X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

7ª etapa - Rondoniense de Velocross - Espigão do Oeste - RO
Publicado em: 21/09/2010

Competição entra na fase decisiva
Redação MotoX.com.br - Com informações e fotos de Chico Limeira 


Largada Sênior

Entrando na fase decisiva, o Rondoniense de Velocross 2010 seguiu para Espigão do Oeste, cidade que sediou a sétima etapa da competição nos dias 18 e 19 de setembro. O evento contou com disputas acirradas em cada uma das cinco categorias realizadas no Motódromo Romeu Francisco Melhorança. 


Zé Pereira (38) venceu a 150cc com uma diferença de apenas 97 centésimos de segundo sobre Hérico Flores (706)
A movimentação começou com a realização dos treinos no sábado à tarde. No domingo pela manhã aconteceram novos treinos, e o destaque na categoria 230cc, a mais forte do Velocross de Rondônia, foi Diego Ferrari, piloto da casa que  garantiu o melhor tempo dos classificatórios. Mesmo com o calor do fim de semana, o público compareceu em grande número e contribuiu com a Secretária Municipal de Ação Social na doação de alimentos, que serão distribuídos as entidades assistenciais e famílias carentes da região.

A corrida marcou a volta de Cândido Chagas, que ficou afastado das pistas por três meses devido a uma fratura na perna. Chagas retornou forte, vencendo o duelo das 230cc, diante do aguerrido Diego Ferrari. Mesmo contando com um número bastante reduzido de pilotos na pista, a prova foi plenamente compensada pelo alto nível da disputa travada entre os dois pilotos.

Largando bem em ambas as baterias, Cândido seguiu na ponta sempre pressionando por Ferrari, que chegou a passar a frente e abrir boa vantagem. Contudo Ferrari acabou caindo numa curva, permitindo a recuperação de Cândido nos voltas finais. 

Na segunda bateria, Cândido voltou a largar na ponta, com Ferrari novamente em sua cola, enquanto Vitim Carlos ocupava o terceiro lugar, seguido por João Roberto. Repetindo a prova anterior, aos poucos Ferrari encostou e assumiu a frente, mas Chagas se recuperou, reassumiu a liderança e manteve o primeiro lugar até a bandeirada final. Vitim vinha bem na terceira posição, mas perdeu a colocação para João Roberto, ficando em quarto, com Valdinei Correia em quinto. 


Cândido Chagas (93) voltou às pistas vencendo duelo com Diego Ferrari (961)

Com os resultados, João Roberto Chagas manteve a liderança na pontuação da categoria, com 281 pontos. Vitim é o segundo com 222, apenas 3 pontos à frente de Diego Ferrari. Já Cândido Chagas, subiu para a quarta colocação da tabela, com 188 pontos. 


Hemerson Andrade
Fazendo uma corrida perfeita, com excelente recuperação e ultrapassagens fantásticas o piloto Zé Pereira, venceu as duas baterias e aumentou sua liderança da categoria 150cc. Na primeira bateria, Emerson Rodrigues largou na frente com Hérico Flores na sua cola, e as posições se inverteram. Nas últimas volta, Zé Pereira passou a frente, mas Hérico voltou a recuperar a posição, até que nos últimos metros, Zé Pereira acelerou tudo conseguindo cruzar a linha de chegada com alguns centímetros de vantagem.

Na bateria seguinte, a situação da largada se repetiu, com os três pilotos se alternando a frente da fila. Já na metade da prova, Zé Pereira e Hérico Flores vinham travando mais um belo duelo, onde Pereira ganhou a ponta e se manteve até vencer mais uma. Com problemas, Hérico somente completou na quarta posição. A vitória em Espigão levou o líder Zé Pereira, aos 319 pontos, contra 225 do vive líder André Carbonera.

Vinte quatro pilotos disputaram a categoria Força Livre. Na primeira bateria, o líder Victor Carlos, largou bem e se isolou na ponta para vencer com facilidade, seguido por Hemerson Andrade e Valdiner Correia. Na segunda bateria, Vitim voltou a largar na ponta, abrindo boa vantagem para o segundo colocado, mas
pouco depois da metade da prova, o inesperado acontece: sem gasolina na moto o líder deixa a prova! Hemerson assume a ponta e vence a corrida, seguido por Bruno Bonini e Agnaldo Feliciano, o Piriquito. 


Largada Força Livre

Com uma bateria disputada ainda pela manhã, a categoria 100cc foi vencida com facilidade pelo embalado piloto Flávio Pereira, que mesmo não tendo largado tão bem, ainda na primeira volta assumiu a ponta. Pela segunda bateria, Flavinho largou na frente e abriu boa vantagem dos demais. Cléber Júnior largou bem, mas teve um pneu furado, prejudicando o seu rendimento. 


Largada 100cc
A bateria também não foi boa para os pilotos Ângelo Bianchini e Marcelo Araújo, ambos com problemas de motor não conseguiram completar o percurso. Com mais esta vitória, a sétima consecutiva na temporada, Flávio Pereira lidera com folga o campeonato, chegando aos 342 pontos.

Em uma disputa concorrida, a categoria Sênior, para pilotos acima dos 35 anos, mais uma vez foi dominada por Osmar Canalle, que largou bem e soube administrar a vantagem para os adversários. A briga ficou para definir as vagas do segundo ao quinto lugares, onde Serginho Luiz vinha mantendo a segunda posição, mas errou e perdeu as chances de pódio. Agnaldo Feliciano teve problemas no início, mas numa ótima recuperação terminou na segunda colocação, passando Itamar Tadeu na última volta. Quem também fez uma ótima corrida foi Jefferson Lins, completando a prova em quarto. 

O presidente da Federação de Motociclismo de Rondônia (FMR), Reinaldo Selhorst, destacou o bom desempenho dos pilotos em mais esta prova, além do excelente trabalho e profissionalismo de toda a equipe da federação, de forma que o evento aconteceu coberto de êxitos. Reinaldo elogiou ainda as condições da pista e a parceria do prefeito municipal Célio Renato, colocando a sua administração a serviço da organização do evento. 


A partir da esquerda: Reinaldo (presidente FMR), Marlene (Sec. Ação Social), Paraíba (Vereador), Célio (Prefeito Municipal), Juarez (Sec. Esportes)

Na sétima etapa do Estadual de Velocross, a FMR contou com apoio da Prefeitura Municipal de Espigão do Oeste, Ministério dos Esportes, Petrobras, Eletrobrás, Honda do Brasil, senador Acir Gurgarcz, Mega Bom Sorvetes, Ciclo Cairu, Lind’Água, Castilho Estruturas Metálicas e Cairu Transportes.

Resultados:

100cc
1º - 18 - Flávio pereira - Santa Luzia
2º - 44 - Josemar Dias - Cacoal
3º - 5 - Ozias Vieira - Rolim de Moura
4º - 15 - Tarcísio Poli - Alta Floresta
5º - 51 - Odair Meireles - Pimenta Bueno

Sênior
1º - 68 - Osmar Canalle - Colorado do Oeste
2º - 5 - Agnaldo Feliciano “Piriquito” - Espigão do Oeste
3º - 77 - Itamar Tadeu - Cacoal
4º - 7 - Jefferson Lima - Espigão do Oeste
5º - xx - Edenilson Passarelo - Espigão do Oeste

Força Livre
1º - 101 - Hemerson Andrade - Vilhena
2º - 99 - Valdinei Correia - Pimenta Bueno
3º - 5 - Agnaldo Feliciano - Espigão do Oeste
4º - 68 - Osmar Canalle - Colorado do Oeste
5º - 767 - Natalino Pedroso - Espigão do Oeste

150cc
1º - 38 - Zé Pereira - Santa Luzia
2º - 51 - Emerson Rodrigues - Rolim de Moura
3º - 706 - Hérico Flores - Alta Floresta
4º - 75 - André Carbonera - Cacoal
5º - 27 - Genaldo Nogueira - Santa Luzia

230cc
1º - 93 - Cândido Chagas - Rolim de Moura
2º - 961 - Diego Ferrari - Espigão do Oeste
3º - 39 - João Roberto Chagas - Santa Luzia
4º - 4 - Victor Carlos - Cacoal
5º - 99 - Valdinei Correia - Pimenta Bueno






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet