X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

Final - Copa Fazenda Aurora de Veloterra - Caçapava - SP
Publicado em: 24/12/2010

Com sucesso absoluto, competição encerra sua primeira temporada
Redação MotoX.com.br - Texto e Fotos: Ronaldo Sampaio 


Largada Nacional Open


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 588 Fotos!
A Fazenda Aurora, em Caçapava, recebeu pilotos e equipes nos dias 18 e 19 de dezembro, para receber a terceira e última etapa da Copa Fazenda Aurora de Veloterra. Para a etapa de encerramento, um novo traçado foi preparando aproveitando a pista de motocross que já havia recebido inclusive, uma etapa do Amador Dirt Action de Motocross.

Brigando diretamente pelo título da VX2, Éder Gonçalves fez excelente largada e assumiu a ponta quando o gate caiu. Ranieri Pereira pressionou muito desde a primeira volta, afinal ele também tinha boas chances de conquistar o título, mas dependeria de um resultado ruim de Éder que mantinha um ritmo muito forte tentando conter os ataques do adversário. Ranieri estava decidido a roubar a primeira posição e não deu outra, na metade da prova, fez uma ultrapassagem limpa e não perdeu mais o posto. Éder só dependia de si para a conquista do título, tinha sete pontos de vantagem, e passou a administrar a segunda posição garantindo o caneco com quatro pontos de vantagem. 


Raniere Pereira


Gabriel Oliveira
Na VX Open, a briga pelo campeonato também seria acirrada, Rafael Batista tinha quatro pontos de vantagem sobre Alcides Beazin e na largada, os dois integravam o primeiro pelotão, liderado por Evandro Contecini 

O ponteiro segurou bem a liderança, mas o esforço foi grande e ele diminuiu o ritmo na segunda metade da prova, perdendo várias posições. Rafael mantinha ainda a segunda posição, enquanto Gabriel Oliveira, com um ritmo forte, saiu da quarta posição e assumiu a liderança, Beazin pegou carona com ele e também superou Rafael. Até aí tudo bem, o título ainda seria de Rafael, mas na última volta um lance definiu a classificação a favor de Beazin. 

Fabinho Santos também ultrapassou Rafael, que terminou a prova em quarto, a um ponto apenas atrás de Beazin, que comemorou o título conquistado com competência e também uma porção de sorte. 


Fabinho Santos


Vitória Briza
Fabinho Santos não teve dificuldades para vencer a prova da 85cc, mais atrás a disputa entre Gabriel Reis e Lucas Antônio definiu a segunda posição. 

Gabriel largou na frente do adversário, mas foi superado na segunda volta e durante a prova, ele buscou manter proximidade com o segundo colocado, mas uma queda tirou suas esperanças de recuperar a posição. 

O campeão da 85cc foi Lucas de Oliveira e Vitória Briza a campeã da categoria Feminina.

Os pequenos da 65cc e 50cc largaram juntos, Tiago Azevedo foi mais uma vez o destaque, largando na ponta e liderando todas as voltas até receber a bandeirada quadriculada, garantindo o título da 65cc com 100% de aproveitamento. 

Márcio Henrique, o Japinha, imprimiu um ritmo forte, mas não foi desta vez que conseguiu tirar a vitória de seu principal rival. O campeão da 50cc foi Guilherme Reis. 



Guilherme Reis


Tiago Azevedo
Na VX3, Ricardo Silveira garantiu o holeshot acompanhado de Evandro Contecini, que assumiu a ponta na sequência e junto deles estava Rafael Batista. Os três andaram próximos nas primeiras voltas, mas pouco depois, o líder começou a abrir enquanto Rafael pressionava muito o segundo colocado. Na metade da prova, Rafael conseguiu realizar a ultrapassagem, a distância para o ponteiro era razoável mas ele conseguiu se aproximar. Mesmo pressionando nas voltas finais, as posições se mantiveram até a bandeirada. 

Pela Nacional até 230cc, Alcides Beazin foi o mais rápido na largada e rapidamente abriu dos demais competidores, deixando para trás uma disputa intensa pela segunda e terceira posições, entre Bruno Ribeiro, Ranieri Pereira e Joarez Sousa, que depois das primeiras voltas perdeu um pouco o contato com o pelotão, permitindo a aproximação de Hebert Pereira. Poucas voltas depois, Ranieri superou Bruno, que ainda teve que enfrentar Hebert, que havia assumido a quarta posição e vinha com tudo para tentar conseguir mais. E de fato ele o fez, passou Bruno, que foi obrigado a apertar o ritmo para dar o troco a poucas voltas do final. Mais na frente Ranieri conseguiu se aproximar do ponteiro, pressionou, não conseguiu tomar seu lugar, mas mesmo assim, ficou com o título da categoria. 


Alcides Beazin


Evandro Contecini
A VX4 alinhou juntamente com a 2 Tempos e nesta prova o destaque foi a perseguição de Ricardo Kaphê a Alfredo Marson. Os dois estiveram próximos a prova toda, Kaphê chegou a pressionar forte, mas Alfredo estava decidido a terminar a copa com uma vitória, se defendeu bem e conseguiu o primeiro lugar. Fabinho Santos levou a melhor na disputa pela terceira posição contra Marcelo de Lima, que acabou caindo e perdendo ainda a quarta colocação para Márcio Costa. O campeão da VX4 foi Ricardo Kaphê e na 2 Tempos, Marcelo de Lima.

Na Nacional até 250cc, Leandro da Silva venceu pela terceira vez para conquistar o título invicto. Rodolfo Carvalho foi o segundo colocado, Marco Palodeto o terceiro, Adriano Faria o quarto e Felipe Mais o quinto colocado.

Bruno Ribeiro foi absoluto do início ao fim da 230F, mesmo perseguido de perto por Hebert Pereira. Assim, as primeiras posições acabaram se definindo já no começo da prova, não havendo alterações, com Bruno vencendo, Hebert foi o segundo, garantindo o campeonato, Joarez Souza o terceiro, Edinaldo Pereira o quarto e Alisson Guerreiro o quinto colocado. 


Alfredo Marson


Leandro da Silva
Assim como na 230F, Bruno Ribeiro voltou a dominar agora a bateria de encerramento, a Nacional Open. O script foi o mesmo, ele largou na ponta, imprimiu um forte ritmo e sem erros. Desta vez, Joares Souza foi quem o acompanhou na segunda posição, mas sem chances de tentar um ataque mais ofensivo. Mais atrás também teve disputa, Rodolfo Carvalho e Leandro da Silva brigaram pela terceira posição, Ranieri Pereira não largou bem, se recuperou e passou os dois, mas quando ocupava a terceira posição sua moto apresentou problemas e ele abandonou. Isac Beazin superou Rodolfo nas voltas finais, definindo a quarta posição. O campeão da categoria foi Leandro da Silva.

A Copa Fazenda Aurora de Veloterra teve o patrocínio da IMS e Red Dragon, o co-patrocínio de Speed Up, General Motos e América Sports, apoio de Dablio Alta Performance, MRP Racing, Stocovich Design, MR Pro Knee Brace, Circuit. O apoio regional foi da Cofema, Global Center, Restaurante Terracinho, Malloy Jeans, Shyru’s Jeans, Arcadas Hotel, Baby Bife, Cassio Motos, Sacolão Pag Menos e Prefeitura Municipal de Caçapava.


Bruno Ribeiro



P. # VX Open Equipe
1 4 Gabriel Oliveira
2 817 Alcides Beazim Neto
3 87 Fabio Santos ASW,  Box 18,  MRP
4 262 Rafael Batista Arruda Dutrafer
5 116 Marcelo de Lima Peccine Motos
6 422 Evandro Contesini Two Brothers
7 702 Gerson de Oliveira (Lander) Peccini Moto Show
8 63 Alexandre Viana da Silva Peccine Motos
9 11 Luan Aparecida da Silva
10 912 Ricardo Campos Dablio
P. # VX4 Equipe
1 869 Alfredo F. Marson Projeto Moto racing
2 25 Ricardo Sebbe ( KAPHE) Kaw, Speed Up, Temper Campos, Thor, Circuit, Dash
3 347 Marcio Costa Costa e sampaio Seguros
4 100 Warley Lins Imobiliaria Lins
5 14 Rinaldo Raimundo Riplas
6 189 Roberto Sassaki
P. # VX3 Equipe
1 422 Evandro Contesini Two Brothers
2 262 Rafael Batista Arruda Dutrafer
3 34 Ricardo Silveira Miranda
4 702 Gerson de Oliveira (Lander) Peccini Moto Show
5 96 Edinaldo Afonso Pereira (Ralado) Veibras,  Jeta Magazine
6 63 Alexandre Viana da Silva Peccine Motos
7 99 Alessandro Lins (Toquinho) Imobiliaria Lins, CM Racing ,  Aprov
8 207 Isac Beazim
9 77 Alexandre Moreira da Rosa LA Manutenção
P. # VX2 Equipe
1 97 Raniere Pereira Veibras Pró Manos
2 51 Eder Gonçalves Moto Field, Mult Racing, Ragg-X, RBS
3 262 Walace Miranda
4 23 Julio Cesar Alves J Alves Locações de Equipamentos
5 438 Wellington Rodrigues EME Alemão
6 69 Kevin Brian
7 912 Ricardo Campos Dablio
8 9 Leo Costa Costa Sampaio Seguros
9 87 Fabio Santos ASW,  Box 18,  MRP
10 413 Gabriel Almeida
P. # Motos 2 T Equipe
1 87 Fabio Santos ASW,  Box 18,  MRP
2 116 Marcelo de Lima Peccine Motos
3 11 Lucas da Silva
4 427 Fabio Sales Peccine Motos
P. # Nacional Open Equipe
1 169 Bruno Ribeiro Rota Baus
2 26 Joarez Luiz de Souza Tiãozinho Motos
3 11 Leandro da Silva (Pasteleiro) Peccine Motos
4 207 Isac Beazim
5 257 Rodolfo Carvalho B
6 22 Adriano Faria Samuel Motos
7 510 Lucas Diniz de Castro
8 439 Alisson Luis Guerreiro
9 193 João Cesar R de Freitas
10 97 Raniere Pereira Veibras Pró Manos
P. # 230 F Equipe
1 169 Bruno Ribeiro Rota Baus
2 98 Hebert C. Pereira (Rebelde) Veibras,  Pró Manos
3 26 Joarez Luiz de Souza Tiãozinho Motos
4 96 Edinaldo Afonso Pereira (Ralado) Veibras,  Jeta Magazine
5 439 Alisson Luis Guerreiro
6 510 Lucas Diniz de Castro
P. # Nacional 250 Equipe
1 9 Leandro da Silva (Pasteleiro) Peccine Motos
2 257 Rodolfo Carvalho B
3 78 Marco nAugusto Palodeto Samuel Motos
4 22 Adriano Faria Samuel Motos
5 115 Felipe Maia São José dos Campos, Edson Nakamura, Vale Sul Shop
P. # Nacional 230 Equipe
1 817 Alcides Beazim Neto
2 97 Raniere Pereira Veibras Pró Manos
3 169 Bruno Ribeiro Rota Baus
4 98 Hebert C. Pereira (Rebelde) Veibras,  Pró Manos
5 26 Joares Luis Sousa
6 11 Luiz Henrique (Alemãozinho) Moto Mil
7 5 Raimundo I Dos Santos Moto Mil
8 8 Felipe M. Gomes
9 439 Alisson Luis Guerreiro
10 155 Luis Carlos Silva e Souza
P. # Feminina Equipe
1 255 Vitoria Briza
P. # 85 Equipe
1 87 Fabio Santos ASW,  Box 18,  MRP
2 99 Lucas Antonio de Oliveira Projet
3 51 Gabriel Thomas Reis RKS Racing, Fercar Baús
4 99 Bruno Phol (Gasparzinho) Veibras, Jets Magazine
5 255 Vitoria Briza
6 33 João Vitor Marins (Gardenal) Rede Gold
P. # 65 Equipe
1 76 Tiago Azevedo MX Kids, Mototo, Oxxy, Steel Joint
2 99 Marcio Henrique (Japinha) LEM Motor, ASW
3 33 João Vitor Martins (Gardenal) Rede Gold
4 11 Pedro Henrique Pereira da Silva Projeto Motos
5 74 Guilherme Thomaz Reis Alpinistar , RKS Racing, Fercar Baús
P. # 50 Equipe
1 16 Guilherme Thomas Reis Alpinistar , RKS Racing, Fercar Baús
2 7 Diogo Moreira Nascimento Betão Preparações, JB Balanças, BrasMunck






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet