X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

8ª etapa - Copa BRC de Velocross - Pedreira - SP
Publicado em: 10/07/2009

Pedreira fecha com sucesso ciclo de três provas consecutivas
MotoX.com.br - Texto e Fotos: Ronaldo Sampaio


Largada Nacional A


Gustavo Brito
Nos dias 4 e 5 de julho a 8ª etapa da Copa BRC de Velocross encerrou a sequência de três provas consecutivas disputadas em Pedreira, SP. A competição aconteceu apenas uma semana após a prova anterior, 
fechando a sequência iniciada com a abertura do paulista da modalidade, mas ao contrário da sétima etapa, dessa vez o Sol apareceu e o circuito, com cerca de 1000 metros, estava perfeito. Restando apenas uma etapa para o término da copa, os pilotos alinharam dispostos a somar pontos preciosos, que farão toda a diferença na busca pelo título, e também brigar pelos prêmios, que somaram um total de R$ 4.000,00 em produtos oferecidos pelos patrocinadores do evento.

Nas principais categorias Matheus Lima, Alan Ferro e Pedro Beagim foram os destaques, enquanto nas categorias nacionais Eliandro Consorte, o Tonelada, foi o melhor, vencendo duas das quatro provas. Acompanhe abaixo como foram as treze baterias do dia. 


Luciano Queiroz


Michel da Costa
Na Importada Estreante, Gustavo Brito largou na ponta e disputou com Ney Corsi a liderança no início da prova. Os dois brigaram por um bom tempo pela ponta, até Gustavo conseguiu abrir e Ney passar a sofrer pressão de Fábio Silva, que lhe tomou a segunda posição. Eduardo Marconi e Baninho Pegorari, completaram os cinco primeiros desta primeira bateria.

A 65cc foi liderada de ponta a ponta por Luciano Queiroz. As disputas ficaram concentradas pelas demais posições, entre Vinícius Marcon, Bruno Oliveira e Matheus Emilio. Com o passar do tempo Vinícius conseguiu abrir de seus adversários, que continuaram a brigar pela terceira posição. 

Bruno Oliveira foi muito pressionado por Matheus, mas não entregou a posição, recebendo a bandeirada a sua frente. Willian Bongiorno chegou a ocupar a quarta colocação, mas caiu, terminando a prova em quinto. 



João Henrique Silva


Alan Ferro
O pódio da Nacional Estreante só foi definido depois de muita disputa entre os primeiros colocados. Marcio Caetano e Michael da Costa largaram juntos, com Ney Corsi e Luiz Eduardo engrossando a disputa pelas primeiras posições logo atrás deles. Na segunda volta as coisas se inverteram, com Michael superando Marcio, que não desanimou e passou a perseguir o novo líder. Luiz encostou nos ponteiros, assumiu a segunda posição e também forçou para cima do líder, porém, além de não conseguir superá-lo, ainda devolveu a segunda posição para Michael na segunda metade da bateria. A disputa seguiu até a última volta, quando finalmente Michael conseguiu a ultrapassagem, vencendo essa difícil bateria. Mais atrás, Ney Corsi, conseguiu roubar a quinta posição de Isaias Biazoto na última curva. Luiz Eduardo finalizou em terceiro seguido por Gabriel Lanzi.

A motinhos da 50cc foram as próximos a largar. Victor Souza liderou as primeiras voltas, mas acabou abandonando, dando a liderança para João Silva na terceira volta. Thiago Martins largou lá atrás, e mesmo se enroscando em um piloto caído conseguiu imprimir um bom ritmo, passando vários adversários até alcançar a segunda posição da prova. Cauê Andrade, Felipe Guidetti e Julio Morete completaram os cinco primeiros. 


Cokinho


Matheus Lima
Sobe a potência, aumenta a velocidade, e continuam as disputas na prova da VX1. Alan Ferro e Pedro Beagin largaram juntos e disputaram forte a primeira volta da prova, a ponto dos dois se tocarem e caírem, dando a liderança para Edson Cascata. Alan voltou mais rápido, mas mesmo assim já estava bem distante do novo líder. Beagin também retornou, mas depois de uma nova queda o piloto abandonou a prova com problemas mecânicos. O ritmo do ponteiro era forte, mas Alan estava determinado e enrolou o cabo, conseguindo chegar nos ponteiros Edson e Filó. Os três passaram a disputar a liderança e não demorou até Alan reassumir a primeira posição, Filó superou Edson e ficou em segundo. Ique Mattos passou Naná na última curva, ficando com a quarta colocação.

Intensa disputa pelas primeiras posições na sempre equilibrada prova da 230F. Jonas Tavela, Cokinho, Chicaneca e Egnaldo brigaram a prova toda para decidir quem sairia vencedor. Jonas liderou as primeiras voltas, mas a disputa era mesmo intensa, e depois de uma ciranda de ultrapassagens, Jonas terminou a prova na quarta posição. Chicaneca liderou a prova, mas deu bobeira e perdeu a primeira colocação para Cokinho quando negociava a ultrapassagem sobre um retardatário. Egnaldo também passou Chicaneca, garantindo assim a segunda posição. Ao término da prova Chicaneca foi penalizado por queimar a largada, caindo para a última posição. Com isso Jonas ficou com o terceiro posto, Vinícius Domingos foi o quarto e Vicente Batista subiu para a quinta colocação. 


Juninho Delalana


Fernanda Cavaleiro
Ao contrário da prova anterior, na VX2 não teve pra ninguém. Com uma pilotagem agressiva, Matheus Lima não deu chances aos adversários e conquistou uma fácil vitória. Daniel Vergueiro também foi rápido, chegou a cometer um erro que permitiu a aproximação de Sérgio Prego, mas não chegou a ter a segunda colocação ameaçada. Lucas Garcez e Mineiro foram quarto e quinto colocados respectivamente.

As categorias Nacional B e Feminina largaram juntas. Juninho Delalana manteve distância de Galdino Neto e venceu a prova. Fernanda Cavalheiro chegou na terceira posição geral, garantindo a vitória na Feminina. Marina Del Poente pressionou Luciana Moretti até conseguir a ultrapassagem, ficando assim com a quarta posição geral da prova. 




Alan Ferro vence novamente na Over 30


Eliandro Tonelada
Alan Ferro voltou para a pista na prova da Over 30, conquistando mais uma vitória, desta vez liderando de ponta a ponta. Mais atrás Filó foi perseguido por Daniel Vergueiro a certa distância, mas não teve a segunda posição ameaçada. Mineiro foi o quarto colocado e Henrique Tomazi o quinto.

Eliandro Consorti, o Tonelada, não teve problemas para vencer a Nacional A. Ele largou na ponta e correu num ritmo muito forte desde a primeira volta, recebendo a bandeirada quadriculada com boa vantagem sobre Juninho Delalana. Juliano Tavela finalizou a prova na terceira posição, a frente de Jorge Ferriane e Fabio Silva.

Na Over 40, Fabio da Silva largou na ponta e se isolou na liderança até receber a bandeirada quadriculada em primeiro. Beto Raimundo, Cabelo e Vicente Batista correram próximos durante toda a prova, com Cabelo superando Beto ainda no início da prova, mas levando o troco nos minutos finais, ficando assim com a terceira posição. 


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 742 Fotos!


Edson Raimundo
Ao término da prova a organização informou que Fábio havia corrido essa prova sem pontuar, já que não tem a idade mínima para participar da categoria. Dessa forma o vencedor de fato foi Beto Raimundo, com Cabelo em segundo, Vicente em terceiro, Mekita em quarto e Marco Garcez na quinta colocação. 

Tonelada voltou a vencer com certa facilidade, desta vez na Nacional Força Livre. A disputa da bateria aconteceu pela segunda posição entre Juninho Delalana e Marcelo Souza. O segundo colocado Juninho não teve vida fácil, Marcelo foi determinado e tentou de tudo, mas não conseguiu superá-lo. Renan Neguinho acompanhou o ritmo dos ponteiros no início, mas perdeu contato no decorrer da prova, recebendo a bandeirada quadriculada isolado na quarta posição. Fabio Silva foi o quinto colocado, completando o pódio.

A última prova foi a Importada Força Livre, onde aconteceu uma das disputas mais intensas do dia. Ao cair o gate Pedro Beagin, de moto emprestada, assumiu a ponta e foi perseguido por Matheus Lima. 


Tonelada também venceu a Nacional Força Livre


Pedro Beagim
Pedro tentava tirar o máximo da 450cc enquanto Matheus, com sua 250cc, abusava nas curvas tentando acompanhar o líder. O líder mostrou concentração e não permitiu que Matheus tivesse oportunidade de tentar uma ultrapassagem, até que nos instantes finais diminuiu o ritmo e Pedro pôde dosar o acelerador para comemorar a suada vitória. Daniel Vergueiro foi pressionado por Ique Mattos, mas conseguiu manter a terceira posição até o final da prova, que teve Alan Ferro como o quinto colocado.

A Copa BRC de Velocross tem o patrocínio de Escapamentos BRC, IMS, Polisport, Motobiu Racing e Duda Preparações. Agradecimentos a prefeitura municipal de Pedreira, e secretarias de esporte e lazer, obras, meio ambiente e saúde, e ao prefeito Hamilton Bernardes e seu vice Toninho Ganzarolli.

Resultados
50cc
1º 210 João Henrique Silva
2º 27 Thiago Martins
3º 97 Kauê Andrade Souza
4º 127 André Felipe Guidetti
5º 22 Julio Corsi
6º 87 Guilherme Barbosa
7º 33 Bruno Brunieri
8º 21 João Pedro Raimundo
9º 57 Vitor Soares
65cc
1º 236 Luciano Queiroz Filho
2º 800 Vinícios Marcon
3º 90 Bruno Oliveira Zamana
4º 7 Matheus Emilio
5º 16 Willian Bongiorno
6º 209 Chê Ganzarolli
7º 22 Mario Cezar Guarizzo
Feminina
1º 23 Fernanda Cavaleiro
2º 95 Marina Del Poente
3º 39 Luciana Moretti
4º 11 Larissa Laira
Over 30
1º 9 Alan Ferro
2º 2 Filó
3º 275 Daniel Vergueiro
4º 3 Mineiro
5º 357 Henrique Tomazzi
6º 41 Naná
7º 748 Alexandre Costa Maneira
8º 7 Sérgio Barbosa (Prego)
Over 40
1º 21 Edson Raimundo
2º 1 João Cabelo
3º 44 Vicente Batista
4º 31 Mekita
5º 211 Marco Garcez
6º 29 Cezar Del Poente
Nacional Estreante
1º 37 Michel da Costa
2º 26 Marcio Tadeu Caetano
3º 151 Luizinho Eduardo
4º 11 Gabriel Lenzi
5º 39 Ney Corsi
6º 84 Isaias Biazzotto
7º 22 Wagner José Campos
8º 47 Gabriel Tavela
9º 91 Gabriel Silva
10º 333 Rubens Lenzi
Nacional A
1º 119 Tonelada
2º 333 Juninho Delalana
3º 18 Juliano Tavella
4º 757 Jorge Ferriane
5º 4 Fabinho Silva
6º 19 Alan Ferro
7º 765 José Ricardo Baiano
Nacional B
1º 333 Juninho Delalana
2º 212 Galdino Neto
Nacional 230F
1º 90 Cokinho
2º 4 Egnaldo Rodrigues
3º 74 Jonas Tavella
4º 3 Vinícios Domingues
5º 42 Vicenti Batista
6º 36 Amarildo
7º 31 Mekita
8º 212 Galdino Neto
9º 19 Adriano Biazzotto
Nacional Força Livre
1º 119 Tonelada
2º 333 Juninho Delalana
3º 94 Marcelinho Souza
4º 212 Renan Neguinho
5º 4 Fabio Silva
6º 748 Alexandre Costa Maneira
7º 3 Vinícius Domingues
8º 18 Chicanecca
VX1
1º 9 Alan Ferro
2º 2 Filó
3º 46 Edison Cascata
4º 19 Ique Mattos
5º 41 Naná
6º 118 José Luiz Marcon
7º 738 Pedro Beagim
8º 21 Cristiano Florezi (Pistão)
VX2
1º 105 Matheus Lima
2º 275 Daniel Vergueiro
3º 7 Sérgio Barbosa (Prego)
4º 221 Lucas Garces
5º 3 Mineiro
6º 13 Rodrigo Galesso
7º 5 Ricardo (Cabeça)
Importada Estreante
1º 12 Gustavo Brito
2º 22 Fabinho Silva
3º 39 Ney Corsi
4º 611 Eduardo Marconi
5º 87 Baninho Pegorari
6º 29 Rafael Zanatta
Importada Força Livre
1º 738 Pedro Beagim
2º 105 Matheus Lima
3º 275 Daniel Vergueiro
4º 19 Ique Mattos
5º 9 Alan Ferro
6º 5 Ricardo (Cabeça)
7º 3 Mineiro






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet