X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

Final - Asfaltozero de Veloterra - Artur Nogueira - SP
Publicado em: 01/09/2010

Após cinco etapas, foram definidos os campeões da temporada 2010
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Mateus Zig Bernardini 


Largada MX2


Fabio Paragua
Neste final de semana, dias 28 e 29 de agosto, mais uma pista foi inaugurada no Centro de Eventos Asfaltozero, em Artur Nogueira (SP), com a realização da etapa final do Campeonato de Veloterra da promotora (veja também como foi a prova que inaugurou o circuito de Cross Country). Foi dia de decisão na competição que conta com 13 categorias.

Devido ao clima extremamente seco com quase 90 dias sem chuvas na região, o cronograma foi alterado, com os treinos e largadas das categorias de base na parte da manhã. A tarde foram realizados os treinos e largadas das categorias principais. Sendo assim, a organização da prova conseguiu conter de forma tranquila a poeira na pista.

Evandro Contecini largou como campeão da categoria Importada Estreante, já que Marcelo Moraes, o segundo no campeonato e o único que poderia estragar a festa de Evandro, não participou da prova. O novo campeão largou na frente, com Fabio Paragua em segundo, e os dois disputaram a liderança até duas voltas da bandeirada, quando se enroscaram e caíram. Fabio conseguiu voltar na primeira posição e venceu a bateria, enquanto Evandro foi o nono colocado. Lucas "Cascatinha", que não havia largado tão bem, fez uma ótima prova de recuperação e terminou com a segunda colocação. 


Guilherme Guarnieri


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 490 Fotos!
Pela 85cc, a disputa pelo titulo foi entre Guilherme "Tatu" Guarnieri e Lucas Musseli. Tatuzinho saiu na ponta, com Lucas logo atrás, mas o líder imprimiu um ritmo forte sem permitir reação do adversário. Abrindo uma boa vantagem, Tatu venceu a prova e ficou com o titulo. Lucas foi o segundo na corrida e também no campeonato, apenas um ponto atrás do campeão.

O titulo da Nacional Estreante estava em jogo entre Ney Corsi e Cláudio Roberto Pereira. Ney precisava vencer e ter um piloto entre ele e Cláudio para sair campeão. Até quatro voltas do final, tudo corria bem para Ney que liderava, enquanto Cláudio, que não havia largado bem, veio se recuperando até alcançar a terceira posição.
Aproveitando uma disputa entre o líder e o segundo colocado, Cláudio deu o bote e assumiu a liderança, para vencer a bateria e o campeonato. 


João Pedro Raimundo

Na 50cc, quem saiu na frente e venceu de ponta a ponta, foi o campeão antecipado João Pedro Raimundo, aliás, o único em todo o campeonato a vencer todas as etapas. Briga boa aconteceu pela segunda colocação, entre Bruno Brunieri e João Pedro Fernandes. Os dois andaram juntos por todo o tempo, trocando de posições várias vezes ao longo da prova. No final, Bruninho se saiu melhor, garantindo a segunda colocação na prova, além do vice-campeonato.


Cláudio Pereira
A garota de Arujá (SP), Babi Fernandes, confirmou o titulo na categoria Penélope. Largando em último, na terceira volta ela já era a líder da bateria, posição que manteve até a quadriculada. Já a mineira Larissa Daló e a catarinense Ana Fietz, levantaram o público com a disputa pela segunda colocação, as duas disputaram a posição roda a roda e ombro a ombro literalmente, durante toda a bateria. No final a catarinense se deu melhor, levando a segunda colocação. Fernanda Cavalheiro, que não foi bem na bateria, marcou pontos suficientes para garantir o vice campeonato. 

Lucas Assunção liderava com folga a 65cc quando, no meio da bateria, sofreu uma queda perdendo varias posições. Quem assumiu a ponta foi Matheus Furlan, com Kelvin Guilherme em segundo, posições estas que mantiveram até o final. Os dois disputavam o titulo e mesmo com Matheus vencendo a bateria, quem levou o campeonato foi Kelvin, que levava alguma vantagem nos pontos, pelo bom desempenho nas etapas anteriores.

Finalizado a primeira metade da prova, foi dado início aos treinos das categorias principais, com as largadas logo em seguida. Muita coisa estava por vir na disputa de mais 7 categorias pelo campeonato 2010. 


Babi Fernandes


Matheus Furlan
Betinho Eugênio tinha apenas um ponto de vantagem sobre Diego Parmira na disputa pelo titulo da categoria VX2. Diego largou na ponta e liderou até metade da bateria, quando cometeu um erro em uma curva e foi superado por Gustavo Beazin, que manteve a liderança até a quadriculada. Betinho que vinha na terceira posição partiu pra cima de Diego e conseguiu a ultrapassagem, terminando na segunda colocação na bateria e como campeão da VX2. 

Denis Cabelinho e Alcides Beazin largaram empatados na pontuação da Nacional B. Cabelinho saiu na ponta, seguido de perto pelo atual Campeão Brasileiro da Nacional 250cc e Força livre Nacional, o catarinense Jacson Keil, que na quarta volta, assumiu a liderança. Seguindo assim até a quadriculada, Cabelinho foi o segundo colocado e o grande campeão na categoria. Alcides Beazin acabou penalizado por atitude anti desportiva e não pontuou, mesmo assim, manteve-se como vice campeão 2010.

"Independente de quem seja o autor, atitudes anti desportivas serão severamente punidas pela direção de prova. Para qualquer reclamação cabe recurso. Sendo assim, cumprimos o que está no regulamento para inibir quaisquer outros atos desrespeitosos que possam ocorrer em nossas provas. Ressaltamos que não temos nada contra ninguém, queremos e somos amigos de todos e nossas decisões são tomadas para manter o espírito esportivo e o companheirismo que deve haver em todas as modalidades esportivas", disse Sandro Cardoso, diretor de provas da equipe Asfaltozero. 


Gustavo Beazin


Dalmir Zenni
Ao final da premiação da categoria Cardoso completou: "Sabemos que muito ainda deve ser melhorado e fazemos todo o possível dentro de nossas condições. Espero que as partes envolvidas e todos os presentes tenham entendido o recado e que as provas sejam motivo de reunião de pessoas e não o contrário". 

Três Pilotos disputavam o titulo da VX3, Renato Hanser, Alan Ferro e Fernando Longuim. Renato saiu na frente, mas ainda na primeira volta foi superado por Alan, que na terceira volta cometeu um erro e saiu da pista perdendo a posição. Líder novamente, Renato seguiu até a quadriculada, garantindo a vitória, mas não o título. Alan voltou e terminou em segundo, enquanto Fernando Longuim enfrentava problemas com seu ombro, que simplesmente "sai do lugar". Conseguindo se restabelecer, ele voltou para a prova e conquistar preciosos pontos que o fizeram campeão, com apenas 1 ponto a frente de Renato Hanser.

Edson Cascata liderava a bateria e esteve com o titulo da VX4 nas mãos até quatro voltas do final, quando foi superado por Dalmir “Catarina” Zenni, que venceu a prova. Com isto, Alejandro Gerlach que largou nas posições intermediárias, veio se recuperando e completou a bateria na terceira posição, ficando com o titulo. Beto Vilalva que largou bem e chegou a andar na ponta, sofreu uma queda que o deixou em quarto, posição que manteve até o final. 


Jacson Keil

Sem a presença de Diego Parmira, campeão antecipado da categoria Nacional A, Jacson Keil literalmente passeou na prova, vencendo de ponta a ponta. Isaias Biazoto foi o segundo colocado na prova e no campeonato, Ney Corsi finalizou em terceiro, Cleiton Alan foi o quarto e Aroldo Móia o quinto.

Titulo indefinido também na VX1, com apenas um ponto de vantagem sobre Diego Parmira, Renato Hanser largou na ponta e sustentou a liderança até o final, levando a vitória e o titulo para casa. Diego que chegou em segundo, foi o vice campeão, seguido por Mauri Gerlach em terceiro, Ique Mattos em quarto e Alessandro "Toquinho" Lins em quinto.
Renato Hanser venceu sua terceira bateria do dia e ficou com mais um titulo, desta vez na Força Livre. O piloto de Caieiras (SP), largou na segunda posição e assumiu a liderança na sétima volta, ao ultrapassar Diego Parmira, que competiu com uma 125cc, mas não se intimidou com a concorrência das 450cc, foi o segundo colocado e conquistou seu terceiro vice-campeonato. Dalmir Zenni foi o terceiro, com Ique Mattos em quarto e Cleiton Polentini em quinto. 


Renato Hanser


Largada 85cc
A equipe Asfaltozero aproveitou o fechamento do campeonato para agradecer a todos os pilotos, equipes e familiares que participaram da temporada 2010. Além do agradecimento especial ao apoio de todas as cidades que receberam as etapas da competição: Conchal, Estiva Gerbi, Franco da Rocha, Salto, e Artur Nogueira.

“Agradeço meu pai Altino e minha esposa Jennifer por se dedicarem de corpo e alma a equipe. A todos os parceiros anunciantes e apoios locais que tivemos este ano. Ao site MotoX que sempre ajuda na divulgação e faz as melhores coberturas. Enfim 2011 está chegando e já estamos trabalhando para tentar fazer mais pelo nosso esporte", finalizou o promotor Sandro Cardoso.

Resultados

Resultado 5ª Etapa
Pos Importada Estreante
1 9 Fabio Paragua
2 46 Lucas Cascatinha
3 54 Alexandre Bordignon
4 12 André Rodrigues
5 18 Juliano Tavela
Pos 65cc
1 7 Matheus Furlan
2 55 Kelvin Guilherme
3 99 Nicolas Picolli
4 172 Lucas angelo
5 49 Quatazinho
Pos Nacional B
1 131 Jackson Keil
2 1 Denis "Cabelinho"
3 377 Gustavo Beazin
4 9 Alan Ferro
5 1 Fabricio Caleffi
Pos 50cc
1 21 João Pedro Raimundo
2 33 Bruno Brunieri
3 97 João Pedro Assunção
4 60 Jean Dickson Jr.
5 28 Felipe Alexandre
Pos VX 2
1 377 Gustavo Beazin
2 226 Betinho Eugênio
3 399 Diego Parmira
4 713 Jean Dickson
5 6 Guilherme Guarnieri "Tatu"
Pos Penélope
1 949 Babi Fernandes
2 131 Ana Fietz
3 21 Larissa Daló
4 3 Maristela Zago
5 237 Raphaela Recanelli
Pos VX 3
1 450 Renato Hanser
2 29 Alan Ferro
3 26 Mauri Gerlach
4 45 Du Mantovani
5 470 Jair Gomiero
Pos Nacional A
1 228 Jackson Keil
2 84 Isaias Biazoto
3 39 Ney Corsi
4 788 Cleiton Alan
5 10 Aroldo Móia
Pos VX 1
1 450 Renato Hanser
2 399 Diego Parmira
3 26 Mauri Gerlach
4 19 Ique Mattos
5 99 Toquinho
Pos Nacional Estreante
1 7 Claudio Pereira
2 74 Agnaldo Quatá
3 29 Willian Caporalli
4 39 Ney Corsi
5 13 Ednei de Lima
Pos VX 4
1 54 Dalmir Zenni
2 46 Edson Cascata
3 109 Alejandro Gerlach
4 352 Beto Vilalva
5 99 Toquinho
Pos 85cc
1 6 Guilherme Guarnieri "Tatu"
2 22 Lucas Musseli
3 27 Mikael Rodrigues
4 111 Fernando Longuim Neto
5 7 Matheus Furlan
Pos Força Livre
1 450 Renato Hanser
2 399 Diego Parmira
3 54 Dalmir Zenni
4 19 Ique Mattos
5 788 Cleiton Polentini

Classificação final do campeonato

Classificação final
Pos Importada Estreante Pontos
1 422 Evandro Contecini 82
2 9 Fabio Paragua 74
3 495 Marcelo Moraes 58
4 449 Babi Fernandes 53
5 46 Lucas Cascatinha 48
Pos 65cc Pontos
1 55 Kelvin Guilherme 108
2 7 Matheus Furlan 94
3 99 Nicolas Picolli 62
4 22 Mario Guarizzo 54
5 49 Quatazinho 38
Pos Nacional B Pontos
1 1 Denis "Cabelinho" 110
2 817 Alcides Beazin 90
3 1 Fabricio Caleffi 37
4 19 Ique Mattos 37
5 377 Gustavo Beazin 32
Pos 50cc Pontos
1 21 João Pedro Raimundo 125
2 33 Bruno Brunieri 93
3 12 Vitor Cola 49
4 36 Julia Corsi 37
5 11 Vitor Tominaga 32
Pos VX 2 Pontos
1 226 Betinho Eugênio 72
2 399 Diego Parmira 67
3 300 Marcelo Felipe LIma 37
4 713 Jean Dickson 33
5 157 Marcio Luiz Pinheiro 31
Pos Penélope Pontos
1 949 Babi Fernandes 100
2 23 Fernanda Cavalheiro 65
3 45 Fernanda Mantovani 44
4 12 Camila Gomiero 42
5 865 Juliana Alcici 40
Pos VX 3 Pontos
1 16 Fernando Longuim 87
2 450 Renato Hanser 86
3 29 Alan Ferro 83
4 26 Mauri Gerlach 60
5 255 Alessandro Patelli 42
Pos Nacional A Pontos
1 399 Diego Parmira 91
2 84 Isaias Biazoto 55
3 228 Jackson Keil 50
4 333 Juninho Delalana 28
5 804 Renan Alves "Banana" 25
Pos VX 1 Pontos
1 450 Renato Hanser 77
2 399 Diego Parmira 71
3 26 Mauri Gerlach 57
4 19 Ique Mattos 47
5 986 Diego Bremer 28
Pos Nacional Estreante Pontos
1 7 Claudio Pereira 75
2 39 Ney Corsi 57
3 29 Willian Caporalli 52
4 5 Rafael Coser 41
5 49 Agnaldo Quatá 38
Pos VX 4 Pontos
1 109 Alejandro Gerlach 97
2 46 Edson Cascata 94
3 54 Dalmir Zenni 45
4 81 Pedro Cirino 39
5 18 Juliano Tavela 36
Pos 85cc Pontos
1 6 Guilherme Guarnieri "Tatu" 82
2 22 Lucas Musseli 81
3 7 Matheus Furlan 46
4 74 Plinio Reche Jr. 45
5 99 Nicolas Picolli 37
Pos Força Livre Pontos
1 450 Renato Hanser 72
2 399 Diego Parmira 62
3 228 Jackson Keil 35
4 19 Ique Mattos 29
5 931 Rafael Zenni 25






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet