X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

Veloterra dos Campeões 2010
Publicado em: 12/11/2010

Prova encerrou as atividades da Asfaltozero em 2010
Redação MotoX.com.br - Texto e Fotos: Mateus Zig Bernardini 


Largada Importada Estreante


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 503 Fotos!
A cidade de Cosmópolis (SP), completará 66 anos no dia 30 de novembro e, desde o início do mês, as festividades acontecem no município. A primeira delas foi a realização do Veloterra dos Campeões, no Águas Lindas Country Clube, um local privilegiado pela excelente estrutura e pela receptividade de seus proprietários.

No sábado, logo após os treinos livres, foram realizadas as provas da Taça Cidade Nacional e Taça Cidade Importada. Na primeira bateria, da Taça Cidade Nacional, a grata vitória do piloto Frederico Spagnol, filho do também piloto Rinaldo Spagnol, chamou a atenção pois o garoto andou com uma moto 65cc no meio das nacionais, largando na ponta e vencendo com tranquilidade. 

Na Taça Cidade Importada, o coroado retorno às pistas do jovem piloto Diego Mortari, que há cerca de um ano e meio passou por cirurgia nos dois joelhos. Fazendo apenas um treino na semana anterior ele entrou para vencer e marcar a melhor volta da pista, para orgulho do pai Gilberto "Kalil": "Acabei de chegar de viagem e ele me disse que queria correr. Eu não queria, mas ele insistiu, disse que estava bem, veio e venceu. Estou muito feliz com sua recuperação". 


Frederico Spagnol


Thiago Martins
No domingo a pista estava perfeita, irrigada e gradeada, arquibancadas cheia com bom público e muitos pilotos para as 10 categorias programadas. Com o gate lotado, a Importada Estreante foi a primeira categoria a largar. Evandro Contesini saiu na ponta, seguido de Marcelo Moraes e Barbbara "Babi" Fernandes. Na terceira volta, a garota de Arujá (SP), já era a segunda colocada e partiu para cima do líder, conseguindo a ultrapassagem na sexta volta. A partir daí restou à Marcelo e Evandro disputarem a vice liderança. Marcelo garantiu o segundo posto e Evandro sofreu uma queda na ultima volta, ficando com a quinta colocação. 

Correndo em casa, o garoto Frederico Spagnol deu outro show na 65cc, largou na ponta e com uma tocada muito forte, seguiu tranquilo até a quadriculada. Nicolas Picolli e Kauê Souza disputaram a segunda colocação, mas Kauê teve problemas em sua moto e abandonou a briga. A categoria 50cc largou junto, Thiago Martins foi o terceiro na geral e o grande vencedor de sua categoria, seguido de Vitor Moreira, Vitor Alexandre, Nathan Lisboa e Vitor Andrade. 


Gustavo Marcolin


Willian Caporalli
Veteranos no gate e Sérgio Alexandre assume a ponta na categoria VX4. O ponteiro vinha bem até sofrer uma queda na sexta volta, perdendo a liderança para Dalmir Zenni, que não desperdiçou o presente e seguiu na frente até a bandeirada. Ney Marcolin partiu para cima de Sérgio e garantiu o segundo posto. Sérgio foi o terceiro, seguido de Ricardo Rego e Ivan Ferreira. 

Willian Caporalli fez o holeshot na Nacional Estreantes, mas na segunda volta Luizinho Silva já era o líder, liderança esta que não durou muito, pois com o pneu traseiro furado,
ele foi forçado a abandonar na sétima volta. Caporalli reassumiu a ponta e venceu, enquanto Rafael Simões, depois de recuperar várias posições, foi o segundo colocado chegando apenas 4 décimos de segundo atrás do líder.

Babi Fernandes deu um passeio na categoria Penélope, mostrando porque foi a campeã 2010 da categoria, colocando uma volta sobre a segunda colocada. Larissa Daló e Paula Bueno chegaram respectivamente na segunda e terceira posições, seguidas de Patricia Oliveira e Júlia Gabriela. 


Dalmir Zenni


Babi Fernandes
Dalmir Zenni venceu com facilidade a categoria VX3, largou na ponta e sem ser ameaçado cruzou com boa vantagem. Ney Corsi, que vinha em segundo, sofreu uma queda perdendo a posição para Ney Marcolin e Alcy Moreira, que chegaram respectivamente em segundo e terceiro lugar. Corsi e Sandro "Japa" Bueno disputavam a quarta posição e, ao se tocarem em uma curva, Corsi levou a pior, sofrendo outra queda abandonando a bateria na última volta. 

Na categoria 85cc, quem roubou a cena na largada foi Frederico Spagnol, de 65cc com um lindo holeshot, mas ao final da primeira volta, Gustavo “Azia” Marcolin já era o primeiro colocado, disparando na frente e deixando a briga para o segundo posto. Briga esta, a mais bela do dia, entre Frederico e Mateus Furlan, os dois andaram juntos por toda a prova, trocando de posições por várias vezes
levantando o público. No final, Spagnol se deu melhor garantindo a segunda colocação, 8 décimos de segundo a frente de Furlan.

Fabrício Caleffi largou na ponta da Nacional Pró, seguido de perto nas primeiras voltas por Denis ”Cabelinho” Schiavetti, o campeão de 2010. A briga pela liderança prometia ser boa com os ponteiros num ritmo muito forte. Logo chegaram os retardatários e Caleffi negociou melhor as ultrapassagens, seguindo na ponta até a quadriculada. Cabelinho não teve tanta sorte, ficou preso nos retardatários e viu suas chances de brigar pela vitória irem por água abaixo. Pela terceira colocação a disputa também foi boa entre Willian Caporalli e Ique Mattos, que pressionou muito, mas o garoto Caporalli não se intimidou e garantiu o terceiro posto. 


Diego Mortari


Fabrício Calefi
Dalmir Zenni, que já havia vencido duas baterias, largou em busca da tríplice coroa na categoria Importada Pró, mas Diego Mortari, estragou sua festa. Zenni largou na ponta, até que na sétima volta, Diego, que havia largado em nono, já estava em seu encalço. O líder usou toda sua experiência para segurar o ímpeto do jovem Diego, que precisou de mais oito voltas para conseguir a ultrapassagem e vencer a bateria. Zenni foi o segundo colocado, seguido de Leandro Brandão e Evandro Contesini, que passaram na cronometragem com 0,2 segundos de diferença.

“No sábado e no domingo do evento tivemos a presença do prefeito Municipal Dr. Antônio e do vice-prefeito Vicente Galatti que participaram ativamente do evento junto com o grande público que assistiu belos 'pegas' dos pilotos vindos de várias cidades da região e do sul de Minas Gerais. Outra pessoa que sem ela não teríamos realizado o evento, é o Rafael Pádua, piloto, empresário e vereador que se dedicou para que a prova fosse perfeita como foi. Faço um agradecimento especial também ao site MotoX, que sempre nos ajuda na divulgação e cobertura dos eventos, ao Zig nosso fotógrafo oficial, meu pai Altino e a minha esposa Jennifer. Até 2011”, destacou o organizador Sandro Cardoso da promotora Asfaltozero.

Resultados

P. No. Importada Estreante Laps Total Time Diff Best Time
1 949 Babi Fernandes 17 12:03.559 41.309
2 495 Marcelo Moraes 17 12:06.560 3.001 41.585
3 12 Gustavo Henrique 17 12:24.757 21.198 42.489
4 841 Ricky Paes 17 12:36.994 33.435 41.446
5 422 Evandro Contesini 17 14:27.389 2:23.830 41.704
6 10 Gustavo “azia” 16 12:09.377 1 Lap 44.224
7 37 Marcos Cella 16 12:18.369 8.992 44.593
8 Xx Vinicius Massolli 16 12:18.595 9.218 43.763
9 26 Marcio Tadeu Caetano 16 12:19.286 9.909 42.827
10 Xx Marcio Alexandre 16 12:32.392 23.015 45.228
P. No. 50cc Laps Total Time Diff Best Time
1 127 Thiago Martins 12 11:16.232 53.968
2 2 Vitor Moreira 10 11:07.542 2 Laps 1:01.120
3 28 Vitor Alexandre 10 11:38.424 30.882 1:04.927
4 54 Nathan Lisboa 9 11:17.680 3 Laps 1:06.812
5 72 Vitor Andrade 9 11:41.896 24.216 1:12.310
P. No. 65cc Laps Total Time Diff Best Time
1 61 Frederico Spagnol 14 10:55.398 45.204
2 99 Nicolas Picolli 13 11:32.765 1 Lap 50.773
3 197 Kauê Souza 7 11:36.303 7 Laps 50.884
P. No. Vx 4 Laps Total Time Diff Best Time
1 54 Dalmir Zenni 17 12:30.344 42.439
2 641 Ney Marcolin 17 12:38.060 7.716 42.687
3 28 Sergio Alexandre 17 12:52.958 22.614 42.484
4 14 Ricardo Rego 16 12:32.251 1 Lap 45.172
5 74 Ivan Ferreira 16 12:38.372 6.121 46.182
6 53 Valter Affonso 16 12:41.523 9.272 46.148
7 52 Esli Brandão 16 12:42.093 9.842 46.257
8 49 Quatá 13 13:10.368 4 Laps 43.465
9 13 Edson Mattos 9 13:10.970 8 Laps 57.654
P. No. Nacional Estreante Laps Total Time Diff Best Time
1 29 Willian Caporalli 15 11:34.965 45.182
2 97 Rafael Simões 15 11:35.441 0.476 44.886
3 1 Felipe Caleffi 15 11:51.568 16.603 45.169
4 84 Isaias Biazoto 15 12:03.348 28.383 46.438
5 88 Ronaldo Coco 15 12:05.709 30.744 47.461
6 583 Carlos Villar 15 12:07.540 32.575 46.079
7 81 Danilo Grossi 15 12:08.629 33.664 46.572
8 5 Rafael Coser 15 12:18.209 43.244 44.790
9 13 Leandro Mattos 15 12:24.492 49.527 48.125
10 1 Lucas Cella 14 11:37.665 1 Lap 46.420
P. No. Penélope Laps Total Time Diff Best Time
1 949 Babi Fernandes 16 12:08.670 42.777
2 21 Larissa Daló 15 12:25.103 1 Lap 48.521
3 277 Paula Bueno 14 12:24.403 2 Laps 51.871
4 321 Patricia Oliveira 14 12:38.233 13.830 51.168
5 84 Julia Biazoto 13 12:11.319 3 Laps 51.881
6 7 Camilla Silva 13 12:17.333 6.014 54.150
7 39 Luciana Cardoso Corsi 10 12:27.839 6 Laps 54.751
P. No. Vx 3 Laps Total Time Diff Best Time
1 54 Dalmir Zenni 17 12:22.482 41.740
2 641 Ney Marcolin 17 12:25.417 2.935 41.883
3 77 Alcy Moreira 17 12:50.621 28.139 43.815
4 321 Sandro Bueno 17 13:04.092 41.610 43.509
5 119 Jorge Guedes 16 12:55.272 1 Lap 45.807
6 49 Quatá 16 13:04.100 8.828 46.733
7 39 Ney Corsi 15 12:19.322 2 Laps 43.373
8 741 Esli Brandão 15 12:42.516 23.194 47.653
9 87 Baninho Pegorari 15 13:20.563 1:01.241 47.507
10 3 Reinaldo Casarim 14 12:30.818 3 Laps 50.401
P. No. 85cc Laps Total Time Diff Best Time
1 10 Gustavo Marcolin “azia” 16 12:00.358 43.678
2 61 Frederico Spagnol 16 12:10.538 10.180 44.267
3 7 Mateus Furlan 16 12:11.356 10.998 44.493
4 27 Mikael Rodrigues 16 12:16.388 16.030 44.951
5 55 Kelvin Guilherme 16 12:24.823 24.465 45.114
6 8 Caio Godoi 15 12:17.836 1 Lap 47.604
7 99 Nicolas Picolli 15 12:19.104 1.268 46.937
8 377 Vinicius Cavalcanti 15 12:38.830 20.994 48.965
9 49 Quatazinho 14 12:37.781 2 Laps 50.339
10 99 Caio Caporalli 14 12:51.040 13.259 52.207
P. No. Nacional Pró Laps Total Time Diff Best Time
1 1 Fabricio Caleffi 17 12:27.032 42.712
2 5 Cabelinho 17 12:44.256 17.224 43.282
3 29 Willian Caporali 17 12:54.939 27.907 44.492
4 19 Ique Mattos 17 12:55.154 28.122 44.425
5 333 Juninho Delalana 16 12:35.992 1 Lap 45.907
6 111 Dulcinei Lara 16 12:44.794 8.802 46.219
7 81 Danilo Grossi 16 12:46.198 10.206 46.277
8 583 Carlos Villar 16 12:46.491 10.499 46.358
9 97 Rafael Simões 16 12:46.839 10.847 46.236
10 88 Ronaldo Coco 16 12:53.831 17.839 46.886
P. No. Importada Pró Laps Total Time Diff Best Time
1 458 Diego Mortari 19 14:30.863 42.660
2 54 Dalmir Zenni 19 14:44.404 13.541 44.398
3 741 Leandro Brandão 19 14:45.080 14.217 43.496
4 422 Evandro Contecini 19 14:45.376 14.513 44.848
5 841 Ricardo Paes 19 15:10.270 39.407 43.953
6 495 Marcelo Moraes 18 14:35.989 1 Lap 44.613
7 321 Sandro Bueno 18 14:49.411 13.422 45.445
8 77 Alcy Moreira 18 14:56.127 20.138 46.083
9 119 Jorge Guedes 17 14:36.085 2 Laps 46.577
10 14 Ricardo Rego 17 14:58.050 21.965 47.895






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet