X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

1ª etapa - Circuito Interior Paulista de Velocross - Pedreira - SP
Publicado em: 08/04/2010

Forte chuva impediu realização de todas as baterias do evento 
Redação MotoX.com.br - Texto e Fotos: Luiz C. Garcia 


Largada Nacional Estreantes e Nacional Força Livre


Vinícius Marcon
A cidade turística de Pedreira foi o palco da abertura do Circuito Interior Paulista de Velocross, dia 03 de abril. Organizado pela Panini Sport com supervisão da FPM (Federação Paulista de Motociclismo), o evento estreou uma fórmula de disputa diferente, onde as principais categorias
competem em duas baterias e a somatória de pontos define o campeão da etapa.

Mesmo com o mau tempo, que imperou desde sexta-feira, um bom número de pilotos prestigiou o evento que contou com boa estrutura, além da elogiada pista, montada em um terreno plano com longas retas e curvas fechadas, mesclando trechos de alta e baixa velocidade.

As categorias de base, 50cc, 65cc e Infantil, são as únicas que não disputam duas baterias e foram estas que entraram primeiro na pista. Na Infantil, Vinícius Marcon ditou o ritmo da prova e não teve dificuldades em vencer. Caio Godoi e Willian Bongiorno fecharam o pódio na segunda e terceira posições. Pedro Buzato ficou com a vitória da 65cc e Iezo Sega, estreando no Velocross, venceu a 50cc


Pedro Buzato


Iezo Sega
Logo após uma rápida manutenção de pista, um bom número de pilotos alinhou para a VX3. Beto Vilalva e Toninho da Mata pularam na frente após a largada, com este último, defendendo com unhas e dentes a segunda posição, dos ataques de Edson Cascata, com isto, Beto aproveitou e abriu diferença em relação aos demais pilotos. Após assumir a segunda posição, Cascata chegou a tirar em muito a diferença em relação ao líder, mas não o suficiente para esboçar um ataque. Eduardo Paschoalin ainda conseguiu superar Toninho da Mata no final da prova, ficando com a terceira posição e Paulinho Canoa foi o quinto, muito próximo de alcançar a quarta colocação.

As categorias Força Livre e Estreantes, para motos nacionais andaram juntas, onde a Nacional Força Livre foi marcada pela disputa na liderança entre Márcio Tadeu Caetano, que liderou boa parte da prova, e Ricardo Campos, que não deixava o líder respirar. Após sua moto apresentar algumas falhas, Caetano acabou perdendo a liderança para Campos na parte final da prova, mas mesmo assim, terminaram a prova praticamente juntos. Na terceira posição, chegaram Isaías Biazotto. Jean Dickson e Edson Mattos. 


Beto Vilalva


Willian Gonsalves
A disputa pela liderança também foi o ponto alto da Nacional Estreante. A prova só foi decidida nos últimos metros, a favor de Willian Gonsalves, que venceu por menos de meia moto sobre Bruno Lopes. Rodrigo Macena ficou em terceiro e Alan Sbeghen em quarto.

Apesar de chuviscar em algumas baterias, era uma questão de tempo para cair a chuva forte que as nuvens prometiam e na disputa da Importada Estreante, o tempo fechou de vez. As duas primeiras posições foram definidas após cair o gate, Banana assumiu a ponta e Lenon Oliveira ficou com o segundo lugar. Os dois abriram muito em relação ao terceiro colocado, Gustavo Henrique, que teve de lutar muito para se manter à frente de Beto Peres.

Foi a categoria 230F largar, para começar a cair um dilúvio, que fez com que a organização interrompesse a prova pela metade. Ike Mattos bem que tentou se aproximar do líder, mas a condição da pista e a chuva não deixaram e a vitória ficou com Egnaldo Rodrigues. Na terceira posição ficou Gustavo Henrique, seguido por Edmar Sagui e Willian Gonsalves. 


Ricardo Campos


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 235 Fotos!
Após mais de uma hora de espera, foi decidido em uma reunião entre pilotos e organização, que seriam realizadas as baterias das duas categorias que estavam faltando, VX1 e VX2, mas com o tempo de prova reduzido e sem a realização da segunda bateria. 

Seis heroicos pilotos entraram para a disputa, a pista apresentava vários pontos de alagamento, além é claro, de muito barro. 

Na VX2, Lenon Oliveira saiu com a vitória, deixando Alberto Neto em segundo e Renan Oliveira em terceiro. 

Ike Mattos não deu chances aos adversários e venceu na VX1. Edson Cascata ficou com a segunda posição e Fábio Sega em terceiro. 



Banana e Egnaldo Rodrigues


Lenon Pires
Durante o evento, o organizador Luiz Panini, anunciou a criação de um novo campeonato Todo Terreno, a ser realizado no interior de São Paulo e sul de Minas Gerais. Esta modalidade envolverá pistas de Cross Country, Velocross e Enduro de Velocidade, com extensões entre três e cinco quilômetros. 

Panini aproveitou também para agradecer a todos, principalmente aos patrocinadores que o apoiaram durante e prova. 

“Gostaria de agradecer a toda a equipe da MR Pro e também todos da Duda Preparações. Ao Ricardo da All Sign e principalmente à Prefeitura Municipal de Pedreira, através do Secretario de Esportes Valdir Volpato e também à toda a minha equipe que mesmo nestas condições conseguiram que finalizássemos a prova” ressaltou.

A próxima etapa do Circuito Interior Paulista de Velocross está marcada para o dia 27 de junho, na cidade de Pinhalzinho. O campeonato tem o patrocínio de MR Pro, All Sign e Duda Preparações.


Ique Matos

Resultados
P. VX3
1 352 Beto Vilalva
2 46 Edson Cascata
3 18 Eduardo Paschoin
4 26 Toninho da Mata
5 100 Paulinho Canoa
6 177 Cezar Lopes Camargo
7 51 José Luis Alves
8 22 Nana
9 75 Cassio
10 25 Marcelo Eliseu
P. VX2
1 913 Lenon Pires Oliveira
2 197 Alberto Neto
3 919 Renan Pires Oliveira
P. VX1
1 19 Ike Matos
2 46 Edson Cascata
3 26 Fabio Sega
P. Nacional Força Livre
1 222 Ricardo Campos
2 26 Marcio Tadeu Caetano
3 84 Isaias Biazotto
4 13 Jean Dickson
5 13 Edson Mattos
P. Nacional Estreante
1 177 Willian Gonsalves
2 62 Bruno Lopes
3 282 Rodrigo Macena
4 9 Alan Sbeghen
P. Infantil
1 118 Vinicius Marcon
2 8 Caio Godoi
3 151 Willian Bongiorno
P. Importada Estreante
1 46 Banana
2 913 Lenon Pires Oliveira
3 12 Gustavo Henrique
4 71 Beto Peres
5 177 Bruno Lopes
6 919 Renan Pires Oliveira
7 91 Waldir Durce
8 197 Alberto Neto
9 118 Vinicius Marcon
10 8 Caio Godoi
P. 230F
1 4 Egnaldo Rodrigues
2 19 Ike Mattos
3 301 Gustavo Henrique
4 11 Edmar Sagui
5 177 Willian Gonsalves
6 18 Thiago Campos Macedo
P. 65CC
1 235 Pedro Buzato
P. 50CC
1 31 Iezo Sega






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet