Morais. Restando duas voltas, Moraes conseguiu a ultrapassagem e garantiu o segundo posto. Neto também veio para cima e conseguiu na última volta superar Vilalva, ficando com a terceira colocação. Edvaldo Nery, o “Cokinho” completou o pódio da categoria.


Guilherme Buozi


Rodolfo Breda
Edsinho Refundini foi surpreendente na categoria Nacional Acima de 250cc. O piloto de Conchal (SP) fez o holeshot, marcou a melhor volta e venceu de ponta a ponta a bateria. Juninho Delalana largou na segunda colocação e se manteve assim até o final. Pedro Júnior, Fernando Fadel e Rafael Coser disputaram o terceiro posto por toda a prova. Pedro se manteve na posição até quatro voltas do final quando foi superado por Fadel, terminando em quarto, seguido de Rafael Coser em quinto. A disputa pelo título dessa categoria continua aberta. Rafael Coser segue na frente com Edinei de Lima apenas um ponto atrás. Fernando Fadel e Jordani Carvalho ainda têm chances de faturar o campeonato.

Com 18 minutos de prova e uma pista difícil que exigia muito do condicionamento físico o esperado era que a juventude superasse a experiência, mas o que se viu na categoria VX2 foi exatamente o contrário. Rodrigo Bastoni fez o holeshot, mas na segunda volta já vinha atrás de Jean Dickson Botelho. Mateus Lima e Gustavo Beazin. Jean seguiu na ponta até a sexta volta, quando Mateus assumiu a liderança e começou a abrir uma boa vantagem. Beazin pressionava Jean, mas não conseguia a ultrapassagem. A poucas voltas do final, Mateus começou a sentir o cansaço e foi perdendo ritmo até ser superado por Jean, que a partir daí manteve a tocada forte até a bandeirada final. Mateus Lima manteve a segunda colocação com Beazin em terceiro. Clayton Grassi, após uma péssima largada, fez uma prova de recuperação completando em quarto lugar, cerca de 10 segundos à frente de Renan Bortolucci. Gustavo Beazin segue líder no campeonato e Marcio Tadeu Caetano é o único que ainda pode lhe tirar o título.


Edson Refundini


Danilo Veltroni
Rodolfo Breda estreou muito bem na categoria Nacional até 230cc. Breda assumiu a ponta na segunda volta ao ultrapassar Auro Guadaguini e seguiu abrindo vantagem para vencer a bateria cerca de 10 segundos à frente do segundo colocado e atual líder Fabricio Caleffi. Auro foi o terceiro colocado com Rafael Grilo em quarto. Renato Herman que ocupou o quarto lugar por boa parte da bateria finalizou na quinta colocação. Edsinho Refundini, Denis Cabelinho e Gabriel Lenzi ainda têm chances de levar o caneco de campeão.

Danilo Veltroni largou bem e liderava a categoria VX1, quando sofreu uma queda na quarta volta. Daniel Vergueiro assumiu a ponta com Evandro Contesini fazendo pressão. Três giros à frente, Contesini conseguiu a ultrapassagem assumindo a liderança. Veltroni, que com a queda no início da bateria caiu para a quinta colocação, se recuperou e encostou no líder querendo a posição. A disputa se desenrolou após sete voltas quando Contesini errou na curva da largada e levou um pequeno tombo que lhe custou a liderança. Veltroni seguiu na frente e venceu a bateria seguido de Contesini e Vergueiro. Marcio Tadeu Caetano e Vagner Tomé completaram o pódio. Com este resultado, Danilo Veltroni conquistou o campeonato com cinco vitórias nas cinco etapas disputadas até o momento. Evandro Contesini, Vagner Tomé, Betinho Eugênio e Ique Mattos vão brigar pelo vice-campeonato na grande final.


Jean Dickson

A equipe Asfaltozero contou com o apoio da APEM, da Prefeitura Municipal de Espírito Santo do Pinhal, de patrocinadores locais e da Maxxi Energy Drink, que contribuíram para que o evento fosse um grande sucesso.

Todas as informações sobre a etapa final estarão disponíveis em breve no site Asfalto Zero.

Resultados

Pos No. VX 3 Laps Total Time Diff Best Time In Lap Best Speed
1 275 Daniel Vergueiro 16 14:28.831   52.872 3 54.471
2 713 Jean Dickson 16 14:31.660 2.829 52.779 11 54.567
3 19 Ique Mattos 16 14:56.633 27.802 54.282 16 53.056
4 727 Luis Gustavo Tassi 16 14:57.686 28.855 52.279 15 55.089
5 13 Rodrigo Galesso 16 15:23.124 54.293 55.451 3 51.938
6 22 Vagner Tomé 16 15:27.242 58.411 54.851 10 52.506
7 3 Marcio Alexandre 15 14:31.117 1 Lap 56.186 4 51.258
8 45 Du Mantovani 15 14:31.963 0.846 53.556 9 53.775
9 11 André Vuolo 15 14:35.914 4.797 55.842 5 51.574
10 74 Jonas Tavella 15 14:43.356 12.239 54.628 4 52.720
Pos No. VX 4 Laps Total Time Diff Best Time In Lap Best Speed
1 16 Fernando Longuim 15 13:33.944   52.084 2 55.295
2 648 Sergio Alexandre 15 13:45.430 11.486 53.042 7 54.297
3 18 Juliano Tavella 15 13:51.916 17.972 52.810 5 54.535
4 150 Auro Guadaguini 15 13:57.442 23.498 53.107 2 54.230
5 46 Cascata 15 14:18.790 44.846 53.334 1 53.999
6 117 Neto Cabelinho 15 14:23.328 49.384 55.431 2 51.956
7 45 Vicente Nunes 15 14:23.750 49.806 55.547 7 51.848
8 128 José Luis Marcon 15 14:24.691 50.747 56.065 8 51.369
9 352 Beto Vilalva 15 14:25.049 51.105 53.922 11 53.410
10 49 Quatá 14 13:28.844 1 Lap 55.890 8 51.530
Pos No. Junior Laps Total Time Diff Best Time In Lap Best Speed
1 111 Neto Longuim 13 12:21.997   55.036 13 52.329
2 22 Lucas Musseli 13 12:23.040 1.043 54.796 12 52.559
3 7 Matheus Furlan 13 12:37.015 15.018 56.466 3 51.004
4 45 João Vitor Matino 13 12:58.219 36.222 57.821 2 49.809
5 238 Guilherme Recanelli 13 13:02.612 40.615 58.443 9 49.279
6 55 Kelvin Guilherme 13 13:09.961 47.964 58.942 7 48.862
7 118 Vinicius Marcon 12 12:20.542 1 Lap 58.105 3 49.565
8 55 Gabriel Gomieiro 12 12:36.615 16.073 1:00.609 3 47.518
9 Xx Luis Eduardo 12 12:46.617 26.075 1:01.577 8 46.771
10 99 Nicolas Piccoli 12 12:52.945 32.403 1:01.960 1 46.482
Pos No. 65cc Laps Total Time Diff Best Time In Lap Best Speed
1 27 Alifer Rodrigues 12 12:37.329   1:00.126 2 47.899
2 33 Bruno Brunieri 12 12:46.029 8.700 1:00.932 10 47.266
3 23 Elizio Barbosa 12 12:46.701 9.372 1:01.229 12 47.037
4 99 Nicolas Piccoli 12 12:50.043 12.714 1:02.779 5 45.875
5 99 Rafael Araujo 12 12:52.000 14.671 1:00.695 3 47.450
6 78 Luis Fernando Masini 12 13:14.270 36.941 1:00.355 1 47.718
7 197 Kaue Andrade 12 13:15.867 38.538 1:05.238 11 44.146
8 713 Jean Dickson 10 13:16.424 2 Laps 1:16.736 1 37.531
Pos No. 50cc Laps Total Time Diff Best Time In Lap Best Speed
1 99 Rafael Araujo 12 12:37.884   1:01.107 7 47.130
2 21 João Pedro Raimundo 12 13:00.809 22.925 1:01.825 5 46.583
3 21 Bruno Brunieri 11 12:38.153 1 Lap 1:04.221 1 44.845
4 26 Felipe Rodrigues 11 13:37.037 58.884 1:08.334 3 42.146
5 54 Natan Lisboa 9 12:49.440 3 Laps 1:20.287 7 35.871
6 37 Felipe Alexandre 8 13:29.169 4 Laps 1:33.984 5 30.644
7 Xx Luis Guilherme Mazini 6 12:51.173 6 Laps 1:45.862 4 27.205
8 656 João Pedro Baianinho 3 6:50.820 9 Laps 1:45.101 2 27.402
Pos No. Penélope Laps Total Time Diff Best Time In Lap Best Speed
1 949 Babi Fernandes 13 12:44.796   56.449 2 51.020
2 21 Larissa Daló 13 13:30.737 45.941 59.770 12 48.185
3 45 Fernanda Mantovani 13 13:32.369 47.573 1:00.620 2 47.509
4 238 Raphaela Recanelli 13 13:37.044 52.248 1:00.029 8 47.977
5 865 Juliana Alcici 12 13:16.835 1 Lap 1:04.379 11 44.735
6 277 Paula Bueno 12 13:20.724 3.889 1:04.037 3 44.974
7 88 Marina Calefi 12 13:40.690 23.855 1:04.718 12 44.501
8 9 Aline Ferro 12 13:40.906 24.071 1:05.310 12 44.097
9 3 Maristela Zago 11 12:54.963 2 Laps 1:06.783 7 43.125
10 39 Luciana Corsi 10 13:08.112 3 Laps 1:12.208 10 39.885
Pos No. Nacional 230cc Laps Total Time Diff Best Time In Lap Best Speed
1 Xx Rodolfo Breda 15 13:46.669   53.752 5 53.579
2 1 Fabricio Calefi 15 13:57.261 10.592 54.393 2 52.948
3 150 Auro Guadaguini 15 14:00.050 13.381 55.073 14 52.294
4 97 Rafael Grilo 15 14:02.103 15.434 54.271 11 53.067
5 33 Renato Hermann 15 14:18.680 32.011 53.641 14 53.690
6 8 Edson Refundini 15 14:28.880 42.211 55.771 4 51.640
7 804 Gabriel Lenzi 15 14:37.556 50.887 56.736 12 50.761
8 764 Heitor Campos 15 14:41.297 54.628 56.623 4 50.863
9 255 Marcio Baasch 15 14:43.635 56.966 56.643 4 50.845
10 237 Carlos Recanelli 14 14:00.754 1 Lap 57.797 6 49.830
Pos No. Nacional 250cc Laps Total Time Diff Best Time In Lap Best Speed
1 11 Edsinho Refundini 15 14:20.485   55.905 1 51.516
2 333 Juninho Delalana 15 14:23.181 2.696 56.171 15 51.272
3 7 Fernando Fadel 15 14:53.819 33.334 56.661 7 50.829
4 86 Pedro Junior 15 15:10.070 49.585 57.316 4 50.248
5 10 Rafael Coser 15 15:10.942 50.457 58.362 5 49.347
6 190 Kaio Bruno Lopes 14 14:27.721 1 Lap 1:00.144 8 47.885
7 13 Edinei De Lima 14 14:29.706 1.985 58.605 6 49.143
8 121 Ricardo Covaes 14 14:43.591 15.870 59.871 7 48.103
9 33 Jordani Carvalho 14 14:47.186 19.465 58.714 13 49.051
10 18 Marcos Ribeiro 13 14:39.964 2 Laps 1:04.344 3 44.759
Pos No. VX 2 Laps Total Time Diff Best Time In Lap Best Speed
1 713 Jean Dickson 16 13:52.422   50.995 2 56.476
2 63 Mateus Lima 16 13:57.592 5.170 50.416 6 57.125
3 377 Gustavo Beazin 16 14:00.209 7.787 51.110 6 56.349
4 377 Cleyton Grassi 16 14:01.337 8.915 51.135 16 56.322
5 7 Renan Bortolucci 16 14:11.077 18.655 50.978 14 56.495
6 26 Marcio Tadeu Caetano 16 14:34.524 42.102 52.068 7 55.312
7 77 Rodrigo Bastoni 16 14:42.851 50.429 53.242 2 54.093
8 29 Willian Caporalli 15 14:10.185 1 Lap 55.125 10 52.245
9 211 Sagui 15 14:39.781 29.596 53.628 3 53.703
10 10 Isaias Biazoto 14 13:53.180 2 Laps 56.079 4 51.356
Pos No. VX 1 Laps Total Time Diff Best Time In Lap Best Speed
1 933 Danilo Veltroni 17 14:50.363   50.085 2 57.502
2 21 Evandro Contesini 17 15:07.303 16.940 50.492 10 57.039
3 275 Daniel Vergueiro 17 15:25.914 35.551 50.323 1 57.230
4 26 Marcio Tadeu Caetano 17 15:37.750 47.387 51.777 4 55.623
5 22 Vagner Tomé 16 14:54.022 1 Lap 53.369 2 53.964
6 133 Guilherme Baggi 16 14:56.495 2.473 53.698 4 53.633
7 375 Cristiano Florezi 16 14:58.266 4.244 53.356 5 53.977
8 19 Ique Mattos 16 14:59.772 5.750 54.135 1 53.200
9 147 Mauricio Salati 16 15:30.135 36.113 53.788 13 53.544
10 117 Neto Cabelinho 15 15:21.926 2 Laps 56.254 4 51.196
Pos No. Incentivo Laps Total Time Diff Best Time In Lap Best Speed
1 326 Guilherme Buozi 12 11:30.417   55.991 4 51.437
2 44 Aldani Morais 11 11:40.522 1 Lap 1:00.731 10 47.422
3 101 Neto Oliveira 11 11:42.685 2.163 58.467 3 49.259
4 352 Leo Vilalva 11 11:42.823 2.301 1:01.408 7 46.899
5 82 Cokinho 10 12:18.012 2 Laps 1:07.845 5 42.450






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet