X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

3ª etapa - Rondoniense de Velocross - Vale do Paraíso - RO
Publicado em: 18/05/2010

Rodrigo Selhorst é destaque novamente na competição. Prova reuniu muitos pilotos
Redação MotoX.com.br - Fotos: Arnaldo B. T. Martins 


Victor Carlos

Foi um fim de semana ensolarado em Vale do Paraíso (RO), onde a Federação de Motociclismo de Rondônia (FMR), em parceria com a Prefeitura Municipal, realizou nos dias 15 e 16 de maio, a terceira etapa do Campeonato Estadual de Velocross. O evento contou com a participação dos melhores pilotos do cenário estadual e do campeão brasileiro de motocross 2008 na classe MX2, Rodrigo Selhorst, que novamente competiu pela categoria 230cc. 

As categorias 150cc e Força Livre reuniram muitas motos proporcionando emoção ao público e aos grandes apoiadores do Motociclismo de Rondônia, como o senador Valdir Raupp e a deputada federal Marinha Raupp, além do prefeito Charles e toda sua equipe, todos presentes no evento. 

Depois de cravar o melhor tempo durante os treinos, Agnaldo Feliciano confirmou o favoritismo vencendo a categoria Sênior. Após de 10 voltas de corrida ele recebeu a bandeirada final seguido de Itamar Tadeu, Márcio Brigido, Caio Sales e Edenilson Passarelo.

A briga foi grande na 100cc, onde as pequenas motos Pop, Biz e Dream, mostraram ao público que cilindrada pouca é bobagem quando se trata do Rondoniense de Velocross. Numa pista sem pontos de alta velocidade, muitos buracos e curvas, as pequenas motos exigiram o máximo dos pilotos que andaram muito próximos nas duas baterias. 


Érico Flores
Melhor para Flávio Pereira, campeão da etapa de Vale do Paraíso, mesmo não conseguindo superar Jonathan Pessoa na primeira bateria. Já na segunda bateria Flávio correu mais concentrado e
com grande determinação cruzando a linha de chegada à frente dos demais, enquanto Jonathan Pessoa finalizava em terceiro a segunda prova. Destaque para o piloto Odair Meireles, de Pimenta Bueno, que está fazendo sua primeira temporada. Ele defendeu o terceiro lugar no resultado geral, demonstrando que apesar das dificuldades, inclusive com o equipamento bastante improvisado, tem chances de brigar por melhores colocações se contar com apoio.

Na Força Livre a disputa entre os pilotos é grande. Felipe Carvalho, revelação no Velocross em 2009, fez o melhor tempo nos treinos, mas não conseguiu fazer uma boa etapa nas duas baterias que se seguiram à tarde. Depois de uma bela largada na primeira prova, perdeu várias posições logo nas primeiras curvas e recebeu a bandeira quadriculada em oitavo. Bem melhor na segunda bateria defendeu a terceira colocação, garantindo assim a quarta colocação geral. Quem esbanjou preparação física e competitividade foi o piloto Victor Carlos, o Vitim, vencendo as duas baterias da tarde ele saiu como campeão absoluto da etapa. Outro grande nome desta categoria, Mateus Chagas, foi quarto e segundo nas baterias, garantindo assim o segundo lugar do pódio ao fim do dia.

Na categoria que reúne sempre o maior número de motos na competição, a 150cc, o piloto de Santa Luzia do Oeste, Zé Pereira, é o atual líder, mas a briga está apertada. Depois de fazer o segundo melhor tempo dos treinos cronometrados Zé Pereira venceu a primeira bateria, mas não conseguiu superar o sexto lugar na segunda, ficando assim com o segundo lugar geral. O campeão da etapa foi Érico Flores, não tomou conhecimento da liderança de Zé Pereira no campeonato e acelerou forte. Depois de cruzar a linha de chegada em segundo na primeira bateria ele venceu a segunda e, com o tropeço de seu maior adversário, garantiu o lugar mais alto do pódio.

A 230cc, ao contrário das duas primeiras etapas em Rolim de Moura e Chupinguaia, não teve um grande número de motos no gate. Contudo, as emoções mais fortes do domingo estavam reservadas para os pilotos de motocross que competiram na prova. Esta categoria recebeu mais uma vez a participação de Rodrigo Selhorst, que para alguns é um nome forte demais para competir no estado, mas para outros e motivo de referência, disciplina e aprendizado. Selhorst foi unânime no domingo, com o melhor tempo durante os treinos e venceu as duas baterias da tarde.

Cândido Chagas passou mais da metade da primeira bateria segurando a agressividade de Rodrigo Selhorst. Entretanto a vasta experiência de Selhorst falou mais alto, e ele acabou por vencer com certa facilidade. Chagas cruzou as duas baterias em segundo, ficando da mesma maneira o pódio ao fim do dia. Outro grande destaque foi Vitim que mesmo participando de quatro baterias levantou o troféu de terceiro lugar na 230cc, além de ser campeão da etapa pela categoria Força Livre. 


Rodrigo Selhorst

Reinaldo Selhorst, presidente da FMR, destacou a grande participação do público rondoniense que, cada vez mais, torna os eventos do estado uma grande festa. "A prefeitura de Vale do Paraíso e o apoio do prefeito Charles, foram fundamentais para que a terceira etapa do Campeonato Estadual de Velocross fosse um sucesso”, disse o dirigente, que também agradeceu ao senador Valdir Raupp, à deputada federal Marinha Raupp, ao deputado federal Natan Donadon e ao Ministério dos Esportes. 

A etapa de Vale do Paraíso também contou com o apoio de Menzelub Lubrificantes, Água Mineral e Refrigerantes Lind’água, Megabom Sorvetes, Ciclo Cairu e Cairu Transportes, Castilho Estruturas e Honda.

Resultados - Soma das baterias
Força Livre
1 - Victor Carlos #4
2 - Mateus Chagas #40
3 - Valdinei Correia #99
4 - Felipe Carvalho #112
5 - Bruno Bonini #818
230cc
1 - Rodrigo Selhorst #8
2 - Cândido Chagas #93
3 - Victor Carlos #4
4 - João Chagas #39
5 - Geraldo Maciel #25
Sênior
1 - Agnaldo Feliciano #5
2 - Itamar Tadeu #77
3 - Márcio Brigido #46
4 - Caio Sales #767
5 - Edenilson Passarelo #10
100cc
1 - Flávio Pereira #18
2 - Jonathan Pessoa #11
3 - Odair Meireles #51
4 - Cléber Junior #6
5 - Tarciso Poli #15
150cc
1 - Érico Flores #706
2 - Zé Pereira #38
3 - Genaldo Nogueira #27
4 - Marcelo Pablo #30
5 - Vanderlei Batista #6






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet