X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Pro Tech

JPS Racing

MotoX Pneus

JP Motos

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Carioca

3ª etapa Estadual LEMERJ de Motocross - São João da Barra - RJ
Publicado em: 14/09/2010

Gabriel Montenegro vence encurtando distância para João Lopes Júnior na pontuação
Redação MotoX.com.br - Texto: Patrícia Miranda - Fotos: Leon Júnior 


Largada MX2


Jesus Fernandes
Belas praias e uma planície arenosa que se perde no horizonte são as características da bela cidade de São João da Barra, que sediou a terceira etapa do Estadual LEMERJ de Motocross, mais precisamente no distrito de Atafona. A cidade, que nos últimos anos vem contando com fortes investimentos do setor petrolífero, já foi palco de duas etapas do Estadual de Crosscountry LEMERJ e também foi palco da abertura do Estadual de Motocross LEMERJ.

O ponto forte da etapa foram a pista e a premiação em dinheiro. Com 1.200m de comprimento, o trajeto mesclava setores de alta e baixa velocidade, com piso de barro ou areia. A bonificação em dinheiro em quase 13 mil reais atraiu pilotos de todo o estado e promoveu disputas ainda maiores. João Batista Lopes Júnior chegou a etapa como líder e é franco favorito ao título nas principais categorias. Gabriel Montenegro, que vencera a abertura, faltou à segunda etapa em Miguel Pereira, porém voltou na terceira etapa e promete incomodar Júnior na briga pelo título. A baixa da etapa ficou por conta da ausência de dois de seus principais pilotos. Daniel Federal com problemas em sua moto, não pode participar das principais categorias e optou por correr em uma moto nacional emprestada; Sergio Monteiro, não vem tendo um ano de sorte. Contundiu-se na primeira etapa, esteve doente na segunda e quando voltava aos treinos para participar da terceira etapa acabou fraturando a clavícula e encontra-se totalmente fora da briga pelo título. Vamos conferir como foram as disputas do dia. 


Walter Tardim


Miguel Piersant
A bateria a dar o primeiro movimento do gate foi a mistura das classes MX3 e MX4. Walter Tardim pulou na frente e logo mostrou a boa preparação obtida nas provas da Superliga Brasil e do Campeonato Brasileiro. Foi seguido de perto até a metade da corrida por Fábio Roberto, que tão logo perdeu contato com o líder e passou a se preocupar com a manutenção da segunda posição. Luciano Fonseca, que vinha em terceiro durante a prova, não conseguiu se aproximar dos líderes e também se manteve até o final no mesmo posto. O líder do campeonato Adeílton Gonçalves fez uma bela prova de recuperação e após largar fora do pelotão dos dez primeiros finalizou em quarto. Fabiano de Lima fechou o pódio na quinta colocação. Dentre os pilotos mais velhos da etapa, Jesus Fernandes "Sucito" levou a vitória. O líder do campeonato, Paulo Monteiro, que também se recupera de uma fratura na clavícula, terminou em segundo. Manoel Matos completou a prova na terceira posição.

A categoria 50cc fez o contraste dos mais velhos com os mais novos da etapa. Leopoldo Kellis largou na frente seguido de Lucas Pavani e Miguel Piersant. Os três travaram uma batalha até que Leopoldo foi ao chão e Pavani assumiu a liderança. Após o tombo, Leopoldo não conseguiu se aproximar dos líderes e manteve a terceira colocação. O paciente Miguel Piersant, esperou toda a prova e faltando duas voltas para o final fez a ultrapassagem em Lucas Pavani, que liderou praticamente todo o tempo. Pauber Campanati e Diogo Moraes completaram o pódio em quarto e quinto respectivamente. 


Monã Leal


Daniel Federal
A categoria Amador entrou no gate como a terceira bateria do dia e teve logo na primeira curva o seu vencedor. Monã Leal fez boa largada e não deu chances aos adversários vencendo de ponta a ponta. Augusto Cruz assumiu a segunda colocação na metade da prova e ali se manteve até o final. Após belíssima recuperação, Alcimar dos Santos finalizou a prova na terceira colocação, ótimo resultado visto seu tombo na primeira volta. Davis Pessanha perdeu a posição para Alcimar faltando duas voltas para o fim e fechou na quarta posição. Edson da Silva Gomes completou o pódio em quinto.

A categoria 230cc contou com a ilustre presença do atual campeão da Força Livre, Daniel Federal, que teve problemas mecânicos em sua importada e largou nas categorias de motos nacionais. Federal mostrou porque é campeão da principal categoria do campeonato e não deu chance aos adversários, vencendo de ponta a ponta a bateria. Everton Soares tentou se manter perto do líder, mas acabou se isolando na segunda posição, também sem ser ameaçado. Adeílton Gonçalves e Ricardo Borges travaram um duelo pela terceira posição durante a prova e no final receberam a companhia do experiente Vinícius Rachid. Conclusão: Adeílton assegurou-se na terceira colocação, Rachid fez uma grande prova de recuperação e após ocupar a décima posição nas volta iniciais, terminou a prova em quarto. Ricardo Borges fechou em quinto lugar, com problemas mecânicos em sua moto. 


Diego Moraes e Erick Malho


Raul Guilherme
A categoria 60cc entrou na pista com alguns personagens da 50cc, mas o show da bateria ficou por conta de Diego Moraes e Erick Malho. Diego largou em terceiro e logo após quatro voltas assumiria a liderança para não mais perder. Seguindo o líder de perto, Erick Malho fechou a prova na segunda colocação. Lucas Pavani, correndo pela segunda vez no dia, terminou em terceiro. Em quarto completou Caio Vitor de Souza e em quinto, Miguel Piersant.

Unidas em uma só bateria, as categorias MX1 e 2 tempos foram à pista como a sexta prova do dia. Walter Tardim, mais uma vez fez ótima largada e assumiu a ponta, seguido novamente de Fabio Roberto. O líder do campeonato João Batista Lopes Júnior, em terceiro, deu o bote nos líderes e assume a primeira posição. Raul Guilherme largara em quarto e, faltando duas voltas, passou ao segundo lugar. Aproveitando-se de um tombo de Júnior, Raul assumiu a ponta. Tardim, que fizera o holeshot, também caiu voltando à prova na sexta posição. Quem se deu bem nessa confusão foi Fábio Roberto, conseguindo manter a terceira colocação até o fim da prova. Final: Raul Guilherme vence, seguido de João Batista Júnior, Fábio Roberto e Walter Tardim, que ainda consegue se recuperar até a quarta colocação. Maurício da Rocha completa o pódio em quinto. Na particular corrida das motos 2 tempos, Patrick Brockau levou a melhor e venceu. Rodrigo Torrealba fez uma ótima segunda colocação, seguido do líder do campeonato, Alcimar dos Santos. José Augusto da Silva e Fabiano Pessanha completaram o pódio. 


Patrick Brockau


João Batista Lopes Júnior
Na MX2 quem levou a melhor na largada foi Gabriel Montenegro, que não teve sua posição ameaçada durante toda a prova, conquistando uma vitória tranqüila. A briga pela segunda posição ficou por conta de Walter Tardim e João Batista Lopes Júnior, que levou a melhor e finalizou em segundo. Júnior se mantém líder do campeonato, mas vê Gabriel Montenegro logo atrás ameaçando seu título. Maicon Morgado e Monã Leal terminaram em quarto e quinto respectivamente.

Daniel Federal mais uma vez foi à pista, dessa vez pela categoria Nacional e deu outro show de pilotagem, com uma grande largada levou sua 230 em primeiro até a bandeirada. A briga da bateria ficou por conta de Adeílton Gonçalves, Ricardo Borges e Everton Soares. Os três trocaram de posição durante a prova e quem levou a melhor no final foi o líder do campeonato, Adeílton Goncalves. Everton finalizou em terceiro e Ricardo Borges em quarto. Maurício da Rocha terminou a prova na quinta colocação. 


Gabriel Montenegro


Adeílton Gonçalves
Hora da bateria mais aguardada do dia, a Força Livre. Os melhores pilotos se reuniram no gate e quem levou a melhor na largada foi Gabriel Montenegro. Em mais uma bateria que mostrou uma tocada limpa, Gabriel liderou todas as voltas e venceu a prova. Sempre seguido de perto por Raul Guilherme, que esperava um erro do líder para tentar assumir a ponta. Erro que só ocorreu com o líder do campeonato, Júnior, que quando tentava ganhar a segunda posição de Raul, caiu e teve de se recuperar. Quem agradeceu foi Maicon Morgado, que herdou a terceira colocação a assegurou o posto até o fim. Júnior se recuperou até a quarta colocação, mas no fim recebeu a companhia de Walter Tardim, que após uma má largada tentava ganhar o quarto lugar. Final: Gabriel Montenegro, Raul Guilherme, Maicon Morgado, João Batista Lopes Júnior e Walter Sergio Tardim.

O campeonato fecha sua terceira etapa com grandes disputas e a LEMERJ vai escrevendo sua história no esporte mais um ano. Cada etapa é uma vitória dos pilotos que estão ajudando a Liga a crescer cada vez mais. O próximo encontro já tem data, será no dia 19 de setembro na magnífica pista de Casimiro de Abreu, a quarta etapa do Estadual de Motocross LEMERJ. No dia anterior, sábado (18/09), ocorrerá em Araruama, município próximo a Casimiro, uma prova de Supercross noturno. Até lá.

Resultados

Força Livre

1º - 41 - Gabriel Montenegro
2º - 969 - Raul Guilherme
3º - 89 - Maicon Morgado
4º - 411 - João Batista Lopes Júnior
5º - 47 - Walter Tardim
6º - 22 - Fábio Roberto
7º - 37 - Vinícius Rachid
8º - 27 - Pedro Lucas Licassali
9º - 72 - Rodrigo Torrealba
10º - 187 - Augusto Cruz

MX1
1º - 969 - Raul Guilherme
2º - 411 - João Batista Lopes Junior
3º - 22 - Fabio Roberto
4º - 47 - Walter Tardim
5º - 137 - Mauricio da Rocha
6º - 27 - Pedro Lucas Licassali
7º - 37 - Vinícius Rachid
8º - 111 - Leonam Machado
9º - 351 - Jesus Fernandes
10º - 338 - Fabiano de Lima

MX2
1º - 41 - Gabriel Montenegro
2º - 411 - João Batista Lopes Junior
3º - 47 - Walter Tardim
4º - 89 - Maicon Morgado
5º - 115 - Monã Leal
6º - 72 - Rodrigo Torrealba
7º - 216 - Maurício da Rocha
8º - 225 - Robson Mendes
9º - 586 - Samuel Robaina
10º - 623 - Marcelo Aragão

MX3
1º - 47 - Walter Tardim
2º - 22 - Fabio Roberto
3º - 11 - Luciano Fonseca
4º - 7 - Adeílton Gonçalves
5º - 714 - Fabiano de Lima
6º - 932 - Samuel Robaina
7º - 225 - Robson Mendes
8º - 185 - Paulo Monteiro
9º - 13 - Luis Motizuki
10º - 259 - Alcimar dos Santos

Amador
1º - 115 - Monã Leal
2º - 187 - Antônio Cruz
3º - 259 - Alcimar dos Santos
4º - 35 - Davis Pessanha
5º - 141 - Edson Gomes
6º - 934 - Paulo Cesar Brum
7º - 22 - Raphael Claudio Souza
8º - 586 - Gilson Miranda
9º - 19 - Ernani Gonçalves
10º - 338 - Anderson Costa

Nacional
1º - 213 - Daniel Federal
2º - 45 - Adeílton Gonçalves
3º - 71 - Everton Soares
4º - 10 - Ricardo Borges
5º - 115 - Maurício da Rocha
6º - 9 - Carlos Renato Maia
7º - 9 - Isaque Cabral
8º - 19 - Rafael Daives
9º - 86 - Tiago Custódio
10º - 22 - Leidivam Barreto

230cc
1º - 213 - Daniel Federal
2º - 71 - Everton Soares
3º - 45 - Adeílton Gonçalves
4º - 37 - Vinícius Rachid
5º - 10 - Ricardo Borges
6º - 115 - Maurício da Rocha
7º - 9 - Carlos Renato Maia
8º - 9 - Isaque Cabral
9º - 19 - Rafael Daives
10º - 86 - Tiago Custódio

MX4
1º - 351 - Jesus Fernandes
2º - 185 - Paulo Monteiro
3º - 92 - Manoel Matos

Motos 2 Tempos
1º - 110 - Patrick Brockau
2º - 72 - Rodrigo Torrealba
3º - 259 - Alcimar dos Santos
4º - 200 - José Augusto
5º - 109 - Fabiano Pessanha
6º - 4 - Marcos Vinícius

50cc
1º - 13 - Miguel Piersant
2º - 90 - Lucas Pavani
3º - 187 - Leopoldo Kellis
4º - 101 - Pauber Campanati
5º - 9 - Diogo Moraes
6º - 5 - Matheus Medeiros
7º - 12 - Michel Gonçalves

60cc
1º - 601 - Diego Moraes
2º - 135 - Erick Malho
3º - 90 - Lucas Pavani
4º - 38 - Caio Vitor de Souza
5º - 13 - Miguel Piersant
6º - 187 - Leopoldo Kellis
7º - 31 - Bernardo Guzzo
8º - 5 - Gabriel Antônio

Trilheiros
1º - 35 - Davis Pessanha
2º - 52 - Julio Gonçalves
3º - 105 - Alvaro Aguiar
4º - 20 - Alexandre Freitas
5º - 22 - Raphael Claudio
6º - 34 - Manoel dos Santos
7º - 1 - Alain Patrick
8º - 200 - Fabio Chagas
9º - 7 - Lucas da Gama
10º - 97 - Marney Siqueira




Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet