X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

1ª etapa - Asfaltozero de Veloterra - Conchal - SP
Publicado em: 22/04/2010

Temporada 2010 começou forte com mais de 230 inscritos
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Luiz C. Garcia 


Largada Nacional Estreante


Mateus Lima
Se existe um “templo” do Veloterra no estado de São Paulo, este fica na cidade de Conchal (SP). Foi impressionante ver a participação dos pilotos na etapa de abertura do Campeonato Asfaltozero de Veloterra 2010, foram mais de 230 inscritos, mesmo com a abertura da Superliga de Motocross acontecendo em Indaiatuba, próxima a Conchal.

A pista muito bem construída, agradou a todos com sua extensão é de 1.200 metros e suas longas retas, além das curvas de alta velocidade, que proporcionaram aceleração total. O sol forte prejudicou um pouco as condições de visibilidade da pista, pois mesmo com as constantes manutenções, a poeira teimava em voltar após a realização de duas baterias. O fato acabou atrasando o cronograma, com as duas últimas baterias sendo realizadas com o sol já se pondo.

O destaque do dia foi o campeão brasileiro e catarinense de Veloterra para motos nacionais em 2009, Jacson Keil. O piloto venceu duas provas (Nacional A e Força Livre), conquistando ainda a segunda colocação na VX1. No final do evento, entre vários outros brindes, foi sorteado também um pacote de viagem completo para a etapa brasileira do Mundial de Motocross que acontecerá em agosto, para os pilotos que anteciparam suas inscrições para toda a temporada do campeonato e o feliz vencedor foi Anderson Kil. 


Babi Fernandes


João Pedro Raimundo
Com uma programação um pouco diferente do que estamos acostumados a observar, a primeira das treze baterias programadas para o dia foi a VX2. Betinho Eugênio largou na ponta, mas caiu na volta seguinte deixando a liderança para Márcio Pinheiro, com Mateus Lima logo atrás. Pela terceira posição, Diego Parmira assumiu o posto já na terceira volta e manteve a posição até a metade da prova, quando foi superado por Betinho Eugênio. Na ponta, Mateus assumiu a liderança no finalzinho da prova, não deixando tempo para Márcio reagir.

A categoria Penélope é uma tradição dentro dos eventos do Asfaltozero - pioneira na criação de uma classe exclusiva feminina - e com isto, o número de inscritas vem aumentado a cada ano, com 17 motos alinhadas no gate. Babi Fernandes não tomou conhecimento das demais e largou na frente, vencendo a prova de ponta a ponta. Jaqueline Poltronieri, uma das três da família que participou da prova, largou na segunda posição mas sofreu uma queda e terminou na terceira colocação, após se recuperar e ultrapassar Eduarda Pereira na metade da prova. Quem subiu um posto com esta queda, foi Bruna Cavaloti, finalizando na segunda posição. Outra Poltronieri, a Mirian, ficou na quinta colocação, mesma posição em que largou. 


Fernando Longuim


Diego Bremer
Eliandro “Tonelada” Consorti largou na ponta da Nacional A, categoria para motos nacionais acima de 230cc porém, quem dominou a prova, foi Jacson Keil que não demorou muito para pular na frente e abrir uma vantagem suficiente para garantir a vitória, com Dênis “Cabelinho” Schiavetti na segunda posição. Diego Parmira tentou acompanhar os ponteiros, mas acabou tendo de se conformar com a terceira colocação, enquanto Fabrício Calefi assumia a quarta colocação, após superar Eliandro na parte final da prova.

Na 50cc, João Pedro Raimundo e Vitor Colla dominaram as duas primeiras colocações. Apesar de ser pressionado no inicio da prova, João Pedro conseguiu manter a frente e vencer a categoria, deixando Vitor Colla em segundo. Guilherme Reis assumiu a terceira posição no início da prova, deixando o quarto lugar para Bruno Brunieri e fechando o pódio, na quinta colocação ficou Vitor Tominaga.

Após a primeira manutenção da pista para apaziguar um pouco o pó, entraram as motos para a disputa da categoria VX1. Diego Bremer assumiu a ponta após problemas com Betinho Eugênio que liderava a bateria. Atrás de Bremer, Clayton Grassi tentava se aproximar para disputar a ponta, enquanto Jacson Keil, que deixou a moto morrer logo após a largada, vinha recuperando posições até encostar no pelotão da frente, um pouco antes da metade da prova. 


Alejandro Gerlach


Kelvin Guilherme
Com um ritmo muito forte, Keil primeiro ultrapassou Diego Parmira e logo em seguida Betinho Eugênio, chegando a encostar em Grassi. A briga pela segunda posição foi dura e ocupou quase toda a metade final da prova com Grassi conseguindo se defender. 

Se aproveitando desta briga e com a pista limpa pela frente, o líder abriu uma boa vantagem que lhe ajudou muito na conquista da vitória, pois quando Keil assumiu o segundo posto, a prova se encaminhava para seu final e o catarinense não conseguiu esboçar um ataque ao líder. Grassi terminou na terceira posição, com Betinho Eugênio em quarto e Diego Parmira em quinto.

Kelvin Guilherme venceu a 65cc de ponta a ponta. Mateus Furlan ficou na segunda posição, a cinco segundos do líder e à frente de Henrique Tominaga, que largou na sexta colocação e foi subindo de posições até terminar em terceiro. Nicolas Picolli, que chegou a ocupar a segunda posição logo após a largada, ficou em quarto e Cauê Andrade completou o pódio em quinto. 


Rafael Coser


Denis Schiavetti
Maurí Gerlach e Fernando Longuim protagonizaram um belo duelo pela liderança da VX3. Longuim largou em terceiro e logo superou Daniel Vergueiro que se estabeleceu na terceira posição até a bandeirada. Duas voltas depois, Longuim já encostava no líder e após muita insistência, assumia a primeira colocação, porém sua vida não foi fácil e teve a companhia de Maurí Gerlach até a bandeirada final. Vagner Tomé ocupava a quarta colocação até a última volta, quando foi superado por Cláudio Poltronieri.

Alejandro Gerlach e Edson Cascata pularam na frente da VX4, mas as atenções se voltaram para a disputa da terceira colocação, entre Pedro Cirino e Plínio Martinez Reche. Após se alternarem na posição, Cirino assumiu o terceiro lugar e começou a diminuir a diferença em relação ao segundo colocado, Edson Cascata, ao final da prova esta diferença ficou a menos de meio segundo. Plínio Martinez ficou com a quarta colocação, seguido por Juliano Tavella, que largou na terceira posição, mas perdeu rendimento durante a prova.

Na Nacional Estreante, Daniel Siqueira dominou a prova até faltarem três voltas para o final, muito pressionado, perdeu a liderança para Rafael Coser e logo em seguida, a segunda posição para Éder “Chicaneco”, terminando na terceira colocação. Renê “Viola” largou em segundo e caiu de posições até ocupar a quinta colocação, mas no final da prova, conseguiu ultrapassar Quirino e ficou com a quarta colocação. 


Plínio Martinez


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 593 Fotos!
A Nacional B, voltada a participação de motos nacionais com até 230cc, viu Alcides Beazin largar na frente e se manter na ponta da prova até a última volta, quando caiu. Denis “Cabelinho” Schiavetti que acompanhava de perto o líder, não perdeu a oportunidade para assumir a liderança e vencer a prova. Beazin ainda voltou em segundo, 21s à frente de Fred Oliveira. Fabrício Calefi superou Eliandro “Tonelada” nas voltas finais, conquistando a quarta colocação, enquanto Fernando Sibinel, que sofreu uma queda logo após a largada caindo para a ultima posição, veio se recuperando e também superou Tonelada, completando o pódio da categoria.

Guilherme “Tatu” Guarnieri largou bem mas não contava em levar uma “rasteira” de Plínio Reche, logo na curva da largada. O resultado foi uma queda generalizada no início da 85cc e mesmo caindo, Plínio não deixou que sua moto morresse, retornando rápido para antes da metade da prova, assumir a ponta após ultrapassar Mikael Rodrigues. Guarnieri terminou na terceira colocação, com Luizinho Queiroz logo atrás em quarto e Maicon Piovezan em quinto. 


Jacson Keil


Próxima etapa está marcada para os dias 22 e 23 de maio, na cidade de Estiva Gerbi
A Importada Estreante foi uma das categorias mais disputadas do dia. Logo após a largada, Babi Fernandes pulou da sexta colocação para a disputa pela liderança, assumindo-a no terceiro giro. A partir daí começou um duelo entre ela e Marcelo Moraes que durou toda a prova e foi ficando cada vez mais emocionante até os metros finais. Marcelo conseguiu a ultrapassagem na penúltima volta mas Babi deu o troco na ultima curva, conquistando uma difícil vitória. Fábio Paraguá foi outro piloto que durante a prova, subiu de posições. largando em décimo e terminando numa excelente terceira colocação. André Rodrigues que chegou a liderar a prova foi o quarto, seguido por Leonardo Portigosa Camargo em quinto.

Encerrando esta primeira etapa, já no anoitecer, foi realizada a Força Livre, composta pelos cinco primeiros colocados das principais categorias. Clayton Grassi largou na frente, mas na volta seguinte quem apareceu na ponta foi Jacson Keil, terminando o dia com sua segunda vitória. Grassi foi perdendo posições durante a prova e finalizou em quarto, atrás de Mateus Lima e Fernando Longuim. Diego Bremer ocupou a terceira posição até a penúltima volta, quando com problemas mecânicos abandonou a prova, abrindo caminho para a quinta colocação de Márcio Pinheiro.

A próxima etapa do Campeonato Asfaltozero de Veloterra acontecerá na cidade de Estiva Gerbi, nos dias 22 e 23 de maio. Mais informações do campeonato etapa estão no site oficial da Asfaltozero.

Resultados

50cc
1 21 JOÃO PEDRO RAIMUNDO
2 12 Vitor Colla
3 16 Guilherme Reis
4 33 BRUNO BRUNIERI
5 11 VITOR TOMINAGA
6 36 JULIA CORSI
7 XX LUCAS SOARES
8 8 DURVAL FERREIRA
9 27 HENRIQUE COLLA
10 11 VITOR ANDRADE

65cc
1 55 KELVIN GUILHERME
2 7 MATEUS FURLAN
3 111 HENRIQUE TOMINAGA
4 99 NICOLAS PICOLLI
5 197 CAUÊ ANDRADE JR
6 22 NICOLAS LEAL
7 235 PEDRO BUZATO
8 74 GUILHERME REIS
9 49 QUATAZINHO
10 9 CAIO CAPORALLI

85cc
1 74 PLINIO MARTINEZ RECHE
2 27 MIKAEL RODRIGUES
3 6 GUILHERME GUARNIERI
4 236 LUZINHO QUEIROZ
5 11 MAICON PIOVEZAN
6 700 LUCAS LIMA
7 100 EDUARDA PEREIRA
8 22 LUCAS LUCELLI
9 118 VINICIUS MARCON
10 7 MATEUS FURLAN

Força Livre
1 28 JACSON KEIL
2 5 MATEUS LIMA
3 16 FERNANDO LONGUIM
4 377 CLAYTON GRASSI
5 157 MARCIO PINHEIRO
6 91 FRED OLIVEIRA
7 399 PARMIRA
8 109 ALEJANDRO GERLACH
9 26 MAURI GERLACH
10 13 ALCIDES BEAZIN

Importada Estreante
1 949 BABI FERNANDES
2 495 MARCELO MORAES
3 9 FABIO PARAGUA
4 12 ANDRÉ RODRIGUES
5 77 LEONARDO PORTIGOSA CAMARGO
6 101 BRUNA CAVALOTTI
7 46 LUCAS CASCATINHA
8 722 STEFANO MELLO
9 470 JAIR GUMIEIRO
10 51 MARCOS SIQUEIRA

Nacional A
1 228 JACSON KEIL
2 11 DENIS SCHIAVETTI "CABELINHO"
3 399 DIEGO PARMIRA
4 9 FABRICO CALEFI
5 119 ELIANDRO TONELADA
6 151 LUISINHO ALVES
7 804 RENAN ALVES "BANANA"
8 333 JUNINHO DELALANA
9 150 AURO GUADAGUINI
10 74 JUNIOR CARDOSO

Nacional B
1 16 DENIS SCHIAVETTI CABELINHO
2 13 ALCIDES BEAZIN
3 2 FRED OLIVEIRA
4 XX FABRICIO CALEFI
5 340 FERNANDO SIBINEL
6 68 TONELADA
7 19 IQUE MATTOS
8 3 VINICIUS DOMINGUES
9 711 GUSTAVO FEDEL "FORMIGA"
10 502 SERGIO GOES

Nacional Estreante
1 71 RAFAEL COSER
2 18 CHICANECO
3 873 DANIEL SIQUEIRA
4 11 RENE VIOLA
5 9 QUIRINO
6 39 NEY CORSI
7 71 RENAN CALEFI
8 72 THIAGO GRAF
9 84 ISAIAS BIAZOTO
10 297 ANDERSON KIL

Penélope
1 949 BABI FERNANDES
2 101 BRUNA CAVALOTI
3 20 JAQUELINE POLTRONIERI
4 100 EDUARDA PEREIRA
5 41 MIRIAN POLTRONIERI
6 131 ANA FIETZ
7 237 RAPHAELA RECANELLI
8 41 JANAINA POLTRONIERI
9 4 PRISCILA LEAL
10 199 GLAUCIA BOGHOSSIAN

VX1
1 986 DIEGO BREMER
2 28 JACSON KEIL
3 377 CLAYTON GRASSI
4 282 BETINHO EUGÊNIO
5 399 DIEGO PARMIRA
6 26 MAURI GERLACH
7 19 IQUE MATTOS
8 29 COKINHO
9 22 VAGNER TOMÉ
10 189 ROBERTO SASSAKI

VX2
1 5 MATEUS LIMA
2 157 MARCIO LUIS PINHEIRO
3 226 BETINHO EUGÊNIO
4 399 DIEGO PARMIRA
5 91 FRED OLIVEIRA
6 211 EDMAR SAGUI
7 300 MARCELINHO FELIPE LIMA
8 275 DANIEL VERGUEIRO
9 57 FLORINDO ZATTI "FUREL"
10 99 ALESSANDRO LINS

VX3
1 16 FERNANDO LONGUIM
2 26 MAURI GERLACH
3 275 DANIEL VERGUEIRO
4 246 CLAUDIO ONIVALDO POLTRONIERI
5 22 VAGNER TOMÉ
6 99 ALESSANDRO LINS
7 45 DU MANTOVANI
8 42 MATEUS ZIG
9 94 PEU LIMEIRA
10 13 PAULO CESAR NASCIMENTO

VX4
1 109 ALEJANDRO GERLACH
2 46 EDSON CASCATA
3 81 PEDRO CIRINO
4 51 PLINIO MARTINEZ RECHE
5 18 JULIANO TAVELLA
6 357 HENRIQUE TOMAZI SHERECK
7 118 JOSÉ LUIS MARCON
8 333 JUNINHO DELALANA
9 189 ROBERTO SASSAKI
10 150 AURO GUADAGUINI






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet