X Fechar
foto

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

SP Race Park

JPS Racing

MotoX Pneus

Clique e saiba mais

> Competição > Veloterra

6ª etapa Dirt Action de Veloterra - Lorena - SP
Publicado em: 21/06/2009

Com grande participação feminina prova abriu segunda metade da temporada
MotoX.com.br - Texto e fotos: Ronaldo Sampaio


Largada Over 30


Rafael Arruda
Iniciando a segunda metade da temporada, o Campeonato Dirt Action de Veloterra chegou a sexta etapa com um evento espetacular realizado em Lorena, interior de São Paulo, nos dias 13 e 14 de junho. O grande e animado público atraído pelo ronco dos motores acompanhou tudo do alto de um platô, onde a visão privilegiada do circuito permitia acompanhar em detalhes as disputas das treze baterias da competição que segue reunindo centenas de pilotos. 

Isso mesmo, são treze corridas em um único dia,  fazendo deste um campeonato democrático, que garante a pilotos de todos os níveis e idades a oportunidade de participar de forma competitiva. Para evidenciar isto destacamos a grande presença feminina no evento: a categoria Penélope contou com incríveis 18 participantes! E elas foram destaque também em outras três provas, não só como coadjuvantes, mas sim disputando um lugar no pódio. Entre os homens Carlo Mônaco foi o principal destaque, vencendo duas das principais provas do dia. Acompanhe abaixo quais foram os vencedores da etapa, e como ficou a classificação no campeonato após seis etapas realizadas. 


Monique Camargo


Lamartine Henrique
Rafael Arruda largou na ponta na Over 30, primeira prova do dia. Ao final da primeira volta Fábio Aleixo, Renato Hanser e Fernando Longuin acopanhavam o líder, que não suportou o ritmo e cedeu a primeira posição a Renato. O novo líder tinha Longuin em sua cola, que no mesmo ritmo ocupou a segunda posição para decidir, nos momentos finais da bateria, quem seria o vencedor. O melhor da prova estaria mesmo reservado para o final, Longuin estava rápido e com fome de vitória, e nas duas voltas finais deu o bote e assumiu a ponta. Renato tentou de todas as formas dar o troco e recebeu a bandeirada a incríveis 0,07s atrás de Longuin, não fosse o moderno sistema de cronometragem utilizado pela organização, a tarefa de definir o vencedor seria realmente impossível. Fabio Aleixo foi o terceiro, Rafael Arruda o quarto e Daniel Vergueiro o quinto colocado. A briga pelo campeonato esta acirrada, Longuin acumulou 115 pontos, contra 101 de Renato Hanser. 


Tiago Azevedo e Luciano Queiroz


Samuel Maduro e Cláudio Augusto
Como comentamos no início da matéria, o dia foi das mulheres, e umas das provas que contou com a presença feminina foi a caçula 50cc. Monique Camargo não tomou conhecimento dos adversários e venceu a prova dos pequenos com boa vantagem para Guilherme Reis, que ocupou a segunda posição a prova toda. João Pedro largou na quinta colocação mas já na segunda volta era terceiro. Bruno Brunieri se envolveu em um acidente na primeira curva e iniciou a prova lá atrás, mas com um ritmo forte ele se recuperou e ultrapassou João Pedro Assunção ainda na primeira metade da bateria, assumindo a quarta posição e definindo os cinco primeiros colocados da prova. O líder do campeonato é Victor Alexandre, com 101 pontos, Monique é a terceira colocada, com 71 pontos.

Lamartine Henrique venceu a Importada Estreante de ponta a ponta, e só Jaqueline Poltronieri chegou perto de ameaçar sua liderança, mas Lamartine conseguiu manter uma distância segunda, evitando uma disputa direta. A terceira posição teve mais candidatos, Bruno Grossi superou Pedro Vilela, e trouxe com ele Paulo Furlaneto, que pressionava o tempo todo. Durante a disputa os dois se tocaram, e quem se deu bem com isso foi Pedro, que retomou a terceira posição. Com a queda de Bruno e Paulo, Felipe Ozi e Felipe Rocha herdaram a quarta e quinta posições. Mesmo com o resultado ruim dessa etapa Paulo Furlaneto ainda lidera o campeonato, agora a apenas dois pontos de Lamartine. 


Fábio Garcez


Valdir Poltronieri
Os jovens pilotos da 65cc também tiveram a chance de aceleram e mostrar seu talento. As primeiras posições foram definidas já na primeira volta, depois disso permaneceram inalteradas até a bandeirada quadriculada, e os três primeiros colocados foram Tiago Azevedo, Luciano Queiros e Daniel Macieira. Raul Salmaso largou bem mas perdeu algumas posições na primeira volta, depois disso ocupou a quarta posição boa parte da prova, sendo ultrapassado nos instantes finais por Gabriel Reis. Raul Salamazo ainda é o líder da categoria, com 91 pontos e Luciano Queiroz é o segundo, com 83 pontos.

No início da Nacional Estreante pudemos acompanhar uma intensa disputa entre Samuel Maduro e Claudio Augusto. Logo atrás dos ponteiros vinha Babi fernandes, que assumiu a segunda posição ao superar Claudio, que ainda perdeu duas posições logo em seguida para Eduardo Costa e Paulo Sgarbi. Babi pressionou o líder, os dois receberam a bandeirada juntos, e Samuel venceu com apenas meio segundo de vatagem sobre a segunda colocada. Final: Samel, Babi, Eduardo, Paulo e Claudio. O líder na classificação da Nacional Estreante é Fabrício Calefi, com 75 pontos. 


Jaqueline Poltronieri


Cokinho
Na sequência largou a 85cc, e Fabio Garcez sobrou na prova vencendo de ponta a ponta sem ter adversário que pudesse superá-lo. Marcelo Felipe, Claudinei Juninho e João Pedro, disputaram as principais posições. JoÀo Pedro foi mais rápido do que seus dois adversários, e depois de uma boa disputa com Marcelinho ele assumiu a segunda posição da prova. Juninho foi o quarto colocado, e Felipe Zambrini completou o pódio. Na 85cc o líder é Marcelo Felipe com 110 pontos.

Na Over 40 os pilotos também aceleraram forte, e o destaque da prova foi Valdir Poltronieri, ele largou entre os primeiros, atrás apenas de Vander Garcez e Cascata, que caiu na primeira volta e perdeu posições. Valdir concluiu a primeira volta já na liderança, Vander foi superado por Pedro Cirino, que passou a perseguir o líder. Durante toda a bateria as primeiras posições seguiram indefinidas, Valdir era perseguido de perto por Pedro, mais atrás Vander tinha Panini e Cascata na sua cola. Panini passou Vander, que perdeu posição mais uma posição para Cascata. Lá na frente Valdir ainda segura Pedro, nos instantes finais Panini não consegue segurar Cascata e perde a terceira posição. Final: Valdir Poltronieri, Pedro Cirino, Cascata, Panini e Vander Garcez. Na briga pelo campeonato Valdir tem 18 pontos de vantagem sobre Pedro.


Largada 85cc


Diego Palmira
Na categoria Penélope a força feminina veio a tona, e um gate com 18 competidoras mostra que aqui no Dirt Action de Veloterra menina também tem vez! Jaqueline Poltronieri é muito carismática, e sempre conquista o público nas provas em que participa, e dessa vez não foi diferente. Ela já havia mostrado muita velocidade na prova da Importada Estreante, e havia conquistado um excelente segundo lugar. Na Penélope ela largou na frente, liderou com folga durante toda a prova e conquistou a vitória. Fernanda Carvalho ocupou a segunda posição nas primeiras voltas, mas uma queda a fez abandonar. Em seu lugar Babi Fernandes, que também foi destaque competindo contra os homens na prova da Nacional Amador, assumiu a segunda posição. Logo depois de assumir a vice-liderança Babi sofreu uma queda boba que a fez perder um precioso tempo. Com isso Bruna Cavalotti assumiu a segunda posição definitivamente. Babi foi a terceira, Monique Camargo a quarta e Miriam Poltronieri a quinta colocada. Jaqueline lidera com folga a categoria, com 23 pontos a frente da segunda colocada, Fernanda Mendonça. 


Largada Importada Estreantes


Parte do circuito de Lorena
Mais uma prova destinada a motos nacionais, agora a 230cc. Cokinho largou na ponta e teve Fernando Sibinel na sua cola a prova toda esperando por um erro, mas o líder Cokinho estava concentrado e não permitiu investidas mais agressivas de Sibinel, e os dois receberam a bandeirada na primeira e segunda posições respectivamente. Alcides Beazin largou no bolo, assumiu a quarta posição na primeira volta, e superou Renato Procópio em seguida, garantindo então a terceira colocação. Juninho Ilha Bela e Luis Gustavo Beasin completaram o pódio. Sibinel lidera na classificação geral com Cokinho tendo descontado alguns pontos, estando agora 16 pontos atrás de Sibinel.

Na VX1 alinham alguns dos mais rápidos pilotos da competição, e a disputa pela vitória nessa prova foi grande. Rafael Arruda largou na ponta e Renato Hanser em segundo. Os dois se distanciam rapidamente do restante do pelotão e iniciaram uma forte disputa pela liderança. Renato atacou o tempo todo, e por diversas vezes ameaçou a ultrapassagem, mas Rafael estava decidido a vencer, os dois receberam a bandeirada juntos, com uma vantagem de menos de meio segundo para Rafael, que conseguiu segurar o ímpeto de Renato. Diego Palmira também teve que acelerar forte para conter a vontade de Fábio Aleixo no final da prova. Aleixo não teve um bom início de bateria, mas se recuperou passando alguns adversários, recebeu a bandeirada no mesmo segundo que Diego, mas sem conseguir superá-lo. Carlos Bergamaschi foi o quinto colocado. Com a segunda posição Renato ampliou para 35 pontos a diferença sobre o segundo colocado no campeonato, e goza de uma liderança tranquila para manter o rumo em direção ao título na segunda metade do campeonato. 


Os pilotos Felipe Oliveira, Diego Palmira, Ricardo Campos e Rodolfo Carvalho foram os destaques da Nacional A e protagonizaram a disputa que definiu o pódio. Os quatro formaram um pelotão compacto nas primeiras voltas. Felipe largou na ponta, mas com Diego na segunda posição a tarefa de segurar a liderança ficou difícil demais, ele perdeu duas posições. Diego, na ponta, agora tinha Rodolfo cheio de vontade procurando espaço para ultrapassar o novo líder. Volta a volta Diego conseguiu consolidar sua liderança até receber a bandeirada quadriculada na primeira posição, com Rodolfo em segundo. Felipe ainda teve que suar a camisa para garantir a terceira colocação, porque Ricardo o pressionou por duas vezes, mas em ambas ele caiu, perdendo a oportunidade de ultrapassá-lo. Ronan Rodrigues foi o quinto colocado. Com a vitória dessa etapa Diego é mais um líder com grande vantagem sobre o segundo colocado, ele tem 116 pontos contra 77 pontos de Denis Cabelinho. 


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 702 Fotos!


Pódio Importada Estreante
Assim como no motocross, largar na frente é sempre uma vantagem importante no veloterra, e na prova da VX2 essa vantagem estava com Jean Dickson, que acelerava forte, e realmente teria aproveitado bem a vantagem não fosse a participação de Carlo Mônaco na prova, e para dificultar ainda mais a situação de Jean, Carlo largou bem e vinha na segunda posição, não demorou e ele, apesar da brava resistência de Jean, assumiu definitivamente a liderança. Carlo abriu grande vantagem e nas voltas finais se deu ao luxo de apenas administrar a vantagem, mesmo assim ele recebeu a bandeirada quadriculada mais de dez segundos a frente de Jean, que também fez bonito, conquistando a segunda posição na prova de alto nível que foi a VX2, mesmo tendo Daniel Silgueiras pressionando nas voltas finais. Daniel fez uma péssima largada, e teve que acelerar forte para se recuperar e garantir um degrau do pódio. Betinho Eugênio e Daniel Vergueiro completaram o pódio. Carlo é o líder da categoria. 


Carlo Mônaco


Fernando Longuim
A última prova do dia reune a nata do veloterra, é uma seleção dos melhores competidores do dia. Estamos falando da Força Livre. No gate Renato Hanser, Rafael Arruda, Diego Palmira, e Carlo Mônaco, que havia acabado de correr, mas que jurava que ainda tinha fôlego para mais uma bateria. Fábio Aleixo aproveitou toda força de sua 450cc e largou na ponta, Carlo Mônaco não começou tão bem assim, mas no final da primeira volta ele já era o segundo colocado, provando que tinha mesmo fôlego para mais uma bateria. Aleixo bem que tentou, usou sua experiência para bloquear os ataques de Carlo, que estava mesmo a fim de vitória naquele dia, e não teve jeito, Carlo passou Aleixo ainda na segunda volta, rumo a mais uma brilhante vitória. Renato Hanser começou mal a prova, com uma queda, fechando a primeira volta apenas na oitava posição. Volta a volta Renato podava seus adversários, chegando mais e mais perto dos ponteiros. Faltando cerca de cinco minutos para o final da prova ele era o terceiro colocado, e seu próximo alvo passou a ser Aleixo. Ele realmente chegou no segundo colocado, mas dessa vez Aleixo foi mais cuidadoso, e levou sua moto ao limite para não perder a vice-liderança. Segunda posição para Aleixo, com mínima vantagem sobre Renato. Jean Dickson foi o quarto colocado, e Carlos Bergamaschi foi o quinto. Carlo Mônaco lidera também essa categoria, e tem para a segunda metade do campeonato a tarefa de se manter no topo da tabela nas duas principais categorias. 


Próxima etapa será no dia 12 de julho, em local a ser definido

Veloterra com a equipe da Asfaltozero é isso, adrenalina e diversão em eventos da modalidade. A próxima etapa está prevista para 12 de julho, em local a ser definido. Acompanhe o MotoX e saiba em breve onde será a prova.

O Campeonato Dirt Action de Veloterra 2009 tem o patrocínio de Usibike peças e equipamentos para motos, Lelus Confecções, Mundimetal, Miami Moto, Miami Náutica, Tec Turbo compressores, Dam Arte Criação e Arte, All Sign Graphics, Booster Motorsports, BBR Motorsports, IMS, Pro Taper, Polisport e JR Fox Tendas.

Resultados

P. Força Livre Tempo M Volta
1 33 Carlo Monaco 13:49.398 1:06.889
2 118 Fabio Aleixo 13:57.876 1:08.982
3 450 Renato Hanser 13:58.190 1:08.422
4 713 Jean Dickson 14:09.252 1:08.916
5 3 Carlos Bergamaschi 14:10.728 1:09.603
6 399 Diego Palmira 14:14.036 1:09.946
7 11 Fernando Longuim 14:18.429 1:09.262
8 275 Daniel Vergueiro 14:36.036 1:10.723
9 340 Fernando Sibinel 14:39.484 1:11.780
10 262 Rafael Arruda 14:40.317 1:06.985
P. VX1 Tempo M Volta
1 262 Rafael Arruda 12:31.624 1:07.611
2 450 Renato Hanser 12:32.010 1:07.524
3 399 Diego Palmira 12:53.338 1:09.055
4 118 Fabio Aleixo 12:53.927 1:08.214
5 3 Carlo Bergamaschi 13:05.888 1:08.213
6 19 Ique Matos 13:17.966 1:11.040
7 900 Ronaldo Mariano 13:18.974 1:10.562
8 13 Carlos Marcondes 12:33.926 1:12.667
9 225 Vander Garcez Ribeiro 7:52.795 1:12.729
10 225 Tiago Henrique Carvalho 2:32.749 1:11.290
P. VX2 Tempo M Volta
1 33 Carlo Monaco 13:49.398 1:06.889
2 118 Fabio Aleixo 13:57.876 1:08.982
3 450 Renato Hanser 13:58.190 1:08.422
4 713 Jean Dickson 14:09.252 1:08.916
5 3 Carlos Bergamaschi 14:10.728 1:09.603
6 399 Diego Palmira 14:14.036 1:09.946
7 11 Fernando Longuim 14:18.429 1:09.262
8 275 Daniel Vergueiro 14:36.036 1:10.723
9 340 Fernando Sibinel 14:39.484 1:11.780
10 262 Rafael Arruda 14:40.317 1:06.985
P. 50cc Tempo M Volta
1 136 Monique Camargo 10:25.423 1:26.775
2 14 Guilherme Reis 11:12.718 1:33.790
3 21 João Pedro Raimundo 11:52.712 1:35.844
4 33 Bruno Brunieri 10:43.691 1:38.820
5 97 João Pedro Assunção 10:57.796 1:43.900
6 11 Vitinho Tominaga 11:50.849 1:51.823
7 7 Guilherme Henrique 11:52.656 1:50.185
8 3 Vitoria Briza 10:39.040 1:57.966
9 199 Leonardo Vieira 10:43.057 2:00.345
10 4 Julia Corsi 10:53.141 2:23.826
P. 65cc Tempo M Volta
1 76 Tiago Azevedo 13:14.031 1:18.101
2 236 Luciano Queiroz Junior 13:19.602 1:18.080
3 772 Daniel Macieira 13:44.397 1:20.904
4 74 Gabriel Reis 13:46.294 1:20.978
5 120 Raul Salmazo 13:52.482 1:21.219
6 99 Marcio Henrique 14:28.728 1:21.734
7 72 Lucas Angelo Assunção 14:36.966 1:24.784
8 111 Henrique Tominaga 14:38.823 1:25.229
9 33 João Vitor Martins 13:45.725 1:27.535
10 99 Gasparzinho 13:51.842 1:29.494
P. 85cc Tempo M Volta
1 700 Fabio Garcez 12:24.851 1:13.718
2 54 João Pedro 12:38.115 1:13.859
3 225 Marcelinho Felipe Lima 12:41.993 1:14.481
4 965 Claudinei De Paula Junior 12:48.829 1:14.406
5 153 Felipe Zambrini Santos 13:30.421 1:16.604
6 236 Luciano Queiroz Junior 12:31.266 1:20.118
7 912 Guilherme Lima 13:28.396 1:24.244
8 120 Raul Salmazo 13:38.448 1:25.744
9 22 Nicolas Leal 13:37.438 1:36.202
P. Importada Estreante Tempo M Volta
1 199 Lamartine 11:50.486 1:09.734
2 20 Jaqueline Poltronieri 12:17.882 1:09.211
3 8 Pedro Vilela 12:27.368 1:12.898
4 918 Felipe Ozi 12:32.946 1:13.326
5 225 Felipe Rocha 12:33.748 1:13.489
6 3 Bruno Grossi 12:34.123 1:11.895
7 608 Silas Brollo 12:40.647 1:14.027
8 147 Ivan Marassato 12:50.197 1:13.228
9 100 Varlei Lins 12:51.203 1:14.745
10 87 Baninho Pegorari 12:55.483 1:14.922
P. Nacional 230 Tempo M Volta
1 90 Cokinho 12:06.684 1:12.005
2 340 Fernando Sibinel 12:07.808 1:11.678
3 817 Alcides Beazin Neto 12:15.807 1:12.680
4 959 Juninho Ilha Bela 12:20.567 1:12.674
5 97 Ranieri 12:25.460 1:11.845
6 27 Luis Gustavo Beasin 12:30.960 1:13.305
7 3 Vinicius Domingues 12:43.513 1:14.644
8 98 Rebelde 12:57.790 1:15.308
9 777 Renato Procópio 12:58.150 1:14.156
10 99 Ericson Carlos Pereira 13:15.253 1:13.971
P. Nacional A Tempo M Volta
1 399 Diego Palmira 12:15.768 1:12.624
2 257 Rodolfo Carvalho 12:22.432 1:12.642
3 357 Felipe Oliveira 12:46.429 1:14.683
4 222 Ricardo Campos 12:49.903 1:11.837
5 211 Ronan Rodrigues 13:24.623 1:17.509
6 216 Rogerio Briza 13:33.531 1:16.382
7 40 Rodrigo Vilela 12:43.104 1:21.499
8 8 Alexandre Moreira 13:40.131 1:24.944
9 119 Valdemar Ramos 5:59.780 1:21.927
P. Nacional Estreante Tempo M Volta
1 17 Samuel Maduro 12:35.840 1:14.276
2 949 Babi Fernandes 12:36.371 1:14.279
3 777 Eduardo Costa 12:58.694 1:15.503
4 168 Paulo Sgarbi 13:03.901 1:16.682
5 211 Claudio Augusto 13:04.790 1:16.327
6 242 Adriano Faria 13:14.324 1:17.995
7 7 Renato Pacheco 13:14.933 1:17.403
8 191 Alexandre Lorenzetti 13:15.659 1:16.858
9 39 Nei Corsi 13:19.394 1:15.211
10 7 Claudio A. Marcondes 13:25.661 1:19.100
P. Over 30 Tempo M Volta
1 11 Fernando Longuim 12:38.474 1:05.864
2 450 Renato Hanser 12:38.551 1:07.051
3 118 Fabio Aleixo 12:52.671 1:08.216
4 713 Jean Dickson Botelho 13:00.002 1:08.845
5 275 Daniel Vergueiro 13:05.066 1:09.442
6 7 Sergio Lucio Barbosa 13:14.402 1:09.768
7 39 Nei Broto 13:18.847 1:10.263
8 900 Ronaldo Mariano 13:19.214 1:10.862
9 922 Marco Rogério Lopes 13:32.526 1:12.195
10 77 Nei Carneirinho 13:40.952 1:11.721
P. Over 40 Tempo M Volta
1 20 Valdir Poltronieri 12:08.277 1:11.648
2 81 Pedro Cirino 12:08.992 1:11.868
3 46 Cascata 12:36.398 1:11.605
4 139 Panini 12:36.840 1:14.688
5 225 Vander Garcez Ribeiro 12:38.512 1:14.801
6 62 Roque Colman 12:49.890 1:14.200
7 21 Beto Raimundo 13:05.896 1:15.150
8 949 Marcelo Da Silva 12:32.273 1:19.050
9 20 Alexandro Ake 12:33.231 1:19.433
10 105 Adilson Fubá 12:37.564 1:20.877
P. Penélope Tempo M Volta
1 20 Jaqueline Poltronieri 11:50.158 1:13.516
2 101 Bruninha Cavalotti 11:52.305 1:17.143
3 949 Babi Fernandes 12:15.137 1:15.180
4 136 Monique Camargo 12:04.213 1:24.120
5 41 Miriam Poltronieri 12:23.198 1:23.297
6 4 Priscila Leal 12:26.581 1:27.963
7 3 Aline Ferro 12:38.012 1:29.043
8 959 Julia Cruz 12:38.681 1:30.592
9 357 Evelyn Cristina Rodrigues 12:34.109 1:33.011
10 211 Daiana Regina Dos Santos 12:48.909 1:41.147






© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet