X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Arenafama

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

7ª etapa Copa BRC de Velocross - Pedreira - SP
Publicado em: 30/06/2009

Etapa definiu campeões em três categorias
MotoX.com.br - Texto e Fotos: Renato Fernandes 


Pódio Força Livre Nacional


Chiquinho Velasco
A 7ª etapa da Copa BRC de Velocross deu continuidadea a agitada programação de 3 provas consecutivas da modalidade realizadas na cidade de Pedreira, interior paulista. A primeira das provas em sequência foi a abertura do Campeonato Paulista da modalidade, realizada na semana anterior e que também trouxemos em detalhes aqui no MotoX. Assim como no domingo passado, o domingo de 28 de junho foi de muito Sol e calor, mas na noite anterior, a história foi bem diferente. Uma chuva muito forte acompanhada de ventania, derrubou placas e grades que cercavam o traçado, quando tudo já estava pronto, a pista preparada e "bumpeada".

Os problemas foram contornados e resolvidos pela equipe da Panini Sport, organizadora do evento, e o circuito apresentou apenas dois pontos de alagamento que não comprometeram o bom desempenho da etapa. Com o Sol brilhando forte durante o dia, além da manutenção constante, a pista foi secando. Assim, para garantir o espetáculo, as categorias menores foram deixadas para o meio da tarde, momento em que as condições estiveram bem melhores para a garotada. 


Carlos Costa


Marcio Caetano
Pouco antes do início dos treinos da manhã foi realizado o sorteio de um conjunto de escapamento (curva e ponteira), oferecido pela BRC Escapamentos. O piloto Baninho Pegorari foi o feliz ganhador do prêmio. Na sequência, as motos entraram na pista para os treinos e os pilotos puderam ter duas certezas: primeiro que ninguém voltaria limpo para casa, e segundo que a emoção seria garantida na prova com a pista "pesada" e escorregadia.

Mesmo faltando ainda duas etapas para o fim da competição, algumas categorias já tiveram seus campeões definidos. Na Over 40 Edison Cascata sagrou-se campeão com os pontos da segunda colocação obtidos nesta etapa. As categorias Força Livre, tanto Nacional quanto Importada, também já tem seus campeões. Na Nacional o terceiro lugar de Juninho Delalana foi suficiente para lhe garantir o título, assim como Ique Matos, que também conquistou o campeonato da Importada com os pontos da terceira colocação desta prova. 

A Over 30 e Importada Estreante, se uniram na primeira prova do dia. Chiquinho Velasco largou na frente, disparou sem tomar conhecimento das difíceis condições da pista e dos demais competidores. O santista conquistou com tranquilidade a vitória, primeira de várias nesta etapa. Ronaldo "Naná" Ferreira largou em segundo, mas ainda no meio da primeira volta sofreu uma forte queda. Sem se abalar, rapidamente voltou para a prova e numa ótima recuperação reconquistou a segunda posição da Over 30, que teve ainda Henrique Tomazzi e Genaro Filho, completando as primeiras posições.

Carlos Costa foi o destaque da Importada Estreante. Depois de largar mal, conseguiu se acertar com as condições do terreno e venceu a categoria. Murilo Azevedo foi o segundo, seguido por Renan Pires que também fez uma boa recuperação, finalizando em terceiro. Baninho Pegorari foi o quarto, com Lenon Pires em quinto. 


Wagner Lopes


Matheus Emílio
A principal característica das provas com motos nacionais, é o equilíbrio entre os pilotos, a Nacional Estreante não fugiu a regra e, por praticamente todo o tempo, os três primeiros andaram muito próximos. Marcio Caetano conquistou o Holeshot e conseguiu se manter na ponta até a bandeirada, resistindo a forte pressão de Bárbara "Babi" Fernandes, que finalizou logo atrás. Já Murilo Fadel, acompanhou os líderes bem de perto, mas desgastado pelo ritmo do início, acabou perdendo a terceira posição para Rafael Coser durante as voltas finais, enquanto Fabiano Cardozo fez uma prova consistente, mantendo a quinta posição desde o início.

Largando na frente e liderando por boa parte da prova da Over 40, Edison Cascata chegou a abrir uma pequena distância sobre José Marcon e Wagner Lopes. Mas com os dois protagonizando uma bela briga pela segunda posição e andando forte, logo encostaram no líder para, nas últimas voltas - mostrando que ainda tinha energia de sobra -, Wagner pular para a ponta e vencer. Cascata ficou com a segunda colocação e Marcon em terceiro logo na sequência. Enquanto isto, João Cabelo e Edson Raimundo, conseguem superar Dorival Moura, garantindo quarta e quinta posições respectivamente. 


Bárbara "Babi" Fernandes


Vitor Soares
Babi subiu ao pódio novamente, desta vez vencendo de ponta a ponta a bateria que reuniu as categorias Feminina e 65cc. Ela não teve problemas para largar na ponta e logo se distanciar dos demais. Com a pista já em condições melhores, muitos pilotos ainda tiveram um pouco de dificuldade no ponto mais crítico, localizado no miolo do circuito. Foi o caso de Vinícius Marcon e Luciano Queiroz, que largaram bem, mas perderam tempo precioso neste trecho, terminando a prova respectivamente, com a quarta e quinta colocações da 65cc. Já Matheus Emílio, conseguiu driblar as adversidades e venceu a categoria, chegando a frente de Bruno Zamana e Willian Bongiorno, ambos fazendo boas apresentações. Mariana Del Poente e Fernanda Cavaleiro, segunda e terceira colocadas, foram outros destaques da categoria Feminina. 

Logo em seguida, foi a vez do gate cair para as 50cc e, com a pista ainda um pouco pesada para as motinhos, os pais suaram mais do que o de costume, correndo de um lado para o outro para auxiliarem os pilotinhos. Largando na frente, Vitor Soares conseguiu se livrar do "enrosco" inicial que aconteceu na primeira volta, fato que lhe garantiu vantagem suficiente para vencer a bateria. Já Kauê Souza não teve a mesma sorte, largando em segundo, sofreu uma queda que o fez voltar na última posição, finalizando a prova em sétimo. Com isto, Vitor Gonçalves assume o segundo posto, mantendo-o até a bandeirada, com Thiago Martins em terceiro e João Henrique Silva, que saiu do pelotão de trás, em quarto. Bruno Brunieri foi o quinto seguido por João Pedro Raimundo em sexto. 


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 578 Fotos!


Velasco venceu também na 230F
Segunda largada e segunda vitória para Chiquinho Velasco, desta vez na Nacional 230F, onde novamente assumiu a ponta desde o início, recebendo a bandeirada na frente. Vinícius Domingues também destacou-se na prova: fechou a primeira volta na quinta posição e, a partir dai, foi subindo de produção, até chegar em Marcelo Fuzari, que não resistiu a pressão e perdeu a segunda posição. Galdino Neto também fez uma ótima prova, saindo lá de trás, para finalizar em quarto, seguido por Tiago Rodrigues, que completou os cinco primeiros da categoria.

Sem sombra de dúvidas, a Nacional A proporcionou o final de prova mais emocionante do dia. Fabinho Silva saiu na frente seguido de muito perto por Diego Parmira, que o pressionou até as voltas finais, quando, com problemas em sua moto, perdeu um pouco de contato. O que Fabinho não esperava era que seu adversário, mesmo sem a terceira marcha, tivesse uma surpreendente reação na volta final, com os dois fazendo a última curva juntos! Diego conquistou a vitória na linha de chegada, apenas alguns centímetros à frente! Juninho Delalana que acompanhava tudo de perto, foi o terceiro enquanto Josias Tognolli conseguiu superar José Baiano, conquistando a quarta posição. 


Diego Parmira


Na VX1 a 3ª conquista de Velasco
Sem repetir as boas largadas das baterias anteriores, Chiquinho Velasco teve muito mais trabalho para vencer a VX1. Diego Parmira liderou o pelotão formado por Edison Cascata, Ique Matos, Chiquinho e José Marcon e, quando parecia que todos manteriam suas posições, o grande destaque do dia, mostrou porque ganhou tantas provas. Foi superando seus oponentes, para logo figurar na ponta, conquistando o terceiro êxito. Diego, Cascata, Ique e Marcon, fecharam o pódio, nesta ordem.

Sagui saiu na frente da VX2 e logo passou a ter a companhia de Matheus Lima, que depois de uma perseguição que durou várias voltas, conseguiu a ultrapassagem. Logo na sequência, tentando dar o troco, Sagui acaba saindo da pista e, mesmo voltando atrás do líder, por corta um trecho da pista ele acaba penalizado ao final da prova, caindo para a quarta posição. Matheus se mantém na ponta até a bandeirada, enquanto Daniel Vergueiro, numa excelente corrida, sai das últimas posições finalizando em terceiro para, depois da punição de Sagui, herdar a segunda colocação. Lucas Garcez também subiu mais um degrau, ficando com o terceiro posto, enquanto Dorival Moura foi o quinto, posição que garantiu 
desde o início. 


Matheus Lima


Heitor Campos
Assim que caiu o gate da Nacional B, Heitor Campos pulou na frente, mas quem garantiu o Holeshot foi César Panazollo que rapidamente assumiu a ponta. Os dois ponteiros passam a protagonizar uma bela disputa pela liderança, até que algumas voltas depois, Campos se aproveita de uma falha no motor do líder para reassumir o primeiro lugar. Juninho Delalana, que vinha acompanhando tudo de perto, não perde a oportunidade e passa a ser segundo, para logo em seguida encostar no ponteiro e brigar pela liderança. Campos consegue segurar a posição, vencendo a prova com Delalana bem próximo a ele. Mesmo com problemas Panazollo ainda consegue manter a terceira posição, com Galdino Neto e Heitor fechando os cinco degraus do pódio.

Na Força Livre Nacional, o que se viu foi uma bela briga entre os três primeiros colocados, até que Renan Neguinho - que vinha liderando o pelotão - é forçado a abandonar com problemas em sua moto. A partir daí, as colocações foram se consolidando com Diego Parmira, que também teve um excelente dia, assumindo a ponta e vencendo novamente. Fábio Silva foi o segundo, seguido por dois frequentadores assíduos do pódio, Juninho Delalana e Chiquinho Velasco, este último na única bateria em que não garantiu a vitória. André Luiz fechou os cinco primeiros da categoria, depois de superar Josias Tognolli. 


Largada Nacional 230F


Diego Parmira também ganhou a Força Livre Nacional
Finalizando a 7ª etapa da Copa BRC de Velocross a Força Livre Importada foi pra pista. Não demora e lá está ele, mais uma vez na ponta: Chiquinho Velasco parte para sua quarta e derradeira vitória, vencendo de ponta a ponta fechando o dia com chave de ouro. Matheus Lima levou a melhor na briga com Ique Matos pela segunda posição, enquanto Sagui foi quarto novamente, seguido por Edson Raimundo na quinta colocação.

A próxima etapa, a penúltima do campeonato, ocorre já no próximo final de semana, dia 05 de Julho, nesta mesma pista em Pedreira, onde novamente será sorteado um conjunto de escape e ponteira da BRC Escapamentos e também, os primeiros colocados de todas as categorias, serão premiados com produtos oferecidos pelos patrocinadores que apóiam este evento.

A organização já trabalha também para a grande final da temporada: "A final da Copa BRC de Velocross será realizada nos dias 08 e 09 de agosto. Estamos trabalhando em conjunto com os pilotos, pais, chefes de equipes, patrocinadores e Prefeitura Municipal, para realizarmos a prova na cidade de Bragança Paulista. Estamos também acertando uma premiação especial para os campeões, que ainda será definida", declarou Luiz Panini, organizador do campeonato. 


Com 4 vitórias na etapa Chiquinho Velasco foi o grande destaque do dia

A Copa BRC de Velocross 2009 tem o patrocínio de Escapamentos BRC, MOTOBIU Racing, Duda Preparações, IMS, Polisport, Steel Joint e Conti Eventos. Esta etapa contou ainda com o apoio da Prefeitura Municipal de Pedreira, através das Secretarias de Esportes, Obras, Saúde e Meio Ambiente. Supervisão a cargo da Federação Paulista de Motociclismo, cobertura completa revista Pro Moto e do site MotoX. Realização: Panini Sport Promoções & Eventos.


Baninho Pegorari recebe de Luiz Panini o conjunto da BRC escapamentos que foi sorteado entre os inscritos

Resultados

50cc
1º 57 Vitor Soares
2º 28 Vitor Alexandre Gonsalves
3º 27 Thiago Martins
4º 210 João Henrique Silva
5º 33 Bruno Brunieri
6º 21 João Pedro Raimundo
7º 97 Kauê Andrade Souza
65cc
1º 7 Matheus Emilio
2º 90 Bruno Oliveira Zamana
3º 16 Willian Bongiorno
4º 800 Vinícios Marcon
5º 236 Luciano Queiroz Filho
6º 259 Vinícios Oliveira
7º 22 Mario Cezar Guarizzo
Feminina
1º 949 Babi Fernandes
2º 95 Marina Del Poente
3º 23 Fernanda Cavaleiro
Over 30
1º 1 Francisco Velasco (Chiquinho)
2º 41 Naná
3º 357 Henrique Tomazzi
4º 162 Genaro Russo Filho
Over 40
1º 93 Wagner Lopes
2º 46 Edison Cascata
3º 118 José Luis Marcon
4º 1 João Cabelo
5º 21 Edson Raimundo
6º 33 Dorival Gomes Moura
7º 162 Genaro Russo Filho
8º 955 Marco Garcez
Nacional Estreante
1º 26 Marcio Tadeu Caetano
2º 949 Babi Fernandes
3º 70 Rafael Coser
4º 5 Murilo Fadel
5º 247 Fabiano Cardozo
6º 84 Isaias Biazzotto
7º 47 Gabriel Tavela
Nacional A
1º 399 Diego Parmira
2º 4 Fabinho Silva
3º 333 Juninho Delalana
4º 71 Josias Tognolli (sapo)
5º 765 José Ricardo Baiano
Nacional B
1º 764 Heitor Campos
2º 333 Juninho Delalana
3º 693 Cezar Panazollo
4º 212 Galdino Neto
5º 94 Heitor
6º 47 Marcelo Latanzzi
Nacional 230F
1º 1 Francisco Velasco (Chiquinho)
2º 3 Vinícios Domingues
3º 277 Marcelo Fuzari
4º 212 Galdino Neto
5º 18 Tiago Rodrigues de Jesus
6º 19 Adriano Biazzotto
7º 12 André Luis
8º 46 Cascatinha
9º 19 Vitor Vidal
Nacional Força Livre
1º 399 Diego Parmira
2º 4 Fabio Silva
3º 333 Juninho Delalana
4º 162 Francisco Velasco (chiquinho)
5º 12 André Luiz
6º 71 Josias Tognolli (sapo)
7º 212 Renan Neguinho
VX1
1º 1 Francisco Velasco (Chiquinho)
2º 399 Diego Parmira
3º 46 Edison Cascata
4º 19 Ique Mattos
5º 118 José Luiz Marcon
VX2
1º 105 Matheus Lima
2º 275 Daniel Vergueiro
3º 221 Lucas Garces
4º 913 Sagui
5º 33 Dorival Moura
6º 377 Cleiton Grassi
Importada Estreante
1º 77 Carlos Eduardo Costa
2º 211 Murilo Azevedo
3º 919 Renan Pires de Oliveira
4º 87 Baninho Pegorari
5º 913 Lenon Pires de Oliveira
Importada Força Livre
1º 1 Francisco Velasco (Chiquinho)
2º 105 Matheus Lima
3º 19 Ique Mattos
4º 26 Sagui
5º 21 Beto Raimundo
6º 377 Cleyton Grassi
7º 26 Cezar Del Poente






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet