X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

1º Veloterra de Elias Fausto - Elias Fausto - SP
Publicado em: 30/06/2010

Rafael Zenni foi o destaque do evento com vitória em três categorias
Redação MotoX.com.br - Texto e Fotos: Mateus Zig Bernardini 


Largada Nacional Força Livre



Evandro Contecini
No último final de semana, dias 26 e 27 de junho, a equipe Asfaltozero com apoio da Monster Energy e da Prefeitura Municipal de Elias Fausto, realizou o 1º Veloterra de Elias Fausto. A cidade do interior paulista contou com a presença de muitos pilotos, vindos de vários estados.

O evento teve início no sábado à tarde, com os treinos livres e, no domingo, a primeira largada se deu ao meio-dia, após a abertura oficial com a presença de autoridades da cidade e a execução do Hino Nacional Brasileiro.

A prefeitura local montou uma bela estrutura com uma pista sensacional, muito bem cuidada pela organização e que precisou de apenas uma única manutenção durante todo o dia para proporcionar as condições ideais de prova. Os destaques ficaram para Rafael Zenni, 14 vezes campeão paulista, além de 10 títulos brasileiros de Motocross, que foi prestigiar o Veloterra e de quebra venceu as três categorias que participou. A família Poltronieri, também brilhou com três vitórias durante o dia de provas.


Bruno Brunieri


Rafael Arruda
A primeira bateria a largar foi a Importada Estreante, com gate lotado. Quem se deu bem na primeira curva, foi Luiz Fernando Spinacci liderando por duas voltas, até que Márcio Caetano assumiu a liderança. Evandro Contecini e Rodrigo Bersan começaram a ganhar posições, depois de um mal início de prova, até alcançarem a ponta. Evandro assumiu a frente na metade da bateria e, apesar dos ataques de Bersan, conseguiu seguir até a bandeirada. Rodrigo Bersan foi o segundo colocado, com Márcio Caetano em terceiro. Fernando Spinacci foi o quarto colocado e Peu Limeira completou o pódio na quinta posição. 

Na 50cc João Pedro Raimundo largou em primeiro, com Bruno Brunieri colado na segunda posição, mas, ainda na primeira volta, a corrente da moto do ponteiro quebrou, forçando-o a abandonar a bateria. A situação ficou mais fácil para Bruno, que assumiu a liderança e seguiu assim até o final. Felipe Alexandre foi o segundo colocado, com Vitor de Souza terminando em terceiro. 


Foram disputadas 13 categorias

Rafael Arruda fez o holeshot na categoria VX3. Na quarta volta Alan Ferro, que não havia largado bem, encostou no ponteiro dando início a uma batalha emocionante pela primeira colocação. Os dois se revezaram na liderança da bateria até duas voltas do final, quando Alan deixou o motor de sua moto apagar abandonando a briga. Rafael Arruda seguiu em frente até a quadriculada, enquanto Alan Ferro se recuperava, terminando na segunda colocação. Sandro Silva fechou a bateria em terceiro. Zezinho Caconde, que havia largado nas últimas posições, foi o quarto colocado e Jorge Guedes o quinto. 


Jaqueline Poltronieri


Valdir Poltronieri
As irmãs Poltronieri, Jaqueline e Mirian, comandaram a festa da categoria Penélope, andaram muito forte e asseguraram primeira e segunda colocações, respectivamente. Gláucia Boghossian foi a terceira colocada, Juliana Alcici a quarta e, completando o pódio mais charmoso da competição, chegou Fernanda Mantovani em quinto.

Emoção não faltou na categoria VX4, onde Pedro Cirino largou na ponta, mas literalmente em sua bota vieram Valdir Poltronieri, Auro Guadaguini e Ranulfo Barriga. Os quatro andaram praticamente juntos por toda a bateria. Pedro liderou até a última volta, quando Valdir conseguiu dar o bote, assumindo a primeira colocação e vencendo. Pedro Cirino foi o segundo colocado, seguido por Auro Guadaguini, Ranulfo Barriga e Sérgio Alexandre, o único piloto participando com uma moto nacional nesta categoria.

Mateus Furlan não deu chances a ninguém e venceu a categoria 65cc. Gustavo Henrique andou no ritmo do líder, mas não conseguiu a ultrapassagem e terminou com a segunda colocação. Nicolas Picolli foi o terceiro colocado e Bruninho Brunieri, correndo com uma “cinquentinha”, o quarto. Gustavo Alves completou a prova na quinta colocação. 


Mateus Furlan


Denis Schiavetti
Após uma rápida manutenção de pista, foi dada a largada da Nacional Pró. Denis ”Cabelinho” Schiavetti largou na ponta e se manteve assim até a quadriculada. Alan Ferro chegou a pressionar o ponteiro no início, mas não conseguiu acompanhar o ritmo de “Cabelinho” e terminou com a segunda colocação. Cláudio Pereira foi o terceiro, Caio Maia o quarto e, completando os cinco primeiros, chegou Isaías Biazoto.

Lucas Musseli largou na frente da 85cc e liderou até a metade da bateria. Mirian Poltronieri, que alinhou com a garotada, protagonizou uma das mais belas provas do dia. Após ter visto seu pai e sua irmã levarem o troféu de primeiro colocado para a casa, ela não queria ficar sem o seu e veio num ritmo muito forte, para delírio de sua família e do público presente. A garota superou o líder na metade da prova, seguindo na frente até a quadriculada. Lucas Musseli manteve a segunda colocação e Mateus Furlan ficou com a terceira. Willian Bongiorno foi o quarto colocado e Nicolas Picolli terminou na quinta colocação. 

Rafael Zenni largou na categoria VX1, para conquistar sua primeira vitória no dia. Diego Parmira começou na ponta, conseguindo segurar Zenni por duas voltas, mas o piloto de Itu, conseguiu a ultrapassagem, imprimiu um ritmo muito forte e venceu a bateria. Diego e Rafael Arruda, protagonizaram uma bela briga pela segunda posição. Rafael chegou a ultrapassar Diego na última volta, mas sofreu uma queda e demorou para religar sua 450cc, finalizando em terceiro. Ranulfo Barriga e Danilo Anselmi completaram os cinco primeiros chegando na quarta e quinta colocações. 


Mirian Poltronieri


Cláudio Pereira
Na Nacional Estreante aconteceram belas disputas por praticamente todas as posições. Pela liderança, Cláudio Pereira e Ricardo de Andrade disputaram durante toda a bateria. Ricardo acompanhou o ritmo de Cláudio, mas não conseguiu a ultrapassagem, mantendo a segunda colocação. Pela terceira posição, os amigos e anfitriões da festa: Aguinaldo Quatá e Danilo Grossi duelaram até duas voltas do final, quando Quatá deu uma “bobeada” e perdeu duas posições de uma vez. Desta forma Danilo Grossi e Rafael Simões ficaram em terceiro e quarto, com Quatá na quinta colocação.

Evandro Contecini largou na ponta, com Gabriel Zenni em seu encalço na categoria VX2, mas logo na segunda volta, Gabriel teve problemas em sua moto e abandonou a disputa. Rodrigo Bersan chegou a ameaçar Evandro, mas não conseguiu superá-lo, terminando em segundo. Auro Guadaguini foi o terceiro colocado, com Alcy Moreira em quarto e Sandro Silva na quinta colocação. 


Diego Parmira e Rafael Zenni

Rafael Zenni voltou para disputar a Nacional Força Livre e, com uma CRF 230, encarou o Campeão de 2009 do Veloterra Asfaltozero, Diego Parmira, com sua Tornado. Parmira chegou a acompanhar Rafael por algumas voltas, mas com uma tocada firme, o líder abriu uma distância segura para vencer. Rodrigo Pereira foi o terceiro, com Tiago Miguel chegando na quarta colocação e Aguinaldo Quatá completando o pódio novamente. 


Rafael Zenni


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 517 Fotos!
Ultima bateria do dia e lá estavam novamente Rafael Zenni, Diego Parmira e Rafael Arruda, para a disputa da Importada Força Livre. Mais uma vez Zenni imprimiu um ritmo muito forte vencendo pela terceira vez. A disputa ficou pela segunda colocação entre Arruda e Parmira, que se deu melhor e garantiu a posição, à frente do concorrente. Ranulfo Barriga foi o quarto colocado e Danilo Anselmi o quinto. 

Os organizadores agradecem ao apoio da prefeitura e dos patrocinadores locais, que ajudaram com os brindes sorteados entre todos os participantes, além dos kits Copa para todos os pilotos das categorias 50cc, 65cc e 85cc, kits de beleza para a categoria Penélope e ainda champanhe aos 5 primeiros colocados de todas as categorias, ações que abrilhantaram o evento. A equipe Asfalto Zero fez também um agradecimento especial à Usina Cosan, que disponibilizou um caminhão pipa traçado que foi fundamental para a excelente irrigação do circuito.

Confira os resultados completos no site Mylaps.






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet