X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

1ª etapa - Copa Verão de Veloterra - Serra Negra - SP
Publicado em: 26/01/2011

Evento foi disputado no Recinto de Exposições local 
Redação MotoX.com.br - Texto e Fotos: Renato Fernandes 


Largada Nacional 250cc


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 548 Fotos!
Nem de longe, a abertura da Copa Verão de Veloterra em Serra Negra (SP), parecia a estreia na organização de provas do locutor Ricardo Vieira, nacionalmente conhecido como Ximboca. A organização impecável, seguindo a risca o cronograma, sem contratempos, se refletiu no sucesso do evento, na grande quantidade de pilotos inscritos, que encheu os gates de quase todas as categorias.

A pista do Recinto de Exposições de Serra Negra, também foi um dos destaques da corrida que deu início a Copa. Totalmente reformulado, o circuito foi construído em tempo recorde, já que as chuvas que caíram durante toda a semana anterior ao evento, impediram a organização de trabalhar. Graças ao forte apoio da Prefeitura Municipal, fornecendo todo o maquinário necessário, foi possível colocar em prática o projeto durante o sábado, dia anterior à prova. 


Evandro Contecini


Fabrício Calefi
Com aproximadamente 700 metros de extensão, a nova pista alternou trechos velozes, com outros bastante técnicos, dispondo de desníveis, curvas fechadas em descida, além de uma grande reta na linha de chegada, onde os pilotos puderam desenvolver altas velocidades. Além da infraestrutura do local, que contou com área de box coberta, o evento tinha a disposição três ambulâncias, duas cedidas pelo município e mais uma U.T.I. móvel contratada pela organização, garantindo o máximo de segurança aos participantes.

Depois dos treinos da manhã e de uma pequena manutenção que deixou tudo em ordem para o início das provas, algumas nuvens negras começaram a circundar a região. Felizmente a chuva não veio, mas por outro lado, o forte calor exigiu muito de pilotos e máquinas, causando vários abandonos durante o dia, por problemas mecânicos e até mesmo por cansaço. 

Uma das categorias com maior número de inscritos foi a VX3, abrindo as competições do dia. Ique Matos fez o holeshot, mas Evandro Contecini assumiu a ponta ainda na primeira volta e logo abriu uma boa vantagem, que lhe garantiu a vitória. Já pela segunda colocação, um belíssimo pega se desenrolou durante a prova, com a posição e as demais vagas no pódio se definindo apenas na bandeirada final. Adriano Silva levou a melhor, garantindo o segundo posto a frente de Beto Vilalva, Ique Matos e Sagui. 


Monique Camargo


Larissa Dalls
Extremamente equilibrada e com gate tão cheio quanto a bateria anterior, a Nacional 230 viu Fabrício Calefi vencer de ponta a ponta, mas sempre perseguido de perto por Antônio Carlos, que obrigou o vencedor a realizar uma prova sem erros. Qualquer bobeada tiraria a liderança de Fabrício, mas ele permaneceu concentrado, deixando Antônio no segundo lugar. Ique Matos chegou logo atrás, conquistando o segundo pódio consecutivo. 

Monique Camargo não teve dificuldades em largar na frente e vencer a 65cc, com larga vantagem sobre os demais. Por outro lado, Elizio Barbosa encarou dificuldades para assegurar a segunda colocação. Depois de ocupá-la por mais da metade da prova, o pilotinho sofreu uma queda e foi superado por Nícolas. Acelerando forte, Elizio conseguiu recuperar o posto, mas logo em seguida caiu novamente, voltando para terceiro. Apenas nas voltas finais Elizio reassumiu a segunda posição em definitivo, deixando Nícolas em terceiro. 


Luis Silva


Beto Vilalva
A categoria Penélope partiu na sequência, com Larissa Dalls vencendo de ponta a ponta. Durante as voltas iniciais, a líder ainda contou com a companhia de Monique Camargo  pressionando, mas a "sessentinha" da jovem piloto não conseguiu acompanhar o ritmo da vencedora. Monique se isolou e confirmou a segunda colocação. Brigando pelo terceiro lugar, Marina Del Poente e Fernanda Cavalheiro fizeram bela disputa. Quem levou a melhor foi Fernanda, a quinta colocação acabou com Luciana Corsi, enquanto Juliana Alcici, mesmo sofrendo uma forte queda, ainda completou na sexta colocação. 

Após outra rápida manutenção, que deixou a pista impecável para as demais provas do dia, aconteceu mais uma vitória de ponta a ponta, desta vez de Beto Vilalva, na VX4. Ao contrário da terceira posição bastante disputada que conquistou na VX3, nesta bateria Vilalva dominou tranquilo, deixando as demais posições no pódio para Vicente Batista, José Luis, Luiz Panini e Paulo César.

A Força Livre Nacional contou com mais um gate lotado, mas o forte calor fez suas vítimas, com muitos abandonos durante a bateria. Alheio a tudo isto, Luis Silva dominou a prova, assegurando a primeira colocação desde a largada. Juninho Delalana e Ique Matos vieram na sequência, ocupando respectivamente segunda e terceira posições, também desde o início da prova. 


Mateus Lima


Júlio Chehouan
Outro que não deu chances aos adversários foi Mateus Lima na VX2, assumindo a ponta logo na primeira volta, mantendo-a até o final. Márcio Caetano e Sagui, que acompanharam o líder nas voltas iniciais, finalizaram em terceiro e quarto, depois de superados por Diego Parmira. O jovem piloto de Amparo (SP), sofreu uma queda no início da bateria caindo para a última posição e a partir daí, acelerou muito forte para conquistar a segunda colocação. Também andando forte - com uma 150cc -, Júlio Chehouan garantiu a quinta posição entre as 250cc.

Na terceira volta da Nacional 250, uma queda coletiva obrigou a organização a paralisar a prova para o atendimento médico aos pilotos, felizmente todos sem gravidade. Na segunda largada, Fabrício Calefi saiu na frente, seguido de muito perto por Luis Silva, que logo assumiu a liderança. Na metade da prova, Calefi chegou a retomar a frente, mas levou o troco na curva seguinte. A perseguição continuou até as voltas finais, quando o segundo colocado não conseguiu se livrar tão rápido dos retardatários, perdendo contato com o líder. Juninho Delalana se isolou em terceiro ainda no começo da prova e, na quarta colocação, Ique Matos foi ao pódio pela quarta vez, a frente de Gabriel Lense.

Júlio Chehouan largou na ponta da 85cc e logo abriu distância sobre os demais. No último terço da bateria, Luciano Queiroz, que vinha em segundo e num ritmo forte, chegou a encostar no líder, mas caiu forte na penúltima volta, abandonando a prova e deixando a segunda posição para Vinícius Luis.

Encerrando a abertura da Copa Verão de Veloterra, foi disputada a Força Livre Importada. Márcio Caetano realizou o holeshot, mas o erro em uma curva logo nas primeiras voltas, o tirou da briga pelo pódio. Com isto, Mateus Lima assumiu a ponta e começou a se distanciar, mas uma ponteira quebrada perto do meio da prova, provocou seu abandono. O novo líder passou a ser Evandro Contecini, que venceu pela segunda vez no dia.

A Copa Verão de Veloterra tem o patrocínio de MR Pró, Mini Motors, Plano Assistencial Carvalho, Stocovich Designs, Polaco Preparações, JL Marcon Car Service, Sagui Motos Racing e Vitória Veículos. Apoio local das secretarias de Obras, Turismo e Esportes da Prefeitura Municipal de Serra Negra. A segunda e última etapa da competição será nos dias 26 e 27 de fevereiro em Águas de Lindóia, SP.

Resultados
Penélope
1. Larissa Dalls
2. Monique Camargo
3. Fernanda Camargo
4. Marina Del Poente
5. Luciana Corsi
6. Juliana Alcici
Nacional 250
1. Luis Silva
2. Fabricio Calefi
3. Juninho
4. Ique Matos
5. Gabriel Lense
6. Jose Roberto
7. Mario
8. Auro
9. Fabricio
10. Estulane
Força Livre Nacional
1. Luis Silva
2. Juninho
3. Ique Matos
4. Jose Roberto
5. Mario Pares
6. Gustavo Santin
7. Bruno Campanatte
8. Anderson
9. Thiago
10. Diogo
Força Livre Importada
1. Evandro Cortesini
2. Adriano B Silva
3. Bruno Vilalvia
4. Ique Matos
5. Vicente Barbosa
6. Gabriell Silva
7. Wagnes Silva
8. Robert Ricardo
9. Jose Luis
10. Baiano
Nacional 230
1. Fabricio Manara
2. Antonio Carlos
3. Ique Matos
4. Diogo
5. Auro
65cc
1. Monique Camargo
2. Elizio Barbosa
3. Nicolas
85cc
1. Julio Cheuman
2. Vinicius Luis
3. Lucas Museli
4. Caio Godoi
5. Nicolas Pilocco
6. Marina Del Poente
7. Lucino Queiros
8. Mauro Lucio
VX4
1. Beto Vilalvia
2. Vicente Batista
3. Jose Luis
4. Panini
5. Paulo Cesar
6. Cesar Del Poente
7. Rubens Lenzi
8. Edson Sprigo
VX2
1. Mateus Lima
2. Diego Parmira
3. Marcio Caetano
4. Sagui
5. Julio Shoen
6. Luciano Queiroz
7. Baiano
8. Leandro Adao
9. Vinicios Luiz
10. Joao Paulo
VX3
1. Evandro Cortezini
2. Adriano B Da Silva
3. Beto Vilalvia
4. Ique Matos
5. Sagui
6. Vicente Batista
7. Gabriel Silva
8. Wagnes Tami
9. Robert Ricardo
10. Jose Luis






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet