X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

4ª etapa - Brasileiro de Velocross - São José - SC
Publicado em: 21/07/2009

Categorias VX1 e VX2 tem novos líderes
Redação MotoX.com.br - Fotos: Gerson Coas 


Motódromo Pedra Branca, em São José (SC), foi palco da 4ª etapa do Brasileiro e Catarinense de Velocross


Paulo Krutzsch Jr.
Tradicional palco de provas de motocross na região, o Motódromo Pedra Branca localizado na cidade de São José, na Grande Florianópolis, recebeu nos dias 18 e 19 de julho, pela primeira vez desde sua inauguração (em 2002), a modalidade Velocross. Estreando logo de cara com uma prova válida pela quarta etapa dos Campeonatos Brasileiro e Catarinense de Velocross o circuito trouxe sorte aos pilotos do estado sede, que venceram todas as baterias disputadas.

Começando por Paulo Krutzsch Jr.que surpreendeu na principal categoria do campeonato. Largou na frente e deixou a briga pela segunda colocação da VX1 entre Leandro Lemos, Luciano de Oliveira e Lui Fietz. "Eu me surpreendi com o resultado, não esperava. Estou muito feliz. Consegui fazer uma boa largada e manter um bom desempenho na prova para vencer", comentou o vencedor.

A segunda colocação foi definida a poucos metros da chegada com Leandro em segundo e Luciano em terceiro, apenas quatro centésimos atrás. "Este não era o resultado que eu esperava. Não larguei bem e acabei perdendo a posição para o Leandro no finalzinho da prova. Agora é treinar mais, acertar a moto e concentrar para ganhar as próximas", falou Luciano. Com o resultado, Krutzsch Junior e Luciano de Oliveira somam 90 pontos e ficam empatados em número de pontos e vitórias, com vantagem para Krutzsch que assume a liderança da categoria porque tem a última vitória.


Lui Fietz


Jackson Keil
Na VX2 Lui André Fietz, foi o mais rápido nos treinos de sábado, no warm-up e fez uma grande prova, vencendo de ponta a ponta, com Maicon Kraemer em segundo e Tiago Hort, em terceiro. "Eu já larguei em primeiro, então foi meio caminho andado para a vitória. A prova foi perfeita", declarou Fietz. Com a vitória, Lui assume a liderança da categoria no Brasileiro, com dois pontos de vantagem para Paulo Stedile, ausente nesta etapa, pois participava do Brasileiro de Cross-Country que ocorreu na mesma data.

Jacson Keil, líder do Brasileiro e também do Catarinense nas categorias Nacional 250cc e Força Livre Nacional subiu no lugar mais alto do pódio nas duas e permanece invicto em ambas as categorias. Pela Nacional 250cc, Jacson e Leandro Lemos repetiram a disputa iniciada em Lages, terceira etapa do Catarinense. Leandro largou na frente, mas Jacson foi para cima, assumiu a posição e repetiu o resultado da etapa anterior do estadual, com Leandro em segundo e Wandrey Niels em terceiro.

Já na Força Livre Nacional, Jacson largou na frente, logo abriu uma boa vantagem para o segundo colocado e venceu sua segunda prova do dia. "Fiz uma largada perfeita, consegui abrir distância e vencer", comentou o piloto. Maicon Kraemer foi o segundo colocado seguido de Wandrey Niels, na terceira colocação.


Braz Santos
Pela VX3, a disputa foi entre o catarinense Braz Santos e o líder da categoria no Brasileiro, Leonardo Pedro Muller. A prova iniciou com Braz em primeiro e Leonardo em segundo. Braz abriu vantagem, mas nas últimas voltas o brasiliense forçou, chegando a superar Braz por duas vezes. 

O catarinense não se deu por vencido, se recuperou e venceu a prova deixando Leonardo com a segunda colocação, e Nasri Sarkiss em terceiro. "A prova foi bem disputada, no final fui pressionado, mas consegui suportar a pressão. Gosto de vencer assim, a vitória é mais valorizada", comemorou Braz.

A VX3 Nacional foi interrompida ainda na primeira volta para o atendimento médico a João Francener que, na largada, se envolveu em uma queda junto com mais alguns pilotos. No reinício, vitória para Gilmar Bianquezzi, que partiu na frente e administrou a pequena vantagem que conseguiu sobre Márcio Dal Solio e Carlos Samonek, segundo e terceiro colocados respectivamente.

Vitória de Luís Felipe Fietz na Nacional 230cc, com Markolf Berchtold na sua cola em segundo e Alex Pains em terceiro. "Larguei em segundo e concentrei em ultrapassar o primeiro. Na metade da prova consegui e abri uma distancia boa. No fim levei uma pressão, mas soube suportar e vencer", comentou. Eduardo Branco foi o vencedor da Nacional 180cc e também da Street Standard. Já na Júnior, Jeferson Keil levou a melhor. Entre os garotinhos, vitória de Sebastião da Silva Junior na 65cc, e de Igor Matte Farias, na 55cc.

A quarta etapa dos campeonatos Brasileiro e Catarinense de Velocross foi uma realização do Motoclube de São José, sob a supervisão da Federação Catarinense e Confederação Brasileira de Motociclismo. Conta com apoio de Riffel, Destak Transportes e Motoshop, Honda Amauri Moto Center, Geração Motos Yamaha, GMC Construtora Ltda., Construtora Sul Catarinense, Secretaria de Obras de São José, Policia Militar e Corpo de Bombeiros.

Resultados
Categoria VX1
1. 120 - Paulo Krutzsch Jr - 14:44.049
2. 29 - Leandro Matos Lemos - 3.531
3. 41 - Luciano de Oliveira - 3.863
4. 138 - Lui André Fietz - 4.193
5. 956 - Leonardo Pedro Muller - 33.118
6. 7 - Markolf Berchtold - 38.187
7. 701 - Eduardo Zonta - 41.079
8. 36 - Rodrigo Volcan - 42.123
9. 132 - Bruno Leitzke Jr - 43.152
10. 219 - Fernando Fraga - 59.783
11. 153 - Nasri Weinhardt Sarkiss - 1 volta
12. 1 - Renato Muller - 1 volta
13. 2 - Elvis Augusto Schmitz - 1 volta
14. 201 - Nelson Pereira Filho - 1 volta
15. 20 - Paulo Krutzsch - 2 voltas
Categoria VX2
1. 138 - Lui André Fietz - 12:27.699
2. 761 - Maicon Júnior Kraemer - 4.404
3. 98 - Tiago Hort - 11.508
4. 22 - Wandrey Niels - 15.052
5. 4 - Leandro Matos Lemos - 15.221
6. 120 - Paulo Krutzsch Jr - 24.480
7. 175 - Luís Felipe Fietz - 39.929
8. 36 - Rodrigo Volcan - 43.864
9. 132 - Bruno Leitzke Jr - 45.061
10. 361 - Maicon Frena - 46.319
11. 219 - Fernando Fraga - 50.809
12. 701 - Eduardo Zonta - 56.163
13. 431 - Leandro Batista - 56.730
14. 7 - Markolf Berchtold - 1 volta
15. 2 - Elvis Augusto Schmitz - 1 volta
Categoria VX3
1. 43 - Braz dos Santos - 12:35.793
2. 956 - Leonardo Pedro Muller - 0.524
3. 153 - Nasri Weinhardt Sarkiss - 3.887
4. 41 - Renato Muller - 30.230
5. 29 - Marcio Eduardo Mielke - 44.896
6. 6 - Gilmar Vrinfried Bianquezzi - 48.038
7. 30 - Juarez Barboza - 49.360
8. 38 - Joao Silverio Francener - 49.642
9. 20 - Paulo Krutzsch - 56.155
10. 221 - Claudir Heil - 59.040
11. 244 - Joiromar Dos Santos - 1 volta
12. 449 - Rogerio Schmitt - 1 volta
13. 414 - Juliano Dos Santos - 1 volta
Categoria Força Livre Nacional
1. 228 - Jacson Keil - 12:38.091
2. 5 - Maicon Júnior Kraemer - 12.791
3. 22 - Wandrey Niels - 33.271
4. 75 - Fabiano Ribeiro - 33.490
5. 178 - Marcio Dal Solio - 57.063
6. 15 - Bernardo Garcez Andrade - 1:08.901
7. 12 - Jose Augusto Reinert - 1 volta
8. 7 - Volkmar Berchtold - 1 volta
9. 31 - Eduardo Correia Branco - 1 volta
10. 89 - Gervasio Frutuoso - 1 volta
11. 99 - Tiago Andre Krause - 1 volta
12. 968 - Jaiso Lisboa - 2 voltas
Categoria VX3 Nacional
1. 6 - Gilmar Vrinfried Bianquezzi - 10:13.202
2. 178 - Marcio Dal Solio - 0.304
3. 99 - Carlos Roberto Samonek - 1.821
4. 38 - Joao Silverio Francener - 2.378
5. 35 - Adilson Romalino Batista - 4.086
6. 77 - Wilson Pereira - 30.032
7. 128 - Jaime Lisboa - 39.469
8. 959 - Agnaldo Da Silva - 42.208
9. 5 - Dardo Domingues Pereira - 50.827
10. 3 - Maysa Pianezer - 51.910
11. 777 - Eureides Freitas - 56.461
12. 93 - Delcio Tomio - 1:12.463
Categoria Nacional 250cc
1. 228 - Jacson Keil - 12:35.200
2. 4 - Leandro Matos Lemos - 1.206
3. 22 - Wandrey Niels - 38.370
4. 75 - Fabiano Ribeiro - 49.873
5. 225 - Alex Pena Pains - 54.444
6. 115 - Eduardo Leobet - 1:03.826
7. 12 - Jose Augusto Reinert - 1:06.272
8. 7 - Volkmar Berchtold - 1 volta
9. 338 - Mairim Carlos Burigo - 1 volta
10. 65 - Luís Felipe Fietz - 3 voltas
Categoria Nacional 230cc
1. 175 - Luís Felipe Fietz - 12:12.295
2. 1 - Markolf Berchtold - 1.183
3. 225 - Alex Pena Pains - 10.719
4. 500 - Marcio Roberto Rover - 11.510
5. 7 - Volkmar Berchtold - 35.492
6. 191 - Osmar Mosimann Neto - 51.363
7. 123 - Jacson Gil Vargas - 59.400
8. 11 - Leonardo Anzolin - 1:05.517
9. 413 - Gregori Fernando Cappellaro - 1:08.368
10. 3 - Leandro Cé Weitgenandt - 1 volta
11. 94 - Guilherme Bruda - 1 volta
12. 31 - Cleber Gomes - 1 volta
13. 711 - Eros Lazarotto Jr - 1 volta
Categoria Júnior
1. 251 - Jeferson Keil - 13:42.978
2. 58 - Jonata Eccel - 7.830
3. 72 - Bruno Tomio - 33.191
4. 69 - Julio Cesar Vaselkoski - 36.694
5. 3 - Maysa Pianezer - 39.462
6. 94 - Guilherme Bruda - 1:06.612
7. 711 - Eros Lazarotto Jr - 1 volta
Categoria 180cc
1. 31 - Eduardo Correia Branco - 13:51.600
2. 637 - Guilherme Pereira - 0.600
3. 89 - Gervasio Frutuoso - 5.859
4. 249 - Maicon Testoni - 6.602
5. 99 - Tiago Andre Krause - 1 volta
6. 223 - Deivison Ramos Vargas - 1 volta
Categoria Street Standart
1. 31 - Eduardo Correia Branco - 12:35.409
2. 788 - Ralf Schafer - 21.188
3. 7 - Gean Carlos da Silva - 28.596
4. 3 - Fernando Daniel Tironi - 38.369
5. 85 - Alison Cezar Dutra - 48.678
6. 177 - Wilson Pereira - 54.872
7. 51 - Jhonatan Berto Defellipe - 1:15.491
8. 519 - Adriano Barbosa - 1 volta
9. 99 - Rafael Rubens Teske - 1 volta
10. 101 - Fabio Caballero Dasilva - 1 volta
11. 223 - Deivison Ramos Vargas - 1 volta
Categoria 65cc
1. 15 - Sebastião da Silva Jr - 13:13.763
2. 11 - Lucas Gadotti - 13.338
3. 45 - Leonardo de Souza - 18.123
4. 0 - Amabilly Cardoso - 51.329
5. 6 - Pedro Barboza - 1:07.067
6. 10 - Matheus Alexandre - 1 volta
7. 28 - Kaue Vieira - 1 volta
8. 51 - Hayato França - 2 voltas
9. 24 - Gustavo Lisboa - 2 voltas
10. 7 - Igor Poffo Nau - 4 voltas
Categoria 50cc
1. 44 - Igor Matte Farias - 10:26.899
2. 5 - Lucas Jose Nascimento - 16.020
3. 38 - Mayron Boelling da Silva - 1:04.243
4. 99 - Antony Maso - 1:13.520
5. 13 - Vinicius Lamonatto - 1 volta
6. 22 - Felipe Matte Farias - 1 volta






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet