X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

Veloterra do Seu Jorge - Pedreira - SP
Publicado em: 01/04/2010

Fazenda Monte Nilo sediou a competição
Redação MotoX.com.br - Texto e Fotos: Renato Fernandes 


Largada Nacional Estreante


Pedro Beagim
A Fazenda Monte Nilo, recebeu no dia 28 de março, mais uma edição do Veloterra do "Seu" Jorge. Prova organizada pela Asfalto Zero, mais uma vez prestigiada por toda a "tribo" do Veloterra, desde os iniciantes, até os mais experientes, com presença até mesmo de pilotos que disputam o campeonato brasileiro da modalidade.

O traçado, sempre muito bem cuidado pelo "Seu" Jorge, sofreu algumas alterações para esta edição, com sua extensão aumentada para receber as treze categorias disputadas. Pedro Beagim foi o destaque nas categorias para motos importadas com duas vitórias, a primeira delas na VX1

Largando na frente, Beagim teve a companhia de Alan Ferro, que chegou a superá-lo antes mesmo de completar a primeira volta, dando o troco no giro seguinte. Os dois andaram juntos por boa parte da prova e apenas nas voltas finais, o líder conseguiu abrir uma distância segura para garantir a vitória. Ique Matos finalizou na terceira posição, depois de protagonizar uma bela briga com Diego Parmira, que recebeu a bandeira colado à ele. 



Alcides Beazin


Betinho Eugênio
O segundo triunfo de Beagim veio na última prova do dia, a Importada Força Livre. Mesmo desta vez conseguindo vencer de ponta a ponta, não teve vida fácil, pois teve novamente a pressão de Alan Ferro. Mesmo andando próximo, não conseguiu se aproximar do líder mantendo o segundo posto desde a largada, assim como o jovem Lenon Pires, que logo se consolidou na terceira colocação. Diego Parmira e Ique Matos, novamente duelaram por posições e novamente Ique conseguiu levar a melhor, garantindo a quarta colocação, com Diego em quinto.

Também vencendo duas provas, Alcides Beazin foi o destaque nas categorias Nacionais. Assumindo a ponta já na largada da Nacional B, teve de manter o ritmo forte até a bandeirada final, já que Fabrício Caleffi, depois de largar em terceiro, logo assumiria a segunda posição, passando a buscar o líder. Ligado na prova, Beazin conseguiu manter uma pequena distancia, suficiente para garantir sua primeira vitória no dia. Na terceira posição, depois de um início de prova complicado, largando apenas na 11ª posição, veio Gustavo Fedel, seguido por André Rodrigues, que também iniciou a bateria nas colocações intermediárias e Sandro Wolff em quinto, que depois de largar em segundo, não conseguiu segurar o forte ritmo dos demais. 


Júlio Chehouan


Kelvin Guilherme
Na Nacional Força Livre, a conquista de Beazin foi muito mais suada. Depois de completar o primeiro giro em segundo, atrás Atrás de Edson Refundini, assumiu a ponta na volta seguinte, mas trouxe com ele, Leandro Canato que depois de largar em sexto, já estava grudado no líder ao completarem a segunda passagem pela linha de chegada. 

A prova seguiu assim até o final, com Canato finalizando em segundo, menos de um segundo e meio atrás de Beazin. Depois de superado pelos dois ponteiros Refundini se manteve em terceiro, sob muita pressão de Fabrício Caleffi que recebeu a bandeirada em quarto, com apenas alguns centésimos de segundo atrás. Jean Dickson conseguiu uma excelente quinta colocação, depois de largar na última posição.

A chuva parece ter decidido acompanhar Betinho Eugênio nesta temporada de 2010. depois de enfrentar um verdadeiro dilúvio na abertura do Brasileiro de Velocross, na hora de sua participação na categoria VX2 em Pedreira, uma leve chuva resolveu cair, deixando a pista bastante lisa. 


João Pedro Raimundo


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 562 Fotos!
Sem tomar conhecimento de nada disto, Betinho venceu de ponta a ponta, mas contou com a companhia de três pilotos em seu encalço, que se revesaram na segundo posição. O primeiro deles foi Cokinho, que largou lado a lado com o líder porém, logo foi superado por Diego Parmira e Mateus Lima. Os dois passaram a se alternar na segunda colocação, até que nas voltas finais, Mateus consegue assumi-la em definitivo, completando a prova, a menos de dois segundos do líder. Márcio Pinheiro conquistou algumas posições durante a bateria, finalizando em quarto, logo atrás de Parmira e com uma minúscula vantagem sobre Caio Darioli, o quinto colocado.

As categorias de base contaram com três provas e a primeira delas foi a 85cc. Júlio Chehouan não teve adversários durante bateria, assumindo a liderança assim que caiu o gate e beneficiado pela forte briga pela segunda colocação, recebeu a bandeirada com quase trinta segundos sobre os demais. Luizinho Queiroz se manteve firme na segunda posição até a penúltima volta, quando foi superado por Neto Longuim e Lucas Lucelli, que saíram das colocações intermediárias e numa tocada forte, garantiram a segunda e terceira colocações, respectivamente. 


Babi Fernandes


Banana
Kelvin Guilherme largou na ponta da 65cc e conseguiu garantir a vitória, administrando uma distância segura sobre Vitor Alexandre, que por sua vez, não foi incomodado pelo terceiro colocado, Jonatan Zanolini. Mesmo enfrentando problemas e abandonando a prova na quarta volta, Vitor Crema ainda garantiu a quarta colocação na categoria.

Depois de uma longa viagem e a quinta colocação na abertura do Paranaense de Arena Velocross, disputado na noite anterior, João Pedro Raimundo ainda teve energia de sobra, para com uma moto emprestada, vencer a 50cc. Largando em segundo, ainda na primeira volta assumiu a ponta passando abrir uma grande distância sobre o segundo colocado, seu companheiro de equipe, Bruno Brunieri, que também se distanciou bastante de Pablo Alexandre e Felipe Alexandre, que vieram na sequência em terceiro e quarto.

Na categoria Penélope, Babi Fernandes continua imbatível, não tendo dificuldades para vencer mais uma prova desde a largada. Mas ela que se cuide, pois as demais garotas vem evoluindo a cada prova, como Fernanda Cavalheiro, que acelerou forte durante toda a bateria, assumindo a segunda posição logo no início da prova e recebendo a bandeirada pouco mais de trinta segundos atrás da vencedora. Raphaela Recanelli foi a terceira, depois de iniciar nas posições intermediárias, seguida por Camila Gomieiro e Juliana Alcici, que chegou a ocupar a penúltima posição, se recuperando até o quinto posto. 


Fernando Longuim


Ney Corsi
Babi ainda subiu ao pódio mais uma vez, com a quarta colocação na Importada Estreante, numa bela recuperação, depois de largar em nono. Stefano Melo largou na frente, mas foi superado por Banana e algumas voltas depois, perde também a segunda posição para Lenon Pires, que a partir daí, sai a caça do líder, que defende muito bem a posição. Banana garante a vitória por menos de um segundo sobre Lenon, enquanto Stefano mantém a terceira posição à frent6e de Babi.

Com gate lotado e muito equilíbrio, a Over 35 teve Beto Raimundo fazendo o Holeshot, mas não conseguiu segurar Fernando Longuim que o ultrapassou na primeira volta e não largou mais a liderança. Cascata e Naná, depois de largarem no meio do bolo, conseguiram várias ultrapassagens, finalizando em segundo e terceiro, respectivamente. Auto Guadaguini seguido por David Carrion, que também saiu de trás, alcançando o pódio.

Pelas demais categorias nacionais, Diego Parmira, o incansável do dia que correu nada menos do que quatro provas, foi o vencedor da Nacional A. Depois de largar em segundo, assumiu a ponta na quarta volta, garantindo a vitória e mais um troféu. Edson Refundini saiu da quinta posição para, perto da metade da bateria, já ocupar a segunda colocação, mas a esta altura, sem chances de alcançar o líder. Marco Caetano alternou entre a terceira e quarta posições durante todo o tempo, para no final, levar a melhor sobre Renan Alves, que foi o quarto. Destaque também para Gabriel Lenzi que largou em último, na volta seguinte já era o oitavo e recebeu a bandeirada na quinta colocação. 


Diego Parmira


"Seu" Jorge
Ney Corsi teve uma prova movimentada na Nacional Estreante, mas teve seu esforço recompensado. Depois de largar em primeiro, foi superado por Anderson Kil e chegou a cair para a quarta posição. Determinado, logo reassumiu o segundo posto, passando a pressionar o líder, dando o bote na última volta. Sem tempo para reagir, restou à Kil, se contentar com a segunda posição. Numa prova consistente, Luisinho assegurou a terceira colocação, seguido por Peu Limeira, que numa brilhante primeira volta, pulou da ultima para a quinta posição.

Depois de mais uma excelente prova na Fazenda Monte Nilo, com a presença de muitos pilotos, "Seu Jorge" e a equipe da Asfalto Zero, já começam a planejar a edição 2011 do evento. Lembrando também que no dia 18 de abril, será realizada em Conchal (SP), a etapa de abertura do Campeonato Asfalto Zero de Veloterra 2010, com muitas novidades e o sorteio de uma viagem para Campo Grande (MS), para assistir a etapa brasileira do Mundial de Motocross. Mais informações sobre o campeonato e as condições para participar do sorteio no site da Asfalto Zero.

Resultados

P. Importada Força Livre Voltas Tempo Dif M. V. V. Vel.
1 738 Pedro Beagim 15 13:11.278 - 51.492 6 62.922
2 29 Alan Ferro 15 13:33.566 22.288 51.239 7 63.233
3 913 Lenon Pires Oliveira 15 13:39.323 28.045 53.585 10 60.465
4 19 Ique Mattos 15 13:42.764 31.486 53.642 15 60.400
5 399 Diego Parmira 15 13:43.585 32.307 53.113 14 61.002
6 157 Marcio Luis Pinheiro 15 13:48.267 36.989 52.908 14 61.238
7 11 Ricardo Osni 15 13:59.492 48.214 53.540 13 60.516
8 695 Caio Darioli 15 14:01.127 49.849 54.067 7 59.926
9 12 André Rodrigues 14 13:59.128 1 Lap 58.151 14 55.717
10 13 Julio Chehouan 13 13:20.817 2 Laps 57.992 12 55.870
P. VX1 Voltas Tempo Dif M. V. V. Vel.
1 738 Pedro Beagim 15 13:07.350 - 50.792 5 63.790
2 29 Alan Ferro 15 13:27.399 20.049 50.808 1 63.769
3 19 Ique Mattos 15 13:53.728 46.378 53.935 3 60.072
4 399 Diego Parmira 15 13:54.249 46.899 54.272 3 59.699
5 352 Beto Vilalva 15 13:56.281 48.931 54.373 9 59.588
6 22 Tomé 14 13:52.853 1 Lap 57.092 2 56.751
7 42 Mateus Zig 13 14:01.888 2 Laps 1:00.517 7 53.539
8 11 Ricardo Osni 6 5:46.847 9 Laps 53.813 6 60.208
9 1 João Cabelo 3 3:10.518 12 Laps 1:01.853 3 52.382
10 41 Naná 2 2:24.881 13 Laps 59.473 2 54.479
P. VX2 Voltas Tempo Dif M. V. V. Vel.
1 226 Betinho Eugênio 15 13:18.453 - 50.759 1 63.831
2 5 Mateus Lima 15 13:19.874 1.421 51.718 12 62.647
3 399 Diego Parmira 15 13:30.558 12.105 51.251 6 63.218
4 157 Marcio Luis Pinheiro 15 13:39.688 21.235 52.960 6 61.178
5 695 Caio Darioli 15 13:41.497 23.044 53.005 6 61.126
6 275 Daniel Vergueiro 15 13:49.718 31.265 53.423 10 60.648
7 94 Alan Ferro 15 14:06.489 48.036 54.741 11 59.188
8 45 Eduardo Mantovani 15 14:14.151 55.698 55.307 5 58.582
9 4 Fabio Silva 14 13:18.305 1 Lap 55.067 13 58.837
10 713 Jean Dickson Botelho 14 13:38.483 20.178 53.969 6 60.034
P. Over 35 Voltas Tempo Dif M. V. V. Vel.
1 16 Fernando Longuim 14 12:42.676 - 52.000 3 62.308
2 46 Cascata 14 13:02.121 19.445 53.377 2 60.700
3 41 Naná 14 13:11.049 28.373 54.427 3 59.529
4 150 Auto Guadaguini 14 13:17.139 34.463 55.151 10 58.748
5 357 David Carrion 14 13:25.125 42.449 55.597 5 58.277
6 21 Beto Raimundo 13 12:45.622 1 Lap 56.893 4 56.949
7 1 João Cabelo 13 12:46.448 0.826 56.253 7 57.597
8 42 Mateus Zig 13 12:46.580 0.958 56.704 8 57.139
9 94 Peu Limeira 13 13:04.902 19.280 58.573 10 55.316
10 74 Ivan Ferreira De Camargo 13 13:20.014 34.392 58.158 12 55.710
P. Importada Estreante Voltas Tempo Dif M. V. V. Vel.
1 46 Banana 14 12:37.277 - 52.289 2 61.963
2 913 Lenon Pires Oliveira 14 12:38.112 0.835 51.722 5 62.643
3 722 Stefano Melo 14 12:56.118 18.841 52.772 5 61.396
4 949 Babi Fernandes 14 12:59.140 21.863 53.284 9 60.806
5 12 André Rodrigues 14 12:59.937 22.660 54.431 7 59.525
6 39 Ney Corsi 14 13:20.286 43.009 54.727 7 59.203
7 41 João Paulo Oliveira 14 13:27.618 50.341 55.446 4 58.435
8 11 Fabiano Salati 13 13:07.415 1 Lap 58.765 3 55.135
9 43 Douglas Canela 13 13:32.324 24.909 57.709 1 56.144
10 2 Marcelo Meche 12 12:49.673 2 Laps 1:00.516 3 53.540
P. Nacional Força Livre Voltas Tempo Dif M. V. V. Vel.
1 63 Alcides Beazin 14 13:36.080 - 56.945 6 56.897
2 400 Leandro Caniato 14 13:37.538 1.458 55.799 13 58.066
3 11 Edson Refundini 14 14:00.922 24.842 55.751 7 58.116
4 24 Fabricio Calefi 14 14:00.940 24.860 58.043 14 55.821
5 13 Jean Dickson 14 14:25.573 49.493 58.822 8 55.081
6 18 Chicaneco 14 14:28.893 52.813 59.169 11 54.758
7 94 Peu 13 13:38.201 1 Lap 1:00.234 7 53.790
8 399 Auro Guadaguini 13 13:40.105 1.904 1:00.402 10 53.641
9 18 Gustavo Macedo 13 14:14.129 35.928 1:01.996 5 52.261
10 11 Gabriel Lenzi 8 8:28.817 6 Laps 58.679 7 55.216
P. Nacional A Voltas Tempo Dif M. V. V. Vel.
1 399 Diego Parmira 15 13:27.676 - 52.570 2 61.632
2 11 Edson Refundini 15 13:37.409 9.733 52.909 2 61.237
3 26 Marcio Tadeu Caetano 15 13:40.495 12.819 53.126 9 60.987
4 804 Renan Alves Banana 15 13:52.054 24.378 53.635 1 60.408
5 52 Gabriel Lenzi 15 14:14.009 46.333 54.760 5 59.167
6 150 Auro Guadaguini 14 13:31.944 1 Lap 56.151 10 57.702
7 5 Rafael Coser 14 13:39.609 7.665 56.053 2 57.802
8 93 Daniel Solinski 14 13:46.565 14.621 57.343 5 56.502
9 11 Anderson Gonçalves 14 13:47.652 15.708 56.816 14 57.026
10 74 Junior Cardoso 14 13:50.053 18.109 57.789 5 56.066
P. Nacional B Voltas Tempo Dif M. V. V. Vel.
1 63 Alcides Beazin 14 13:03.512 - 54.807 3 59.117
2 24 Fabricio Caleffi 14 13:13.000 9.488 54.985 14 58.925
3 711 Gustavo Fedel Formiga 14 13:15.335 11.823 54.288 8 59.682
4 23 André Rodrigues 14 13:20.073 16.561 55.374 13 58.511
5 Xx Sandro Wolff 14 13:20.116 16.604 55.666 9 58.204
6 19 Ique Mattos 14 13:26.447 22.935 54.682 14 59.252
7 46 Wilian Lopes Camargo 14 13:27.891 24.379 56.182 8 57.670
8 18 Chicaneco 14 13:34.210 30.698 56.051 14 57.804
9 301 Gustavo Henrique 14 13:37.940 34.428 56.767 9 57.075
10 3 Vinicius Domingues 14 13:51.217 47.705 56.481 11 57.364
P. Nacional Estreante Voltas Tempo Dif M. V. V. Vel.
1 39 Ney Corsi 12 12:13.531 - 58.612 11 55.279
2 297 Anderson Kil 12 12:13.543 0.012 58.680 9 55.215
3 39 Luisinho 12 12:23.692 10.161 58.253 9 55.619
4 94 Peu Limeira 12 12:34.119 20.588 59.619 9 54.345
5 9 Quirino 12 12:47.146 33.615 1:02.022 7 52.240
6 13 Edinei De Lima 12 12:50.866 37.335 1:00.409 12 53.634
7 7 João Paulo Oliveira 12 12:51.620 38.089 59.977 12 54.021
8 97 Rafael Simões Silva 12 12:52.148 38.617 1:00.928 8 53.178
9 24 Felipe Caleffi 12 13:02.042 48.511 1:02.201 9 52.089
10 91 Gabriel Silva 12 13:06.532 53.001 1:00.902 11 53.200
P. Penélope Voltas Tempo Dif M. V. V. Vel.
1 949 Babi Fernandes 12 12:01.997 - 55.652 1 58.219
2 23 Fernanda Cavalheiro 12 12:37.107 35.110 1:01.455 10 52.722
3 237 Raphaela Recanelli 12 13:02.438 1:00.441 1:01.528 11 52.659
4 12 Camila Gomieiro 11 12:29.408 1 Lap 1:03.871 8 50.727
5 865 Juliana Alcici 10 12:03.902 2 Laps 1:06.061 8 49.046
6 39 Luciana Cardoso Moretti 10 12:03.942 0.040 1:10.294 5 46.092
7 95 Marina Del Poente 10 12:37.131 33.229 1:04.509 1 50.226
8 277 Paula Cristina Bueno 9 12:09.012 3 Laps 1:16.430 8 42.392
9 19 Aline Mattos 9 12:49.357 40.345 1:22.304 8 39.366
P. 85cc Voltas Tempo Dif M. V. V. Vel.
1 13 Julio Chehouan 14 13:02.425 - 54.234 8 59.741
2 111 Neto Longuim 14 13:31.803 29.378 56.180 9 57.672
3 22 Lucas Lucelli 14 13:47.810 45.385 56.996 9 56.846
4 236 Luzinho Queiroz 14 13:47.812 45.387 54.074 9 59.918
5 841 Jean Willian Rodrigues 13 13:11.520 1 Lap 57.666 9 56.186
6 765 Tavinho 13 13:19.027 7.507 1:00.156 8 53.860
7 8 Caio Godoi 13 13:26.516 14.996 58.610 5 55.281
8 238 Guilherme Recanelli 13 13:29.287 17.767 58.675 6 55.219
9 151 Willian Bongiorno 12 13:05.246 2 Laps 1:03.210 2 51.258
10 78 Julio Corsi 12 13:30.479 25.233 1:05.439 2 49.512
P. 65cc Voltas Tempo Dif M. V. V. Vel.
1 55 Kelvin Guilherme 13 12:58.944 - 58.547 11 55.340
2 62 Vitor Alexandre 13 13:06.248 7.304 59.374 7 54.569
3 Xx Jonatan Zanolini 10 13:15.549 3 Laps 1:05.892 3 49.171
4 98 Vitor Crema 4 5:17.229 9 Laps 1:14.628 4 43.415
P. 50cc Voltas Tempo Dif M. V. V. Vel.
1 21 João Pedro Raimundo 11 12:43.294 - 1:07.675 3 47.876
2 33 Bruno Brunieri 11 14:32.336 1:49.042 1:07.849 5 47.753
3 8 Pablo Alexandre 10 13:20.642 1 Lap 1:16.886 4 42.140
4 37 Felipe Alexandre 10 13:30.637 9.995 1:19.006 2 41.010






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet